14 de janeiro de 2018

186 Deus te usar não significa que Deus te aprove


Vez por outra alguém me pergunta sobre o que eu acho dos ‘milagres’ de tal religião, das ‘curas’ de tal igreja, dos ‘sinais’ operados por tal “profeta”, “apóstolo”, “santo” ou quem quer que seja – mesmo quando esses mesmos são bastante questionáveis na conduta que seguem ou na doutrina que creem. Aí já se encontra o primeiro problema: para a maior parte das pessoas, se há alguma ação sobrenatural em algum lugar ou através de qualquer pessoa, já significa necessariamente que Deus está aprovando essa pessoa, esse ministério ou essa igreja. É como se Deus estivesse concordando com tudo o que é praticado ali, dando o seu aval ou selo de aprovação.

Eu costumo responder que esta não é a única razão (e frequentemente não é mesmo) pela qual Deus pode operar um milagre. Em muitos casos, Deus pode curar alguém simplesmente por misericórdia e amor pelo próprio indivíduo que está sofrendo, a despeito de todas as suas crenças ou de quem “a curou” (ou melhor, de quem orou pela cura, já que quem cura mesmo é Deus). Isso é às vezes difícil de compreender usando a mentalidade humana, pois estamos tentados a pensar que, se Deus age através de alguém, é porque ele concorda com o que esse alguém está fazendo. Mas da mesma forma que nós muitas vezes ajudamos mendigos e pessoas carentes que não compartilham da mesma fé e que talvez estejam até afundados nas drogas ou em vícios sem fim, Deus também intervém em favor de pessoas que não necessariamente podem ser consideradas “salvas”.

O texto mais conhecido por todos é o de Mateus 7:21-23, que diz:

“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?’ Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!’” (Mateus 7:21-23)

Note que Jesus não nega, em momento algum, que aquelas muitas pessoas realmente profetizavam, expulsavam demônios e realizavam milagres em nome de Cristo. Ele não diz: “Vocês fizeram isso pelo demônio”, e seria altamente improvável que todos aqueles indivíduos fossem apenas charlatões conscientes de que estavam enganando as pessoas com truques e enganações, pois neste caso eles jamais iriam reivindicar tais operações miraculosas diante do próprio Deus. À luz do texto bíblico, parece evidente que aquelas pessoas realmente eram usadas por Deus – mas a resposta de Cristo a elas não é mais do que a condenação ao inferno.

Tais indivíduos presumivelmente pensavam que o fato de estarem expulsando demônios com êxito, profetizando coisas que aconteciam realmente e operando milagres reais na vida de outras pessoas implicava que Deus as aprovava, ou senão elas não conseguiriam continuar fazendo essas coisas. Assim, se sentiam confortáveis para continuar levando uma vida de pecado, extorquindo as pessoas, enganando e manipulando à vontade – e tudo sob a falsa noção de que Deus não estava se importando com tal comportamento; afinal, elas continuavam sendo usadas para coisas sobrenaturais!

Um caso que também chama a atenção é dos sete filhos de Ceva, que expulsavam demônios em nome de Jesus, mesmo sem nenhuma autoridade espiritual para isso:

“Alguns judeus que andavam expulsando espíritos malignos tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre os endemoninhados, dizendo: ‘Em nome de Jesus, a quem Paulo prega, eu lhes ordeno que saiam!’ Os que estavam fazendo isso eram os sete filhos de Ceva, um dos chefes dos sacerdotes dos judeus. Um dia, o espírito maligno lhes respondeu: ‘Jesus, eu conheço, Paulo, eu sei quem é; mas vocês, quem são?’ Então o endemoninhado saltou sobre eles e os dominou, espancando-os com tamanha violência que eles fugiram da casa nus e feridos” (Atos 19:13-16)

O que é geralmente ressaltado nas pregações é a parte final, que os mostra envergonhados e humilhados pelo demônio, mas muitos se esquecem que, até aquele dado momento, esses filhos de Ceva estavam expulsando os demônios com êxito, sem nenhuma diferença em relação aos apóstolos. O texto não esclarece precisamente quantos demônios ou por quanto tempo eles conseguiram fazer isso, mas deixa claro que isso aconteceu mesmo. Se eles conseguiram expulsar com êxito mesmo sem autoridade espiritual, é perfeitamente possível que nos dias de hoje pessoas que também não tem nenhuma aprovação de Deus consigam expulsar espíritos malignos, pelo menos por certo tempo.

Em se tratando de curas, temos a ocasião em que Jesus enviou seus doze discípulos para curar as pessoas, e elas foram curadas mesmo:

“Reunindo os Doze, Jesus deu-lhes poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças, e os enviou a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos (...) Ao voltarem, os apóstolos relataram a Jesus o que tinham feito. Então ele os tomou consigo, e retiraram-se para uma cidade chamada Betsaida” (Lucas 9:1,2,10)

O que chama a atenção é que o texto não diz que onze fizeram isso com êxito e um dos doze (Judas) falhou miseravelmente. Ao contrário, deixa subtendido que todos os doze expulsaram os demônios e curaram as doenças. E nessa época Judas já era um ladrão (Jo 12:6) e um “diabo” (Jo 6:70), que mais tarde viria a trair Jesus.

Finalmente, em se tratando de profecias, temos o caso de Balaão, que de fato profetizou em nome do Senhor coisas que realmente se concretizaram:

“Então pronunciou este seu oráculo: ‘Palavra de Balaão, filho de Beor, palavra daquele cujos olhos vêem claramente, daquele que ouve as palavras de Deus, que possui o conhecimento do Altíssimo, daquele que vê a visão que vem do Todo-poderoso, daquele que cai prostrado, e vê com clareza: Eu o vejo, mas não agora; eu o avisto, mas não de perto. Uma estrela surgirá de Jacó; um cetro se levantará de Israel. Ele esmagará as frontes de Moabe e o crânio de todos os descendentes de Sete. Edom será dominado; Seir, seu inimigo, também será dominado, mas Israel se fortalecerá’” (Números 24:15-18)

Balaão é o personagem principal de três capítulos (de Nm 22 a 24), mas nenhum deles diz que ele era um falso profeta, um charlatão ou alguém que profetizava pelo demônio. E mesmo assim, Balaão é relacionado na lista de pessoas ímpias, junto com Caim e os da rebelião de Corá:

“Ai deles! Pois seguiram o caminho de Caim, buscando o lucro, caíram no erro de Balaão e foram destruídos na rebelião de Corá” (Judas 11)

A conclusão inevitável é que, embora Deus “usasse” Balaão e até falasse através dele, ele de modo algum aprovava suas atitudes, nem tampouco o fato de ser profeta o colocava em um pedestal “acima de qualquer suspeita”. A Bíblia diz que os dons de Deus são irrevogáveis (Rm 11:29), o que significa que Deus não vai tirar o dom que ele deu a alguém por essa pessoa tê-lo usado inadequadamente, ou por estar em pecado. Se fosse assim, o texto diria que os dons são revogáveis, e não irrevogáveis. Ainda que a pessoa tenha recebido os dons em um momento de sinceridade na fé, isso não significa que após tê-los recebido ela necessariamente continuará firme com Deus por todo o resto da vida – os próprios testemunhos à nossa volta testificam disso.

Finalmente, uma outra razão pela qual não devemos nos impressionar apenas pelos milagres ou creditarmos a fé verdadeira à fé da pessoa que realizou o milagre, é o fato do diabo também poder realizar (ou falsificar) coisas do tipo com poder sobrenatural, mas satânico. Um exemplo disso é Simão, o mago, sobre quem a Bíblia narra:

“Um homem chamado Simão vinha praticando feitiçaria durante algum tempo naquela cidade, impressionando todo o povo de Samaria. Ele se dizia muito importante, e todo o povo, do mais simples ao mais rico, dava-lhe atenção e exclamava: ‘Este homem é o poder divino conhecido como Grande Poder’. Eles o seguiam, pois ele os havia iludido com sua mágica durante muito tempo” (Atos 8:17-19)

Diante de Moisés, a vara dos magos do Egito também se transformaram em serpentes (Êx 7:10-12), e esses mesmos magos também conseguiam copiar o milagre da água se transformando em sangue (Êx 7:22) e das rãs surgindo no Egito (Êx 8:7). Quando Deus deu a permissão no livro de Jó, o diabo conseguiu intervir sobrenaturalmente nas forças da natureza, a ponto de fazer fogo cair do céu (Jó 1:16) e um “forte vento” capaz de destruir uma casa e matar quem estava lá dentro (Jó 1:19). O próprio apóstolo Paulo disse que Satanás tem poder para se transformar até em anjo de luz (2Co 11:14), e de fato há muitas “aparições” por aí com a única finalidade de perverter o evangelho puro e conduzir os homens a servirem mais a criatura do que o Criador (Rm 1:25).

