8 de abril de 2019

200 Tomás de Aquino e a apologia da escravidão



Em novembro do ano passado publiquei um artigo sobre Tomás de Aquino e a misoginia medieval, onde mostro que para Aquino a mulher tem «menor virtude e dignidade que o homem» por ser um «ser deficiente e falho», colocada lado a lado com «as crianças e os dementes» por «falta de razão»; que é um «súdito» do homem, que é seu «superior»; que não pode ensinar em público por «falta de sabedoria»; que deve necessariamente obedecer à vontade do seu marido mesmo contra a vontade dela; que o sexo masculino é «mais nobre» que o feminino, que a alma da mulher tem menos vigor que a dos homens; que a mulher é um «macho falho»; que não precisava existir se não fosse para gerar filhos homens; que é um perigo para a convivência dos homens; que o matrimônio forçado com meninas antes dos 12 anos era válido e «perpetuamente indissolúvel»; que o marido podia espancar a mulher com açoites e tudo; que a mulher é obrigada a ter relações sexuais com um marido leproso; que a fêmea é um «macho degenerado» que só existe por causa da corrupção da natureza, sem falar da legitimação do estupro e até do feminicídio.

Mas como eu disse no artigo, a legitimação da misoginia era apenas uma das muitas abominações do mundo medieval. Ela dividia espaço com a legitimação da escravidão, da Inquisição, da perseguição religiosa, das cruzadas contra “infiéis”, da caça às bruxas e da marginalização de minorias ainda mais desprezadas do que as mulheres. A legitimação desses abusos é abundante na Suma Teológica de Tomás de Aquino, que nada mais era que um “contrarreformador” – um Lutero virado de cabeça pra baixo. Em outras palavras, em Aquino todas as monstruosidades do mundo medieval ganhavam um fundamento “intelectual” que as legitimava e perpetuava. Com a escravidão não foi diferente. À exemplo do outro artigo, as citações aqui são extraídas da sua Suma Teológica e podem ser conferidas na fonte original aqui.


A sociedade precisa de escravos para sustentar os homens livres:

A sociedade doméstica se funda, como diz o Filósofo [Aristóteles], na conveniência quotidiana, ordenada às necessidades da vida. Ora, a vida humana se conserva de dois modos. Individualmente, enquanto cada homem constitui um indivíduo. E para conservar essa vida, ajuda-se o homem dos bens exteriores, donde tira a alimentação, a roupa e o mais, necessário para viver. E para tomar conta disso tudo precisa de escravos. De outro modo, especificamente, pela geração, para o que precisa de mulher, que lhe gere filhos. Por isso, na comunhão doméstica, há três relações: a do dono para como o escravo; do marido para com a mulher; do pai para com os filhos. Ora, a esses três casos, a lei antiga estabeleceu preceitos adequados.[1]

*Obs: Note que para Aquino os escravos um “mal necessário” da mesma forma que as mulheres. Os escravos eram necessários para dar alimento, roupa e os bens necessários para os homens, e a mulher para gerar filhos. Ambos (escravos e mulheres) estavam em relação de inferioridade para com o dono/marido, aos quais deviam obediência da mesma forma que um filho para com o pai.


Os “fiéis” (leia-se: católicos romanos) podem ter escravos “infiéis”:

É mais provável a conversão do escravo, submetido às ordens do senhor, fiel à fé, que este tem, do que inversamente. Por isso não é proibido aos fiéis terem escravos infiéis.[2]


Os judeus são escravos da Igreja, e por isso eles não podem ter escravos cristãos (embora possam ser colocados à venda):

Os infiéis, como castigo da sua infidelidade, merecem perder o governo dos fieis, transformados em filhos de Deus. Mas isto a Igreja faz umas vezes e, outras, não. Assim, quanto aos infiéis a ela sujeitos, mesmo temporalmente, e aos seus membros, estabeleceu o direito seguinte. O escravo de judeus, uma vez tornado cristão, seja libertado da escravidão, sem nenhuma recompensa, se for escravo crioulo, isto é, nascido tal; e semelhantemente, se foi comprado como escravo, quando ainda era infiel. Se porém foi comprado para ser vendido, deve ser exposto à venda durante três meses. E nisto não comete a Igreja nenhuma injustiça, porque, sendo os judeus seus escravos, pode dispor das coisas deles, assim como também os príncipes seculares fizeram muitas leis sobre os seus súditos, no interesse da liberdade.[3]


O escravo é um «instrumento do seu dono»:

O escravo não é capaz de conselho, enquanto escravo; pois, como tal, é instrumento do seu dono. Contudo o é, enquanto animal racional.[4]

Ora, a escravidão é uma condição a que está o corpo sujeito; pois, o escravo é um quase instrumento com que obra o senhor.[5]


A escravidão é natural e de direito, porque é útil que o menos sábio seja governado pelo mais sábio:

A razão natural não dita, absolutamente falando, que seja escravo, antes o indivíduo tal, que tal outro. Mas, isso só pode ser por alguma utilidade consequente, pela qual seja útil a um ser governado por outro, mais sábio, e seja útil a este ser ajudado por aquele, como diz Aristóteles. Por onde, a escravidão, pertencente ao direito das gentes, é natural, do segundo modo, mas não, do primeiro.[6]


Podemos açoitar os escravos e os filhos, porque estão sob a nossa jurisdição:

O açoite causa um certo dano ao corpo do açoitado, mas diferente do que causa a mutilação. Pois, ao passo que a mutilação priva o corpo da sua integridade, o açoite somente causa uma sensação de dor, que, por isso, é muito menor dano que a mutilação de um membro. Ora, danificar a outrem só é lícito como lhe sendo uma pena por alguma injustiça cometida. Ora, podemos punir justamente só aquele que está sujeito à nossa jurisdição. Portanto, só podemos açoitar aquele que está sob o nosso poder. Ora, estando o filho sujeito à autoridade do pai e o escravo à do senhor, é lícito ao pai açoitar o filho e ao senhor, o escravo, por motivo de correção e ensino.[7]

Um poder maior implica uma coação mais forte. Pois, assim como a cidade é uma comunidade perfeita, assim, o seu chefe tem o poder perfeito de coagir. Por isso, pode infligir penas irreparáveis como a de morte ou de mutilação. Mas, o pai e o senhor, chefes da família doméstica, que é uma comunidade imperfeita, tem um poder imperfeito de coagir, impondo penas mais leves, que não causem dano irreparável. E tal é o açoite.[8]


Um escravo não pode ser promovido às ordens religiosas (a não ser com a permissão do dono):

Quem recebe a ordem se destina ao serviço divino. E como ninguém pode dar o que não é seu, o escravo, que não pode dispor de si, não pode ser promovido às ordens. Mas, se o for, recebe-las-á: porque a liberdade não é necessária à validade do sacramento, embora seja de necessidade de preceito; pois, a falta de liberdade impede, não de receber uma faculdade, senão apenas de exercê-la. E o mesmo se dá com todos os obrigados para com outrem, como os que se ocupam com cálculos e pessoas tais. Quem recebe um poder espiritual assume a obrigação de exercer uma certa atividade corporal. Fica por isso impedido se tem o seu corpo sujeito.[9]

O escravo promovido à dignidade das ordens, com ciência do dono e sem reclamação dele, por isso mesmo fica livre. Se porém o dono não o souber, então o bispo e quem apresentou o escravo a ser ordenado, estão obrigados a lhe pagar o dobro do valor do escravo, se sabiam que era escravo. Ou, tendo o escravo pecúlio deve remir-se a si mesmo; do contrário voltaria ao domínio do seu senhor, embora não pudesse assim exercer a ordem.[10]

Em toda a obra de Aquino você não encontra uma única reprovação à escravidão, mas encontra muitos outros textos como estes. Mesmo quando alguém tentava usar a Bíblia para pregar contra os castigos físicos infligidos aos escravos, ele respondia refutando essa interpretação, a fim de legitimar teologicamente os açoites:

Sentença: Pois, diz o apóstolo: Vós outros, pais, não provoqueis a ira a vossos filhos; e, mais abaixo, acrescenta: E vós outros, os senhores, fazei isso mesmo com os servos, deixando as ameaças. Ora, os açoites que são também mais graves que as ameaças, provocam certos à ira. Logo, nem os pais devem açoitar os filhos, nem os senhores, os escravos.

