18 de setembro de 2018

178 Entenda o que é o “olavismo cultural” e por que ele é tão perigoso

(Católico demonstrando na prática o horror que tem à Bíblia. Que novidade!)

Ninguém definiu melhor a atual situação cultural do Brasil do que Gilberto Santos, quando recentemente, diante dos ataques e chiliques do mago da Virgínia, disse que o “olavismo cultural” havia se tornado tão perigoso quanto o ateísmo e o esquerdismo, e que haveria de ser tão combatido quanto estes. De fato, à luz dos acontecimentos recentes, ficou ainda mais claro o que já era perceptível há muito tempo. O “olavismo cultural” consiste na restauração da hegemonia cultural católica no país, que para isso passa necessariamente pela destruição cultural do:

I. Ateísmo.
II. Esquerdismo.
III. Protestantismo.

Estes três alvos do olavismo cultural são também três etapas diferentes do “projeto”. No meu artigo sobre a página "Explica-me Ateu" eu mostrei como os católicos olavetes instrumentalizam páginas “anti-ateísmo” para fazer propagandismo católico e militância antiprotestante, com o revisionismo das cruzadas, da Inquisição e de tudo aquilo que possa comprometer a Igreja Romana de alguma forma. Mas refutar o ateísmo já saiu de moda, pelo menos em nosso país. O debate sobre ateísmo esteve em alta há uns dez anos, quando os neo-ateus “toddynhos” eram a modinha do momento. Isso passou, e agora a modinha é ser católico olavete, monarquelho e antiprotestante.

Politicamente, o movimento olavete se apresenta como capitalista de direita, porque nada mais é senão uma cópia dos princípios do Partido Republicano norte-americano. A ironia é que este partido foi essencialmente fundado nos princípios protestantes, mas que o guru da Virgínia importou ao Brasil com uma roupagem “católica”. Isso contrasta fortemente com o catolicismo histórico, que sempre foi oficialmente contra o Estado mínimo e o liberalismo de mercado, sendo que os próprios católicos americanos historicamente sempre votaram fortemente no Partido Democrata (a esquerda americana), que até a década de 60 tinha 80% dos votos dos católicos de lá. Ou seja, todo o mérito do guru que escolheu viver no país mais protestante do planeta se resume em ter importado o modelo político protestante que viu lá, enquanto ataca, difama e calunia o próprio protestantismo aqui e se assume como o líder de uma “nova direita” católica. É para você ter uma leve ideia do nível da picaretagem com a qual estamos lidando.

O fato é que essa “nova direita” ajudou a quebrar a hegemonia da esquerda no Brasil, o que levou muitos protestantes a simpatizarem e até a se unirem ao movimento, vendo na figura de Orvalho de Cavalo o seu grande líder supremo, o Mestre dos Mestres, o dono da razão. “Olavo tem Razão” virou inclusive o lema da seita, e não pense que isso tem a ver somente com política, mas com tudo. E “tudo” é tudo mesmo: até quando Olavo detona figuras como Newton e Eisntein seus seguidores concordam acriticamente com ele e não com a ciência, pois para os olavetes Olavo sempre tem que ter razão em tudo. Ele é uma espécie de figura mais sublime que Jesus Cristo, razão pela qual muitos abandonaram a fé em Cristo para aderir à seita que cultua Astrolavo. O mesmo se autointitula o “único intelectual vivo do Brasil” e se esforça em fazer lavagem cerebral em seus alunos, a fim de concordarem com tamanha insanidade. E o pior: consegue.

Inúmeros ex-alunos já testemunharam como aquilo ali é literalmente uma seita, que presta culto a uma personalidade, ou melhor, uma divindade: ele mesmo. Eu não preciso nem perder tempo desenvolvendo o ponto porque até a filha dele já o desmascarou publicamente, como você pode ver neste hangout de três horas e meia com ela e um ex-aluno do “mestre”. Pelo menos metade dos seus filhos são assumidamente muçulmanos até hoje e um outro é gnóstico. Orlando Fedeli, o mais ferrenho defensor do catolicismo na década passada, já havia desmascarado e provado o gnosticismo de Olavo neste artigo da Montfort. O cara está muito mais para bruxo do que para católico. Aliás, a astrologia é explicitamente condenada e anatematizada pela Igreja, mas ele não está nem aí com isso, porque o culto em sua seita é em torno dele mesmo, e não do papa.

Como em toda e qualquer seita, seus membros são instigados a sempre defenderem uns aos outros, além de, acima de tudo, defender o grande mestre com unhas e dentes, sempre que necessário. Pegue como exemplo o testemunho de Charles Finney, que abandonou a maçonaria no século XIX. Uma das razões que o levou a abandonar a seita foi que os maçons «escondem os crimes uns dos outros» e «livram uns aos outros de dificuldades, seja certo ou errado». Isso é exatamente o mesmo que ocorre na seita olavete, onde seus membros, após passarem por todo o processo de lavagem cerebral e dominação da mente, passam a falar e agir igual a seu Mestre e a protegê-lo de qualquer constrangimento que sofra, pois seu objetivo na vida será sempre o de transferir toda honra e glória pessoais ao Mestre.

Isso ficou extremamente claro após os acontecimentos recentes, especialmente visíveis na atitude de dois cães de guarda do velho da Virgínia: Bernardo Küster e Nando Moura. Se você está totalmente por fora dessa polêmica, recomendo fortemente que comece lendo este artigo. Vou resumir aqui em poucas linhas para poupar tempo:

• O astrólogo começou a surtar em 2015, quando deletou seu artigo onde defendia as teses de Max Weber sobre o protestantismo e atacava o papado, e no lugar começou a disparar uma série de calúnias e ataques infames aos evangélicos e sua fé, contradizendo tudo aquilo que escreveu por toda a vida.

• Entre essas calúnias de sem-vergonha que é, dizia que Lutero era um “genocida” que não queria fundar uma nova igreja mas sim “matar todos os católicos”; disse também que Calvino inventou o Estado totalitário, que nossa religião foi fundada por Lúcifer, que todos os evangélicos estão a caminho do inferno e por isso teriam que ser xingados de “tudo quanto é nome”; que os protestantes “odeiam a virgem Maria”, que são “uns bostas presunçosos”, que inventaram os “mitos” da venda de indulgências e da Inquisição, que Lutero foi o predecessor de Hitler, que o protestantismo foi fundado por “dois filhos da p...”, e outras inúmeras patifarias que você pode conferir aqui, aqui, aqui e aqui. O astrólogo é simplesmente uma metralhadora de calúnias e mentiras sem fim, um mentiroso compulsivo e charlatão de primeira, que conta unicamente com a lavagem cerebral de seus adeptos para levar essas mensagens adiante e espalhar o ódio aos evangélicos.

• Em tempos recentes voltou a disparar as mesmas canalhices de antes, acrescentando outras aberrações a mais, a começar por um artigo ridículo com quatro razões por que não é protestante, que conta com erros dos mais pueris e escandalosos, que denunciam ainda mais sua desonestidade e amadorismo. Em dez anos debatendo com militantes católicos de blogs chulos de fundo de quintal eu nunca tinha visto argumentos tão pífios como esses.

• Este artigo foi completamente esmiuçado por mim neste artigo, pelo Francisco Tourinho neste e também neste artigo, e pelo Brigada Política aqui e aqui, além de muitos outros. Mas foi a refutação do Yago Martins, que conta com centenas de milhares de seguidores, que se tornou mais conhecida e fechou o caixão do velho de uma vez por todas.

• O interessante é que o Yago é um cara extremamente respeitoso, tratando com cordialidade muita gente que não merece, e por isso em seu vídeo usou de uma educação e cordialidade sem limites, que o mago virginiano jamais teve em toda a vida. Enquanto o “mestre” sabe apenas atacar como um cachorro louco qualquer um que ouse colocar em dúvida sua infalibilidade, Yago o destruiu completamente sem precisar faltar com o respeito em nenhum momento, o que deixou os olavetes irados, porque a única coisa que sabem fazer é ofender seus adversários pessoalmente, e ficaria feio fazer isso com alguém que os humilhou sem lançar mão de qualquer ofensa ou baixaria.

O curioso é que neste vídeo do Yago apareceu o Nando Moura comentando o seguinte:


Observe, em primeiro lugar, que ele em momento nenhum diz que o Yago faltou com o respeito no vídeo. É extremamente importante ressaltar isso, porque veremos mais tarde que Nando, para salvar a pele de seu Mestre, irá distorcer os fatos completamente para pintar Yago como um desrespeitoso que ofendeu a fé dos católicos. Mas há um segundo ponto ainda mais curioso nessa fala, porque ele implicitamente retrata o Olavo como um incapacitado, como de fato é. Ele diz que o debate Yago vs Olavo não é justo, ou seja, basicamente está dizendo que é uma covardia bater em um velho senil que não sabe porcaria nenhuma de teologia. É isso o que está dizendo, com outras palavras. Por isso recomenda um debate com alguém mais capacitado, citando o nome do padre Paulo Ricardo.

Sabemos que na verdade a intenção de Nando Moura é uma só: após o massacre que o mago sofreu do Yago, tentou livrar a barra do Mestre com escusas e desculpas esfarrapadas, como que dizendo: “O Yago não venceu porque o catolicismo está errado, mas apenas porque o debatedor é fraco”. Então veio o outro moleque de recados do astrólogo, Bernardo Küster, que é tão baba-ovo quanto o outro, talvez até mais. Ele não se conformou com a surra pública que seu Golias sofreu, e foi lá tomar as dores do velho com um vídeo de 42 minutos fazendo a única coisa que sabe: zombar, escarnecer, difamar, debochar, ofender e atacar com a baixaria que lhe é habitual. É característica dos membros da seita copiar o exemplo da divindade suprema a qual cultuam, por isso fazem tanta questão de usar palavrões e escárnio igual ao Mestre.

Como se não bastasse ter perdido 42 minutos apenas buscando ridicularizar Yago, os argumentos utilizados foram do pior nível possível, característico da gentalha que são. Inacreditavelmente, Bernardo inicia o vídeo tentando depreciar a formação acadêmica de Yago, ignorando o fato de que o charlatão a quem segue não terminou nem sequer a quarta série do Ensino Fundamental, como o próprio Astrólogo reconhece orgulhosamente:


Em toda a vida, Olavo de Carvalho conseguiu apenas dois diplomas: o de charlatão e o de picareta. Nem de astrólogo ele conseguiu, pois dizem que até nisso ele era ruim. Mesmo assim, o cretino tem a audácia de usar a formação acadêmica do Yago contra ele, quando os olavetes como ele assumidamente seguem um cara que não tem porcaria de formação nenhuma (além das que eu já mencionei, é claro). Isso, no entanto, não impedia Olavo de fazer horóscopo “até por computador” e de cobrar pelo menos 2.000 cruzeiros por consulta (o que não surpreende, já que até hoje ganha dinheiro em cima dos trouxas que o seguem):

(“Em terra de ignorante, quem é astrólogo é rei”)

O outro “argumento” foi o das “fés protestantes”, que é o assunto predominante em todo o vídeo. O engraçado é que este tema sequer fazia parte das 4 Razões do artigo de Olavo que iniciou toda a discussão, e, logicamente, também não fazia parte da refutação de Yago. Mas essa é uma estratégia ardilosa que tenho observado nesses dez anos de debates com gente da laia de Bernardo e cia: quando eles são trucidados em algum ponto, eles correm sempre para outros dois, mesmo quando não tem nada a ver com o que está sendo discutido. São eles: a “divisão protestante” e a Sola Scriptura. Qualquer evangélico que já tenha debatido com essa gente sabe disso. Como eles não sabem nada sobre assunto nenhum, correm para esses dois “baluartes” da fé católica, apenas para passar ainda mais vergonha em ambos.

Eu não vou perder tempo discorrendo sobre esses argumentos porque já tenho centenas de artigos sobre esse tipo de coisa, que você pode conferir nesta lista temática. Só é divertido quando quem usa esse tipo de argumento é justamente um olavete fanático, ou seja, o tipo de gente que segue um cara que excomungou o próprio papa (embora tenha se esquecido de avisar isso ao Vaticano):



Em mais um belo exemplo de como a fé católica “é uma só”, Olavo ressalta o que todo bom católico sabe: Bento XVI ainda é o papa da “Sancta Igreja” (agora só falta avisar isso ao próprio Bento e está tudo certo):


Alguém mande um pombo-correio avisar o papa Francisco que “esse homem não é papa coisíssima nenhuma”:


E alguém também urgentemente avise o Bernardo Küster que, para o seu ídolo, apenas os anticatólicos ainda consideram Francisco como papa:


Está pensando que já acabou? Nana-nina-não. Não satisfeito em chamar Francisco de excomungado, papa ilegítimo e herege, ele ainda vai mais longe que qualquer protestante e afirma taxativamente que o papa atual é o “falso profeta” do Apocalipse:


O mais divertido de tudo isso é que Bernardo Küster, em entrevista recente, se recusou a atacar o papa Francisco justamente por reconhecer sua autoridade como papa. Pergunte a ele se Francisco é realmente papa, pergunte a ele se na opinião dele o papa atual é um herege excomungado, e você terá uma resposta bem diferente da do Olavo, para quem Bernardo só pode ser um “anticatólico”. Mas não se esqueça: na cabeça dessa criatura, a fé católica “é uma só”, todos os católicos têm uniformidade de pensamento e apenas esses protestantes malvados são divididos, mesmo quando o pupilo não concorda com seu Mestre nem no que há de mais importante dentro da fé católica, o papado. Se isso não é o suprassumo da desonestidade, eu não sei mais o que é. Essa gente mente até em sonho.

Mais interessante ainda é que um apologista católico, cujo nome não citarei aqui por ser pequeno demais e não merece crescer (além de ser um fake), fez recentemente um vídeo onde menciona a mim e ao Yago Martins nominalmente, e diz que dá mais valor em nós do que em um católico sedevacantista, porque na opinião dele os sedevacantistas não são “católicos de verdade” e são piores que os protestantes. Olavo é claramente um sedevacantista, pois crê que a “sede” está “vacante” (ou seja, que o papa atual não é legítimo). Se Olavo discorda dos sedevacantes, é apenas no número de papas ilegítimos: enquanto para este apenas o atual é ilegítimo, para os sedevacantistas isso inclui todos desde o Concílio Vaticano II (pelo menos). Mas na prática, os dois creem na “sede vacante”.