Agora imagine que você esteja no meio da grande tribulação do Apocalipse, e diante dos seus olhos acontece isso:

E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens. E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia” (Apocalipse 13:13-14)

Para a grande maioria das pessoas – senão todas – esta será de longe a maior intervenção sobrenatural que seus olhos já viram: fogo descendo do céu à terra, e isso não em um filme de Hollywood ou em uma foto cheia de photoshop, mas “à vista dos homens”, como ocorreu com o profeta Elias. Se alguém está inclinado a seguir aquele que possui os milagres mais extraordinários, certamente seguirá o anticristo sem nenhuma hesitação. Contudo, o próprio relato bíblico assegura que “são espíritos de demônios que realizam sinais miraculosos” (Ap 16:14). Não tem nada de Deus ali.

Este artigo não visa fazer você desacreditar em todo e qualquer milagre que ver por aí. Afinal de contas, o próprio Jesus garantiu que os sinais acompanhariam os que creem (Mc 16:17), e que faríamos obras ainda maiores do que as que ele fez (Jo 14:12). Entretanto, é importante termos em mente que o fato de Deus usar alguém para realizar um milagre ou uma intervenção sobrenatural de qualquer natureza não significa necessariamente que esteja aprovando as crenças, os métodos ou a conduta de quem o fez, ou de quem recebeu (de fato, não significa a priori nem mesmo que seja Deus realizando o milagre!). Não se faz teologia por meio de “onde estão os milagres”, mas através de um estudo bíblico sério e sincero, de quem está realmente interessado em descobrir a verdade, e não de alguém que meramente deseja confirmar suas crenças prévias utilizando os milagres para este fim.

É como disse Lutero:

"Qualquer ensinamento que não se enquadre nas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres todos os dias" (Luther's Works, vol. 24, p. 367)

Você pode pregar maravilhosamente, e, ainda assim, não ser aprovado por Deus. Você pode cantar no louvor da igreja brilhantemente, e, ainda assim, não ser aprovado. Você pode escrever extraordinariamente, e, ainda assim, não ser aprovado. Você pode ter cargos importantíssimos na igreja, e um reconhecimento humano ainda maior, e ainda, assim, não ser aprovado. Você pode ganhar milhões de pessoas para Cristo, e, ainda assim, perder sua própria alma. Você pode até mesmo profetizar, expulsar demônios e realizar muitos milagres e maravilhas para impressionar até os mais incrédulos, e, ainda assim, ouvir naquele dia: “Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mt 7:23). Não são seus dons, seus cargos ou seu renome que te definem, mas sua fé, seus frutos e o amar a Deus acima de todas as coisas, e ao próximo como a si mesmo.

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,


- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!


- Baixe e leia os meus livros clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.

ATENÇÃO: Sua colaboração é importante! Por isso, se você curtiu o artigo, nos ajude divulgando aos seus amigos e compartilhando em suas redes sociais (basta clicar nos ícones abaixo), e sinta-se à vontade para deixar um comentário no post :)

186 comentários:

  1. Provavelmente você não concorda, mas eu digo que Deus usa até o Diabo quando ele quer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se Deus quiser, ele pode usar sim. Mas não entendo que seja o modus operandi habitual.

      Excluir
    2. Anônimo do Avalie19 de janeiro de 2018 21:22

      Qual sua oponião sobre o logos apologética?

      Excluir
    3. É difícil comentar sobre um site que não produz nada, apenas traduz ou copia coisas dos outros. Em se tratando do conteúdo há coisas boas sim (que eles copiam), eu não nego, mas não por causa do criador do site, que é um sujeito covarde, sem caráter e completamente ignorante, incapaz de debater com qualquer um sobre qualquer assunto.

      Excluir
    4. Anônimo do Avalie20 de janeiro de 2018 18:52

      "sujeito covarde, sem caráter e completamente ignorante, incapaz de debater com qualquer um sobre qualquer assunto"
      Poxa... tudo isso?

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não concordo com o Yago quando ele diz que todos os pentecostais falam as mesmas palavras (sempre poucas e com fonema semelhante ao de sua própria linguagem). É verdade que a maioria é assim, mas é assim porque não costumam praticar as línguas a não ser por pouco tempo e no momento errado (durante o culto), aí se limitam apenas aos "labaxúrias" da vida mesmo. Mas qualquer um que pratique com constância a sós com Deus, como Paulo ensina, desenvolve o dom de línguas e não apenas fala muito mais palavras, como também muitos outros idiomas (é aquilo que Paulo chamou de "variedade de línguas"). Minha mãe, por exemplo, fala cinco línguas espirituais diferentes. Uma é a dos "labaxúrias" que todo mundo fala (e que ela recebeu por primeiro), outra é muito parecida com o inglês (pelo jeito de falar, mas não nas palavras em si), outra com o japonês, outra com o árabe e outra que não me lembro agora (e ela não conhece nenhum desses idiomas). O pastor Luciano Subirá, que também pratica muito as línguas e tem um livro sobre o tema, se não me engano disse que fala oito línguas diferentes. Eu só pude acompanhar uma delas em um dia de reunião de líderes de célula, era uma bem diferente que eu nunca tinha ouvido alguém falar antes, parecia turco ou algo do tipo. Enfim, é simplesmente enganoso dizer que todo pentecostal se limita aos "labaxúrias". Esta é a língua mais comum para quem acaba de receber o dom, é como as primeiras palavras de um bebê, mas quem pratica o dom o desenvolve a ponto de falar muito mais palavras nesse idioma espiritual e também a ganhar variedade de línguas e falar em outros idiomas espirituais. É tudo uma questão de prática. Se o Yago não foi longe, é porque, tal como a maioria dos pentecostais, não entendeu direito pra que isso serve e não o praticou como deveria.

      Sobre os "dados científicos" que ele traz, já foi refutado aqui:

      https://teologiapentecostal.blog/2015/02/07/a-glossolalia-a-teologia-e-a-ciencia-uma-resposta-a-yago-martins/

      No meu livro "Deus é um Delírio?" eu mostro um outro experimento científico que provou o dom de línguas pentecostal:

      http://ateismorefutado.blogspot.com.br/2015/04/o-dom-de-linguas-sob-uma-perspectiva.html

      Abs.

      Excluir
    2. Anônimo do Avalie15 de janeiro de 2018 10:23

      Você gostou do meu comentário? Onde eu pergunto sua opinião sobre o Disco Arnaldo e a IEPG?
      Se é escarnesser a fé ou se é só brincadeira aceitável? Quando não é aprovado é porque você não gostou

      Excluir
    3. Anônimo do Avalie15 de janeiro de 2018 11:25

      Como Noé fez com os cupins e pica paus na arca?

      Excluir
    4. Anônimo do Avalie15 de janeiro de 2018 11:53

      Avalie se o vídeo é bom: https://youtu.be/4xEBkUebXVs

      Excluir
    5. Anônimo do Avalie15 de janeiro de 2018 11:54

      Avalie a crítica: https://scontent.ffor8-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/fr/cp0/e15/q65/18194187_1925963054354377_3560345223047273853_n.jpg?efg=eyJpIjoidCJ9&oh=af8bf1d54199df4feef72616b588dca5&oe=5AE0F393

      Excluir
    6. "Você gostou do meu comentário? Onde eu pergunto sua opinião sobre o Disco Arnaldo e a IEPG?"

      Eu tinha respondido aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/01/refutacao-biblica-transubstanciacao.html?showComment=1515986374713#c9120876267552055739

      "Como Noé fez com os cupins e pica paus na arca?"

      A questão não é "como Noé fez", mas "como Deus fez". Noé foi apenas um instrumento usado por Deus, quem fez com que tudo desse certo foi Deus e não Noé (e sabemos que Deus pode intervir na natureza da forma que bem entender).