Resposta: Sendo o desejo da vingança, a ira é sobretudo provocada quando nos consideramos injustamente lesados, como está claro no Filósofo. Portanto, o estarem os pais proibidos de provocar os filhos à ira não os impede de açoitá-los para ensiná-los, contanto que não lhes inflijam açoites imoderados. Quanto ao lugar aduzido, que adverte os senhores a deixarem as ameaças contra os escravos, ele pode ser entendido de dois modos, ou para que usem das ameaças com reserva, o que pertence à moderação no ensinar; ou para nem sempre cumprirem as ameaças, de modo a temperarem pela remissão, de misericórdia o juízo pelo qual ameaçaram de uma pena.[11]

Foi assim que a escravidão permaneceu vigente durante séculos, juntamente com os seus abusos e crueldades, ambos justificados “intelectualmente”. Aquino não estava em desacordo com a Igreja Romana de seu tempo, pois como vimos recentemente neste artigo, os papas sempre foram a favor da escravidão durante todo o tempo em que ela existiu. Como um bom “contrarreformador”, coube a Aquino apenas dar o subsídio intelectual a essas mazelas, apelando aos mesmos sofismas do mundo antigo e tirando dele aquilo que havia de pior.

• Compartilhe este artigo nas redes:

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,


- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!


- Baixe e leia os meus livros clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.




[1] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Pars Prima Secundae. Questão 105, Art. 4.

[2] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Secunda Secundae. Questão 10, Art. 9.

[3] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Secunda Secundae. Questão 10, Art. 10.

[4] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Secunda Secundae. Questão 47, Art. 12.

[5] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Suplemento. Questão 65, Art. 2.

[6] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Secunda Secundae. Questão 57, Art. 3.

[7] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Secunda Secundae. Questão 65, Art. 2.

[8] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Secunda Secundae. Questão 65, Art. 2.

[9] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Suplemento. Questão 39, Art. 3.

[10] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Suplemento. Questão 65, Art. 2.

[11] AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. Secunda Secundae. Questão 65, Art. 2.


ATENÇÃO: Sua colaboração é importante! Por isso, se você curtiu o artigo, nos ajude divulgando aos seus amigos e compartilhando em suas redes sociais (basta clicar nos ícones abaixo), e sinta-se à vontade para deixar um comentário no post, que aqui respondo a todos :)  

200 comentários:

  1. Hoje na minha aula de geografia foi dito pelo professor que o governo do PT não foi de esquerda, e sim de centro, e que o Lula não tem nada de comunista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente alguns professores (não todos, graças a Deus) dão aula sob os efeitos de drogas pesadas.

      Excluir
    2. Um grupo da turma apresentou um trabalho sobre o neoliberalismo e disseram que seriam imparciais mais terminaram o seminário com 'O liberalismo é uma m#rda', foi dito que o liberalismo gera desigualdade pois só beneficia o empresário e deixa o trabalhador pobre, e deixa o trabalhador sem nenhum direito para protegê-lo. O professor comentou o assunto dizendo que o capitalismo é uma bolha que uma hora sempre explode, por exemplo na crise de 29, sendo assim o capitalismo seria cíclico, ele sempre cresce mas uma hora explode, isso é inevitável, além disso o liberalismo geraria a destruição da natureza por não apresentar nem um limite a produção, sendo assim é um sistema sem consciência nenhuma. E em todos os países que muitas empresas foram privatizadas na Europa e América do Norte, agora o caminho oposto está sendo seguido e estão sendo estatizando as empresas, pois privatizar não da certo porque só explora o consumidor que no final das contas nem consegue pagar o serviço já que os empresários não ligam pras pessoas. Basicamente foi isso.

      Excluir
    3. Ah, e também foi dito que abrir o mercado é uma coisa horrível porque é aquela história, as empresas multinacionais poderosas vão chegar e não vão deixar espaço nenhum pra outras, dominando totalmente o cenário, eliminando completamente a competição e monopolizando tudo. E com isso só vai haver exploração aos trabalhadores, apenas os empresários prosperam, os mais pobres continuam pobres pois são explorados tendo que pagar um serviço caríssimo gerando muita desigualdade e assim colaborando para deixar o IDH do país baixo. Eles citaram como exemplo de países liberais os Tigres Asiáticos, na hora minha língua coçou pra pergunta como que o liberalismo é tão horrível se esses países citados não eram desenvolvidos antes de serem liberais e agora são lugares riquíssimos e com um IDH muito alto, mas não perguntei. E como eu já comentei aqui antes disseram que o Lula não é comunista e que o PT não agiu como um partido de esquerda pois privatizaram muita coisa. E citaram a Petrobras como uma empresa estatal que era muito rica e que tinha tecnologias que só o Brasil possuía.

      Excluir
    4. Essa é uma bela de uma demonstração prática de como as escolas estão repletas de lixo ideológico e de doutrinação que literalmente emburrece as pessoas (não à toa temos um dos piores índices de educação de todo o planeta). O trabalhador "não tem direito nenhum" no liberalismo mas tem em Cuba e na Coreia do Norte (o direito de morrer de fome como um pobre diabo que é); falam da Crise de 29 que ocorreu há quase cem anos atrás mas não dizem que aquilo ali foi fichinha em comparado ao que os países socialistas vivem DESDE SEMPRE (não existe "crise" no socialismo porque a crise é o estado contínuo deles); falam de desigualdade quando tudo o que os socialistas conseguem é nivelar todos pra baixo (tornar o rico pobre, o de classe média pobre também, e fazer do pobre mais pobre ainda, e assim são todos "iguais", ou seja, todos igualmente pobres e miseráveis); dizer que as multinacionais vão "acabar com a concorrência" sendo que na prática onde há mais concorrência é justamente onde há mais multinacionais (e ironicamente o monopólio existe justamente no socialismo, onde o Estado se apodera de tudo); dizem que "só os empresários prosperam" contrariando todos os dados econômicos de todos os países capitalistas (e ignorando que para o empresário prosperar ele tem que gerar empregos e serviços que sejam úteis a toda a população, ou seja, gerar riqueza); e ainda citam supostas privatizações que o PT nunca fez como a "prova" de que ele não era de esquerda (porque na cabeça de um esquerdopata militante do PSTU até o PT é "de direita" em comparado à sua visão doentia de extrema-esquerda).

      O pior não é que esse tipo de gente ainda vive na Guerra Fria, o pior é que eles não descobriram que o Muro de Berlim já caiu e que a experiência socialista fracassou miseravelmente. Querem trazer para os dias de hoje teorias de dois séculos atrás que só trouxeram miséria e genocídio em cada pedaço de terra em que se instalou. É realmente uma coisa doentia. Só a doutrinação e a consequente lavagem cerebral explica que ainda haja gente defendendo tamanha aberração.

      Excluir
    5. E na aula de história, disseram que um estado do Nordeste, o Maranhão se não me engano, é governado por um membro do PCdoB e nem por isso lá tem políticas comunistas, a propriedade privada continua normalmente, e a educação é uma das melhores do país, com os professores recebendo quase 6 mil reais lá. Além de terem insinuado que a Revolução Russa foi uma coisa linda e que deu super certo e era pacífica e democrática no início e foi o Stalin quem começou toda a perseguição e censura, sendo assim a culpa é do governo de Stalin e não do socialismo em si. E sobre esse assunto de privatização, assim como o professor de geografia o de história disse que lá Europa estão re-estatizando tudo pois um estado pequeno não da certo e chegaram até mesmo a privatizar água e luz, transformando tudo em mercadoria.

      Excluir
    6. O alucinógeno que esses caras tomam é forte mesmo. Desde quando o Maranhão é um estado referência em qualquer coisa que seja? É um dos estados mais desgraçados do país, em qualquer índice de qualquer coisa (inclusive na educação). É simplesmente bizarro tomar o Maranhão como referência, que consegue ser ruim até em comparado aos outros estados do Nordeste. E dizer que um governador do PC do B não acabou com a propriedade privada prova que esses caras não entendem nada de como funciona a lei, desde quando um governador tem o direito de fazer isso? Só o presidente teria poder para fazer tal coisa, e na verdade nem o próprio presidente teria porque é anticonstitucional, teria primeiro que fazer uma constituinte e mudar a Constituição, e só depois impor esse tipo de coisa, de cima pra baixo (não existe essa coisa de governador implantar o socialismo regionalmente em detrimento do presidente e da constituição do país, não sei de onde esses caras tiram essas coisas, a turma é de quinta série por acaso?).

