26 de julho de 2015

2 Artigos Devocionais e Doutrinários



• Artigos Devocionais



• Artigos sobre calvinismo ou arminianismo

O livre-arbítrio nos Pais da Igreja


• Artigos sobre dom de línguas e cessacionismo


• Artigos sobre espiritismo


• Outras doutrinas e dificuldades bíblicas



• O Novo Testamento Comentado
(*) Este projeto está em andamento.

Marcos
Lucas
João


- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!




2 comentários:

  1. Boa Noite, tudo bem?
    Li o artigo "Enoque morreu?" e fiquei com uma dúvida. Você pode me responder?

    pergunta
    Cristo disse "Ninguém subiu ao céu senão o filho do homem que desceu do céu" Jo 3:13. Como fica a ida de Enoque ao céu? Parecem passagens antagônicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? Sobre o texto de João 3:13, há duas possibilidades: (1) Enoque e Elias eram exceções à regra geral que Jesus passou; ou (2) Jesus não estava falando sobre literalmente ir para o céu, mas sim sobre trazer a mensagem do Céu. É essa segunda opção que Geisler e Howe argumentam em seu "Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e 'Contradições' da Bíblia':

      “Nesse contexto, Jesus está demonstrando o seu conhecimento superior acerca das coisas celestiais. Em essência ele está dizendo: “Nenhum outro ser humano pode falar com base num conhecimento de primeira-mão acerca dessas coisas, como eu posso, já que descido ". Ele está declarando que ninguém subiu ao céu para trazer de volta a mensagem que ele trouxe. De forma alguma ele está negando que qualquer outra pessoa esteja no céu, como Elias ou Enoque (Gn 5:24). Não, Jesus está simplesmente declarando que ninguém na terra foi ao céu e depois retornou com uma mensagem tal como a que Ele lhes dava”

      Excluir

Deixe o seu comentário. Sua participação é importante e será publicada após passar pela moderação. Todos os tipos de comentários ou perguntas educadas sobre qualquer assunto são bem-vindas e serão respondidas cordialmente, mas comentários desrespeitosos não serão publicados. Confrontamentos e discussões são aceitos, desde que saia do anonimato.