      "Avalie se o vídeo é bom: https://youtu.be/4xEBkUebXVs"

      Eu não discordo de nada desse vídeo, mas vou repetir o que já disse em outra resposta a outro comentário seu: para eu avaliar trechos do Corão com propriedade eu teria que ler esse livro por inteiro, em vez de apenas conferir breves trechos citados por um ou outro sujeito, e no momento isso está bem longe de ser a prioridade. Mas quando eu ler, posso até escrever um livro sobre isso com minhas conclusões, ou pelo menos um artigo relevante.

      "Avalie a crítica: https://scontent.ffor8-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/fr/cp0/e15/q65/18194187_1925963054354377_3560345223047273853_n.jpg?efg=eyJpIjoidCJ9&oh=af8bf1d54199df4feef72616b588dca5&oe=5AE0F393"

      Muito inteligente a crítica, é bem contraditória mesmo a posição dos abortistas, além de imoral.

      Excluir
    7. Anônimo do Avalie15 de janeiro de 2018 18:46

      Avalie: https://youtu.be/FXDrIwEmOgY

      Excluir
    8. Anônimo do Avalie15 de janeiro de 2018 19:10

      Sério, vai ter segunda parte ou não?
      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/08/como-se-desmascara-um-mentiroso.html

      Excluir
    9. Essa pergunta dos cupins e pica paus é típica de neo-ateuzinho adolescente que acha que isso é argumento. As possibilidades de se resolver isso são tão inúmeras, que é patético ter que considerá-las. Mas, só um exemplo, se tivessem toras de madeira para algum conserto qualquer dentro da arca eles poderiam se alimentar ali, lembrando que pica-pau não se alimenta de madeira, e sim dos bichos que ali vivem. Ou o próprio Deus os supriu de alguma forma. Ou etc, etc, etc.

      Excluir
    10. Anônimo do Avalie16 de janeiro de 2018 15:13

      Eu não sou um neo-ateuzinho.

      Excluir
    11. Eu sei. Dá prá perceber pelas suas postagens. Mas você deve ter repetido a pergunta de um, que te pôs em dúvida, o que é natural. Eu apenas opinei sobre o que eu sempre percebi em perguntas de ateus, eles pegam pontinhos toscos como esses e acham que refutaram o cristianismo. Mas de boa, se você também ficou em dúvida, é melhor perguntar. Eu fiquei anos em dúvida por causa daquela pergunta que hoje eu acho a maior idiotice: Deus é capaz de criar um pedra que ele não possa carregar? Típica armadilha imbecil de ateu, mas na época fiquei impressionado.

      Excluir
    12. Me desculpe se te acusei de algo, não foi minha intenção. Acho ótimo que você pergunte quando algo te incomoda. Um abraço.

      Excluir
    13. "Avalie: https://youtu.be/FXDrIwEmOgY"

      Eu realmente não sei o que tem pra "avaliar" nesse vídeo.

      Excluir
    14. "Sério, vai ter segunda parte ou não?
      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/08/como-se-desmascara-um-mentiroso.html"

      Muito provavelmente não, o sujeito desmascarado nesse artigo se tornou completamente irrelevante apologeticamente depois disso, é decadente e já entrou no ostracismo há muito tempo, até os católicos se esqueceram dele e ninguém mais assiste a nada que posta. E eu não perco o meu tempo com gente sem relevância, vou focar no que está causando algum impacto no lado de lá, esse aí já foi destruído com sucesso.

      Excluir
    15. Anônimo do Avalie17 de janeiro de 2018 18:11

      +Gustavo Soares
      Tudo Bem Amigo. :)

      Excluir
    16. Anônimo do Avalie19 de janeiro de 2018 21:15

      "Avalie: https://youtu.be/FXDrIwEmOgY"

      Eu realmente não sei o que tem pra "avaliar" nesse vídeo"

      Você hão vai ajudar ele?

      Excluir
    17. Anônimo do Avalie20 de janeiro de 2018 13:21

      Quando vai ter outro hangout ou vídeo? Desde o início de 2017 não tem.



















      Excluir
    18. Vamos ver se é possível nesse próximo fim de semana.

      Excluir
  3. Gostei do artigo. Várias vezes ficava confusa e sem entender porque algumas pessoas faziam certos milagres, sendo que tinham uma conduta duvidosa. Mas lendo o texto junto com as referências bíblicas entendi melhor o assunto. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo do Avalie17 de janeiro de 2018 15:04

      Avalie: https://youtu.be/Xew23b3On3I

      Excluir
    2. Pois é, até hoje nunca vi um pré-tribulacionista dar uma resposta convincente a isso. A maioria inventa uma ressurreição antes da primeira, antes mesmo de começar as tribulações e que João misteriosamente se esqueceu de narrar no Apocalipse, só pra tentar "encaixar as peças" e para não ter que reconhecer que estão defendendo uma falsa doutrina (o que alguém como eu define como "desespero" mesmo, não chega nem a ser "eisegese").

      Excluir
  4. Seria pecado uma mulher casar a segunda vez, tendo sofrido no primeiro casamento uma agressão física? Por exemplo, no primeiro casamento ela sofreu agressão física e decidiu se separar. Após a separação, conheceu alguém e quis se casar de novo. Seria pecado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um caso muito complicado, eu mesmo não me sinto competente a dar uma resposta definitiva. Biblicamente falando, levando em consideração Jesus e Paulo, a Bíblia só abre exceção para o novo casamento quando: (a) em casos de adultério; (b) quando o descrente decide se divorciar sem você ter nenhuma responsabilidade nisso; (c) depois que o cônjuge morre. Não há nada explícito na Bíblia de que a agressão física seja uma outra razão para um novo casamento, embora seja uma razão para "se separar" (que é diferente de "se divorciar"), como diz o prof. Leandro Quadros neste vídeo que eu recomendo sobre o assunto:

      https://www.youtube.com/watch?v=uKL9sRQECDM

      O que deve ser feito nos casos de agressão física ou psicológica não é o divórcio, que a Bíblia não autoriza (ao menos não expressamente), mas sim que faça valer a lei Maria da Penha e coloque esse cara atrás das grades até aprender a lição e não agredir mais. Mas se casar de novo em uma circunstância em que não há uma autorização bíblica expressa, é se arriscar estar em estado de adultério.

      Excluir
  5. A paz irmão Lucas. Queria sua ajuda ñ entendo a parte em que Jesus fala que deixem q os mortos enterrem seus mortos. Desculpe sozinho ñ entendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus estava falando com alguém que estava postergando segui-lo para cuidar do seu pai até que ele morresse (diferentemente do que muitos pensam, o "enterrar meu pai" não significava que ele já tivesse morrido, mas era uma forma de dizer que ficaria com ele até que ele morresse e fosse enterrado). Então Jesus diz para ele segui-lo e deixar "que os mortos enterrem seus mortos", isto é, para que os mortos espirituais (entre os vivos) enterrassem os fisicamente mortos. Ou seja, são os incrédulos que devem dar prioridade às coisas materiais, enquanto ele se quisesse ser crente deveria segui-lo colocando a Cristo e a Seu Reino acima de todas as demais coisas, acima até mesmo de seu pai natural. Na verdade, sabemos que uma vez que o ministério terreno de Cristo foi breve (durou apenas três anos), se esse homem esperasse seu pai morrer para depois seguir Jesus ele provavelmente jamais o teria seguido, e teria perdido uma grande oportunidade (como pode ter acontecido, já que o texto não mostra o desfecho da história).

      Excluir
    2. Lucas, me ajude. Não consigo refutar este vídeo: https://youtu.be/iixjdQDU-wM

      Excluir
    3. Vamos lá:

      1) É verdade que o argumento Kalam não prova o Deus cristão especificamente, mas nenhum apologista cristão diz o contrário. É um argumento que prova que existe um Deus, mas ele por si só não diz qual Deus é esse, essa é uma tarefa posterior que demanda outros argumentos. Mas ele diz também que não prova o teísmo, apenas o deísmo, o que eu discordo, já que o deísmo é uma variante do teísmo. Teísmo é apenas a definição de que existe um Deus, sendo o deísmo uma das formas de teísmo (mas não a que os cristãos aceitam como verdadeira).

      2) É falsa a afirmação de que a ciência já não provou que o Universo é finito e que portanto houve uma causa (um "antes") do Big Bang. Ele deve estar uns cem anos atrasado, pois de Einstein pra cá ninguém mais crê nessa de Universo eterno e auto-criado. Você pode ver um resumo das provas científicas sobre isso aqui:

      http://apologiacrista.com/existencia-de-deusp2

      http://apologiacrista.com/o-argumento-cosmologico-kalam

      PS: os dois artigos acima são igualmente importantes e fundamentais para se compreender a questão.