      Sobre a Revolução Russa não tem nem o que falar, foi genocídio do início ao fim, e desde o começo, não só com Stalin. Mas se eles acham que só Stalin foi um ditador, então é bem simples: pergunte pra ele qual outro líder soviético foi democraticamente eleito por seu povo nas urnas, ou em que época permitiram a existência de partidos políticos de oposição (i.e, partidos capitalistas de direita). Apenas pergunte isso e espere uma resposta ainda mais alucinante. E sobre a Europa estar "reestatizando tudo" tem que provar isso com dados, não com achismo. E é até contraditório já que dizem que supostamente privatizaram água e luz, ué, estão privatizando ou estatizando? Por que não se decidem?

      Excluir
    7. No caso da privatização eu devo ter me expressado errado, o que eles disseram basicamente é toda aquela história do liberalismo ser horrível e opressor, visando apenas o lucro do empresário, e citaram esse tal exemplo de que na Europa quando o liberalismo dominava chegaram a privatizar água e luz, coisas que deviam ser pra todos. Eles disseram que tudo passou a virar simplesmente mercadoria. E que agora então, estão reestatizando tudo já que o liberalismo é tão horrível e pode parecer bom apenas no começo mas depois 'explode'.

      Minha turma é o 2° ano do ensino médio. Os dois professores citados são evangélicos como nós e particularmente ótimas pessoas mas estão com alguns parafusos a menos, mas fico feliz em saber que dividiremos o mesmo céu apesar de enormes discordâncias, graças a Deus Jesus morreu na cruz. Um deles chegou a citar por exemplo que o comunismo é o que mais se aproxima da fé cristã e aí um aluno logo soltou: 'Jesus foi o primeiro comunista!'

      Excluir
  2. Comente:

    https://youtu.be/PQj9cdPsPeQ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável o erro do exército, mas é irônico como eles são impassíveis a milhares de mortes por dia causadas por bandidos, aí quando o exército comete um erro desses tentando fazer o bem, recebe todo o esculacho que esse tipo de gente jamais fez contra bandido (que eles tem de estimação).

      Excluir
    2. Verdade. Se caso o nosso exército fosse mais bem treinado e equipado, e tivesse um sistema de inteligência eficiente, essa tragédia poderia ter sido evitada. Isso o que aconteceu com a família desse homem foi lamentável (e os caras que cometeram isso deveriam responder criminalmente, ainda que de forma culposa), mas poderia ter sido evitado, caso esse país investisse melhor na segurança pública e na inteligência. E pra piorar a situação o meu professor de ciência política que é de extrema esquerda e do PSTU (sou um estudante de direito) ainda utilizou esse caso pra fazer militância política em sala de aula. Realmente, essa atitude da esquerda foi desprezível.

      Excluir
    3. Qualquer erro que for cometido pela polícia ou pelo exército será instrumentalizado por esses vermes para fazer militância política contra essas instituições, porque eles abertamente defendem o seu oposto (i.e, os bandidos, que são vistos como "revolucionários" e "vítimas da sociedade"). O mundo ideal na cabeça dessas criaturas é um onde não existe polícia nem Forças Armadas e os criminosos comandam tudo. Por isso eles nunca abrem a boca para criticar bandido, mas vivem atacando a polícia de forma oportunista e sorrateira.

      Excluir
  3. Comente:

    https://youtu.be/sYBYiha2RMU

    Segundo eles não faz sentido ser liberal na economia e conservador nos costumes. E que nós de direita defendemos o "Estado fio dental". Ué 🤔

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes um "Estado fio dental" do que um Estado de maiô gigantesco cobrindo até o pescoço. Deve ser por isso que eles adoram tanto os palestinos, são a favor do "Estado burca".

      Excluir
  4. Man, it's been only about two weeks since I first started following your blog. You definitely have got the style and wit to keep a reader interested. I may not have a Facebook account, but I have promoted this blog by linking it to mine. Keep posting.

    ResponderExcluir
  5. Olá Lucas! De fato a igreja Católica apresenta no seu histórico as mais diversas atrocidades morais. Mas até que ponto e sob quais premissas e apoio podemos apontar esses erros? E ainda, quais seriam, portanto, os erros mais evidentes das igrejas evangélicas? Obs: Cor 2 x 0 SP ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Mas até que ponto e sob quais premissas e apoio podemos apontar esses erros?"

      Sob a premissa da moral cristã (ensinada no NT).

      "E ainda, quais seriam, portanto, os erros mais evidentes das igrejas evangélicas?"

      Teologia da prosperidade, bagunça nos cultos, "autoridade delegada", determinismo, pré-tribulacionismo, imortalidade da alma, evangelho judaizante e a "catolização" que escrevi aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/02/cuidado-com-catolizacao-das-igrejas.html

      "Obs: Cor 2 x 0 SP ;)"

      Esse "COR" aí é de Coritiba ou La Coruña?

      Excluir
  6. Banzolao eu assisto o canal do YouTube Ciência de verdade,vc já comentou em outros posts que assistiu alguns vídeos tbm,mas ultimamente venho deixando de assistir,porque ele vem me parecendo muito obcecado com teorias da conspiração,do tipo "A Terra é plana","As vacinas causam autismo",coisas que são negadas pela comunidade científica e fico surpreso com um cara tão capacitado, é doutor em geofísica ,foi professor da USP aderir a esses tipos de teoria da conspiração ,vc não acha estranho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só filtrar aquilo que você acha que é bom, não precisa aceitar tudo, eu não assisto ninguém pra aceitar tudo.

      Excluir
    2. Banzolão eu concordo com muita coisa do Afonso,por exemplo, o fato dele mostrar com evidências que o evolucionismo é uma fraude,com sua econômica bem liberal,ele tem bom conhecimento de história tbm,mas realmente com terra plana não dá para concordar,todas evidências apontam para o fato dela ser realmente redonda,vários astronautas,inclusive um brasileiro já estiveram no espaço,assim como o fato de vacinas provocarem autismo,eu penso que ele se empolga ao criticar a ciência tradicional e acaba indo além do que se pode provar,também pensas isso?

      Excluir
    3. Pode ser, mas é o que eu disse, é só reter o que é bom.

      Excluir
  7. Ricardo Peters do Vale9 de abril de 2019 16:11

    "Visto que você guardou a minha palavra de exortação à perseverança, eu também o guardarei da hora da provação que está para vir sobre todo o mundo, para pôr à prova os que habitam na terra." Ap 3:10

    Lucas, num artigo seu intitulado "A grande provação na grande tribulação", voce afirma que o Corpo de Cristo passara pela grande tribulação e sofrerá grandes provações. Eu tb creio no pos-tribulacionismo, assim como voce, mas acredito que apesar de estar na grande tribulação, a igreja nao sofrera as provações pois Deus nos guardara em meio a provação/tentação que recairá sobre todo o mundo, pondo a prova (todos, mesmo os impios) os que habitam na terra. Nao seria uma interpretação mais sensata? Deus ja guardou seu povo hebreu das pragas que assolaram o Egito, entao ele nao poderia nos guardar tambem durante a grande tribulação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como guardar no mesmo sentido que foi no Egito porque os cristãos estão espalhados pelo mundo todo e as pragas vem sobre o mundo todo (não sobre uma região específica e outra não, como foi no caso das pragas do Egito). Por isso João diz que no meio da grande tribulação "se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá. Se alguém há de ser morto à espada, à espada haverá de ser morto. Aqui estão a perseverança e a fidelidade dos santos" (Ap 13:10). A Igreja será protegida no sentido de não abandonar a fé em Cristo em meio a tudo o que estiver acontecendo à sua volta, não no sentido de não ser atingida fisicamente. Ao longo da história da Igreja os cristãos já passaram por perseguições terríveis, o que há de mais em uma última perseguição final? O problema é que nós aqui no Ocidente estamos acostumados a viver longe de qualquer perseguição ou tribulação séria, porque aqui temos liberdade e segurança, mas se isso for pregado a crentes na Ásia ou no Oriente Médio pra eles não vai ser nenhuma novidade, nada que fuja do normal para eles. A gente que é "mal acostumado".

      Excluir
  8. Comente:

    https://youtu.be/Yy8_tRRQsh0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém é "contra os direitos humanos", mas sim contra a parcialidade de só se aplicá-los quando é em favor de bandido. Se uma pessoa de bem está em uma condição precária ninguém dos "direitos humanos" vai lá ver ela, mas se for um bandido, eles correm mais rápido que o Usain Bolt. Ou seja, transformaram os direitos humanos em "direitos dos manos".