Ou seja, para esse apologista pequenininho cujo nome não merece ser mencionado, Olavo tem “menos valor” do que eu, o Yago e qualquer outro protestante. O mais engraçado: recentemente Olavo divulgou um vídeo desse mesmo sujeito apenas porque ele ataca o vídeo do Yago com duas horas de baboseiras sem fim que literalmente ninguém perdeu tempo assistindo, sem nem suspeitar que para o autor do vídeo em questão o astrólogo é ainda mais herege que o Yago. ESSA É A UNIDADE CATÓLICA! Eles não sabem nem qual papa é o legítimo, ou se existe algum que seja, mas divididos mesmo são os protestantes, é claro!

A única coisa que consegue ser mais engraçada que isso é ver a cara de Bernardo em seu bate-papo com o Mestre. É simplesmente imperdível. Você pode ver na cara dele, olhando Orvalho de Cavalo falando, que é como se estivesse falando com uma divindade. Não é capaz de dizer outra coisa senão “amém, amém e amém”. É literalmente um culto idólatra, uma verdadeira adoração. A emoção de um olavete falando com seu Mestre, ou melhor, com seu dono, é incomparavelmente maior do que seria se estivesse frente a frente com o “herege” papa Francisco ou com qualquer outra autoridade do magistério católico, presumivelmente até mais que Cristo.

Eles trocam a infalibilidade papal pela infalibilidade de Olavo, cujo único modus operandi contra qualquer um que o desmascare é tripudiar em cima do sujeito, xingar, escarnecer e ridicularizar, como se fosse um chefe de uma gangue de crianças de quinta série buscando alimentar o próprio ego. Não é uma guerra de argumentos, é uma guerra de destruição pessoal, cujo objetivo é expor ao ridículo qualquer um que ouse se opor à seita e a seu grande mestre.


O que eles definitivamente não contavam é que o povo não é burro, pelo menos não tanto como eles esperavam. O vídeo cheio de escárnio e totalmente anêmico de argumentos saiu pela culatra, e se o Mestre já estava completamente desmoralizado, agora foi a vez de seu cachorrinho adestrado cair em igual descrédito. Eu fui há poucas horas conferir os comentários do vídeo e é impressionante: 99% deles são comentários detonando o Bernardo. Eu não editei nem excluí nenhum deles, apenas fui tomando um print de todos os que apareciam na tela. Minha intenção era ir printando um por um até descobrir algum que defendesse o Bernardo, mas infortunadamente não consegui encontrar nenhum desse tipo (exceto o do Nando Moura, é claro). Como ele ainda pode deletar os comentários, segue os prints abaixo sem nenhuma alteração (clique nas imagens para visualizar por completo):





 

 

Eu juro por tudo o que é mais sagrado que NUNCA tinha visto um vídeo tão descredibilizado nos comentários como esse. Até mesmo os católicos ressaltaram o quão miseravelmente ruim o vídeo foi, ao mesmo tempo em que muitos deles elogiaram o do Yago. Teve até ateu que acompanhou a discussão de forma totalmente isenta e imparcial, e pôde constatar o quão pífia foi a “refutação”, que apenas acentuou o quão medíocre é a apologética católica como um todo (a razão pela qual o número de protestantes cresce tanto):


Veja também este vídeo do Henry Bugalho abordando a treta de forma bem sóbria (outro que nem protestante é). Pessoalmente, eu só ouvi verdades:


Nos comentários do vídeo, o Rogério foi mais preciso do que ninguém:


Mais impressionante que o número de comentários negativos no vídeo (não apenas dos protestantes, mas de literalmente todo mundo que já não fosse um olavete fanático como ele) é o número de dislikes, que chega a incríveis 14 mil, que é mais do que todos os outros vídeos dele juntos. Por comparação, o vídeo do Yago, que já está lá há mais tempo, tem menos de 5 mil (estou usando os dados de hoje, 17/09/2018). E isso tudo levando em consideração que vivemos no país mais católico do mundo e que Bernardo (com mais de 450 mil inscritos), Nando (com 2.5 milhões), Terça Livre (com quase 400 mil) e Olavo (com mais de 400 mil seguidores) se juntaram contra ele, que tem menos de 300 mil. Ou seja, a “gangue” toda se juntou contra, e levaram porrada assim mesmo. É literalmente um Davi contra Golias, com o mesmo desfecho da história original.

É claro que Nando Moura, a outra marionete do Olavo, não poderia ver seu Mestre Supremo e o outro cachorrinho adestrado da seita passando tamanho vexame publicamente justo em sua própria "refutação"; então decidiu agir. Mudando totalmente aquele seu discursinho amistoso e “neutro”, começou a mostrar quem realmente é, e de que lado realmente está:



Acredite, ele ainda quer ter moral para vir falar de “ódio” (referindo-se aos comentários evangélicos dali, que apenas reprovaram o vídeo do Bernardo sem nenhum insulto):


Quem disse isso é o mesmo cara que além de despejar palavrões em todo vídeo para quem quer que seja, ainda apoiou inúmeras vezes e divulgou o canal do extinto Conde Loppeux, que diariamente dizia coisas como essas, ao “debater” com qualquer protestante aleatório:


Para Nando Moura, os comentários evangélicos no vídeo do Bernardo, comentando sobre o quão fraca foi a sua refutação e denunciando sua zombaria, são um “discurso de ódio”, mas quando um lixo humano como esse chama a mãe dos outros de “puta aidética” e diz que “mijaria no caixão dessa porca”, aí esse sujeito não apenas não é criticado por “discurso de ódio”, como ainda é RECOMENDADO pelo mesmo em muitos de seus vídeos. Este é o nível de perturbação mental da seita olavete. Os “do grupo” são sempre protegidos e defendidos não importa que patifaria façam, e os “de fora” são sempre esculachados por qualquer mísera coisa que seja. Se Finney estivesse vivo hoje, certamente diria que é pior que a seita maçônica da qual se libertou.

Não bastasse isso, Nando segue a cartilha da seita à risca, e começa a defender o Mestre com mentiras e falsidades:


Em toda a minha vida eu nunca vi um protestante dizer que “Maria não é nada” – trata-se de mais uma daquelas velhas acusações que os católicos nos tacham de forma difamatória e caricata. Basicamente basta um protestante dizer que Maria não foi eternamente virgem, ou negar o dogma da imaculada conceição, para o histérico Olavo já acusá-los de “odiar Maria”, como denunciei neste artigo. O resto você também não encontra em lugar nenhum da página dele, pode procurar à vontade. Eu e outros fizemos isso e o resultado foi esse:


Mesmo quando um protestante “ataca” Olavo de Carvalho, isso sempre acontece dentro de um post em que ele nos atacou primeiro. Jamais um evangélico comentou em um post aleatório sobre política qualquer comentário anticatólico, mas naturalmente comentam nos posts repulsivos em que ele diz que nossa religião foi fundada por Lúcifer e por genocidas. É picaretagem atrás de picaretagem para salvar a pele do “mestre”, isentando-o de qualquer responsabilidade ou culpa por suas agressões infantis e comportamento mimado.

Mas o cinismo não termina aí, e Nando Moura dispara:


No conceito de Nando Moura, “irmãos = os membros da seita olavete”. Os protestantes, especialmente se não fazem parte da seita, não são irmãos. Em termos simples, quando Yago grava um vídeo respeitoso refutando Olavo ele está “cuspindo na cara dos irmãos” de Nando Moura, mas quando recebe uma enxurrada de escárnio e ataques ad hominem como resposta por parte de Bernardo e Olavo, não há “cuspe na cara” algum, pela simples razão de que estes são da seita, então tem passe-livre para ofender à vontade.

O cara é tão cínico que chegou a dizer que o Yago é quem ofendeu primeiro(!), coisa que nem o próprio Nando quando havia comentado seu vídeo antes havia afirmado. Lembre-se: ele havia apenas elogiado o debate e dito que “para ser justo” deveria ser feito com o padre Paulo Ricardo e não com o Olavo. Em momento nenhum havia criticado o Yago por “falta de respeito”, mas precisou fazer isso depois do vídeo do Bernardo, como uma justificativa tardia para as ofensas deste, inventando pateticamente que o Yago é que o ofendeu “previamente”. Uma distorção gritante, deliberada e escandalosa dos fatos. É este o nível de cinismo e sem-vergonhice que um olavete é capaz de chegar, mudando o próprio discurso para salvar seus comparsas.

Depois de todo esse show de patifarias, o sujeito ainda tem o cinismo de se dizer “protestante”, com a ótima justificativa de que “não é católico, então só pode ser protestante”:


Ignore o fato de que o sujeito é tão odioso que seus próprios leitores têm medo de lhe fazer uma simples pergunta sem receber palavrões como resposta, e foquemos na resposta do cidadão, que expressa exatamente o conceito católico de “protestantismo”: protestantes são apenas “não-católicos”. Ou, para usar as palavras do próprio indivíduo, são “folhas ao vento”...


Por essa ótica imbecil, até os ortodoxos e os espíritas (que não são católicos) são automaticamente “protestantes”. Faça de conta que não existe nenhum critério objetivo para ser considerado um protestante: não precisa crer na Sola Fide, nem na Sola Gratia, nem na Sola Scriptura, nem em Sola Christus, nem em Soli Deo Gloria. Em vez disso, na visão de Nando Moura, basta não ser um católico – apenas para passar a ideia de que os protestantes não têm doutrina nenhuma a não ser a revolta contra o catolicismo, que é exatamente a noção disseminada pela apologética católica e comprada pelo “protestante” Nando Moura.


Agora veja o tipo de comentário que o “protestante” Nando curte e apoia:


Isso mesmo: o cara distorce tudo o que o Yago disse apenas para chamá-lo de “analfabeto” e de “merda”, além de dizer que os protestantes precisam de “tratamento psiquiátrico” e “voltar à quarta série” (algo bastante irônico, já que foi justamente o guru deles que literalmente parou na quarta série!), e o que Nando Moura faz? Mostra repúdio? O recrimina, por estar “cuspindo na cara dos seus irmãos protestantes”? Condena o sujeito, por estar “causando divisão” entre irmãos? Lógico que não, esse ser nem deve ver os protestantes como irmãos, apenas quer manter as aparências para não desagradar seus inscritos e ser fulminado igual Olavo e Bernardo foram. Tudo o que ele faz com um comentário extremamente ofensivo como esse é assinar embaixo. Mas mesmo assim, é o Yago o “agressor”!


Depois de todo esse festival de aberrações e dissimulações, Nando decide gravar um vídeo, que eu particularmente esperava que expressasse a mesma impetuosidade de seus comentários repugnantes, mas que, em vez do tom agressivo de costume, optou por dar uma de “conciliador”, que só engana quem não acompanhou tudo o que ele fez e disse antes. O vídeo foi esse aqui:


Nele, ele não chama Yago de “merda” nem de “analfabeto”, não diz que os protestantes precisam voltar à quarta série e nem que precisam de tratamento psiquiátrico, tampouco despeja o ódio fulminante que lhe é habitual. Mas mesmo assim não é preciso ser nenhum gênio da lâmpada para perceber a forma sutil com que ele defende Bernardo – a quem não tece uma única crítica no vídeo inteiro – e coloca Yago como o vilão, como quem “provocou” primeiro, usando o ridículo argumento de que não pode criticar à luz da Bíblia a doutrina católica da transubstanciação, porque isso é “muito importante” para os católicos (mas não diz o mesmo em relação aos católicos que criticam as doutrinas protestantes com uma selvageria desconhecida até mesmo no mundo animal).

Eu não vou perder tempo comentando cada minuto porque é mais-do-mesmo, mas faço questão de ressaltar o minuto 8:11, em que ele diz: “Eu nunca vi Olavo ofender alguém sem que ele tenha sido ofendido a priori”. Isso só pode significar que Lutero e Calvino ressuscitaram dos mortos antes da ressurreição geral, apareceram ao velho da Virgínia e o ofenderam pessoalmente, para então ele despejar esse tipo de conteúdo violento, repugnante e tão mentiroso que assustaria qualquer católico sério:


No primeiro print ele ofende Lutero e Calvino, com os quais deve ter encontros espíritas a ponto de “se sentir ofendido a priori”, no terceiro ele ofende Lutero de novo com um ataque ridículo e cômico, e no segundo ataca a fé de todos os protestantes, o que ele fez questão de repetir outra vez:


O cidadão, em sua ânsia de caluniar a fé protestante como um todo, sequer tomou conhecimento de que a palavra “sede” não tem mais o acento circunflexo no “e”, desde a época em que ele ainda era um vampirão:


Claro: Lutero, Calvino e todos os protestantes do mundo devem tê-lo atacado pessoalmente para ouvir tantos ataques de volta – é exatamente isso o que o garotinho de recados quer que a gente acredite. As más intenções desse sujeito ficam ainda mais evidentes quando ele curte o comentário de uma moça católica distorcendo os fatos com a mesma habilidade que seu Mestre (clique na imagem para ler a mensagem por inteiro):


Agora “olavete”, que é o termo cunhado pelos próprios seguidores de Olavo já há muitos anos, virou um “termo ofensivo” contra eles – desonestidade total. E ainda mente dizendo que os católicos nos consideram “irmãos” na fé, quando na verdade a doutrina OFICIAL da Igreja Romana é essa aqui:


Você pode ver essas e muitas outras citações neste artigo da Montfort (associação cultural católica, a mesma do falecido Orlando Fedeli). Note que a doutrina oficial da Igreja Romana é que os não-católicos não podem ser salvos, um posicionamento muito mais radical do que qualquer protestante jamais teve. Eu mesmo jamais afirmei que nenhum católico pode ser salvo, mas para os católicos nós não podemos ser salvos (a não ser que o “católico” em questão não creia na doutrina oficial da própria Igreja que diz seguir).