      3) Por fim, o verdadeiro debate gira em torno do que é essa causa primeira, ou melhor, de como devemos chamá-la. Os teístas a chamam de "Deus", e os ateus ou insistem na tecla quebrada do Universo auto-criado, ou apelam para a ignorância e dizem que "não sabem" como o Universo surgiu, apenas para não terem que admitir a existência de uma causa primeira que é por definição auto-existente, atemporal, não espacial, imaterial, inimaginavelmente poderosa para criar todo o Universo do nada e supremamente inteligente para planejar o Universo com precisão tão incrível.

      Excluir
    4. Os ateus para desacreditarem de Deus inventam cada lorota sem sentido, como universo auto-criado. kkkkkkk. Muito mais lógico acreditar em Deus. Isso que é exemplo de fé que move montanhas.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só conheço por aqueles vídeos que o Anônimo do Avalie me enviou, então não tenho muita propriedade para comentar sobre o canal como um todo.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  7. Anônimo do Avalie15 de janeiro de 2018 21:54

    Avalie: https://www.dicio.com.br/papista/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é só "pelos protestantes", mas ok, está no caminho certo...

      Excluir
  8. Lucas você acha que Hitler era Anti-Protestante? Ele perseguiu os luteranos alemães? vejo muitos apologistas católicos dizendo que ele perseguiu os católicos, mas ele também perseguia protestantes? Inclusive um deles disse que os Protestantes alemães apoiaram Hitler e votaram nele nas eleições de 1932? É verdade que os Protestantes apoiaram Hitler?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo do Avalie16 de janeiro de 2018 15:27

      Tanto os protetestantes (no caso luteranos) quanto os papistas apoiaram Hitler.

      Excluir
    2. Veja esse artigo do Elisson Freire sobre isso, com várias citações de historiadores (inclusive do católico Paul Johnson):

      http://resistenciaapologetica.blogspot.com.br/2016/01/o-nazismo-nasceu-do-protestantismo.html

      Excluir
    3. Obrigado pela recomendação, e em pensar que Hitler perseguiu os dois e ironicamente foi apoiado por ambos, ele se dizia "cristão", mas de acordo com alguns historiadores ele queria destruir a cultura cristã na Alemanha para impor uma espécie de Neopaganismo baseado no culto à raça ariana, ele também considerava o Cristianismo um mal que deveria ser estripado por causa das raízes judaicas do Cristianismo (afinal o Cristianismo nasceu do Judaísmo). Ou seja Hitler era um neopagão (eu acredito nessa tese) oportunista que se aproveitou tanto dos papistas quanto dos Protestantes.

      Excluir
    4. Na verdade todo mundo na Alemanha tinha medo dele, por isso DENTRO da Alemanha ninguém ousava contrariá-lo publicamente (exceto grupos e movimentos pequenos, como a "Igreja Confessante", de linha protestante, e as testemunhas de Jeová), embora fora do país houvesse muita gente "corajosa" que o denunciasse (afinal, falar de longe era muito mais fácil...).

      Excluir
  9. Anônimo do Avalie16 de janeiro de 2018 00:24

    Avalie: https://youtu.be/yfJjJAGaguI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://www.lucasbanzoli.com/2018/01/deus-te-usar-nao-significa-que-deus-te.html?showComment=1516216655105#c2818502893123241442

      Excluir
  10. https://www.youtube.com/watch?v=r-NjCUJy-P8

    Estou achando o canal deste olavete muito chato, tá infantil igual o do Felipe Neto, comentando picuinhas...

    ResponderExcluir
  11. https://www.youtube.com/watch?v=KuaFXvRZImA

    Vc acredita que essas quedas que o Benny Hinn provoca nas pessoas são fingimento das próprias pessoas ou poder do maligno mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por Que? Não gosta do Benny Hinn o que tem de errado com ele

      Excluir
    2. Compare isso:

      https://www.youtube.com/watch?v=lauz2_0TOXM

      Com isso:

      "Os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas. Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz" (1 Coríntios 14:32-33)

      "Mas tudo deve ser feito com decência e ordem" (1 Coríntios 14:40)

      E depois leia isso:

      https://noticias.gospelmais.com.br/benny-hinn-grande-negocio-sobrinho-pregador-92958.html

      E você entenderá.

      Excluir
  12. Lucas porque a ICAR é anti-semita ? OBs : Acho que isso daria um bom tema para um artigo seu ?

    ResponderExcluir
  13. Olá irmão Lucas Banzoli! Creio que o que eu vou postar aqui você já respondeu. Mas se ainda não, creio que seria bom, pois isso arruiná sua reputação. Deus lhe ilumine!

    http://fimdafarsa.blogspot.com.br/2013/03/provas-que-lucas-banzoli-e-um-mentiroso.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí já foi refutado há mais de cinco anos (link abaixo), mas não adianta nada, já que esse bando de fanáticos abestalhados não lê nem o texto dele e muito menos o meu, só vão no Google ver se alguém "refutou o Lucas Banzoli" e então saem catando qualquer porcaria que acham por aí.

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2012/11/refutando-as-demencias-do-pimpolho.html

      Sugiro-lhe o blog "Fim da Fraude", que lista todas as refutações aos fraudulentos apologistas católicos em um lugar só:

      https://fimdafraude.wordpress.com/

      Por fim, ser difamado por um ser nojento, inescrupuloso e safado como esse Fernando Nascimento é uma grande honra; se um ser asqueroso como ele não fizesse nada para me difamar aí sim eu ficaria surpreso, e começaria a repensar meu trabalho como apologista, pois alguma coisa estaria fora de lugar (TODOS os que fazem um trabalho bem feito são sempre perseguidos e difamados, só quem não é são aqueles que não estão abalando ninguém e ninguém se preocupa).

      Excluir
  14. Olá Lucas.
    Muito oportuno o artigo. Precisamos de vozes esclarecidoras como a sua, pois vivemos numa verdadeira feira livre da fé onde prodígios e milagres virou marketing quase que obrigatório para atestar uma suposta aprovação divina. Deus continue lhe usando como voz profética em meio a cacofonia de vozes que vivemos.

    ResponderExcluir
  15. Respostas
    1. Vai depender das outras opções.

      Excluir
    2. Tem o cara do NOVO e o Caiado, mas com pouca ou nenhuma chance real. O jeito é esperar pra ver quem aparece até lá.

      Excluir
    3. Se o nosso lado ficar fragmentado votando em vários presidentes o Lula tem mais chances de ganhar.

      Excluir
    4. É verdade, por isso no fim das contas seremos obrigados a fazer o tal do "voto útil" (em quem aparece com mais chances de ir pro segundo turno). Embora ao meu ver o Lula não tem a menor chance de ganhar em um segundo turno seja contra quem quer que ele dispute; eu nunca vi um político com mais de 50% de rejeição ganhar uma eleição para um cargo executivo.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Relaxa amamigoVai valer a pena! Vai dar tudo certo! :)
      Não será maravilhoso se em 2022 não tivermos nem um candidato de esquerda?

      Excluir
    7. É muito utópico pensar que eles não vão nem disputar eleições. Melhor pensar que vão disputar... e perder.

      Excluir
    8. Esse país não vai ser NUNCA de direita... Não está na cultura, não tem candidatos de direita que sejam decentes.

      O máximo que temos é um "conservadorismo" católico, dependente de gurus "católicos" que não fazem a mínima ideia do que estejam falando já que desconhecem até os pricípios básicos de sua própria religião ( a de uma certa instituição muito poderosa nos tempos do feudalismo). Ou não são mesmo a favor da liberdade econômica e muito menos da liberdade de expressão, e mentem já que lhes convém.

      O capitalismo não é uma teoria. Nenhum país capitalista "resolveu" ser capitalista. Os países protestantes não tem muita experiência em lutar contra o comunismo dentro de seus territórios. Nenhum país capitalista precisou votar em alguém pra virar um país livre e próspero, muito menos numa pessoa que nunca teve sucesso empreendendo nada e que defende estatizações e militarismo. Álias, qual é mesmo o país capitalista governado por militares? A Coreia do Norte? hahaha

      O capitalismo floresceu em países protestantes pq os evangélicos o viam como algo natural e em conformidade com a lei divina, diferentemente dos neopentecostais atuais que esqueceram do "trabalhar para a glória de Deus" e do "soli Deo Gloria" e decidiram que ser evangélico é orar e esperar que as coisas caiam do céu e ainda ficar idolatrando artistas e líderes espirituais, enquanto o catolismo, que NUNCA fundou uma nação decente, contribui ainda mais para destruir a imagem do capitalismo e do conservadorismo, pois não sabem como tirá-los do papel no meio de uma sociedade idólatra, corrupta e promíscua e aí ficam proclamando asneiras e inventando moda.