      Excluir
  9. Me deparei com um comentário bíblico de Ellicott, ao qual não concordo, que diz assim sobre o texto de Levítico 19:20(em inglês): "She shall be scourged.--Literally, there shall be visitation or inquisition; then, as is frequently the case, the effect of this visitation or requisition, i.e., punishment, which, according to the administrators of the law during the second Temple, consisted in giving the woman forty stripes with the thong of an ox-hide. This punishment, however, she only received when it was proved that she was a consenting party to the sin. Hence the rendering in the Authorised Version, "she shall be scourged." The Marginal rendering," they shall be scourged," though supported by some ancient Versions, is contrary to the legislation during the second Temple. The punishment prescribed in this clause is for the woman alone, the man's punishment follows in the next verse."

    Tem só um possível bom argumento que ele deu: de que o "eles serão flagelados" não está de acordo com esse 2º Templo(um período, imagino eu). Mas ele está certo? O que é esse período do 2º Templo? O período em que Levítico(ou que Moisés estava vivo)?

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já expliquei esses textos sobre a escravidão no meu livro, dá uma lida lá.

      Excluir
    2. Creio que não fui claro. Minha dúvida era mais com relação ao que Ellicott falou sobre o Segundo Templo. Que período é esse? É o período que Moisés(ou o autor dos 5 primeiros livros da Bíblia) escreveu esses livros? Ou é somente o período que os livros foram achados(como achar, daqui a 1000 anos, uma cópia de um livro de Machado de Assis datando do ano de 2004, e essa cópia ser a mais antiga que eles acharam).

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    3. O segundo templo foi o templo construído por Esdras no século VI a.C e que sobreviveu até 70 d.C, é desse período que ele está falando.

      Excluir
  10. Comente ponto a ponto:

    https://www.fatosdesconhecidos.com.br/como-seria-o-mundo-se-a-biblia-nao-tivesse-sido-escrita/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Vários deuses para adorar. Provavelmente o politeísmo seria mais forte, mas o monoteísmo é uma evolução natural pela lógica, então mesmo na ausência do Cristianismo haveria outra religiões que progrediriam para o monoteísmo.

      2) Ciência mais avançada. Pura bobagem, todas as regiões do mundo onde há ciência desenvolvida são regiões cristãs, nenhuma religião favoreceu tanto a ciência quanto o Cristianismo (vá ver o que tem de ciência nos países islâmicos, hindus, budistas e etc).

      3) Tudo liberado. Nem todas as religiões eram "tudo liberado", havia algumas bem mais rígidas que a cristã, mas felizmente não vivemos numa Sodoma e Gomorra em grande parte devido à influência cristã.

      4) Ainda com Natal. Poderia existir o natal, mas talvez não com tanta popularidade e ênfase. Essa festa era só uma de muitas do paganismo, mas no Cristianismo ocupa um lugar central.

      5) Mulheres livres. Essa é a mais bizarra de todas. Onde há mulheres livres fora do Cristianismo? Vá ver como as mulheres são "livres" no Islã ou na Índia, ou como eram tratadas nas religiões pré-cristãs. É verdade que nem sempre povos ditos cristãos trataram bem as mulheres, mas se alguma coisa influenciou a "emancipação" feminina, foi a moral judaico-cristã.

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/o-cristianismo-e-machista-ele-rebaixa-o.html

      Excluir
  11. Sobre me comentario no artigo anterior, eu perguntei sobre Levitico 25:46. Você respondeu: "O “não vos assenhoreareis com rigor” diz respeito ao que diz o verso anterior (sobre ser lícito comprar escravos não-israelitas, mas não israelitas)."

    Então quer dizer que esse "não vos assenhoreais com rigor seus irmãos" o autor quis na verdade falar que: "Você pode comprar os escravos das outras nações, e manter eles para sempre como seu escravo/servo e até dar para seu filho. Mas os escravos/servos Israelitas(no capitulo diz que eles eram pra ser jornaleiros/trabalhador assalariado) não podem ficar escravos/servos para sempre?

    Andei tambem pesquisando o significado da palavra "rigor" em hebraico(não do grego), e achei isso: https://biblehub.com/hebrew/6531.htm

    Não ajuda muito... "rigor" pode ser tanto uma coisa muito ruim, como também algo neutro como "aplicar as leis e punir os criminosos sem medo de ser feliz"

    É isso mesmo, Arnaldo?,
    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. You removed the comment before I could respond :(

      Excluir
    2. I'm sorry. For some reason, I thought that you probably would not be interested in the article I had wanted to share:

      https://rationalchristiandiscernment.blogspot.com/2018/11/the-jewishness-of-jesus-christs.html

      Excluir
    3. Very good article. Some time ago someone passed me an article by a Jew trying to refute the Hebrew text that says "without the shedding of blood there is no remission of sins" (quoting those same texts you listed at the end), your article is a good rebuttal To this. I find it very difficult for a Jew to look at these texts and continue to believe that those sacrifices of the old covenant did not typify anything greater.

      Excluir
  13. Lucas, pra você, quem matou John F. Kennedy?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foram os reptilianos a mando dos illuminatis em uma operação secreta orquestrada pela maçonaria com o apoio dos cavalheiros templários controlados pelos judeus sionistas que trabalham para a Nova Ordem Mundial, tudo isso é claro já previsto e arquitetado pelos "antigos astronautas" (alienígenas do passado) que em conluio com a CIA, o FBI, a KGB, a ONU, o CSI, o George Soros, os globalistas e os jesuítas decidiram assassinar John Kennedy (que na verdade não morreu, apenas foi transferido para uma realidade paralela onde vive com um codinome na Terra 2). É lamentável que você ainda não saiba disso. Saia da Matrix!

      Excluir
    2. Esqueci de dizer que todo esse plano maquiavélico gigantesco foi desenvolvido na Área 51. Agora sim está tudo certo.

      Excluir
    3. Agora vou falar sério: quem matou Kennedy?

      Excluir
    4. Eu acho que vc devia pegar leve nos fóruns terraplanistas. Quando vc menos esperar vai terminar com papel alumínio enrolado na cabeça assistindo horas a fio de Alienígenas do Passado..

      Excluir
    5. [Outro Anônimo]
      Você esqueceu de dizer que tudo isso foi a mando da Globo e que Leonardo Da Vinci previu isso tudo
      kkkk

      Excluir
    6. "Agora vou falar sério: quem matou Kennedy?"

      Preciso repetir?

      "Eu acho que vc devia pegar leve nos fóruns terraplanistas. Quando vc menos esperar vai terminar com papel alumínio enrolado na cabeça assistindo horas a fio de Alienígenas do Passado"

      Eu já passei horas a fio assistindo Alienígenas do Passado. Não concordei com uma só teoria, mas é sinistro.

      "Você esqueceu de dizer que tudo isso foi a mando da Globo e que Leonardo Da Vinci previu isso tudo"

      É que essas coisas são tão óbvias que nem precisava dizer. Tá na cara que a Globo golpista está envolvida nisso tudo (o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo!) e que Da Vinci é a grande mente por detrás de todo esse projeto (em sincronia com todos os outros citados).

      Excluir
    7. E o malvadão do Lutero?esqueceu kkkkk

      Excluir
    8. Tem razão. Se não fosse por Lutero, Kennedy seria presidente até hoje.

      Excluir
  14. Ih rapaz, os Cruzadistas do Contra os Acadêmicos vão espumar de raiva com esse artigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já espumaram com o outro artigo, eu acho divertidíssimo como elas soltam as frangas quando alguém faz uma crítica ao deus deles (Tomás de Aquino). Nenhum deles tem refutação a porcaria nenhuma, mas tem surtos psicóticos só de ouvir uma crítica leve como essa. Às vezes dá vontade de escrever só artigos sobre Aquino pra rir da reação desses chimpanzés (sem querer ofender os chimpanzés).

      Excluir
    2. O Pessoal do Contra Acadêmicos não são "cruzadistas", embora eles sejam grandes admiradores do Aquino, eles estão longe de serem Tridentinos fanáticos. Eles até fizeram diversos posts zuando esses Zé Cruzadinhas de FaceBook.
      No grupo dele, tem até NEO-PAGÃOS como adm. O próprio Francisco Tourinho é amigo do fundador da CoA.

      Excluir
  15. Avalie: https://tecnoblog.net/282336/jogos-nao-causam-violencia/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que o vídeo-game não tem culpa nenhuma disso. Até acho que seria bem pior sem eles.