O que mais chama a atenção é o fato de que o mesmo cínico que curtiu esse comentário em seu canal JAMAIS fez uma única crítica sequer ao seu Mestre da Virgínia, que já disse diversas vezes que a nossa religião foi criada por Lúcifer e que vamos todos ao inferno (imagine se fosse o Yago Martins dizendo uma coisa dessas sobre os católicos!). Ou seja, dizer que Lúcifer fundou o protestantismo e que os protestantes “estão a caminho do inferno” pode, porque vem do guru deles, mas dizer que “católicos não são meus irmãos” não pode, porque vem do Yago Martins. É esse o nível de confusão mental que essas mentes enfermas têm, inclusive esse cachorrinho de estimação do Olavo. O cara quer pagar de “bom moço” e “conciliador”, ao mesmo tempo em que astutamente tenta passar a ideia de que a culpa pela “falta de união” entre católicos e protestantes é nossa, que nós temos “ódio”, enquanto quem deve pregar o amor é esse tipo de gente aqui:














































Mas não se preocupe: basta que esses animais acima digam que “Olavo tem Razão” ou se tornem alunos do COF, que automaticamente seus xingamentos são beatificados e seu discurso de ódio vira amor e caridade, igual os discursos do Mestre. Não é de se estranhar que a tática dos olavetes seja exatamente a mesma dos esquerdistas: primeiro se vitimizam o quanto podem culpando o outro hipocritamente e acusando-os daquilo que eles mesmos são e fazem, e depois fingem que não há ódio algum da parte deles, que é a fonte de onde mais jorra ódio no mundo.

Não pretendo voltar a tocar neste assunto (a não ser que surjam novos desdobramentos que exijam isso), por isso o texto longo. Que ninguém se surpreenda no dia em que Nando Moura anunciar sua “conversão” ao que ele já é, e começar a atacar os protestantes com o mesmo ímpeto de um Conde Loppeux da vida, a quem já recomendava. A parte de “teologia” da sua livraria sempre foi 99% católica, inclusive com livros de apologética católica antiprotestante, mas por alguma razão ele insiste nesse teatro, na mesma dissimulação de alguém como Bernardo que se diz “ex-protestante” sem sequer saber a diferença entre batistas e presbiterianos, e sem nem ao menos conhecer o significado de Sola Scriptura – o camarada chegou a soltar a pérola de que John Wesley rejeitava a Sola Scriptura, para ver o nível da coisa (Wesley deve ter se revirado do túmulo numa hora dessas). É esse o tipo de “ex-protestante” que aparece por aí dizendo que apenas os “bons evangélicos” é que se tornam católicos.

A mais nova fase da guerra cultural, amigos, é essa. Depois que a esquerda for tirada do poder e cair no ostracismo, o protestantismo será a última barreira para a hegemonia da cultura católica olavete no país. Quando isso acontecer, espere todos esses youtubers olavetes “de direita” se unindo em um só propósito, o qual já tivemos uma breve prévia nestes dias. De minha parte, espero que quando esse dia chegar não seja mais “Yago contra todos” – embora seja bem evidente que um só teólogo protestante dê conta de mil, como também foi na época de Lutero. Afinal, quem está na verdade não depende de números, pois “a própria Verdade testemunha a seu favor” (1Tm 3:7).

Eles que pensem que não encontrarão obstáculos da próxima vez que decidirem atacar nossa fé. Nós estaremos aqui, ainda mais fortes que hoje.

• Compartilhe este artigo nas redes:


Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,
- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!


- Baixe e leia os meus livros clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.



ATENÇÃO: Sua colaboração é importante! Por isso, se você curtiu o artigo, nos ajude divulgando aos seus amigos e compartilhando em suas redes sociais (basta clicar nos ícones abaixo), e sinta-se à vontade para deixar um comentário no post, que aqui respondo a todos :)   

178 comentários:

  1. Banzolao excelente artigo, parabéns, na época que conheci o Astrolavo em 2010,através de um artigo do Julio Severo ele ainda posava de amigo dos protestantes e tinha um bom relacionamento com o Severo,menos mal que o Severo não aceitou as ofensas a nossa fé e se afastou dele, interessante que ele afirna também que mesmo vivendo nos EUA desde 2005 ele não possui nenhuma influência nesse país, nem sequer a esquerda americana que assim como a esquerda brasileira é bem virulenta na hora de atacar seus opositores, vide o que fizeram com o Trump, o próprio Julio Severo já teve sua conta no PayPay bloqueada por causa de discursos considerados "homofóbicos", mas nenhum esquerdista americano sequer notou o Astrolavo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda a razão, ele direciona todas as atenções dele ao Brasil porque sabe que aqui o seu discurso tacanha, conspiracionista e revisionista tem bem mais idiotas para morder a isca do que lá, que é um país civilizado e sério. E de fato quando ele mudou completamente seu discurso e postura e provocou atritos deliberados com os evangélicos através de suas mentiras e calúnias acabou que muitos protestantes respeitáveis romperam com ele, não apenas o Severo, mas muitos outros, inclusive alguns ex-alunos dele que são amigos meus. Por outro lado, como a carga de lavagem cerebral que os seus seguidores recebiam na seita era muito forte, alguns não resistiram e apostataram da fé para prestar lealdade ao grande Mestre, ou seja, ao próprio Olavo em detrimento da Palavra de Deus. O caso do Bernardo, que nunca foi um crente sério, é um dos mais emblemáticos, que demonstram isso com muita perfeição, enquanto todos os evangélicos mais firmes e sóbrios que eu conhecia se afastaram do guru quando ele começou com suas fraudes antiprotestantes e esse discurso de ódio.

      Excluir
    2. Você tem os links dos comentários onde refuta argumentos pró-ditadura militar?

      Excluir
    3. Nem me lembro desses comentários.

      Excluir
  2. Banzolao na parte final do texto, você falou da esquerda cair no ostracismo, acreditas que isso já começará a ocorrer caso nenhum de seus candidatos presidenciais vença a próxima eleição? E o que pensas que ocorreria em uma eventual vitória de Bolsonaro? Ele tem esposa protestante e é muito de amigo de grandes lideranças evangélicas como Magno Malta, Silas Malafaia, mas também é aliado do Astrolavo e de seus servos, qual grupo você acha que sairá mais fortalecido com uma vitória do Bolso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A esquerda vai cair no ostracismo quando não tiver mais força política para disputar uma eleição majoritária em pé de igualdade com os candidatos da direita. Isso ainda não acontece, inclusive a pesquisa mais recente que saiu hoje coloca Bolsonaro e Haddad no segundo turno com 40% dos votos cada (ou seja, essa eleição vai ser decidida voto a voto, igual a anterior entre Aécio e Dilma). Eu não acho o Bolsonaro um perigo em si mesmo, eu acho um perigo de uma forma mais indireta, pois como ele tem laços próximos com o olavismo cultural poderá ser mais suscetível a sofrer pressão dos mesmos para um plebiscito sobre a volta da monarquia, que dependendo da situação caótica do Brasil, poderá obter êxito (eu não duvido nem que alguns da esquerda prefiram a monarquia ao Bolsonaro e votem em seu favor). E a volta da monarquia constitucional católica é exatamente aquilo que os olavetes tanto buscam, o Bolsonaro é só a "melhor opção do momento" na opinião deles, "é o que tem", porque o que eles realmente desejam é a monarquia católica. Pergunte a qualquer olavete de verdade se ele prefere Bolsonaro ou a monarquia de Dom Bertrand e ele não hesitará em responder pelo segundo. Este é o verdadeiro inimigo, não o Bolsonaro (embora este possa ser usado como massa de manobra para este fim).

      Excluir
    2. Banzolao eles podem até preferir a monarquia, mas eu sinceramente acho bastante improvável essa volta, até porque o Bolsonaro está próximo de economistas liberais, então se ele conseguir uma boa bancada no Congresso, o que é provável, visto que aqui em São Paulo mesmo, o filho dele Eduardo será um puxador de votos, junto com Alexandre Frota ex ator porno que virou conservador, só no Brasil mesmo rss, alem da Carla Zambelli, que foi líder do Movimento Nas Ruas pro impeachment e acredito que será bem votada também, talvez ele consiga apoio do NOVO, de partidos mais a direita como o DEM, do MBL e do centrao e aí consiga aprovar projetos liberais, isso estabilizaria o país e nao se falaria mais em monarquia, mas com certeza o Veio da Virginia terá muita influência na governo, ontem mesmo ele fez um hangout com o Eduardo Bolsonaro e a Bia Kicis, uma outra liderança de movimento pro impeachment que também é candidata a deputada federal, mas mesmo sendo aconselhado pelo Astrolavo, duvido que o Bolsonaro prejudique evangélicos já que ele também é apoiado por grandes liderancas evangélicas

      Excluir
  3. Se alguém acha que os ambientes cultural e acadêmico vão melhorar se esse tipo de "conservador" ocupá-los, pode ir tirando o cavalinho da chuva.
    O Olavo transformou o conservadorismo brasileiro na cópia com sinal trocado da esquerda radical revolucionária. É desanimador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Antes só haviam zumbis da esquerda, agora há zumbis da esquerda e da direita, este país fica mais legal a cada dia que passa...

      Excluir
  4. Banzolao e voce já acompanhava os Dois Dedos de Teologia quando o Felipe Cruz ainda estava no canal? Eu não acompanhava tanto e até hoje naonentendi bem o porquê do Felipe naonquerer mais ter sua imagem associada ao canal, mas pelo o que o Yago contou eles nao brigaram, não foi nada pessoal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra falar a verdade não, eu não acompanhava o canal dele nessa época porque a maioria do conteúdo (ou pelo menos a maioria do que eu chegava a assistir) era de vídeos calvinistas, se igualando a outros muitos canais do gênero. Acho até que a saída do Felipe Cruz fez muito bem ao canal (nada contra este), porque o Yago o direcionou para onde deveria estar, o combate à militância papista de internet, que é de longe a maior ameaça do momento, sem deixar de fazer aqueles ótimos vídeos sobre outros temas, que agora estão ainda melhores, e mais bem editados também.

      Excluir
  5. Coloquei essa resposta no último artigo do Olavo respondendo o Yago. Você acha que ela fio muito truculenta?

    "Refutando Olavo facilmente:

    Olavo disse:'Se não há transmutação, se o pão e o vinho não são materialmente o corpo de Cristo, se são apenas o inalterado suporte material de uma presença misteriosa, o que se come e se bebe na Eucaristia é somente esse suporte, e não necessariamente a presença, já que o próprio Lutero se recusa a expor algum nexo de necessidade entre uma coisa e a outra.'

    Eu digo: PORRA, É SÓ UM PÃO, CARALHO! Só um pão! Essa discussão ridícula sobre substância, materialidade.... Pô, é um pão! A gente come, depois caga.

    Já que você gosta tanto dessa "profunda" discussão sobre a substância do pão e sobre o que a gente come: se é a transubstância, a consubstância, o suporte material, o espírito ou sobre como a gente vai se tornando Cristo por que está canibalizando Ele, por que também não fala do valor teológico dos nossos processos digestivos e da eventual excreção do corpo de Cristo?... Já que você não pode provar que tem um espírito no pão, ou uma consubstância, ou qualquer milagre que seja, vale o princípio da navalha de Occam: é só um pão, com um simbolismo.

    'Aiin, e as hótias que sangram?'. Você quis dizer A hóstia. Por que é aqui e ali, uma vez a cada cinquanta anos, e o Ricado Castañon NUNCA VIU o milagre: os relatos dele dizem que ele recebia cartas (inclusive do sr. Bergoglio) e só ia pra investigar um pedacinho de carne que supostamente era uma hóstia e isso era meses depois do milagre. Francamente, com um milhão de explicações, vocês supõem o impossível antes de uma explicação racional?

    E o pão que Cristo comeu? Por que não sangrou também, levando em conta a ocasião mais do que especial? E Cristo estava Se devorando? Se Ele é transmutado no pão, então Ele deveria se abster de comer. Afinal, Ele não precisa participar do corpo que já é dEle.

    Curiosidade: vocês sabiam que antes de Jan Huss morrer ele soltou uma piadinha e profetizou a vinda de Lutero? Ele disse: "Hoje assaremos um ganso ['Huss' sinifica ganso e ele estava prestes a ser executado na fogueira] mas daqui a cem anos virá um cisne e a reforma será cumprida". Isso foi registrado pelas fontes primárias do sacerdote Poggius e pode ser econtrado na obra 'Hus: The Heretic'. Cem anos depois a profecia se cumpriu.

    Sabe o que esse milagre prova? NADA !!!"

    Desculpe os palavrões mas se não tivesse nenhum o Olavo ia achar que estou falando outro idioma...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Desculpe os palavrões mas se não tivesse nenhum o Olavo ia achar que estou falando outro idioma..."

      Hahahahaha é bem assim mesmo. Eu até achei um pouco "truculenta", mas nada em comparado ao habitual desse pessoal. Sobre esse argumento da "hóstia que sangra", eu acho uma das maiores barbaridades, chega a ser extremamente estúpido alguém usar isso como argumento. Vamos deixar um pouco de lado o fato óbvio de que não sangrou porcaria nenhuma e fazer uma concessão para o bem do argumento, faremos de conta que aquelas hóstias sangraram mesmo. O que é que isso prova? Quando muito, isso prova que o "corpo de Cristo" estava exclusivamente naquelas hóstias apenas, e não nas milhões de outras hóstias que são consagradas semanalmente em todas as igrejas católicas do mundo. Se a transubstanciação fosse verdadeira e por isso resultasse em hóstias sangrando, isso seria um fenômeno tão absurdamente comum que estaria absolutamente fora do debate; todos perceberiam que é o "corpo de Cristo" literalmente mesmo. A própria discussão em si não existiria. O fato de isso não acontecer virtualmente nunca (dentro da própria concepção católica) prova que o pão é pão e pronto. Ao invés de irem pegar "causos" lá do arco da velha para "provar" a transubstanciação cientificamente, poderiam fazer algo extremamente mais simples, fácil e confiável para o contexto do século XXI e irem fazer um teste de DNA numa simples hóstia consagrada e pronto - o debate estaria encerrado. Não fazem isso porque é muito mais cômodo assegurar "cientificamente" que uma hóstia da Idade Média ou do caramba a quatro "sangrou", do que provar isso em pleno ano de 2018, quando temos todos os métodos técnicos e científicos para comprovar ou refutar a asseveração.