      Culto ao líder não é capitalismo. Culto ao líder é coisa de comunista, de fascista. É por isso que esses regimes políticos não conquistaram os países protestantes. É vergonhoso para um evangélico idolatrar alguém, isso é coisa de católico.





      Excluir
    9. Eu falei uma suposição, não significa que eu ache que será assim.
      Abç!

      Excluir
    10. Sei que vc não acha. Eu só quis dizer rs
      Abç!

      Excluir
  16. Lucas, pra você, qual o significado do 666 no apocalipse? E da marca da besta, o que seria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 666 é o código que identifica o nome do anticristo. Já a marca da besta em si é possivelmente o microchip, embora se a tribulação demorar muito para ocorrer pode ser que até lá surja uma nova tecnologia que seja mais apta para isso.

      Excluir
    2. Lucas, É verdade que quem receber a marca da besta estará irremediavelmente perdido?

      Excluir
    3. "https://youtu.be/QhwEr-Tzinw"

      Não foi convincente. Uma coisa é dizer que tal parte do Apocalipse é alegórica, isso é aceitável em se tratando da natureza do livro, mas desde que se mostre pelo contexto que é exigida uma interpretação alegórica dali e que se traga um significado plausível e legítimo para a alegoria em questão. No caso ele não explicou em momento algum a importante parte que diz que sem a marca da besta ninguém poderia comprar nem vender (é como se João tivesse imposto essa "alegoria" sem nenhuma aplicação e sem qualquer objetivo). O "microchip" permanece sendo uma interpretação muito mais consistente ao meu ver, ainda mais em um mundo cada vez mais tecnológico e que cada vez mais tende a controlar as pessoas (caminhando para cada vez mais perto do cumprimento da profecia).

      Excluir
    4. "Lucas, É verdade que quem receber a marca da besta estará irremediavelmente perdido?"

      Eu acredito que Deus pode perdoar a qualquer pessoa que estiver sinceramente arrependida, seja antes ou depois de receber a marca da besta. Mas depois ficará muito mais difícil, pois as autoridades do sistema poderão saber onde você está com facilidade e o perseguir até a morte (é por isso que os que não recebem a marca "fogem para os montes", a fim de não serem descobertos, mas quem a recebeu não terá a mesma chance).

      Excluir
    5. Pensa bem, uma pessoa pratica, ouve, entende, e ensina o evangelho genuino, mas só porquê botou um chip na mão "perdeu" a vida eterna.
      É claro que não, ter a marca da besta envolve apoiar o anticristo.

      Excluir
    6. Por que Deus permitia incesto e não permite mais?

      Excluir
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    8. Se existirem aliens, eles precisam se converter?

      Excluir
    9. Você conhece a página do facebook Cristão Protestante?
      Eu recomendo, eles tem críticas pesadas ao neopentecostalismo e à mera religiosidade sem transformação.

      Excluir
    10. "Pensa bem, uma pessoa pratica, ouve, entende, e ensina o evangelho genuino, mas só porquê botou um chip na mão "perdeu" a vida eterna. É claro que não, ter a marca da besta envolve apoiar o anticristo"

      Mas eu nunca neguei que a marca da besta envolve apoiar o anticristo. Ninguém que receberá a marca quando acontecer não estará consciente do que ela representa e significa.

      "Por que Deus permitia incesto e não permite mais?"

      Deus permitia na época em que isso era necessário para a humanidade existir e quando ainda não havia os problemas genéticos decorrentes disso (que existem hoje). Veja o que o Pr. Ubirajara Crespo escreveu sobre isso:

      “A lei que proíbe o incesto visava a mesma proteção, pois está provado que casamentos consangüíneos podem acarretar alterações na formação do feto. Naquela época o problema não era tão grande, pois a recente criação do homem não lhe trazia uma história genética tão grande como a que temos. Hoje temos muito mais a herdar de nossos antepassados do que naquela época”

      "Se existirem aliens, eles precisam se converter?"

      Não creio que existam, mas se existem, Deus tem alguma forma de se comunicar e lidar com eles, que não é da nossa competência.

      "Você conhece a página do facebook Cristão Protestante?"

      Conheço sim, é uma boa página mesmo.

      Excluir
    11. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    12. Não é só porque colocou um chip que perderá a salvação. E sim porque colocou ou na mão direita ou na testa. A pergunta que se deve fazer é: posso por na esquerda? Se falarem não, prá mim vai ficar claro que é o sinal da besta. E outra coisa, até quem é ateu já ouviu a história, então todos foram previamente avisados disso.

      Excluir
    13. Mesmo assim não faz sentido amigo.

      Excluir
    14. Não faria sentido se não houvesse aviso. É claro que uma imposição física sobre qualquer ser humano não deveria ter o poder de se perder a salvação. E não tem. Mas essa específica aí sim, pois já foi avisada muito tempo antes de ocorrer. E, já que a função é apenas um registro ou algo do tipo, porque não posso por na mão esquerda? Não há, aí sim, motivo que possa diferenciar a exigência de que seja na mão direita e não na esquerda. Se essa imposição for inflexível, taí na cara a marca da besta.

      Excluir
    15. Essa é outra razão pela qual entendo ser bastante sem nexo alegorizar esse texto específico, pois não haveria nenhum razão para João fazer questão de frisar que a marca da besta seria na mão DIREITA especificamente (bastaria dizer "a mão", se a interpretação do bispo Walter estivesse correta).

      Excluir
  17. Lucas, vc pretende escrever sobre política? Eu estou começando a ler sobre hitória e política e até um pouco de economia, mas vejo que muita gente te procura pra perguntar sobre estes assuntos, deve ser porque é difícil achar algo imparcial na internet, que apresente bons argumentos e fontes como vc faz. Sei que sua prioridade agora é outra, mas vc pretende elaborar artigos específicos sobre estes assuntos neste ano?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pretendo escrever sim, mas sobre política de forma mais geral, e não comentando especificamente acontecimentos do cotidiano, como analistas políticos e colunistas de jornais fazem (a não ser em circunstâncias extraordinárias, talvez).

      Excluir
  18. Concorda?

    https://www.youtube.com/watch?v=9qA-e6xZnAo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza. É o mesmo pensamento expresso pelo Zágari neste artigo:

      https://apenas1.wordpress.com/2011/09/26/cristao-deve-ouvir-musica-do-mundo/

      Excluir
    2. Anônimo do Avalie17 de janeiro de 2018 21:16

      Avalie: https://en.m.wikipedia.org/wiki/Papist
      Não me zoe!!! Só pedi pra avaliar.

      Excluir
    3. Cara, me desculpe mas eu não vou ficar avaliando duzentos dicionários, não tem sentido isso. Vídeo até vai quando tem alguma relevância, mas dicionário é coisa sem sentido algum, não leve a mal...

      Excluir
    4. Refute: https://youtu.be/Mp6kxHRP8To

      Excluir
    5. Apenas mais um vídeo engraçadinho e cheio de mentiras que já foram refutadas em todos os meus artigos sobre monarquia.

      Excluir
  19. Lucas, você alguma vez já expulsou demônios? Gostaria de descrever?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em toda a minha vida eu só presenciei exorcismo três vezes e em nenhuma delas eu estava envolvido.

      Excluir
    2. Então expulsa o Denonimo do Avalie!

      Excluir
    3. Parece que ele não vai com a sua cara :/

      Excluir
    4. Lucas, avalie o Anônimo do Avalie.

      Excluir
    5. Difícil de avaliar o anônimo do avalie...

      Excluir
    6. Será que é o mesmo anônimo "do first"?

      Excluir
    7. Cadê o anônimo do first mesmo?