      Excluir
  16. Lucas, pra você, todo cidadão de bem deve ter o direito de sair armado na rua?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teoricamente sim, o problema é saber definir o que é um "cidadão de bem". Dependendo da definição, qualquer um era um "cidadão de bem" até cometer o primeiro crime. O porte de armas pode até ser positivo no geral, mas demanda um elevado grau de responsabilidade que eu não sei se a maioria dos brasileiros estão preparados.

      Excluir
    2. Dizem que no Texas ou na Florida a lei é básica: você pode andar até com um rifle de assalto na rua. Agora, se ta tudo tranquilo na rua, não tem ninguém em perigo ou nenhum tiroteio ocorrendo: apontou a arma, é cana. Atirou, já pega uns dez anos. Matou (um inocente), é perpétua.

      Excluir
    3. Eu já ouvi dizer que lá você pode comprar uma arma com toda a naturalidade em um Walmart (só o Jesse pode nos confirmar isso).

      Excluir
  17. http://www.heresiatofora.com.br/estudos/o-que-e-septuaginta tem uma crítica a Septuaginta mas achei muito forçada, porque nessa altura do campeonato tá meio punk refutar a Septuaginta, estamos já nos momentos finais da humanidade, os sinais do retorno de Jesus tá evidente... o que vc acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele diz meias verdades. De fato, a história da criação da LXX é pura lenda (aquela lenga-lenga de ter sido escrita por setenta sábios, que ficaram presos em celas diferentes e fizeram exatamente a mesma tradução uns dos outros, etc), mas isso não significa que ela "não existe" ou que na verdade é a tradução de Orígenes feita dois séculos depois de Cristo, como eles dizem. Ela é simplesmente um compilado posterior, produzido em algum momento por volta do primeiro século antes de Cristo (embora alguns livro possam ter sido traduzidos antes).

      Excluir
    2. Lucas,

      What do you think of this article?:

      http://www.bible-researcher.com/brenton1.html

      Excluir
    3. Excellent article, much better and more reasonable than the other.

      Excluir
  18. Uma pergunta. Vemos que o pecado de Salomão fez com que o reino ficasse divido em duas partes: 10 tribos no Norte e duas tribos no Sul. Mas as 10 tribos desapareceram... teria sido justo castigar um país inteiro por conta do pecado de Salomão? Não era mais jogo puni-lo publicamente em vez de extirpar da história 10 tribos, como de fato elas nem existem mais (pelo menos não nominalmente)... ou há alguma razão além da do pecado de Salomão para que as coisas tivesse sido assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É para isso que existe o livro dos profetas como Isaías, Ezequias, Jeremias, Naum, Habacuque etc. Salomão no final de sua vida INTRODUZIU deuses pagãos e os pecados em Israel, mas Deus não queria fazer mal a Salomão pois ele prometeu isso a Davi. Seu filho o rei Roboão fez muito pior que Salomão em todos os sentidos inclusive em querer forçar o povo a trabalhar muito mais, por isso, Deus elegeu Jeroboão rei de Israel, e o o povo o seguiu, mas Judá e Benjamin manteve-se fiel a Roboão. Jeroboão, não querendo que o povo fosse para o Templo de Salomão adorar a Deus (que estava em Jerusalém, em Judá) multiplicou ainda mais os pecados de Salomão e aumentou a idolatria, ai o povo de Israel adoraria seus próprios deuses não mais o Deus que "estava" em Judá. E continuou assim por muitos anos, Deus enviou os profetas para que o povo se convertessem, o que não ocorreu, os que se converteram a Deus, seriam salvos da destruição e Deus os congregaria novamente em Israel depois do cativeiro, mas a grande maioria que não quis, foram destruídos no sentido de perderem sua cultura completamente, de maneira semelhante aos negros que vieram ao Brasil, que não tem mais a sua mesma cultural original pois se misturaram a outras culturas. Apenas Judá se converteu completamente a Deus por isso Deus os trouxe de volta (e também aqueles poucos israelitas que se converteram a Deus) a Israel, e por isso hoje falamos judeus e não mais Israelitas ou hebreus (nomes que abrangiam todo o povo, enquanto os judeus é só esta parte que sobreviveu). Deus não deixou nada em oculto, ele já revelou o destino destas dez tribos de Israel muito tempo antes em varias profecias, eles não creram e assim lhes sucedeu, apenas uma parcela da descendência de Jacó sobreviveu como Deus também falou.

      Excluir
    2. Mas a divisão das tribos não foi por causa de Salomão, mas de seu filho Roboão, que aumentou os impostos e gerou a revolta das tribos do sul, que decidiram se separar por sua própria conta e risco, ou seja, foi uma decisão livre e não um tipo de castigo imposto sobre Israel. No máximo quem foi punido foi Roboão que por sua atitude perdeu o domínio sobre duas das tribos que governava. O que veio depois é outra história, fruto dos pecados das tribos do norte que dali em diante só foram se desviando de Deus cada vez mais até o exílio.

      Excluir
    3. Lucas mas não foi as tribos do norte que se separaram de Roboão? "sucedeu que, ouvindo todo o Israel que Jeroboão tinha voltado, enviaram, e o chamaram para a congregação, e o fizeram rei sobre todo o Israel; e ninguém seguiu a casa de Davi senão somente a tribo de Judá."

      1 Reis 12:20

      Ou seja, Roboão era judeu e por isso Judá manteve-se fiel a ele, já as outros tribos seguiram Jeroboão (que Deus ungiu rei um pouco antes, através de um profeta, mas Jeroboão se desviou de Deus e levou os pecados a Israel e etc).

      Excluir
    4. Sim, eu troquei as bolas, foi o norte que quis se separar e não o sul, mas a lógica é a mesma (é só trocar a parte que eu disse "tribos do sul" por "tribos do norte"). Obrigado por corrigir.

      Excluir
  19. Bom dia. Não sei se essas perguntas já foram feitas, mas pergunto:
    a. aqueles índios não contactados da Amazônia que foram registrados semana passada, eles nunca ouviram falar de Jesus. Se eles morrem, eles serão condenados ao inferno por isso? Mas como, se eles nunca ouviram falar de Jesus nem nada, eles nem devem saber a escrita do próprio idioma. E com relação aos antepassados deles, irão todos ao inferno?
    b. com relação ao antissemitismo, muitos judeus no passado foram perseguidos, torturados e mortos por cristãos. Seria justo salvar os cristãos, nesses casos, por acreditarem em Cristo e ainda assim matar em nome de Jesus e por outro lado, condenar os judeus, por não acreditar em Cristo? Vendo o comportamento dos cristãos, como eles aceitaram como Salvador alguém que os cristãos usavam como justificativa para matar todos eles.
    c. a questão dos mentalmente doentes, que não distinguem nada e são incapazes, qual o destino deles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a) Escrevi sobre isso aqui:

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/o-destino-dos-povos-nao-alcancados.html

      b) Obviamente os "cristãos" antissemitas que perseguiam judeus não eram cristãos de fato e muito menos serão salvos.

      c) Os que nasceram assim serão salvos por não terem cometido nenhum pecado deliberado, mas os que ficaram assim com o tempo podem ser julgados de acordo com o que fizeram enquanto ainda eram sãos.

      Excluir
  20. https://www.youtube.com/watch?v=CgfIwp6lHZA poderia comentar esse vídeo, o relato final é interessante, qual a análise da coisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Magia negra" existe mesmo (que nada mais são senão trabalhos feitos para o demônio tentar alguma coisa contra alguém), mas o diabo não tem legalidade para tocar num servo de Deus, a não ser que Deus permita por algum propósito maior.

      Excluir
  21. No outro artigo, vc comentou: "Depende do nível de narcisismo, da fé que a pessoa tem em Cristo, do quanto ela se compromete em mudar, se é recém convertido ou não, entre muitos outros fatores. Jesus não vai transformar uma pessoa radicalmente da noite para o dia em 100% (embora em uma minoria de casos isso ocorra), mas se alguém já está na fé há muito tempo e continua sendo narcisista, pode ser um sinal de que não tem uma fé genuína, pois não está dando os frutos que demonstram essa fé."

    Esse narcisismo, que o Catolico Fake perguntou e vc respondeu, se manifesta de que forma exatamente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensar só em si mesmo, não ligar para os outros, agir de forma egoísta, etc.

      Excluir
  22. Lucas, em um comentário meu você respondeu(olha só, até rimou!): "O AT não era uma democracia, mas uma teocracia, por isso tinha essas leis proibindo a adoração a outros deuses e etc. Obviamente não é o melhor modelo, e por isso mesmo foi revogado."