      Excluir
  6. Eu gostaria muito que tivesse botão de "gostei" em artigos como este

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas tem (lá em cima, embaixo do título do artigo ;p)

      Excluir
    2. Se os neandertais tivessem existido, isto seria contraditório com o criacionismo bíblico?

      Excluir
    3. "Eu não vi"

      Deve ser porque você usa a versão do celular, na do pc aparece.

      "Se os neandertais tivessem existido, isto seria contraditório com o criacionismo bíblico?"

      Com o criacionismo sim.

      Excluir
    4. Lucas, há criacionistas (Dr Marcos Eberlin) que crêem na ancestralidade comum entre humanos e hominídeos. Qual seu parecer?

      Excluir
    5. Meu parecer é que os "hominídeos" eram humanos. Recomendo esta entrevista do Dr. Rodrigo Silva sobre o tema:

      https://www.youtube.com/watch?v=Id_bpyWE0zc

      Excluir
  7. Esse artigo mostra o quanto eles são mentirosos e desonestos. Pra eles xingar os outros de um monte de palavrões é normal, mas ser educado e respeitoso é ser falso e desrespeitoso. Eu acho que foi muito bom ter acontecido essa briga do Yago com os "olavetes", porque os evangélicos que seguiam eles vão deixar de segui-los. Não tem porque segui-los apenas porque eles são contra a esquerda, para eles nós evangélicos somos piores que os esquerdistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem lembrado esse ponto, eu inclusive iria ressaltar isso no artigo e acabei esquecendo. Foi EXTREMAMENTE benéfico esse vídeo do Bernardo com o Olavo com esse nível de ataques rasteiros e baixos com argumentos medíocres, pois assim a máscara desses dois picaretas caiu de uma vez só, diante de centenas de milhares de pessoas que ainda acreditam na piedade cristã desses caras. Por muito tempo gente como eles falava "manso" quando atacava o protestantismo de forma ardilosa, faziam críticas "leves" mas maliciosas, e conseguiam fazer a cabeça dos seus seguidores evangélicos através disso. Agora não: eles estão mostrando mais a sua verdadeira face, a máscara está caindo, estão sendo agressivos como realmente são, falando e agindo como de fato pensam. A verdade sempre foi muito óbvia: esse tipo de gente odeia o protestantismo muito mais do que odeia a esquerda, a diferença é que só agora estão deixando isso mais perceptível (felizmente, porque assim muitos crentes estão despertando e entendendo o que realmente está em jogo aqui).

      Excluir
  8. Alguma coisa não me cheira bem nesse Olavo de Carvalho. Vc citou que ele havia deletado um artigo defendendo a tese de Weber, que aliás faz os católicos terem ataque de pelanca só de ouvir falar, mas a questão que fica é: por quê? O que fez esse senhor mudar de opinião tão drasticamente? Qual o real motivo da militância anti Escrituras e Anti protestante? Será que o Olavo teve um "change of heart" assim do nada? Improvável, posso até estar sendo conspiracionista, mas se não tiver um grupo de interesse (católicos ou até o próprio Vaticano) financiando esse senhor para cooptar mentes em prol do catolicismo como estratégia/propaganda para conter as conversões ao evangelho aqui eu ficaria beeeem surpresa. Imagina se esse homem fosse um evangélico, o poder de persuasão que tem aliado ao alcance que ele consegue levaria o Brasil a ser um país protestante em pouco tempo, mas este embusteiro esta do lado da farça. Uma mente que poderia ser usada para o bem ta infelizmente enganando trouxas para espalhar a falsa doutrina da ICAR. Triste.
    O pior é ver esses youtubers de "direita" docilmente sendo doutrinados por simples filosofias aristotélicas. Essa é a gente que fala de Cristo mas tem horror as Palavras do Mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há quem diga que ele é financiado pela Opus Dei, o que bate com as suas suspeitas aí, mas eu pessoalmente acredito que ele apenas viu que está ficando velho, que não tem mais muito tempo de vida e que por isso precisava agilizar se quisesse construir o Brasil dos seus sonhos (ou seja, o Brasil que tivesse ele mesmo como o grande guru e mestre e cuja cultura fosse pautada pelas suas próprias convicções político/religiosas), por isso começou a agir de forma tão destoante de tudo aquilo que sempre ensinou. Basicamente ele viu que dizendo a verdade não conseguiria trazer ninguém ao catolicismo, então se viu obrigado a começar a inventar um monte de mentira e calúnia que ele obviamente sabe que são falsas, razão pela qual nunca aprofundou ou fundamentou as acusações que faz. Há ainda outras possibilidades, como a enfermidade mental e a carência de atenção. Como eu já disse, ele tem comportamento de criança mimada de doze anos, é desesperadamente carente de atenção, quer estar no centro das atenções sempre, precisa ter seu ego massageado a todo o momento e por isso surta só de pensar na possibilidade de ser "esquecido". O fato é que suas pautas políticas o levaram a chegar até aqui, mas como tudo sai de moda mais cedo ou mais tarde, ele precisou provocar conflitos pessoais com virtualmente todo mundo do meio político e depois com todos os protestantes para continuar no centro das atenções e não cair no ostracismo que o amedronta tanto.

      Excluir
    2. A propósito, um outro leitor expôs abaixo outra possibilidade bem plausível:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/09/entenda-o-que-e-o-olavismo-cultural-e.html?showComment=1537332129986#c5566191325738646201

      Excluir
  9. Para acabar a discussão. Se a eucaristia católica sempre se repete, como diz Olavo de Carvalho, e se ela é verdadeira e é o que torna alguém cristão ou não, a prova é simples: desafiem Olavo de Carvalho a filmar uma eucaristia em que a hóstia se torna carne e sangue. Ele vai conseguir provar que ele é um cristão verdadeiro e que a eucaristia é verdadeira em um só ato. Logo, ou o que ele diz é mentira, ou se é verdade ele não é cristão. Como nós sabemos que isso é apenas uma conversinha mole, um sugestionamento forçado, um transe esquizofrênico e paranóico, ele nunca vai aceitar esse desafio. Vamos lá, alguém proponha para ele isso, já que ele diz que o ritual se repete da mesma forma que àquela época, e que isso é o que torna alguém cristão. Só me resta uma pergunta: por que o sacrifício então, se a santa ceia já tornaria alguém cristão?

    ResponderExcluir
  10. Outra contradição do mago além de morar no maior país protestante do mundo,ainda mora em um estado de maioria protestante,ele que odeia tanto a nossa religião,acha que foi criada por uma alma cheia de ódio inspirada pelo próprio Lucifer,no entanto está habitando um território de maioria protestante https://en.wikipedia.org/wiki/Demographics_of_Virginia,a maioria na Virginia são batistas,justamente a igreja do Yago que ele quis tretar,quero ver ele ser homem de falar o que falou para o Yago na frente dos batistas da Virginia kkk,se ele fosse coerente ao menos iria para Rhode Island,que é um dos poucos estados nos EUA de maioria católica,porque foi majoritariamente colonizado por irlandeses,italianos e franceses https://en.wikipedia.org/wiki/Rhode_Island#Religion,assim com New Jersey,https://en.wikipedia.org/wiki/New_Jersey#Religion,mas o Astrolavo não quis ir para nenhum desses estados

    ResponderExcluir
  11. Há uns anos eu me enchia de orgulho por poder dizer o quanto a igreja Católica era unida, depois que comecei a ler sobre vaticano II foi que vi o tipo de "união" que existe entre os católicos, já vi até vídeo de sedevacantista tentando provar que João Paulo II era o anticristo.
    O que mais me irrita nesse pessoal olavete (e apologistas católicos em geral) é a capacidade de mentir descaradamente. Lembro que antes de começar a acompanhar seu blog, imaginava que você fosse totalmente desequilibrado, porque era o que o Leonardo dava a entender nos vídeos dele. Dei uma olhada no novo perfil dele no facebook e só vi calúnias contra você, o Yago e o protestantismo em geral, só pude me sentir idiota por ter pedido tempo com gente da laia dele e dos Carlos Nougué.
    Em relação ao Olavo, o que você acha que o motivou a mudar tanto a postura que ele tinha em relação ao protestantismo? Porque eu sei que mesmo no meio católico radtrad ele não é bem vindo, tem padre que até proíbe olavete de frequentar paróquia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Meio radtrad" huahuahuahuahuahua pô, se até de lá o Olavo é expulso... O véio só não é mais louco por falta de espaço.

      Excluir
    2. Curiosamente a Nataly fez a mesma pergunta lá em cima, então segue o link da resposta:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/09/entenda-o-que-e-o-olavismo-cultural-e.html?showComment=1537323691598#c6415218480303386107

      Excluir
    3. A propósito, um outro leitor expôs abaixo outra possibilidade bem plausível:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/09/entenda-o-que-e-o-olavismo-cultural-e.html?showComment=1537332129986#c5566191325738646201

      Excluir
  12. Caro Lucas Banzoli, sou grato a Deus por existir este blog, conheci seu blog nessa guerra que houve contra o Yago,e como foi bom. Não sabia que a loucura do Sr Olavo chegava a esse nível, eu fui um dos que segui, curti, mas nunca fui aluno, diferente de um amigo que até me convidou. Via essas postagens desse Sr. e ficava incomodado, inclusive os 4 itens do juntem mil teólogos. Em um dos questionamentos desse colega comecei a dialogar através da palavra com ele, de pronto ele me chamou de biblicista( muito parecida com tática da esquerda de taxar as pessoas) que era cíclico e sempre me voltava a bíblia ( como se fosse algum demérito), na época fiquei ofendido e até tinha parado de falar das santas escrituras e dado um tempo nas redes sociais. Esse meu amigo é um fiel escudeiro desse indivíduo, vive amargurado, chegou a falar que a inquisição matou menos,que a cruzada salvou o Ocidente, todas as falácias que ele prega e que graças ao seu blog consegui enxergar uma saída a essa loucura que se tornou o Olavismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é assim mesmo, eles tratam a Bíblia com total demérito para não dizer desprezo, é só ver a imagem do início deste post, que já diz tudo. Mas existe uma explicação histórica/cultural pra isso, como escrevo neste artigo:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/04/conheca-toda-perseguicao-e-proibicao-da.html

      Abs!

      Excluir
  13. Mano namoral um dos seu melhores artigos sobre essa Seita, parabéns meu xará. E isso Lucas n é tudo, agr estão acusando o Yago de ser "revolucionário" só pq ele criticou o Olavo. Aí vc vê o fanatismo dessa gente que n tem sequer o encéfalo nas suas cabeças ocas.

    Caso queira ver essa palhaçada que estão fazendo com o Yago, veja aqui:

    https://youtu.be/a5nn4BtC8a4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, o "Click Time"... só podia ser. Esse cara é um completo doente mental, e não falo isso pra depreciar, falo porque o cara é mesmo. Eu devo ter visto uns três vídeos dele em toda a vida (inclusive alguns que ele fala de temas que não tem nada a ver com religião) e foram os vídeos mais retardados que já assisti em toda a minha vida, em disparado. É simplesmente inacreditável o grau de loucura e alucinação desse sujeito visivelmente perturbado, qualquer coisa pra ele é "revolucionário" e "comunista", eu me lembro que um desses vídeos que eu assisti desse sujeito era ele atacando um outro youtuber por uns 20 minutos por este ser vegetariano, e na cabeça desse retardado o vegetarianismo é "coisa de revolucionário", e começava a fazer conspiracionismos surreais que assustariam até um Cabo Daciolo da vida. Agora o Yago, que sempre defendeu a direita, o conservadorismo e o liberalismo de mercado virou "comunista" só porque refutou o Olavo teologicamente. É uma retardadice atrás da outra. Esse tipinho aí é o reflexo perfeito do tipo de retardado que o Olavo criou (e pensar que ainda há outros muitos iguais a ele, só que sem canal no youtube).

      Excluir
    2. Realmente é impressionante como que qualquer coisinha já mexe com essa gente, chegando a acusar os outros de "revolucionário". E Tú percebe que isso só foi após a destruição teológica que o Yago fez ao Olavo, pq antes disso ele n dizia nada, mas depois que mexeu com o Guru, aí ficou nervosinho. Fazer o que, podemos apenas orar para a libertação dessas pessoas.

      Excluir
    3. nos comentários deste vídeo tem gente falando coisas como "é proibido ser católico" (obvio que é proibido ser católico no pais mais católico do mundo, porque não?), "a igreja católica sempre foi difamada e perseguida desde os dois mil anos que tem história" (claro, a ICAR era boazinha e só foi atacada por nenhum motivo, não é como se ela tivesse feito genocídios em massa por exemplo), dentre outros comentários. Lucas o que voce pensa sobre estes "católicos coitadinhos" que falam que tão sendo perseguidos? por exemplo eles falam que os protestantes como o Yago vivem "difamando" a igreja católica desde sempre, e ai um católico como o bernardo faz um vídeo sobre e todo mundo já fica de mimimi para cima do bernardo. Olha só o absurdo que eles falam.

      Excluir
    4. Esse vitimismo aí é extremamente presente no meio católico apologético, chega a ser impressionante o cinismo, e irritante ao mesmo tempo. Ontem mesmo eu assisti a um vídeo de um maluco aí que passou uns quinze minutos apenas atacando o Yago pessoalmente dizendo que ele "tem ódio dos católicos", e passou os quinze minutos repetindo e repetindo isso, que o Yago tem ódio, tem ódio, tem ódio. A verdade é que essa gente é tão inflamada de ódio por dentro que não sabe falar em outra coisa a não ser em ódio, mas como são cínicos descarados preferem seguir a máxima de Lenin (acuse-os do que você faz, chame-os do que você é). Eles podem passar vídeos e mais vídeos inteiros despejando palavrões e mais palavrões em cima dos evangélicos e difamar nossa fé à vontade enquanto espumam pelos dentes, mas se um evangélico rebate essas calúnias respeitosamente com refutações puramente teológicas, é porque esse protestante "odeia os católicos". Na verdade essa gente é apenas mentalmente enferma, igual os militantes de esquerda.