      Excluir
  20. Vc concorda com a reforma da previdência? https://www.youtube.com/watch?v=SiTe1W07VsE
    Acha que é necessário essa reforma ou teria outros meios da aposentadoria render mais?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se um monte de gente que se diz economista ou que entende de economia diverge sobre esse assunto (uns insistindo que a reforma é necessária, outros insistindo que não), não vai ser um teólogo como eu que irá botar um ponto final nessa discussão. O que eu posso dizer é que há inúmeras maneiras de se aliviar os cofres públicos sem a necessidade de reformar a previdência - um deles é cortando pela metade (pelo menos) o número de deputados, o salário deles e os inúmeros privilégios que desfrutam, e também dos juízes (que ganham 500 mil mensais). Em nenhum país do mundo deputados e juízes ganham tanto e com tantos privilégios, essa é a principal razão pela qual o tesouro se esgota, a corrupção é a outra. Mas é óbvio que nenhum político iria propor esse tipo de coisa contra sua própria classe, então é mais fácil tirar do trabalhador e dos aposentados.

      Excluir
  21. Respostas
    1. Na verdade existem várias definições para heresia, e eu particularmente adoto a do dicionário mesmo: heresia é qualquer doutrina ou sistema teológico falso.

      Excluir
    2. Anônimo do Avalie19 de janeiro de 2018 21:37

      O que dizer desse vídeo?: https://youtu.be/cBXmUi-Vk8A

      Excluir
    3. Já escrevi sobre isso aqui:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com.br/2015/09/a-proibicao-ao-homossexualismo-em.html

      Excluir
    4. Anônimo do Avalie20 de janeiro de 2018 18:37

      Eu prefiro o vídeo do Dois Dedos: https://drive.google.com/file/d/0B39Bg3y6NNcBdFFvejlUMUFrTm8/view

      Excluir
  22. Lucas veja só isso:

    https://noticias.gospelprime.com.br/na-bolivia-lideres-cristaos-protestam-contra-evo-so-teremos-paz-nos-cemiterios/

    Como se já não bastasse a Venezuela, agora só falta a Bolívia, e os católicos tridentinos ainda dizem que a Igreja Católica é o baluarte do Conservadorismo no mundo, ainda bem que o Brasil conseguiu se livrar dessa corja esquerdista, não podemos permitir que voltem. Esse Evo Morales é um babaca (desculpe a ofensa) que deveria se aposentar da política. Depois dessa os olavetes devem estar se contorcendo achando que a ICAR é o baluarte do conservadorismo.

    Detalhe a Bolívia é 80%-90% católica onde o número de evangélicos não chega a 10% no país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é esse o "baluarte do conservadorismo de direita" no mundo, o catolicismo romano, pode ver que os países mais católicos são justamente aqueles onde o socialismo não prevalece de jeito nenhum, como por exemplo a Venezuela, a Bolívia, Cuba, o próprio Brasil que deixou o partido que criou o Foro de São Paulo por 14 anos no poder e ainda é capaz de colocá-lo lá de novo, enfim... se esse é o baluarte do conservadorismo, que bom que eu sou protestante.

      Excluir
    2. eu também (sou protestante), aliás veja só isso:

      https://pt.wikipedia.org/wiki/Conservadorismo_no_Brasil

      Até a própria Wikipédia (não é a melhor fonte do mundo, eu sei) admite que esse "conservadorismo" brasileiro está cheio da influência desses católicos tridentinos, e olha só os "pensadores", Olavo de Carvalho (Um astrólogo que se acha filósofo, mas não sabe de droga nenhuma), Eduardo Prado (esse daí eu senti nojo além de monarquelho era contra o Liberalismo, o Republicanismo e desdenhava os Estados Unidos e a sua cultura protestante, ainda bem que esse morreu há mais de 100 anos, e ainda morreu jovem), Plínio Correia (um pedaço de passado que já foi superado há séculos), Plínio Salgado (um fascista anti-protestante, pró-católico e ultra-nacionalista) e etc. Todos eles defendendo (ou defenderam) um Conservadorismo tacanha, pró-catolicismo, pró-fascismo, pró-monarquia, anti-estado laico e anti-protestante, isso não é Conservadorismo legítimo nem aqui nem em outro planeta. Ainda bem que sou adepto do Conservadorismo protestante, aliás, gostei muito dos seus artigos sobre o Conservadorismo, e a diferença abismal entre o Conservadorismo Protestante e o Conservadorismo Católico.

      Excluir
    3. Esses "conservadores" católicos são do pior tipo possível, tão repugnantes quanto os "pensadores" esquerdistas. É por isso que o nosso país "conservador" é tão decadente.

      Excluir
    4. Falando em Protestantes Conservadores e Anticomunistas, não sei se você Lucas sabia, mas o Ex-Presidente da Alemanha Joachim Gauck (ele foi o Chefe de Estado do país de 2012 até 2017) é um Pastor Luterano que lutou ferrenhamente contra o regime comunista da Alemanha Oriental e ainda presidiu uma comissão especial criada pelo governo alemão para investigar as violações aos direitos humanos cometidas pelo governo comunista da Alemanha Oriental? E enquanto ele era Presidente da Alemanha teve boas relações políticas com a Chanceler Ângela Merkel (que a propósito é uma conservadora de direita e luterana devota) e o partido dela a CDU (União Democrata Cristã, que é um Partido Conservador de direita com forte uma influência luterana), tanto é que ele foi apoiado pela CDU e pela Ângela Merkel nas Eleições Presidenciais Alemãs de 2012, embora não fosse filiado, ele é um político sem partido. Esse é mais um exemplo de que os Protestantes Conservadores são muito mais resistentes que os Católicos "conservadores", não só isso mas também durante a Alemanha Oriental houveram inúmeros grupos de luteranos conservadores que resistiram ferrenhamente ao regime, tanto é que muitos deles tiveram que buscar refúgio na Alemanha Ocidental.

      Excluir
    5. Exato, agora compare isso com Cuba, onde a revolução foi apoiada pelos movimentos populares e até hoje celebram os aniversários da revolução e dos ditadores cubanos, a despeito de toda a miséria que sofrem no país...

      Excluir
    6. Verdade, fora que metade da população em Cuba nem católica é mais (se não me engano 45% da população cubana se declara ateia, mas esse número pode ser bem maior na realidade, se juntarmos os agnósticos e católicos não praticantes, esse número até duplicar) na Alemanha apenas 15% se declara ateia (30% se incluirmos pessoas que não tem uma religião específica e agnósticos), mas esse número vem diminuindo, pois logo após a reunificação da Alemanha o Luteranismo voltou a crescer na ex-Alemanha Oriental, tanto é que em 1990 apenas 3% da população da Alemanha Oriental era Luterana (4% eram de cristãos, incluindo católicos e outros cristãos), hoje esse número é de 25% (33% de Cristãos no total, incluindo católicos e outros cristãos), porém infelizmente o ateísmo vem ganhando força no mundo todo, mas oremos para os alemães, tanto da parte oriental como da parte ocidental convertam-se à Jesus, Deus te abençoe e espero que algum dia a Alemanha torne-se uma nação cristã novamente. Deus te abençoe

      ps: Enquanto isso na ex-Alemanha Oriental quase ninguém (ou pelo menos a maioria esmagadora) quer a volta do comunismo ou celebra o aniversário da Alemanha Oriental, fora que essas regiões que faziam parte da ex-Alemanha Oriental estão começando a votar massivamente na CDU, tanto é que a cada eleição a CDU conquista cada vez mais votos dos moradores da ex-Alemanha Oriental.

      Excluir
    7. Lucas, vc tem propriedade para falar sobre o embargo econômico em Cuba? Os apoiadores da revolução argumentam que toda a pobreza cubana é causada pelas barreiras econômicas impostas pelos EUA. Mas os impostos em Cuba são altíssimos, e é claro que ninguém vai comercialiazar com um país que cobra altos impostos.

      Excluir
    8. Esse argumento é muito cafajeste, na época da revolução eles tinham um discurso anti-EUA como se os problemas de Cuba fosse sua relação com os EUA (quando na verdade Cuba era a terceira maior economia da América Latina), e agora depois do embargo culpam os EUA de novo mas pela razão inversa, ou seja, como se a ausência de comércio com os EUA fosse a razão da ruína econômica cubana. Então de qualquer modo, eles vão sempre arrumar um jeito de fazer os EUA continuarem a ser o vilão malvadão da história (como se eles não tivessem todos os outros países do mundo para fazer comércio). Vale lembrar que o embargo não aconteceu à toa, aconteceu porque o ditador Fidel Castro decidiu confiscar todos os bens da ilha, inclusive dos cidadãos e empresas americanas (ou seja, ele se apropriou de toda indústria ou empresa estadunidense que lá estava, literalmente roubou os EUA além de escravizar seu próprio povo).