    Minha dúvida é: porque Ele não implantou uma democracia então? Houve alguma necessidade de se implantar uma teocracia? Se sim, qual(is)?

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Minha dúvida é: porque Ele não implantou uma democracia então?"

      Porque eles não estavam preparados para uma democracia, da mesma forma que não estavam preparados para receber a dura mensagem de que o casamento é uma vez só para toda a vida (a lei de Moisés permitia o divórcio e Jesus não). Em João 16:12, Jesus diz que havia coisas que nem os seus discípulos podiam suportar ainda, por isso certas verdades foram sendo reveladas aos poucos.

      Excluir
  23. Amigo do Banzolão10 de abril de 2019 12:49

    Banzolão, o que você acha dessas grandes distâncias dos corpos do universo: estrelas, galáxias, etc? Por exemplo, dizem que a galáxia de Andrômeda (a mais próxima de nós) está a cerca de 2 500 000 anos-luz de distância de nós; a estrela mais próxima está a cerca de 4 anos-luz. Será que essas distâncias estão corretas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faço a menor ideia, não sei nada de astronomia.

      Excluir
    2. É sim amigo do Banzolão. Tendo haver ou não com este assunto, uma coisa interessante é que os ateus adoram dizer "há mas o Universo é tão grande e Deus só criou vida na terra", eu não vou debater a teologia por de trás disso, mas uma coisa é que não importa se Deus só criou vida na terra ou em todo o Universo, pois para Ele isso é irrelevante, Deus é infinitamente maior que tudo existe, portanto, ter vida em um só planeta ou em vários para Ele é a mesma coisa, o mesmo vale para o tempo, "ain se Deus é Eterno então porque ele só criou a terra a seis mil anos", sendo que para Deus, criar o universo a seis mil anos ou a bilhões de anos é a mesma coisa para um Ser Eterno, então usar o argumento de que o Universo é muito grande ou muito antigo ou algo assim para tentar refutar Deus é um absurdo, pois Deus não se importa com o tamanho das coisas pois tudo para Ele é pequeno.

      Excluir
    3. Amigo do Banzolão11 de abril de 2019 18:41

      Cadê o anônimo da astronomia? Sumiu do mapa?

      Excluir
    4. Friend of Banzolão,

      I've always leaned toward an old earth view. One idea that I have heard postulated by young earth folks is the notion of "mature creation". That might be a "solution" to the problem of light years, etc.....

      Excluir
    5. "Cadê o anônimo da astronomia? Sumiu do mapa?"

      Será que ele não era o Marcos Pontes e agora está bem ocupado pra comentar no blog?

      Excluir
    6. Amigo do Banzolão12 de abril de 2019 22:31

      Acho que essas medidas de distâncias estão erradas. Viajando à velocidade da luz (300 000 Km/s) levaríamos 2 500 000 anos pra chegarmos em Andrômeda. Acho isso absurdo.

      "Será que ele não era o Marcos Pontes e agora está bem ocupado pra comentar no blog?"

      Faz sentido xD

      Excluir
  24. Avalie esse também:

    - https://www.youtube.com/watch?v=BknkOV4nPo0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até concordo com o que ele disse, desde a perspectiva do céu tradicional. Mas a nova terra que a Bíblia descreve é totalmente diferente desse céu que a Igreja Católica popularizou e que tem características enfadonhas. Inclusive é um tema interessantíssimo para se escrever um artigo, acho que farei isso já no próximo.

      Excluir
    2. Obrigado!
      Faça um artigo sobre isso sim, seria demais! :)

      Excluir
    3. Vai sair amanhã ou depois de amanhã 👍

      Excluir
  25. Banzoli, o que você acha da filosofia positivista?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mr. Anonymous,

      You might find this article useful:

      https://rationalchristiandiscernment.blogspot.com/2017/04/is-faith-irrational.html

      Excluir
    2. "por que?"

      Dá uma lida no artigo do Jesse que tem bastante informação sobre isso. Na verdade o que o Comte fez foi literalmente criar uma nova religião, a "Religião da Humanidade" (ou "positivismo religioso"), uma seita que não foi muito longe, mas que explica bem a mentalidade desse pessoal.

      Excluir
    3. Thank you Jesse, that was a very good article.

      Excluir
  26. Avalie https://www.msn.com/pt-br/noticias/politica/ministro-de-bolsonaro-absolve-lula-“não-roubou-nem-um-tostão”/ar-BBVMJ7l

    ResponderExcluir
  27. Poderia comentar o que esse rabino diz:
    https://youtu.be/kW3_75nCQtk obrgiado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele segue a letra da lei (que se findou em Cristo), nós seguimos o espírito da lei (que é eterno), essa é a diferença. Toda a lei sempre apontou para Cristo, por isso ela é tão sem sentido à parte do NT.

      Excluir
  28. Eae Lucas, eu tenho um trabalho de escola para fazer, e gostaria de saber, o que você acha do consumismo desenfreado e quais são as consequências?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma olhada aqui que pode ajudar:

      https://rockcontent.com/blog/o-que-e-consumismo/

      Excluir
  29. Lucas os demônios não saem causando o caos por ai pois eles tem medo de serem banidos para o Abismo por exorcistas que invocam o Nome de Cristo e também por que os anjos, de maneira invisível a nossos olhos, batalham contra eles espiritualmente para evitar este caos? Mas os que acabam possuindo pessoas ou algo assim, ai cabe aos próprios cristãos libertarem estas pessoas e vencer estes demônios?

    Existe algum dom que a pessoa vê anjos e demônios? Nunca testemunhei alguém com esta habilidade mas já vi cristãos falarem que existem pessoas assim. E caso exista qual é a utilidade deste dom?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Lucas os demônios não saem causando o caos por ai pois eles tem medo de serem banidos para o Abismo por exorcistas que invocam o Nome de Cristo e também por que os anjos, de maneira invisível a nossos olhos, batalham contra eles espiritualmente para evitar este caos? Mas os que acabam possuindo pessoas ou algo assim, ai cabe aos próprios cristãos libertarem estas pessoas e vencer estes demônios?"

      Basicamente é isso mesmo.

      "Existe algum dom que a pessoa vê anjos e demônios? Nunca testemunhei alguém com esta habilidade mas já vi cristãos falarem que existem pessoas assim. E caso exista qual é a utilidade deste dom?"

      Alguns dizem que o dom de "discernimento de espíritos" é pra isso, embora eu tenha as minhas dúvidas. É claro que a pessoa não vai ficar vendo anjo e demônio o dia inteiro, mas vê mais que o normal (embora não seja nem tanto questão de "ver" em si, mas de saber, de sentir que há um espírito maligno por perto ou possuindo alguém, então eles já vão direto na pessoa que sabem que tem que expulsar). Uma vez o Subirá trouxe para um culto de libertação (coisa raríssima de acontecer na Alcance) um pastor que alegava ter esse dom e que era exorcista, inclusive ele conta casos assim no seminário de dons espirituais que ele ministra (tem no youtube, inclusive).

      Excluir
    2. Tem alguma literatura que explique melhor essa ideia exposta acima, de que os demonios podem ir para o Abismo e tals... pq nunca ouvi isso antes. É testemunho de ex-satanista?

      Excluir
    3. É desse texto bíblico aqui:

      "Jesus lhe perguntou: 'Qual é o seu nome?'. 'Legião', respondeu ele; porque muitos demônios haviam entrado nele. E imploravam-lhe que não os mandasse para o abismo" (Lucas 8:30-31)

      O abismo é uma prisão onde alguns demônios estão (os outros estão "nos ares", como Paulo disse), por isso eles imploraram para Jesus não enviá-los pra lá. No Apocalipse vemos que esses demônios serão libertos do abismo na época da grande tribulação, o que agravará os problemas na terra:

      “O quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que havia caído do céu sobre a terra. À estrela foi dada a chave do poço do Abismo. Quando ela abriu o Abismo, subiu dele fumaça como a de uma gigantesca fornalha. O sol e o céu escureceram com a fumaça que saía do abismo. Da fumaça saíram gafanhotos que vieram sobre a terra, e lhes foi dado poder como o dos escorpiões da terra. Eles receberam ordens para não causar dano nem à relva da terra nem a qualquer planta ou árvore, mas apenas àqueles que não tinham o selo de Deus na testa. Não lhes foi dado poder para matá-los, mas sim para causar-lhes tormento durante cinco meses. A agonia que eles sofreram era como a da picada do escorpião. Naqueles dias os homens procurarão a morte, mas não a encontrarão; desejarão morrer, mas a morte fugirá deles” (Apocalipse 9:1-6)

      Esse abismo é o mesmo que Pedro chama de "tártaro" em 2 Pedro 2:4 e de "prisão" em 1 Pedro 3:19, tem o mesmo significado básico de lugar onde esses demônios estão aprisionados (referindo-se originalmente aos de Gênesis 6:1-4, mas Jesus mostra a possibilidade de que outros demônios da rebelião original sejam encarcerados ali também).