      Excluir
  14. Segundo a Sociedade Brasileira de Astrologia e Ciências Ocultas, o Sr Olavo de Carvalho, não consta como concludente em nenhum de cursos.
    A hipótese mais provável da origem de seus diplomas na área seja a feira do Brás.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure por "Sid Muhammad" que talvez você encontre...

      Excluir
    2. "Procure por "Sid Muhammad" que talvez você encontre..."
      Resposta: "Nada consta"
      Agora a feira do Brás adquire 99% de probabilidade.

      Excluir
  15. Leitura que fiz de Olavo de Carvalho recentemente numa page de filosofia:

    "Matheus Cruz, por#a nenhuma. O jeito que o Olavo tratou o Yago, que foi respeitoso até demais com ele, foi ridículo, coisa de criança! Fazendo deboche e escárnio só porque um cara com menos da metade da idade dele lhe deu uma resposta contundente com direito a correção a erro crasso (NT escrito em grego clássico, erro grosseiro)... Ele traveste sua fúria (que todos conhecemos) em uma linguagem elegante e, ultimamente, tem demonstrado que uma de suas faculdades mais brilhantes degringolou: sua habilidade de interpretação. Ele não a usa mais como um analista e sim como um manipulador, torcendo frases simples em conceitos complexos que não tinham a ver com a premissa frasal. Aposto que não aguentaria se pinçassem suas frases com a mesma malícia que ele faz com os outros.

    Olavo é malicioso e ardiloso. Ele aplica aos textos e falas de seus oponentes leituras maliciosas. Ele não distorce o sentido mas agride ferozmente a tese até que saia um lapso de qualquer natureza que indique uma fragilidade do articulista. É bom para encontrar uma verdade. Olavo usa para desmerecer a inteligência alheia. "Você disse tal coisa, mas não percebeu tal possibilidade de interpretação ou tal consequência dialética, porque você é burro!". É isso que ele faz com todos."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem ressaltado. Só naquele texto curto das "quatro razões", já dá pra destacar uma série de erros primários, que depois de refutado tentou dar uma desculpa esfarrapada ou uma interpretação fraudulenta e mirabolante. Por exemplo:

      1) Que os protestantes dizem que se alcança a salvação apenas pela simples leitura da Bíblia.

      2) Que Jesus nunca recomendou a leitura da Bíblia.

      3) Que só a eucaristia leva à vida eterna (um exagero tão grosseiro que nem a Igreja Romana defende, e que levaria o ladrão da cruz ao quinto dos infernos).

      4) Que João Batista batizava bebês.

      5) Que o "isto" se refere à uma "transformação" do pão em corpo de Cristo, quando o contexto deixa óbvio que se refere ao ato de partir o pão e dar graças.

      6) Que Lutero e Calvino criam que a Ceia era um "simples memorial" (depois ele tentou se safar dizendo que ele não disse o que disse, mas sim que Lutero e Calvino "ajudaram a conduzir a isso futuramente", ou seja, ele não sabe nem reconhecer seus erros mais primários e zomba da inteligência de seus leitores).

      7) Que os protestates cultuam a Bíblia.

      Qualquer dessas coisas se dita por qualquer um em qualquer meio acadêmico seria alvo da mais profunda zombaria e provocaria risos, mas como foi dito pelo Dono da Razão, então há sempre uma forma de contornar o problema com "explicações" póstumas para aquilo que disse, que apenas pioram ainda mais as coisas e denotam o nível da charlatanice com a qual estamos lidando.

      Excluir
    2. Prezado Lucas Banzoli e queridos irmãos, Parabéns pela trajetória de defesa da Fé em Jesus!!! Eu acho tudo que está ocorrendo agora ( e já se passaram 10 anos de testemunho do Blog dessa situação) extremamente triste. Mas, o Senhor, já nos alertava, em sua passagem pela terra, sobre situações como esta, e até antecipou o que poderia ocorrer em torno do nome Dele. Eu não tinha uma consciência maior desse grau de animosidade entre irmãos católicos e evangélicos. Pode ser que isso esteja sendo estimulado por várias e sinistras razões. Mas, é claro, destruirmos a nós mesmos e aos outros em nome de Jesus nos levará para longe do Reino do qual Ele nos anunciou e anuncia a cada dia em nossas vidas. Porém, qual de nós, ´"por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura"? Quem somos nós para saber os caminhos que a nossa vida pode nos levar para encontrarmos Jesus nessa situação de confronto, ódio, e destrutividade entre nós? O Senhor nos alertou sobre a luta contra essa destrutividade dentro de nós. Como ele nos disse, não basta dizer "Senhor, Senhor". Estou me sentindo arrasado com tudo isso, que como o irmão nos mostra em seu Blog, já dura muitos anos. Conheço muitos queridos irmãos católicos e evangélicos, além de irmãos de outras denominações e crenças cristãs, que ficarão perdidos, como eu estou um pouco agora, no meio de tanto ódio. Pois qualquer um de nós pode acabar sendo tomado por tal sentimento diante da necessidade de defesa das próprias convicções, e da liberdade de professá-las. Como o Senhor nos alertou , o desafio de compartilhar nossa Fé com o mundo e com os irmãos é imenso. E decisivo para qualquer um. Isso pode acabar levando todos a defender a própria experiência com Jesus por causa da 'perseguição' que vive em relação à experiência diferente do outro com o Senhor. Que com Ele, Nosso Senhor e Salvador, possamos encontrar aquelas palavras de vida eterna que nos afastarão da destruição uns dos outros, em direção à nossa salvação. A justiça do Senhor prevalecerá para além de nossas convicções, sempre em direção ao seu reino, para além do espírito de facção da qual nossa natureza pecadora se alimenta, tal como nos lembra o apóstolo Thiago em sua epístola. Graça e Paz

      Excluir
  16. Banzomonstro, o que você acha que fez o Olavo mudar de postura, passando a difamar o protestantismo é a defender e exaltar o catolicismo? Eu tenho suspeita que pode ser algo demoníaco, pois ele prática o ocultismo (feitiçaria). Penso que é ingenuidade achar que o Olavo é burro e inculto, ele não é, basta lembrarmos que ele entendia muito bem a importância do protestantismo e certamente ele percebe muito bem o que acontece no mundo. O velho não tonto não, os seus seguidores são, mas ele sabe o que está fazendo e que as ideias que tem defendido são uma completa baboseira. Agora, por que ele faz isso é outra história, mas é muito estranho sem dúvidas... De modo que o mais provável é que os espíritos que guiam ele devem ter induzido ou mesmo dado ordens a ele para seguir esse rumo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser isso mesmo, muito possível. Eu expus outras possibilidades aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/09/entenda-o-que-e-o-olavismo-cultural-e.html?showComment=1537323691598#c6415218480303386107

      Excluir
  17. Banzomonstro, gostaria de saber qual sua opinião sobre danças, coreografia e teatro na igreja, nos cultos, ou como instrumento de adoracao/evangelização, você acha que é correto, bíblico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não acho que seja "bíblico" (stricto sensu), como também não é antibíblico. Particularmente se eu fosse pastor de alguma igreja não teria essas coisas pois eu vejo pouca utilidade prática nelas, mas proibir é uma posição extrema e sem base.

      Excluir
  18. Pior que o nando sempre aparenta ter grande conhecimento em seus videos, mas ai ele comenta que "se não sou católico, é porque sou protestante" foi a pior bobagem que ja li e ja vi o tipo de pessoa que ele é. E se prepara Lucas pois se o nando descobrir sobre seu artigo ele vai fazer um video te xingando de tudo que é nome e te chamando de cristão jujuba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele não costuma fazer vídeos sobre pessoas pouco conhecidas como eu, porque isso acaba servindo de palanque para essas pessoas ficarem mais conhecidas e acaba sendo um "tiro no pé". Por isso desde o início do canal dele ele sempre buscou atacar canais maiores que o dele para crescer em cima deles através de polêmicas criadas artificialmente, com títulos sensacionalistas em caixa alta e ataques pessoais para ganhar inscritos. Esse modus operandi é completamente inútil contra alguém com pouca expressão, então no máximo veríamos alguma indireta boba igual fez ao Henry.

      Excluir
    2. Interessante que o Henry mesmo sendo ateu e progressista, alguém muito mais identificado com a esquerda é um cara muitíssimo mais lúcido que o Nando e o Veio da Virginia que se dizem cristãos conservadores

      Excluir
  19. Parabéns Lucas Banzoli, parabéns pelo seu trabalho!!!
    Fiquei conhecendo hoje e já me tornei grande admirador.
    Deus abençoe seu blog e sua missão, que é de lançar luz sobre algumas trevas
    que tem impedido muitos de enxergar a verdade em todos os seus níveis.
    Graça e Paz!!!

    ResponderExcluir
  20. Vamos lá, Lucão. Mais uma pra coleção:

    Qual a carta (de baralho) preferida do Pelé? :)

    ResponderExcluir
  21. Caro Lucas, sobre a proposta de debate do Nando Moura, eu acho que é o seguinte: ele é tão puxa saco do Olavo, tão admirador deste que acha que um debate entre o grande Olavo e o Yago é sacanagem com o Yago, que é um qualquer sem a menor qualificação para debater com o Olavo, na cabeça do Nando. Então, um cara mais comum, como o Gargamel, seria de bom tamanho para o debate.

    ResponderExcluir
  22. "O vídeo-resposta e encerramento da conversa com o Bernardo e o Olavo ficou com 50 minutos. O pessoal do Studio tá me mandando. Vou dar uma olhada no fim da tarde, ver se vale a pena postar ou não, ver se tem como reduzir ou cortar algo. Orem pra Deus me dar sabedoria." :) - Yago Martins

    A réplica tão esperada da discussão. Conte-me Banzoli as suas expectativas em relação ao vídeo do Yago que será lançado amanhã. Como será, hein? :| --> emoticon pensativo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só espero que ele não corte nada e muito menos deixe de postar o vídeo...

      Excluir
  23. Banzoli, eu discordo de muita posição sua: o arminianismo, o aniquilacionismo, o pré-milenismo etc. Mas tenho que admitir uma coisa: o trabalho que você tem feito em prol de defender os solas da reforma é COMPLETAMENTE admirável e digno de louvor. Ainda que eu discorde de você, continuo considerando esse um dos melhores blogs do Brasil em matéria de apologética e lhe rogo em nome de Jesus: NÃO PARE com o seu trabalho. Que Deus o recompense!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Eu também admiro uma pancada de gente com quem tenho muitas discordâncias em vários pontos, mas essas divergências naturais em um ambiente democrático e livre nunca me fizeram admirá-las menos. Acho que esse é o pensamento correto, sempre podemos extrair coisas boas até mesmo de pessoas que consideramos ruins. É como Paulo disse, "examinai tudo e retém o que é bom". Abs!

      Excluir
  24. Como vai meu irmão em Cristo?
    é a primeira vez que entro no seu blog e artigos, que aliás muito bom por sinal!
    sou um adolescente de 15 anos, e moro em João Pessoa , na Paraíba.Tava vendo o vídeo hj do conde que tinha o título " Dois erros de teologia" errou de novo, se tratando do vídeo resposta ao Yago Martins de segunda - feira sobre pontos teológicos como por ex:a questão do termo grego theotokos e também sobre as mesmas ladainhas de sempre dizendo que o protestantismo foi o precursor do secularismo, do relativismo e que os evangélicos nutem um ressentimento profundo contra os católicos, do qual segundo ele existe uma conspiração contra eles.infelizmente esse tal de conde e companhia ilimitada não querem perceber que é o própio ativismo católico que provoca a ira que tem por nós e isso é fato históricos incontestáveis, por que o protestantismo foi o único que consegui quebrar definitivamente essa hegemonia de pensamento, do qual todos tinham que ficar sub-julgados, submissos a um único pensamento, portanto pra esse ativistas contraditar,ter opiniões divergentes é sinal de ofensas, afrontas e ataques simplesmente por não ter o mesmo pensamento "dogmático deles", ou seja, gente desse tipo só nos faz pensar que eles estão mais para Hitler, Stálin, Lênin, Fidel Castro e etc.não é por acaso que o Olavo disse a dois ou três anos atrás que iria fazer tudo o for possível para exterminar o protestantismo de uma vez por todas no Brasil.e eu de fato quase acabei o ano passado sendo ludibriado por esse senhor,mas de tanto falar que o protestantismo é a pior coisa que existe, comecei a me questionar.será que não há algo de bom nessa comunidade protestante? por que cresce tanto assim?comecei lucas percebendo visitando várias igrejas bíblicas que não é nada disso que o Olavo disse sobre o protestantismo dizendo que é pior do que o comunismo e terminei chegando a conclusão que o astrólogo é uma tipologia de uma serpente com seus ardis tudo isso pra contaminar e nutrir um ódio do protestantismo se utilizando do viés político para trazer todos ao TOTALITARISMO ROMANO custe o que custar mesmo que for pra mentir como é de costume.graças a Deus que ele tem levantado você e outros para defender desses ataques insanos medievais, que infelizmente continuam em muitos corações romanista,ou seja, os ATIVISTAS e não os católicos nominais o que temos que fazer por essas pessoas contaminadas é continuar orando e cumprir com o nosso papel como cristãos, vale ressaltar ainda que neste mesmo vídeo o conde chamou o Pedro Gaião de pseudo- intelectual e que você banzoli tá fazendo um estrago terrível na cristandade brasileira com seus inúmeros artigos.que afinal o própio conde disse certa vez não me lembro quando que você LUCAS BANZOLI, já tinha caído no esquecimento.SERÁ MESMO?Por esse vídeo já ta demonstrado que de fato Deus te levantou pra está obra que por sinal é árdua, mas corajosa da sua parte por não ter retrocedido aos escárnios que mesmo fez de você, isso só mostra que você tem uma influência enorme em se tratando de artigos e que tem por sinal muita relevância que chega ao meu ver como ANTÍDOTO contra as DETURPAÇÕES AO PROTESTANTISMO.e graças a Deus que muitos protestante que eram olavetes deram DESLIKES e que só fortaleceram a o protestantismo ou seja DERAM UM TIRO NO PRÓPIO PÉ não é mesmo Lucas?no que pensa nos pontos que abordei? desculpe por esse texto ter ficado grande e também o meu português que não é lá essas coisas.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "...e que você banzoli tá fazendo um estrago terrível na cristandade brasileira com seus inúmeros artigos"

      Eu acho que isso vindo da boca de alguém como o Conde, só pode significar uma coisa: estou no caminho certo. O "estrago terrível na Cristandade", na visão de alguém como ele, nada mais é senão a destruição do castelinho de areia das fraudes romanistas disseminadas por esse tipo de gente rasteira que antes não encontrava obstáculos para as suas mentiras, mas que hoje tem uma resistência que faz um "estrago terrível" nos seus embustes (graças a Deus). Quanto mais "estragos terríveis" desse tipo eu continuar fazendo, melhor.