      Excluir
    9. Também porque o Fidel Castro e o Che Guevara queriam iniciar uma Guerra nuclear a todo custo contra os EUA, tanto é que a URSS estava enviando armas atômicas e mísseis para Cuba e o próprio Che Guevara tinha um plano ambicioso para jogar uma bomba atômica em plena capital Washington D.C

      Excluir
  23. Lucas, a volta de Cristo e o arrebatamento da igreja são eventos distintos? é verdade que a crença no arrebatamento da igreja é recente, do século passado? Os cristãos salvos "vão pro céu" ou o nosso planeta será restaurado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma, uma coisa de cada vez:

      1) A volta de Jesus e o arrebatamento são ACONTECIMENTOS distintos, porque um se trata de Jesus voltando e o outro da Igreja subindo, mas ambos ocorrem em um mesmo MOMENTO, e não com sete anos de diferença.

      2) A crença no arrebatamento da Igreja sempre existiu, o que é recente é a crença no arrebatamento "secreto", essa que inventa que Jesus vai "raptar" a Igreja sete anos antes do fim da tribulação e que divide a volta de Jesus em "duas fases".

      3) Os cristãos vão pro céu sim, mas não o céu onde Deus habita (em outra dimensão, que a Bíblia chama de "terceiro céu"), e sim esse céu acima dos nossos olhos (o "primeiro céu"). É ali - nas nuvens - que nos encontraremos com Cristo, nos ares. O que acontece depois disso depende da linha escatológica que você segue, há os que creem que subiremos mais ainda até o terceiro céu e passaremos ali o milênio, mas embora eu considere essa possibilidade eu não creio dessa forma, mas sim que desceremos novamente à terra onde passaremos o milênio com Cristo.

      Excluir
    2. Obrigado pelos esclarecimentos Lucas. Deus continue lhe abençoando.

      Excluir
  24. Olá Lucas.
    Na sua opinião, esse otimismo exagerado presente nas músicas gospel da atualidade (exemplo Damares) tem embasamento bíblico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhum embasamento. Embora em geral eu ache o louvor evangélico de bom nível e discorde do rigor de muitas críticas generalizadas, alguns (como as da Damares e outros cantores do tipo) são realmente um show de horrores, antropocentrismo total, nenhum louvor ou adoração a Deus, com a única finalidade de engrandecer, exaltar e elevar a alto estima do próprio homem, e que não se diferem em nada de uma música secular (exceto pelo fato das músicas seculares serem mais bem feitas).

      Excluir
  25. https://www.youtube.com/watch?v=SrvFZDSkieU
    Uma música para você colocar na sua página do face Jesus é o caminho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bonita a música. A Heloísa Rosa era da igreja que eu congregava até pouco tempo atrás :)

      Excluir
    2. 1) Assassinato é punível com pena de morte
      2) Aborto é assassinato
      3) Logo, aborto é punível com morte
      Compete?

      Excluir
    3. Não sou a favor da pena de morte, mas sou a favor de algum tipo de punição para quem aborta.

      Congrego na comunidade Vineyard.

      Excluir
    4. Não é a favor pra aborto ou não a favor da pena de morte em si?

      Excluir
    5. Da pena de morte em si (e do aborto consequentemente).

      Excluir
  26. Lucas, o que você acha dos milagres da IÇAR inclusive os do Papa João Paulo 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço nenhum milagre comprovado da ICAR, em se tratando dessa religião parece ser tudo embuste mesmo, eles precisam sempre de mais "milagres" falsificados para enganar o povo.

      Excluir
    2. Mas tem alguns relatos de curas operadas através do Papa, nunca ouviu falar deles?

      Excluir
    3. "Relatos de curas" existem em todas as religiões no mundo inteiro, isso não prova nada.

      Excluir
    4. Mas alguns não podem ser verdadeiros, mesmo não sendo operado por Deus?

      Excluir
    5. Sim, da mesma forma que em qualquer outra religião.

      Excluir
  27. Lucas só por curiosidade você é filho único?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um irmão mais novo (espero que nenhum católico entenda que estou falando de primo).

      Excluir
    2. Anônimo do Avalie19 de janeiro de 2018 16:49

      É verdade que evangélicos são perseguidos no México?

      Excluir
    3. Sim, escrevi sobre isso aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/01/catolicos-perseguem-protestantes-idade.html

      Excluir
    4. Anônimo do Avalie19 de janeiro de 2018 20:25

      O artigo só sita duas cidades mexicanas (ou eu não li direito?), então é errado falar do méxico em si.

      Excluir
    5. A pergunta foi se há perseguição no México. E há. O fato de não ser no México inteiro (em todas as cidades do país) não muda isso. Precisa melhorar interpretação de texto =)

      Excluir
  28. Lucas, eu achava que os ortodoxos não eram idólatras. Até eu entrar nun blog ortodoxo que já foi citado aqui por um de seus seguidores - http://skemmata.blogspot.com.br/
    e ler isso aqui:

    "A Theotokos, a Igreja nos ensina, é a primeira e maior exemplo desse processo (processo de salvação ).Ela submeteu Sua vontade a Deus, concordando em ter Seu Filho. Sem Ela não teria havido nenhuma Encarnação e consequentemente nenhuma Redenção."

    Praticamente a mesma crença dos romeiros... graças ao "sim" de Maria temos salvação. Agora imagina se Maria tivesse dito "não"...Gabriel voltaria tão triste e diria cabisbaixo: Deus, o plano de salvação falhou. Ela disse não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ridículo mesmo. Como se o plano de salvação de Deus fosse dependente de Maria, e se não fosse a "sorte" de Maria ter dito "sim", estaríamos todos perdidos e o plano de Deus estaria arruinado (como se Ele estivesse limitado e cativo à decisão de Maria, e não fosse presciente para já saber da aceitação ou não pudesse escolher qualquer outra pessoa no lugar). Pensar na mera possibilidade de não poder haver redenção sem Maria é realmente um pensamento satânico, mas que expressa com perfeição o deus pequeno deles.

      Excluir
    2. Uma observação a se fazer é que os cristãos ortodoxos também são divididos. Existem
      alguns que endossam o catolicismo aceitando o primado de Roma, outros nem tanto. Há outros que vêem os católicos romanos como cismáticos. Agora, na visão católica ortodoxa, nós protestantes, somos todos hereges.

      Excluir
    3. Anônimo do Avalie20 de janeiro de 2018 10:05

      Avalie se é convincente (único de hoje): https://youtu.be/KOkm6XrK4qY

      Excluir
    4. "Uma observação a se fazer é que os cristãos ortodoxos também são divididos"

      Isso é verdade, mas nem tanto pela questão do primado de Roma, que nenhum ortodoxo aceita no sentido jurisdicional (que Roma afirma), apenas no sentido de "primado de honra". Mas nem o cânon bíblico das Igrejas Ortodoxas é o mesmo, algumas tem mais e outras menos livros entre si.

      "Avalie se é convincente (único de hoje): https://youtu.be/KOkm6XrK4qY"

      Muito longo o vídeo, mas a minha opinião (não-dogmática) sobre o assunto eu já expus aqui:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com.br/2015/08/o-pastorado-feminino-e-correto.html

      Excluir
    5. Anônimo do Avalie20 de janeiro de 2018 18:32

      "Muito longo o vídeo"
      Você viu todo pra anotar os pontos e dizer se é convincente ou não?

      Excluir
    6. Não vi inteiro, é longo demais e eu não tive tempo.

      Excluir
  29. Lucas por que os calvinistas acusam os arminianos de pelagiano ou semipelagiano?Em que o herege Pelágio acreditava?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É apenas uma difamação qualquer. Pelagianismo era a crença de que podemos iniciar a salvação por nós mesmos, a negação do pecado original, da depravação total e a salvação pelas obras. Não tem nada a ver com o arminianismo clássico, e os calvinistas que tentam nos "empurrar" para o pelagianismo é só porque lhes faltam argumentos para refutar o arminianismo em si, então precisam rotular o adversário de coisas falsas ou atacar espantalhos.

      Excluir
    2. Não é verdade, eu não faço isso.

      Excluir
    3. Ele não disse que todos os calvinistas fazem isso (e nem eu), mas que há muitos por aí que fazem, isso é fato.