      Excluir
    4. Nossa!! Só agora que percebi esse ponto de vista, olha que já li esse trecho da bíblia várias vezes. Mas tipo, Jesus falou em outro trecho, em Lucas 11:26 "Então vai e traz outros sete espíritos piores do que ele, e entrando passam a viver ali. E a situação final daquela pessoa torna-se pior do que a primeira” tipo esse demônio não deveria ter ido ao abismo? Como ele volta e traz com ele outros piores? Não estou querendo levantar polêmica não, to querendo é entender mesmo porque eu nunca tinha ouvido isso antes e fez sentido pra mim devido umas coisas que eu li anos atrás sobre satanismo.

      Excluir
    5. Esse comentário seu me fez lembrar dos demônios que eu já vi serem expulsos em nome de Jesus - esse foi um recado para os ateus. Eles não vão conseguir explicar como um espírito maligno pode ser expulso de uma pessoa em nome de Jesus se ele não existe.

      Outra coisa. Se o nome JESUS tivesse uma tradução suja e profana, os demônios saberiam disso e não sairiam quando o nome fosse pronunciado - esse foi um recado para aqueles que dizem que a formação do nome JESUS significa Deus porco.

      Alon

      Excluir
    6. "Tipo esse demônio não deveria ter ido ao abismo? Como ele volta e traz com ele outros piores?"

      Nem todo demônio é expulso para o abismo, apenas uma minoria está lá, os que são expulsos só saem do corpo da pessoa, mas continuam livres nas regiões celestiais (Ef 6:12), por isso podem voltar a possuir alguém (incluindo a mesma pessoa de antes). Só estão no abismo os anjos caídos de Gênesis 6:1-4 porque cometeram uma perversão muito maior que a dos outros, e como Jesus tinha autoridade para enviar demônios ao abismo caso quisesse eles ficaram com medo de que ele fizesse isso nessa outra ocasião (e não fez).

      Excluir
  30. Grande Banzocop, um grande varao, de grande temor a Deus, fiel, maravilhoso, o varão dos varões!! Louvo muito ao Eterno pela sua vida. Parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Banzocop" é novo, vou adicionar à lista :)

      Excluir
    2. Amigo do Banzolão12 de abril de 2019 22:36

      Banzolão, você já contou quantos apelidos você tem? Kkk.

      Excluir
  31. Como conciliar o jusnaturalismo com a depravação total?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As duas coisas não são mutuamente excludentes. Nós temos um senso moral de certo e errado que Deus colocou em nós, mas só conseguiremos optar consistentemente pelo bem ao longo da nossa vida com a graça preveniente (justamente porque à parte de Deus somos inteiramente depravados, ou melhor dizendo, incapacitados de qualquer boa obra).

      Excluir
  32. Tem recomendação de um bom livro sobre a revolução russa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "História concisa da Revolução Russa", de Richard Pipes.

      Excluir
    2. Recomenda algum da revolução francesa? Agradeço desde já.

      Excluir
    3. "O Antigo Regime e a Revolução", de Alexis de Tocqueville (tem pra baixar neste site):

      http://lelivros.love/book/baixar-livro-o-antigo-regime-e-a-revolucao-alexis-de-tocqueville-em-pdf-epub-e-mobi-ou-ler-online/

      Excluir
  33. Lucas, por favor faça um artigo ainda esse mês dando suas considerações ou análise sobre a música do Black Sabbath chamada "God is Dead?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não conhecia essa música e também não sei o que poderia escrever sobre ela (nunca fiz crítica de música antes).

      Excluir
  34. Minha análise: Atos 5:42 Todos os dias, no templo e de casa em casa, não deixavam de ensinar e proclamar que Jesus é o Cristo. Agora em Atos 17:17 Por isso, discutia na sinagoga com judeus e com gregos tementes a Deus, bem como na praça principal, todos os dias, com aqueles que por ali se encontravam. Finalmente, em Romanos 14: 5 Há quem considere um dia mais sagrado que outro; há quem considere iguais todos os dias. Cada um deve estar plenamente convicto em sua própria mente. O que aprendo com isso: o legalismo do domingo é pecado tanto quanto o legalismo do sábado, porque o mais importante é a santificação da vida antes de santificar um dia. Mas se a pessoa ainda assim quiser santificar um dia em separado para Deus, por questão de consciência ela não deve ser impedida. Está correta essa análise? Ah sim, sou o cara que sempre te deseja Shabbat Shalom :) e amanhã não será diferente meu amigo !!

    ResponderExcluir
  35. Lucas, é errado um casal cristão optar por não ter filhos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu particularmente estou quase propenso a pensar o inverso disso, ainda mais considerando a superpopulação do mundo atual, que é responsável por muitos dos problemas que temos na sociedade moderna (mas sei que se todos pensarem desse jeito a humanidade acabaria, então o ideal seria cada um ter dois ou três filhos, não que seja pecado ter mais ou menos filhos que isso, mas seria imprudente e irresponsável a meu ver, especialmente no caso de quem tem filhos em excesso).

      Excluir
  36. Parabéns Meu irmão. Deus abençoe uma postagem muito oportuna. O Doutor Aquino cometeu Infelizmente muitos erros e absurdos. A idade média sem dúvida foi uma idade de trevas.

    ResponderExcluir
  37. Você Tem algum post sobre a inquisição? O Felipe Aquino tem feito vários vídeos e escrito livros; ele de certa forma tenta aliviar a falha dos romanistas com suas tentativas de justificar a inquisição. Tem post me passa ai?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho vários artigos sobre Inquisição que eram partes de um livro inacabado (o qual pretendo retomar a escrita um dia), você pode conferir no índice de artigos sobre catolicismo, é só procurar o tópico referente a "Artigos sobre Inquisição":

      http://www.lucasbanzoli.com/2015/07/artigos-sobre-catolicismo.html

      Excluir
  38. O que dizer quanto ao argumento de que o capitalismo foi o motivo das duas guerras mundiais e também que foi o motivo pelo qual as potências imperialistas foram explorar outros países?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem diz que o capitalismo foi o motivo das duas guerras mundiais nunca estudou a história das guerras mundiais ou não sabe o que é capitalismo (ou ambos, mais provavelmente). A primeira guerra mundial ocorreu por causa do assassinato do arquiduque do Império Austro-Húngaro, Francisco Fernando, e a segunda por causa da invasão da Polônia por Hitler. É claro que se formos a fundo encontraremos causas maiores, mas nenhuma ligada ao capitalismo em si. Inclusive a URSS entrou na Segunda Guerra, tinha país de tudo quanto é tipo de orientação política/econômica ali. Sobre a exploração de outros países, ninguém explorou mais outro lugar do que portugueses e espanhóis fizeram no Novo Mundo, e isso antes do capitalismo existir e a despeito de qualquer capitalismo (vale ressaltar que os ibéricos estavam entre os mais hostis ao capitalismo em toda a Europa, e todavia eram os mais exploradores).

      Excluir
    2. Olá Lucas. Sou outro anônimo. Como refutar o argumento que diz que o capitalismo causa desigualdade social?

      Outra coisa: você já pensou em escrever um livro defendo o capitalismo? Ou um artigo bem completo refutando os argumentos contrários?

      Abraços.

      Excluir
    3. Eu estou escrevendo um livro cujo primeiro capítulo é uma defesa do capitalismo (embora seja apenas um capítulo do livro, é um capítulo com mais de 100 páginas, então tem bastante conteúdo sobre isso). Inclusive um dos artigos que postei há algum tempo é um extrato do livro e trata justamente sobre isso:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/02/o-capitalismo-e-o-responsavel-pela.html

      Outros artigos que já publiquei sobre o tema:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/10/entenda-de-forma-simples-o-que-e.html

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/12/como-era-o-mundo-antes-do-capitalismo.html

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/03/o-capitalismo-e-ruim-para-o-mundo.html

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/comunistas-mataram-por-tudo-menos-por.html

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/socialismo-e-cristianismo-sao.html

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/o-humanismo-secular-ateu-nao-mata-entao.html

      Excluir
  39. Lucas porque mesmo existindo inúmeros relatos extra-bíblicos de Jesus Cristo, e do que eu considero o mais importante, os de Josefo e Tácito, os ateus ainda negam dizendo que Jesus nunca existiu e que Ele é "uma lenda romana" (como se tivesse alguma lógica, pois se fosse assim Jesus seria um romano e não um judeu, os romanos desprezavam os judeus e jamais "inventariam um deus" que fosse um judeu, e sim um romano) https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_biblical_figures_identified_in_extra-biblical_sources

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos ateus que eu conheço reconhece a existência histórica de Jesus, mas uma minoria se recusa por uma simples razão: teimosia.