      Excluir
  25. Ficou muito bom o artigo, mostrando toda a hipocrisia Olavete. Parabéns!

    ResponderExcluir
  26. Que Deus te abençoe cara. Ja tive minha fé protestante meia "abalada" por conta de seguir muito o Olavo, mas através dos seus artigos e de outros estou vendo que eu realmente me salvei antes de cair no buraco. A paz, em Cristo!

    ResponderExcluir
  27. Amigo Lucas, eu nunca imaginei que a equação (Astrologia + catolicismo = Olavo de Carvalho), gerasse tanta confusão!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é assim, não parece ser uma boa combinação mesmo.

      Excluir
  28. Boa Noite Banzoli,vou confessar-lhe que desde dos meus 14 anos de idade (hoje estou com 18 )que vejo Nando Moura postar bobagens na internet,só que inicialmente ele era bem normal e paciente e defendia o cristianismo,tentava dar a opinião em alguns assuntos,porém,ele percebeu que xingar e imitar os outros dá views,começou com o Pirula,se não me engano ele criticou um video do Pirula negando o sócio-construtivismo e a biologia no termo de família (se bem me lembro em partes),depois o Izzy Nobre e por ai foi... Ele é uma pessoa que considero bem desonesto.

    Enfim,queria saber sua opinião sobre o vídeo do Henry que ele fala que Jesus seria um revolucionário (obviamente no sentido de quebrar o status quo sem nenhuma relação ideológica) ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jesus foi mesmo um revolucionário, embora não no sentido que a esquerda coloca. Ele rompeu muitos tabus e tradições daquela sociedade, fundou uma nova religião, detonou a tradição dos fariseus, refutou os mestres da lei, se opôs à lei de talião, recusou-se a jogar a pedra na mulher adúltera, deu mais ênfase e importância às mulheres do que qualquer um na sociedade da época, se colocou a favor dos pobres e oprimidos, condenou a rixa histórica com os samaritanos, estendeu os planos de Deus aos gentios, ensinou a tolerância e o amor até pelos inimigos em uma cultura onde se costumava amar e tolerar somente os "do grupo". Certamente Jesus foi um dos maiores, senão o maior revolucionário de todos os tempos. O problema é que os esquerdistas se apropriam do termo "revolucionário" dando a ele uma conotação comunista, alegando que Jesus sustentou o que ele jamais disse: coisas como aborto, drogas, liberação sexual, ausência de punição para menores infratores, Estado gigante roubando o dinheiro do povo com impostos esmagadores, o fim da propriedade privada, e assim por diante.

      Ou seja, querem transformar a revolução que Jesus produziu em uma revolução totalmente alheia ao seu propósito, para o qual ele veio e deu a vida por nós. É a mesma coisa que usam para atacar a Reforma, chamando-a de "revolucionária" em um sentido pejorativo, quando ela realmente foi revolucionária, mas no sentido justamente oposto, de gerar os benefícios sociais que conservamos hoje - coisas como o capitalismo, a ciência, a tecnologia e a liberdade de expressão e de consciência. Por isso o subtítulo do meu livro dos 500 Anos da Reforma é "Como o Protestantismo REVOLUCIONOU o Mundo", que eu não tenho nenhum receio em usar, a despeito das distorções propositais que vemos por aí tanto do pessoal da esquerda, como dessa direita olavete de araque.

      Excluir
    2. Estão querendo reescrever a história.
      Tem gente dizendo que judeus na verdade nem existem, tem outros com ódio mortal por "protestantes", "evangélicos". É, o fim dos tempos não está fácil... por isso alguns autores disseram "chegará um tempo que será necessário explicar que a grama é verde".
      Estão querendo sangue... na Bíblia nunca se incentivou derramamento de sangue humano inocente. Muito menos para apoiar loucuras, com aparência de ideologia, que NÃO funcionarão na terra, tendo em vista a coerência de seu funcionamento e equilíbrio, seja sistêmico seja pontual.
      Eles pegam as dualidades (inúmeras na sociedade e na realidade dos fatos), e instigam ódio, rivalidade, discórdia.. e sempre acusando os outros de fascista e a si mesmo de "bonzinhos", "paz e amor".
      Só com muita oração mesmo,
      Abraços a todos!
      #Paz

      Excluir
  29. Sinceramente, não sei pq os católicos implicam tanto com o conceito do Sola Scriptura. A própria Igreja Romana o reconhece. "A doutrina católica não sustenta [...] que a autoridade canônica e vinculante da Escritura tem sua origem na hierarquia da Igreja que torna conhecido o cânon"(Apc 400). Pelo contrário, como afirma o Concílio Vaticano II, na constituição dogmática Dei Verbum, "o magistério não está acima da palavra de Deus, mas sim ao seu serviço"(n.10).

    Temos aqui um documento oficial da Igreja Romana que subscreve o Sola Sciptura. É muita incoerência, os caras não sabem mesmo o que defendem.

    ResponderExcluir
  30. Se creres, verás a Glória de Deus!!!

    ResponderExcluir
  31. Que tal?

    https://www.youtube.com/watch?v=26slTfwqMwI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sabia da existência desse tal "áudio" vazado.

      Excluir
    2. Sinceramente, eu não sei mais o que falta a esquerda inventar pra sujar o nome do Bolsonaro.

      Excluir
  32. Assista o vídeo da nova refutação do Yago:

    https://m.youtube.com/watch?v=KXJIfnTJXvI

    Depois assista este vídeo:

    https://m.youtube.com/watch?v=F9XWVHB5jQ4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O vídeo do Yago = mais uma refutação sensacional.

      O vídeo do Bambam = Wtf?

      Excluir
    2. Nada, só a excitação do momento que me fez me sentir o Bambam surtando enquanto malha...

      Excluir
  33. Banzoli. Apenas hoje tive tempo de ler todo seu artigo.

    Fantástico!

    Fenomenal!

    Imperdível!

    Parabens mais uma vez

    ResponderExcluir
  34. Ei Lucas, o Yago fez outro vídeo refutando o Olavo e o Bernardo, da uma olhada mais tarde:

    https://youtu.be/KXJIfnTJXvI

    ABS

    ResponderExcluir
  35. Avalie:

    https://www.youtube.com/watch?v=KXJIfnTJXvI

    ResponderExcluir
  36. Parece que o Yago teve paciência em responder: https://youtu.be/KXJIfnTJXvI

    Só uma coisa, algo que não manjo muito: nesse vídeo, o Gago falou que ele é batista. Mas ele não era calvinista? (Ou tem como ele ser batista e calvinista ao mesmo tempo?)

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só um pequeno adendo aqui(e spoiler): no final do vídeo, o Yago fala, com bastante autoridade, que o calvinismo é a verdade das Escrituras... Será mesmo?(duvido bastante até) se for mesmo, então prefiro ser ateu ou agnóstico😱 Não me leve a mal, mas ver Deus como alguém que IMPÕE quem peca ou não, quem vai ser ou não salvo... Pra mim, é pior que o Diabo!

      Deus lhes ilumine!

      Excluir
    2. Infelizmente a maioria dos calvinistas só considera cristão quem é calvinista.

      Excluir
    3. "Só uma coisa, algo que não manjo muito: nesse vídeo, o Gago falou que ele é batista. Mas ele não era calvinista? (Ou tem como ele ser batista e calvinista ao mesmo tempo?)"

      Calvinismo não é uma denominação, é uma vertente doutrinária soteriológica. Não existe uma "Igreja Calvinista" como denominação, da mesma forma que não existe uma igreja chamada "Igreja Arminiana". São escolas de pensamento que as pessoas podem assumir dependendo do entendimento delas a respeito da Escritura, independentemente de denominações. Por isso há muitos batistas que são calvinistas, e muitos outros que não são.

      "Infelizmente a maioria dos calvinistas só considera cristão quem é calvinista"

      Eu não acho que seja o caso, o Yago citou o calvinismo ali porque era uma resposta ao "desafio" do Bernardo, apenas isso (aliás, um desafio ridículo, feito intencionalmente na intenção de impedir um debate que ele sabe que vai perder).

      Excluir
    4. "Infelizmente a maioria dos calvinistas só considera cristão quem é calvinista'
      Felizmente não precisamos da aprovação do papa, do bispo, do calvinismo, de astrólogo, (...) para nos consideramos cristãos.

      Excluir
    5. Lucas,pq vc não faz um debate com o Francisco Tourinho sobre calvinismo x arminianismo?.

      Excluir
    6. Iria ter esse debate no início do ano, já estava com data marcada e tudo, mas aí o Gilberto (do Cristão Contemporâneo) preferiu desmarcar por causa de outros projetos. De todo modo eu até achei melhor assim, "calvinismo vs arminianismo" nunca foi um tema da minha preferência, tanto é que eu nunca mais toquei no assunto desde a escrita do meu livro em 2014, está muito longe de ser um tema de interesse meu, embora eu tenha uma opinião pessoal bem decidida em relação a isso.

      Excluir
    7. O calvinismo ensina que Deus é o autor do pecado,isso pra mim é heresia.

      Excluir
  37. Lucas, você saberia por que o Felipe Cruz saiu do "Dois Dedos de Teologia"?

    ResponderExcluir
  38. A loucura e lavagem cerebral propagada pela seita olavista parece a loucura sectária que o Edir Macedo faz com os prosélitos da seita Igreja Universal. O "Olavo Tem Razão" e o "Sou Feliz por ser Católico" é a versão católica do "Eu Sou a Universal"

    ResponderExcluir
  39. Obrigado por escrever esse texto. Show de bola

    ResponderExcluir
  40. Lucas,caso os 11 primeiros capítulos de Gênesis não sejam literais(pelo menos em sua totalidade),isso afetaria a doutrina da mortalidade da alma?.

    ResponderExcluir
  41. Muito bom Lucas, sou novo por aqui, mas já li vários artigos seu, fico muito feliz que Jesus tem pessoas como você para trazer esse conhecimento para que possamos crescer, confesso que fiquei um pouco pasmo com os comentários dos católicos nesse artigo e que na verdade parecia um discurso exclusivamente satânico, de ódio, horror e destruição.
    Que Deus tenha misericórdia, graças a Deus pela sua vida, e que você, Yago eu e outros protestantes possamos formar a unidade verdadeira da Igreja de Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade esses prints aí representam 0,0000001% do que vemos por aí literalmente TODOS OS DIAS, eu debatia com ateus antes de debater com católicos e posso testemunhar que nem entre eles há tanto ódio como entre os fanáticos tridentinos. Eu não sei o que explica tanto ódio, mas nos resta orar a Deus por misericórdia, embora a maior parte deles sabe bem o que faz.

      Excluir
  42. Banzoli Boa Noite . Vc ja ouviu falar que o trecho que fala da mulher adúltera não existe nos manuscritos originais ? Vc poderia me dizer algo sobre isso? As testemunhas de jeova defendem essa tese. Não estou concordando com as tj. Mas gostaria de saber o seu parecer sobre o assunto. A parte da mulher adúltera é legítima? Obrigado ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que os nossos amigos arianos sofrem da síndrome da contestação.
      Num post anterior eu fiz uma observação ao comentário de um deles (com a ressalva que poderia estar equivocado) e só não apanhei porque corri.
      Tal qual o astrólogo supracitado, eles almejam que batemos continência aos seus pressupostos.

      Excluir
    2. Há alguns anos eu também pensava que esse texto era duvidoso e que provavelmente não fazia parte da Bíblia original, embora fosse uma história real preservada por outros meios até ser inclusa na Escritura em um momento posterior. Mas mudei de opinião após ver este vídeo do Dr. Wilbur Pickering sobre o tema, que é bastante esclarecedor (ele tem outros vários vídeos sobre discussões semelhantes, todos muito competentes):

      https://www.youtube.com/watch?v=YUYNdUFi5lA

      Excluir
  43. Só tem algo do novo vídeo do Yago que não concordo. Ele disse que se Jesus quisesse, ele poderia transformar vinho em sangue, mas isso seria uma heresia, visto que Deus proíbe o consumo de sangue.

    "Portanto tenho dito aos filhos de Israel: Nenhum dentre vós comerá sangue, nem o estrangeiro, que peregrine entre vós, comerá sangue." Levítico 17:12

    "Mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da fornicação, do que é sufocado e do sangue." Atos 15:20

    A doutrina da transbustanciação, além de ser falsa, também leva ao pecado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade Jesus "poderia" (no sentido de ter poder para fazer isso, caso assim quisesse), mas não "faria", porque não entraria em contradição com a própria Palavra de Deus, nem induziria ninguém ao pecado, como você bem colocou.

      Excluir
  44. Todo esse papo entre Yago vs Bernado e Olavo me lembrou uma coisa: cadê a segunda parte(e as posteriores) do Izzy Nobre "refutando" o Dois Dedos sobre aquele vídeo do "Quem inventou o cristianismo" que é do Izzy? Arregou? Sem tempo?

    ResponderExcluir
  45. Olavo sendo desonesto mais uma vez:

    https://prnt.sc/kww5x0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Traduzindo: "Olavo sendo Olavo".

      Excluir
    2. Para o Olavo e os seguidores zumbis dele, todo mundo que não concorda com ele e pensa diferente é semianalfabeto.

      Excluir
    3. Malware founded here https://prnt.sc/kww5x0



      Excluir
  46. Lucas Banzoli, me permita aqui nesse seu espaço protestar contra uma exposição do Sr Macabeus sobre a Ceia na Igreja de Corinto onde ele tenta explicar quem eram os indignos de celebrá-la.