      Excluir
    4. E também é difamatório falar que o calvinismo "dizima" o amor divino.

      Excluir
    5. E vocês disseram "os" e não "alguns".

      Excluir
    6. "Esses são irrelevantes"

      Não creio que sejam tão irrelevantes assim, já vi muitos fazendo isso.

      "E também é difamatório falar que o calvinismo "dizima" o amor divino"

      Se o calvinista em questão acredita que Deus decretou todo o mal e ódio que há no mundo, é razoável pensar que "dizima" sim.

      "E vocês disseram "os" e não "alguns""

      Eu estava falando dos calvinistas que acusam os arminianos de pelagianos.

      Excluir
    7. "Se o calvinista em questão acredita que Deus decretou todo o mal e ódio que há no mundo, é razoável pensar que dizima sim"
      Não, porque assim nós estaríamos impondo nosso conseito de amor em Deus. Além dele ser plenamente amoroso, ele é plenamente sábio e plenamente justo. Se ele faz isso ele sabe o o quê está fazendo, e nós não podemos julga-lo (sem falar que na Bíblia Deus é apresentado amoroso por salvar pecadores condenados e não por dar oportunidade de salvação a todos).

      Excluir
    8. Eu não estou falando de não dar oportunidade de salvação pra todos, embora isso também se aplique. Falo antes de todo o mal que existe no mundo e que teria sido causado por Deus. Todos os estupros, assassinatos, torturas, até a própria incredulidade, esquerdismo, comunismo, Inquisição, nazismo, enfim, TUDO teria sido determinado por Deus e os homens não passariam de fantoches que são obrigados a seguir tais comandos e por isso agem dessa forma e creem desse jeito. Não sei qual o conceito de amor que você tem em mente, mas no meu dificilmente algum encaixaria em algo assim.

      Excluir
    9. Ah... Essa questão já é outra.

      Excluir
    10. Mas de qualquer modo não dizima o amor divino.

      Excluir
    11. Tudo bem, cada um com a sua opinião...

      Excluir
  30. O que achas? https://www.youtube.com/watch?v=7MKJICGRS_o&list=PLBbeQpxzZGRzsynutuNEnpCc3W-bXI8xI&index=6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa também, mas ouça essa:

      https://www.youtube.com/watch?v=80SJ8XHqKqM

      Excluir
  31. Lucaas, qual a sua opinião sobre historiadores revisionistas como Henry Kamen? É verdade que muitas "mitos" que estão associados com a inquisição espanhola, é na verdade invenção dos protestantes que queriam diluir o poder do papal, como afirma (se não me engano), um documentário da BBC?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda estou lendo Henry Kamen para descobrir se ele próprio é um revisionista ou se os apologistas católicos desonestos perverteram suas palavras da mesma forma que fizeram com Jacques Le Goff e outros historiadores, mas até hoje não encontrei uma única acusação de "mito protestante sobre Inquisição" que não fosse real quando se estuda os arquivos e os livros. Eles simplesmente são obrigados a dizer que são "mitos" porque não tem como refutar. Eu poderia expor toda a patifaria da Inquisição apenas usando livros católicos, como esse aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2016/02/o-livro-que-e-o-tapa-na-cara-de-todo.html

      Excluir
  32. Quando Lucas vai ter o HANGOUT entre você,o Elissson,o Bruno e o Francisco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda não sei, sempre alguém acaba tendo um imprevisto em cima da hora e depois veio as festas e tal, talvez semana que vem ou na outra se der.

      Excluir
  33. Lucas, no tempo da lei havia tolerância para com os povos de outras religiões? Os hebreus concediam liberdade de culto aos estrangeiros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lógico que sim, é só ver a forma que a lei se refere aos estrangeiros:

      “O estrangeiro residente que viver com vocês será tratado como o natural da terra. Amem-no como a si mesmos, pois vocês foram estrangeiros no Egito. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês” (Levítico 19.34)

      “Se alguém do seu povo empobrecer e não puder sustentar-se, ajudem-no como se faz ao estrangeiro e ao residente temporário, para que possa continuar a viver entre vocês. Não cobrem dele juro algum, mas temam o seu Deus, para que o seu próximo continue a viver entre vocês. Vocês não poderão exigir dele juros nem emprestar-lhe mantimento visando lucro” (Levítico 25.35-37)

      “Quando fizerem a colheita da sua terra, não colham até às extremidades da sua lavoura, nem ajuntem as espigas caídas de sua colheita. Não passem duas vezes pela sua vinha, nem apanhem as uvas que tiverem caído. Deixem-nas para o necessitado e para o estrangeiro. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês” (Levítico 19.9-10)

      “Não oprimam a viúva e o órfão, nem o estrangeiro e o necessitado. Nem tramem maldades uns contra os outros” (Zacarias 7.10)

      “Não maltratem nem oprimam o estrangeiro, pois vocês foram estrangeiros no Egito” (Êxodo 22.21)

      “Maldito quem negar justiça ao estrangeiro, ao órfão ou à viúva” (Deuteronômio 27.19)

      “Não neguem justiça ao estrangeiro e ao órfão, nem tomem como penhor o manto de uma viúva” (Deuteronômio 24.17)

      “Pois o Senhor, o seu Deus, é o Deus dos deuses e o Soberano dos soberanos, o grande Deus, poderoso e temível, que não age com parcialidade nem aceita suborno. Ele defende a causa do órfão e da viúva e ama o estrangeiro, dando-lhe alimento e roupa. Amem os estrangeiros, pois vocês mesmos foram estrangeiros no Egito” (Deuteronômio 10.17-19)

      Excluir
  34. Olá Lucas !Gostaria que você me tirasse uma dúvida . Normalmente os católicos usam o seguinte argumento :
    1 . Maria é mãe de Jesus
    2 . Jesus é Deus
    3. Logo Maria é Mãe de Deus .
    Obviamente o argumento é invalido pois se fossemos levar isso ao extremo veríamos que : 1. As escrituras dizem que Deus não é tentado .
    2 . Jesus foi tentado
    3. Logo Jesus não é Deus . Isso nos leva a um questionamneto quando Cristo veio a terra ele era 100% Deus ? Se sim então falaríamos que Deus morreu , que ele foi tentado e que ele dormiu o que contradiziria Salmo 121e Tiago . Se não como conciliar isso com a doutrina da Trindade ? Cordialmente ,
    Otávio




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, no meu entendimento tudo o que Jesus fez aqui na terra, ele o fez como homem, como expus neste artigo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com.br/2012/11/jesus-cristo-veio-100-em-carne-ou-era.html

      Pode-se dizer que "Jesus era Deus" no sentido de que era o Deus ENCARNADO, ou seja, feito carne, que se tornou humano como todos nós por aquele tempo, e não no sentido de que era "meio Deus e meio homem", ou como se não tivesse aberto mão de seus atributos divinos ao se tornar um ser humano (ou como se nem tivesse "se tornado" um homem, mas apenas fingido ser um, ou acrescentado uma natureza a mais à sua natureza divina). Por isso ele pôde ser tentado, ter dormido e morrido, o que agora no Céu ele obviamente não pode, como Deus.

      Abs.

      Excluir
  35. Lucas, acabei de assistir um novo filme da Netflix Caminho da Fé o filme conta a história real do polêmico pastor Carlton Pearson, uma estrela evangélica em ascensão, que após uma crise de fé no começo do século passa a pregar que não existe inferno, apenas o criado pelo homem na Terra, e a defender a tolerância e a inclusão de todos no amor de Deus, independente da religião. A mensagem afastou os fiéis mais tradicionais, colocando-o em confronto com os líderes da Igreja até ser considerado um herege. Isto não o impediu de continuar pregando o chamado “Evangelho da Inclusão” e a tese da “reconciliação universal” em outra congregação, sob nova denominação evangélica.o que vc acha dele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não assisti esse filme mas esse pastor é universalista, que entende que no final todos serão salvos. Eu não creio desta maneira e considero heresia, embora seja um ensino menos danoso e nocivo que o tradicional "inferno eterno".

      Excluir

Deixe o seu comentário. Sua participação é importante e será publicada após passar pela moderação. Todos os tipos de comentários ou perguntas educadas sobre qualquer assunto são bem-vindas e serão respondidas cordialmente, mas comentários desrespeitosos não serão publicados. Debates e discussões são aceitos, desde que saia do anonimato.