    Antes, porém, eu gostaria de deixar uma curta palavra sobre João 6 nas palavras de Jesus em “comer e beber sua carne e sangue”

    Comer a carne do Filho do homem e beber seu sangue significa ir a ele e crer nEle:

    “Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: “Deu-lhes a comer pão do céu.” Jesus lhes disse: “Em verdade, em verdade lhes digo que não foi Moisés quem deu o pão do céu para vocês; quem lhes dá o verdadeiro pão do céu é meu Pai. Porque o pão de Deus é o que desce do céu e dá vida ao mundo. Então lhe disseram: — Senhor, dê-nos sempre desse pão. Jesus respondeu: — Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim jamais terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede.” João‬ ‭6:31-35‬ .

    Alguém percebeu isso?

    “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim jamais terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede. Ir a Ele cobre o ato de comer e crer nEle cobre o ato de beber.

    O verso 47 diz: “Em verdade, em verdade lhes digo: quem crê em mim tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida.”

    A celebração das espécies e apenas simbólica! O real significado está na vida constante de crer nEle e ir a Ele Sempre. O ato da ceia é simbólico e temporal . Ele não cobre nossa vida diária de fé em Cristo.
    ‭‭
    Agora vamos para o significado de comer a beber a ceia “Indignamente”. A pista está no contexto:

    “Quando vocês se reúnem, não é para comer a ceia do Senhor, porque cada um come sua própria ceia sem esperar pelos outros. Assim, enquanto um fica com fome, outro se embriaga. Será que vocês não têm casa onde comer e beber? Ou desprezam a igreja de Deus e humilham os que nada têm? Que lhes direi? Eu os elogiarei por isso? Certamente que não!” (1Co 11. 20-22)

    Eles não observavam-se corretamente o modelo da ceia: “Quando vocês se reúnem, não é para comer a ceia do Senhor”.

    Isso é que significa comer indignamente: “porque cada um come sua própria ceia sem esperar pelos outros. Assim, enquanto um fica com fome, outro se embriaga.”

    Haviam bagunçado a celebração da ceia. Comiam indignamente, ou seja: NÃO ERAM DIGNOS DE CELEBRAR A CEIA!

    Tornaram a ceia num banquete ímpio, onde havia glutonaria e embriaguez. Fizeram-se indignos!

    Os pobres eram envergonhados como se não fizessem parte do corpo de Cristo por serem pobres. “Não tendes, porventura, casas onde comer e beber? Ou menosprezais a igreja de Deus e envergonhais os que nada têm?”.

    Dos versos 23 ao 26 Paulo relembra a eles o real significado da Santa Ceia. Seguindo com sua orientação, Paulo busca uma correção para a questão, orientando uma mudança de atitude baseada na reflexão: “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice; pois quem come e bebe sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si.” (1Co 11. 28-29). Eles não discerniam o corpo: Celebravam a ceia individualmente!!!

    Esse “examinar” está ligado à questão anterior, ou seja, examinar se da forma que está participando não está pecando contra seus irmãos na fé e consequentemente contra Deus.

    Participar da ceia da forma com que eles participavam é comê-la indignamente. “Assim, pois, irmãos meus, quando vos reunis para comer, esperai uns pelos outros.” (1Co 11. 33).

    Isso é comer dignamente!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito, Alon! É preciso ser realmente pilantra demais para não perceber essas coisas, ou fingir que não percebeu.

      Excluir
  47. Uma correção no último parágrafo

    “Participar da ceia da forma como eles participavam é comê-la indignamente. “Assim, pois, irmãos meus, quando vos reunis para comer, esperai uns pelos outros.” (1Co 11. 33).”

    ResponderExcluir
  48. Você vai gostar dessa, Banzolão. Assista até o final :D

    https://www.youtube.com/watch?v=q6rpmSiy3j8

    ResponderExcluir
  49. Olá Banzomonstro! O que você acha daqueles textos biblicos que instruem as mulheres a sere obedientes e a estarem sujeitas ao marido, voce acredita que essa ensino vale pra hoje? aliás, qwual sua explicação para esses textos, que dão a entender que a mulher deve submeter-se ao marido parecendo que são infeior?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu comento sobre isso aqui:

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/a-igualdade-entre-o-homem-e-mulher-na.html

      Também recomendo este outro artigo aqui:

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/o-valor-da-mulher-na-biblia.html

      Excluir
  50. Oi!!! Lembra de mim??? Oq exatamente vc quiz dizer que era melhor para um cristão ser amigo de um comunista ateu do que uma pessoa da direita conservadora. E pouco tempo depois um comunista ter esfaqueado Bolsonaro??? Faz tempo que espero que vc explique essa declaração! Jesus ta de olho em vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hãm? What? Quando foi que eu disse isso, onde, pra quem? Jesus também tá de olho nessa gente que dá falso testemunho por aí!

      PS: e não, não me lembro de você.

      Excluir
  51. No vídeo último vídeo, o Yago Martins da a resposta sobre Filologia.

    Eu acho que nem o Bernardo Kuster, nem o Olavo devem conhecer a doutrina católica. Defendem algo que nem conhecem.

    Algo muito importante da doutrina católica é a Escolástica, de conhecer a bíblia por filosofias bem complexas, que acabam até atrapalhando a leitura simples do texto e tenta fazer vários malabarismos.

    Da própria escolástica, por exemplo, que veio a doutrina da transbustanciação, que eles falam que vem de uma leitura simples do texto, mas na verdade vem de uma leitura nunca existente na história do Cristianismo, que Tomás de Aquino introduziu da filosofia aristotélica, no século 13.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Sobre o Bernardo, se trinta anos como "protestante" não foram suficientes nem para ele saber o que significa Sola Scriptura, não acho que em dois anos de católico vai saber qualquer coisa que seja da própria doutrina que diz defender. Tem gente que precisa viver mais que Matusalém para conseguir aprender alguma coisa.

      Excluir
    2. Assino em baixo: como eu sempre disse, fui católica e tals mas NUNCA sequer conhecia a doutrina da Igreja, nada. E não sou a única, eles não sabem! Ponto final. Não sabem e não fazem questão de saber, aliás a única verdade que eles aceitam é a deles, e dane se os fatos e a Palavra.
      Agora esse Bernardo se acha o Aristotes de seu “Platão” Astrolavo. Arrogante que dói, levou uma surra de refutação mas fez igual criança birrenta.

      Excluir
  52. Respondendo ao Lucas:

    Links católicos não são aceitos aqui, mas o que você mencionou já foi refutado há seis anos atrás, aqui:

    http://heresiascatolicas.blogspot.com/2012/11/refutando-as-demencias-do-pimpolho.html

    Outras refutações você pode ver no "Fim da Fraude":

    https://fimdafraude.wordpress.com/

    Abs.

    ResponderExcluir
  53. Rapaz, você não é normal. Estou besta com o seu blog. Parabéns. Uma pessoa da sua idade, produzir todo esse material, é algo que assusta.

    ResponderExcluir
  54. https://www.facebook.com/ApologeticaProtestanteBR/photos/a.1691368354503364/1888848158088715/?type=3&theater

    ResponderExcluir
  55. Excelente artigo lucas, achei em um site o porque do Olavo ser assim paranóico, isso vem desde a infância, veja segundo o site desiclopédia:

    Olavo nasceu em Campinas em 1900 e guaraná com rolha, onde desde cedo começou a bater boca com qualquer pessoa presente, o primeiro foi o médico que fez seu parto, como ele deu um tapa na sua bunda, Olavo desconfiou que o médico tinha uma agenda oculta, sendo essa sua primeira experiência com teorias da conspiração, afinal por qual razão o médico bateria em um inocente recém-nascido? Deveria haver algum motivo maléfico e inconfessável para esta atitude autoritária do médico.Esse velhinho maluco também gosta de posar de sábio filósofo e de jornalista, enquanto não passa de um vlogger maluco de plantão que só sabe fazer colunismo anti-social, astrologia de quinta categoria e jornalismo de factoides.

    E ae Lucas Confere?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um parente de um amigo de um conhecido da dona do cachorro do médico que fez o parto do Olavo disse que foi mais ou menos assim mesmo, então confere.

      Excluir
  56. ...Comente...

    ELE NÃO? FAMOSOS, MULHERES E A VERDADE:

    https://youtu.be/4rG8v9y0fgo

    ResponderExcluir
  57. Te mandei comentário no outro post mas não havia lido o seu a respeito do seu problema. Espero que esteja melhor sinceramente. Estará em minhas orações! Precisamos do Banzoli no campo de batalha ;)

    Melhoras,Lucas.

    ResponderExcluir
  58. Grande parte desse movimento católico tradicionalista é antiliberal e antiamericanista. Pra eles, o modelo ibérico é o verdadeiro modelo de conservadorismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, mas pelo menos entre os olavetes, eles são pró-EUA, pró-Israel e pró-liberalismo de mercado. Essa outra "direita católica" é mais antiga, e extremamente mais reacionária e maluca.

      Excluir
  59. Banzolão interessante que eu vi um vídeo do Bernardo falando sobre a volta dele para a Igreja Católica,que quando ele nasceu,foi batizado lá,tinha pais católicos,mas que depois a família dele virou protestante e ele foi criado na Igreja Batista,e que chegou até trabalhar lá,ter algum cargo,e não conhecendo nada de Bíblia,incrível!E normalmente as igrejas históricas,costumam ter pessoas com um maior nível de conhecimento bíblico e de Sola scriptura,aqui o vídeo dele https://www.facebook.com/cdbosco/posts/bernardo-kuster-narra-a-sua-volta-para-a-casabernardo-kuster-acaba-de-publicar-u/1729158800713759/ ,mas sempre há protestantes ruins que possuem cargo só por causa de uma amizade ou parentesco com algum líder da igreja

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriel, a tentação constante em nós, brasileiros, é à superficialidade, algo próprio de uma sociedade como a nossa democrática: que dá direitos injustos às mulheres, uma sociedade mestiça e com povos com culturas díspares juntas e misturadas. em só território Segue-se, então, de fato não se vai às raízes em nada. No que se refere ao cristianismo não se vai ao fundo no Brasil nem no catolicismo romano e nem no protestantismo. Não duvido da sinceridade quanto à conversão ao romano-catolicismo de Bernardo Pires Küster, todavia, as referências de Küster sobre um João Calvino tirano em Genebra não são precisas, segundo Augustus Nicodemus Lopes, que já explicou que o partido de Calvino não estava no poder quando da permanência do reformador na capital Suíça. Mas, é aquela coisa, o amor a Olavo de Carvalho é maior que o amor à verdade pelo dever de piedade, como dizia Aristóteles ao refutar a teoria das formas de seu mestre Platão na Ética a Nicômaco. Eu sou olavete, Carvalho é meu mestre, sim, como Aristóteles era platônico, mas antes de mais nada assumo ser "verdarete", graças a Deus. Que sempre Deus dê-me forças a estar antes pela verdade do que não a serviço da mentira. O protestantismo, se Yago acertou nas críticas que faz ao catolicismo, levanta questões importantes e suscita o debate e a reflexão. O protestantismo é uma forma de iluminismo no cristianismo. O catolicismo fica mais do lado da obediência, o que no caso de religião é algo fundamental e no caso da religião cristã é fatal se não for destarte pela obediência, visto que se a Igreja Católica falhou, logo, Cristo é mal e é falível, pois que as portas do inferno prevaleceram contra a Igreja, e Cristo prometera que tal não ocorreria, e Cristo agiu de forma malvada ao mentir passando-se por farsante como se Ele fosse infalível.

      Excluir
    2. Banzoli, Sobre "as portas do inferno não prevalecer" e "Cristo ter falhado" escreveu aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2017/12/as-portas-do-inferno-nao-prevalecerao-e.html

      e Sobre a questão da "obediência" (cega), escreveu aqui:
      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/04/quanto-custa-liberdade.html

      Excluir
  60. E pior disso isso Lucas que o Bernando postou no Twitter todo ''vitorioso'' que um antigo colaborador do Yago no Dois Dedos de Teologia virou católico

    https://pbs.twimg.com/media/DnlPVC4XoAEOAvO.jpg

    https://pbs.twimg.com/media/DnlQIRPX4AALQj9.jpg

    E o cara atribui a ''conversão'' a ''Senhora Dele'' ... Apostasia, meu caro, Jesus nos alertou sobre isso no fim dos tempos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um cara que eu nunca vi no "Dois Dedos", mas de todo modo, mostra a realidade do quão perigosa é a seita olavete, e de tanta gente que tem sido levada ao engano e ao erro através de um discurso político pernicioso, que embora fraco, é o suficiente para arrebatar as mentes mais fracas. É por essas e outras que batalhamos aqui.

      Excluir
  61. Avalie:

    FOLHA = FAKE NEWS:

    https://www.youtube.com/watch?v=ZtiAK7951zs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja propagando FAKE NEWS
      www.youtube.com/watch?v=wnmZcuQNQy8

      O "amor ao dinheiro" é complicado né... tem gente que vende a moral, a ética, o corpo, e se duvidar até a alma ~por desejos carnais.. mundanos.. fúteis.. passageiros..

      Excluir
  62. Poderia fazer uma avaliação desse vídeo:
    https://youtu.be/EL9DsgRbUiI

    Esse historiador tenta desmentir o fato do Brasil ter dado errado e dos EUA ter dado certo devido a colonização (bem como a religião, no caso do Protestantismo anglo-americano e do catolicismo latino-hibérico).

    P.s. não sou o Anônimo do Avalie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei a argumentação dele bem superficial, inclusive ele mesmo no início do vídeo diz que não tinha respostas objetivas, e alguns nos comentários do vídeo destacaram isso. Ele vai contra o consenso acadêmico em torno da questão, o que nem seria um problema tão grande assim desde que tivesse argumentos mais consistentes e não apenas hipóteses e improbabilidades. Algumas coisas que ele menciona funcionam na verdade da forma oposta à qual ele diz. Ele destaca negativamente o fato da Inglaterra "não se preocupar" muito com a sua colônia como os ibéricos se preocupavam com as deles. Isso é verdade, mas é justamente uma das razões pelas quais os EUA deu certo e a América Latina não: essa "preocupação" que os ibéricos tinham com as suas colônias não era no sentido de garantir o sucesso das próprias colônias, mas para si mesmos. Ou seja, a colônia funcionava como um meio de exploração cujo fim era engrandecer a metrópole. Por suas matrizes protestantes e liberais a Inglaterra deixou sua colônia bem mais livre, com bem mais autonomia, não sugou todas as suas riquezas nem impôs pesados tributos como veio a fazer só bem mais tarde, quando da independência (e aí já era tarde demais). Ou seja, a relativa autonomia que a Inglaterra deu às suas colônias, ao menos em um primeiro momento, é um fator crucial EM FAVOR do desenvolvimento das mesmas, e não contrário. Nesse paradigma, quanto mais intervencionismo metropolitano, pior para as colônias. A história, a lógica e a própria economia da coisa prova isso com uma clareza indiscutível. Até hoje muito Estado faz mal para o próprio povo, imagine quando estamos falando do Estado intervindo em outra nação.

      Excluir
    2. Verdade, além disso ele também citou a corrida do ouro na Califórnia ocorrida entre 1848-1860 e fez uma comparação da exploração do ouro na Califórnia com a exploração do ouro em Minas Gerais, Além disso, ele cita a Austrália como uma colônia penal que deu certo, mas se a Califórnia e a Austrália também foram exploradas como elas se tornaram regiões ricas e desenvolvidas?

      Excluir
    3. P.s. Também achei a argumentação dele muito superficial, pedi para você avaliar para ver se chegássemos a uma conclusão a respeito da colonização britânica vs. a colonização hispano-portuguesa. É chegamos a conclusões bem similares.

      Excluir
    4. Pois é, o fato da Austrália ser uma colônia penal que deu certo é a prova mais forte de que o fator principal que sustentava o sucesso de uma colônia era a fé daquelas pessoas e não meramente o fato de ser explorada ou não (embora isso também pese). Talvez se a Austrália não fosse uma colônia de exploração em seu início hoje seria tão grande quanto os EUA, mas mesmo não atingindo tal nível, a ética protestante e o espírito do capitalismo os levaram a ser muito mais do que qualquer país ibérico jamais foi.

      Excluir
    5. E sobre a Califórnia ele citou a corrida do ouro ocorrida entre 1848-1860, mas eu andei pesquisando sobre a História da Califórnia, e fiquei sabendo que a mesma foi ocupada pelos Espanhóis entre os séculos XVII e XIX, em 1821 com a Independência do México. A Califórnia passou a ser parte do território mexicano, mas tanto a Espanha quanto o México nunca deram atenção aquela região, em 1840 a população da Califórnia era estimada em torno de 15 mil habitantes, mas em 1848 com sua anexação pelos EUA, foi descoberto que havia ouro lá, e essa notícia ecoou por toda Europa, América do Norte e China. E muitos irlandeses, mexicanos e chineses foram para a Califórnia para explorar o ouro, porém enquanto os mexicanos e irlandeses católicos exploravam aquela região, os protestantes americanos investiam o ouro extraído naquela região tanto é que entre os anos de 1850 e 1890 a Califórnia foi de um grande vazio demográfico para um dos Estados mais ricos dos EUA. E hoje é o Estado mais rico dos Estados Unidos graças aos protestantes americanos que investiram naquela região com o ouro extraído naquela região, se dependesse dos católicos irlandeses e mexicanos a Califórnia seria um Novo México gigante, que é um dos Estados mais pobres dos Estados Unidos e também o mais católico depois de Rhode Island.

      Excluir
  63. Banzoli, eu sou católico romano e acho que Yago Martins venceu o debate contra Olavo de Carvalho e depois contra os demais opositores a si como Bernardo Pires Küster e Nando Moura. Martins levanta questões que para mim soaram insolúveis, mas que para um católico precisam resolverem-se pelo princípio da obediência, cuja atitude é a de veneração diante de Roma, pois quando Roma locuta, causa finita est.

    Mutatis mutandis, Banzoli, eu tenho uma dúvida doutrinária que eu acho crucial, porque filosófica e minha área acadêmica de estudos é a Filosofia, ei-la, quando da Disputa de Heidelberg de 1518, em que Martinho Lutero expôs no salão de leitura da ordem agostiniana, a sua theologia crucis, Lutero diz que é verdadeiro teólogo aquele que, ao contrário do que parece dizer São Paulo aos romanos, conhece o que pode ser visível acerca de Deus não nas coisas manifestas na natureza, mas no conhecimento do sofrimento da cruz de Cristo Jesus, isto é, pela contemplação do mistério da cruz de Jesus Cristo. Isto, caro Banzoli, não parece contradizer frontalmente a São Paulo sobre a inescusabilidade de todo homem, em particular os pagãos, pois os mesmos podem algo saber de Deus pelas coisas criadas, manifestas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, João! Sobre o "Roma locuta, causa finita est", tenho dois artigos sobre isso, aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/12/roma-locuta-est-causa-finita-est-roma.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2016/01/roma-falou-e-de-novo-causa-nao-acabou.html

      Sobre a sua outra questão, eu não sou a pessoa mais apta a discorrer sobre isso porque foge ao meu campo de conhecimento (filosofia não é a minha área de especialidade), mas este artigo do Fabiano Dias dá uma resposta a isso:

      https://vitareformata.blogspot.com/2018/06/a-chave-do-padre-paulo-ricardo.html

      Excluir
    2. Banzoli, meu amigo, obrigado pela resposta. Lerei os teus posts indicados nas hiperligações que tu postastes acima e lerei a hiperligação para o blogue de Fabiano Dias que pelo jeito indica ser algo ligado ao padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, o qual é um homem muito ligado a um certo intelectualismo muito estrito que torna o cristianismo, ao meu ver pessoal, muito dependente de Aristóteles, como se a cruz não fosse loucura para os gregos, diria São Paulo. Um tal intelectualismo quer-se, por conseguinte, um cristianismo naturalista, que era, aliás, a intenção de Santo Tomás de Aquino.

      Bom, a questão filosófica que eu levanto vai para um lado da Filosofia já hoje ultrapassado que é a filosofia perene aristotélico-tomista. Por que? Por causa da influência da filosofia moderna desde René Descartes com o primado do eu pelo cogito passando fortemente por Immanuel Kant que dizia que é o sujeito quem organiza os dados que seriam caóticos recebidos empiricamente pela relação espaço e tempo, depois chegando a Georg Friedrich Wilhelm Hegel, chegando até a Karl Marx na idéia revolucionária de luta de classes e em Auguste Comte quando a Religião e a Filosofia seriam superadas pelo estágio positivo da Ciência. Ou seja, o mundo é algo, mas para nós, homens. De fato, o é o mundo algo para o sujeito e não mais algo que transcende e se impõe ao sujeito, há um forte apelo à subjetividade e não mais ao objeto.

      Então, por fim, eu vejo na idéia de Martinho Lutero da theologia crucis uma contribuição interessante como passo inicial para uma mudança da metafísica que é a pesquisa crítica sobre o absoluto para uma metafísica do sujeito, desde Kant, o próprio homem na relação que por Cristo Jesus e somente pela fé em Cristo Jesus, como é dito claramente na epístola de São Paulo aos gálatas, dá-se na contemplação do sofrimento de Cristo na cruz para o homem algo saber acerca do absoluto que é o divino.

      Excluir
    3. Amigo Banzoli, publiquei o seguinte comentário que se segue infra na postagem do blogue Ecclesia Reformata de Fabiano Dias que você indicara em resposta a mim por meio de uma hiperligação.

      "Olá, Fabiano. Tudo bem? Eu sou católico romano e pergunto-te o seguinte, ok, padre Paulo pode ter errado na interpretação que ele dera à palavra "carne" da fala daquele pastor que com padre Padre refletia e também deblaterava com tal sacerdote romano, mas como fica Romanos I:20 em que parece que São Paulo endossa a analogia do ente? Eu acho a analogia do ente do Filósofo (Aristóteles) genial, porque o estagirita sem conhecer o Deus único deduziu de que do Ser por excelência e condicionante dos demais seres, aí já como entes, isto é, o condicionante da mobília que há no mundo, tal mobília poderia dizer algo de tal condicionante supremo possibilitador e criador de tudo o que há em suas qualidades de bem, verdade e beleza que Martinho Lutero tão cheio de escrúpulos moralistas não via em si mesmo. Martin Heidegger na busca do sentido do ser quis tirar Deus da jogada metafísica, e mencionava Martinho Lutero na obsessão deste pela analogia da fé desde a época da Disputa de Heidelberg de 1518. Veja, então, como vocês protestantes acabaram propiciando a carreira filosófica de um nazista rígido à maneira de um Heidegger, ainda que ele fosse um virtuose na Filosofia, mas a serviço do mal que fora a Nêmesis nazista.

      Por fim, acho que você não percebe a dialética que há entre o cristão como membro da Igreja e da Igreja como sua mãe, simultaneamente, falta sempre traquejo filosófico para vocês protestantes tão mais teólogos do que filósofos, eu sou católico romano e não por acaso quero cursar a Filosofia na academia. Porque, note, caro amigo, o cristão católico romano é membro da Igreja, porém, ele não mais pertence a si mesmo, é Cristo que vive no cristão, não mais o cristão vive, lembrando a feliz palavra do Apóstolo dos gentios. O cristão é membro do corpo de Cristo, mas o corpo é de Cristo e Cristo cabeça o comanda tal qual ocorre com o corpo humano. O dedo é dedo, um homem não resume-se ao seu dedo, mas o dedo só é alguma coisa se ligado ao corpo e pela mente do homem recebe comando, utilidade e cuidados como o cuidado de cortar a unha do dedo e de mantê-lo asseado.

      É isso, meu amigo. Mui grato ficarei se quiser publicar meu comentário e pudemos refletir juntos, sem necessariamente deblaterarmos. ABRAÇOS!"

      Excluir
  64. A disputa virtual de Yago Martins contra Olavo de Carvalho e depois contra a claque deste formada por Bernardo Pires Küster, Nando Moura e até mesmo o rude Allan dos Santos, só mostra que é preciso ser um rude animal chamado de o burro para ser católico romano. Mas, bom, desde quando que a religião cristã é para os ditos sábios segundo este mundo, segundo São Paulo aos coríntios, ou é a religião de Jesus Cristo para os grandes, senão aos pequeninos, como louvou a estes últimos o próprio Cristo? O tosco animalzinho burro, o jumento, aliás, sempre presente nas representações de presépios no Tempo do Advento, é o jumentinho o símbolo da obediência. Cristão, de verdade, por conseguinte, obedece e estamos conversados, pois quando Roma locuta, causa finita est. O proto-iluminismo que foi a Reforma Protestante do século XVI, a época das luzes no cristianismo é com os protestantes, aonde pode-se refletir e discordar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Banzoli, Sobre a questão da "obediência" (cega), escreveu aqui:
      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/04/quanto-custa-liberdade.html

      Banzoli afirma que a possibilidade de criticar e refletir sobre os temas teológicos a partir de sua própria consciência individual [0bs: e que mantenha harmonia com as Escrituras Sagradas, adicionaria] é uma conquista da Reforma, como escrito em seu livro mais recente.
      O problema é quando [o uso da consciência e liberdade] é visto como uma coisa ruim, como se todos nós devêssemos agir como um gado obediente e servil ao pontífice romano, sem criticar e nem questionar nada, em uma obediência cega tal como ensinava Inácio de Loyola, que dizia que se a Igreja diz que o branco é preto, temos que renegar a nossa consciência e aceitar que é preto mesmo. É um tipo de fideísmo radical e ultrajante a qualquer mente pensante.

      Excluir
  65. Muito bom!Se Lutero estivesse vivo hoje em dia. Os católicos iriam matá-lo só na unha. Iriam rasgar ele. Mas, apesar disso tudo, é muito triste vermos nos nossos dias atuais muitos protestantes esquecendo sua história. Os líderes ficam fazendo reuniões com o papa; o chamado Ecumenismo. https://www.youtube.com/watch?time_continue=17&v=kHsfzPv7gMU .
    Mas, mudando um pouco o que você achou da filha de Olavo de Carvalho ter escrito uma carta aberta ao pai? https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/em-carta-aberta-devastadora-filha-de-olavo-de-carvalho-acusa-o-pai-de-colocar-arma-na-cabeca-dos-seus-filhos/
    Vou deixar um link de um outro site que vi a sobre o mesmo assunto: https://veja.abril.com.br/brasil/filha-publica-carta-com-acusacoes-contra-olavo-de-carvalho/
    Vou deixar aqui uma entrevista que ela deu falando sobre essa carta aberta: https://www.youtube.com/watch?v=chQU5kBrsFA
    Eu sinceramente tenho minhas sérias dúvidas. Sei que o professor Olavo não é nem um santo. Mas existem pessoas que podem aproveitar dessa situação pra prejudicar o Jair Bolsonaro e como sempre acusar os apoiadores de Bolsonaro de violentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não acho que a filha dele tenha se aproveitado de uma situação pra prejudicar o Bolsonaro, na época em que a carta foi escrita o Bolsonaro nem era pré-candidato ainda, e o que ela ganhou com isso? Só um monte de ataques, calúnias, ofensas pessoais, intimidações e ameaças de morte por parte das hordas de Olavo e companhia limitada. Para ela, teria sido muito mais benéfico e favorável ter ficado quieta, teoricamente ela teria muito mais razões externas para não falar nada do que para falar e sofrer todas as consequências.

      Excluir
    2. Eu não sou uma pessoa que acompanha o Olavo de Carvalho. Fiquei sabendo da carta aberta que a filha dele escreveu faz pouco tempo. Muito obrigada por sua resposta!

      Excluir

Fique à vontade para deixar seu comentário, sua participação é importante e será publicada e respondida após passar pela moderação. Todas as perguntas e comentários educados são bem-vindos, mesmo que não tenham a ver com o tema do artigo. Críticas serão publicadas desde que não faltem com o respeito e não sejam feitas em anonimato.

Caso o seu comentário não tenha sido publicado dentro de 24h, reenvie-o.