      Excluir
  40. Catolico de Domingos Sávio12 de abril de 2019 01:43

    Seus artigos não fazer o menor sentido, Banzoli, eu ja fui protestante mas saí dessa furada com a ajuda de São Domingos Sávio e hoje sou católico romano devotíssimo, te aconselho a fazer o mesmo.

    Em breve vou criar um blog refutando todos os seus artigos difamando o catolicismo, então se prepare que vem bomba por aí, já tô preparando tudo.

    Antes morrer que pecar. - São Domingos Sávio

    Em breve: heresiasdobanzoli.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Já consigo até prever o nível desse site aí, o poderosíssimo “Domingos Sávio” estará orgulhoso.

      O pior é que não dá nem pra fazer chacota de vocês porque vocês mesmos se superam e fazem isso por conta própria. Mal dá pra acreditar que esse seu comentário é sério, eu só acredito porque não duvido do nível cômico da apologética católica.

      Excluir
    2. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk a melhor do ano já no início do ano kkkkkkkkkkkkkkkklkl

      Excluir
    3. Já até vejo a humilhação que esse cara vai passar

      Excluir
    4. Catholic of Domingos Sávio,

      Even if Lucas was fundamentally in error in his presentation, he still makes plenty of sense to me. His arguments are sane and coherent.

      I can personally testify to the heretical nature of Roman Catholicism. I even almost converted to that religion once upon a time. The arguments against the Roman Catholic Church are more than sufficient to demonstrate error.

      Your comment is mean and slanderous.

      Excluir
    5. Depois disso o "Católico de Domingos Sávio" postou um comentário dizendo:

      "Você não se sente mal por estar indo contra a Única Igreja de Cristo, Banzoli? Você finalmente encontrou um desafiador. Não sabe o que te aguarda" [em seguida postou o link do blog dele, que tem zero artigos até o momento]

      Vendo que eu não publiquei o comentário, ele voltou mais nervosinho:

      "Não vai nem ter a cordialidade de aprovar meu comentário e ajudar na divulgação? Beleza, pode deixar que eu me viro. Seu fim chegou, Banzoli, vai cair a maldita farsa protestante, psicopata maldito"

      Enfim, o camarada quer apenas usar este espaço para divulgar um novo blog católico desesperadamente, mas já teve publicidade o suficiente. Mas é bom que de vez em quando eu publique esse tipo de comentário que eu recebo aqui para que todos vejam no que irão se tornar caso estejam pensando em se converter. O "Católico de Domingos Sávio" é uma ótima amostra grátis disso. Deve ter sido uma pessoa normal com uma mente sã um dia, mas o fanatismo faz isso aí com as pessoas. É nisso que dá abrirem as portas do hospício.

      Excluir
    6. Mais um:

      https://uploaddeimagens.com.br/images/002/035/026/full/406.png?1555103334

      É essa a moral católica, amigos.

      Agora chega, já conseguiu seus cinco minutinhos de fama, pode voltar pro buraco de onde veio.

      Excluir
    7. I can't read the message.

      Excluir
    8. Ele escreveu:

      "Seu filho da puta, canalha, animal dos infernos, vou acabar com você seu bosta"

      Enfim, só o habitual para um católico brasileiro (aquilo que eu te disse há algum tempo).

      Excluir
    9. Meu Deus, esse cara é muito retardado, não consigo imaginar Domingos Sávio agindo dessa maneira, o cara contradiz as próprias crenças

      Excluir
    10. Na verdade não contradiz, porque as crenças desse tipo de fanático não é a crença católica atual (a maioria desses zumbis rad-trad odeiam o papa Francisco e o CVII, eles seguem o espírito do Concílio de Trento, ou seja, a época onde caçar e matar os não-católicos era um artigo de fé). Dá uma olhada nesse print que tirei do "site" dele, que diz muito sobre o que ele pensa e crê:

      https://uploaddeimagens.com.br/images/002/035/066/full/407_%28artigo_do_site_dele%29.png?1555104124

      Só de um indivíduo desses estar solto e livre na rua já é uma aberração, eu não consigo imaginar um tipo de gente mais baixa, vil e imunda que isso, é literalmente a escória da internet, gente pior que neonazista. Eu tenho pena de quem tem que conviver no dia a dia com um sujeito desses, felizmente gente assim não tem amigos nem convívio social, por isso se esconde atrás de anonimato e fakes.

      Excluir
    11. Ele chamou o Lucas de psicopata maldito kkkkkkkkkkkkkkkkkk o cara está soltando fogo pela boca

      Excluir
    12. Traduzindo o texto dele para o Jesse poder ler:

      Banzoli argues that many innocent Muslims, women and children died, but the problem is that at that time no Muslim was innocent, a Muslim boy was a potential jihad warrior to destroy Christianity. You never make an omelette without breaking some eggs.

      As for the Orthodox whom Banzoli was plundered by Catholics in Hagia Sophia, this is the purest lie because the basilica was conquered and never plundered, as the Church of Peter of Rome would sack the property itself? The Church conquered what was rightfully her and liberated the Orthodox from schismatic idolatry with the authority of the One True Church of Christ, everything that is related to Christianity is owned by Rom, and the ones who plundered it were the Turks who took it soon after.

      About the Holy Inquisition, it was nothing more than a necessary cleansing for the time because the apostasy and secularism was taking over Europe, aside from the Protestant curse that was emerging. The Catholic Church was careful in making the Inquisition and however hard it may be to admit all those who died because of it were criminals who spat in the face of the Church of Christ.

      Em resumo: tinha que matar mulheres e crianças muçulmanas mesmo, tinha que saquear Constantinopla, matar e estuprar as mulheres mesmo, e tinha que matar os "hereges" na Inquisição mesmo, tudo isso é certo e justo e deveria ser praticado ainda hoje. É essa a mentalidade doentia desse tipo de psicopata, que fugiu de um manicômio medieval.

      Excluir
    13. Wow! Thanks for translating. I find the part where the Catholic calls Protestantism a "curse" to be telling.

      Roman Catholics are so very cultic. I once remember a Catholic religion professor (an apostate from biblical Christianity, mind you) saying that he would rather hear of people converting to atheism than to Protestantism. He even went on to tell me that "my positions were untenable".

      I am not trying to paint all Catholics with the same brush or anything, but a lot of Rome's defenders seem very arrogant and condescending. Many essentially view the Bible as a mere collection of ancient writings. So much for so-called "Christians" persecuting other Christians. That is all a shame to me.

      Excluir
    14. Exactly. Most of the Brazilian Catholic militants are just frustrated people who try to find meaning in their lives by adhering to such radicalisms. They think that the solution to the problems in the world is to exterminate all Protestants, atheists, Muslims and non-Catholics in general, to restore the Crusades and the Inquisition and to return to the Middle Ages. It's insane and bizarre. I believe that in the first world countries there should be fewer people of this level, but here it is extremely common. They are literally sick people, taken entirely from hatred and nothing more. I find it hard to even believe that any of them even believe in God or anything of the sort.

      Excluir
    15. É uma vergonha esse tipo acima de católico romano, porque enquanto cristãos temos que dar um jeito de reconhecer-nos como minimamente cristãos nem que seja como em uma unidade metafísica, ou seja, que não seja uma crassa absurdidade o que possa ser pregado por certos grupos ditos cristãos que inviabilizem o que seja cristianismo meramente. Temos que dar um jeito, nós, cristãos de reconhecer-nos como tal, já que tantos cismas houveram na cristandade, não só o protestante, mas que houveram outros cismas como o do oriente, o coopta, o armênio, que são os outros cismas, apesar do protestante ser o principal e o mais grave, pois rompeu com a sucessão apostólica, mutilou e invalidou os sacramentos nas seitas protestantes.

      Excluir
    16. Amigo do Banzolão12 de abril de 2019 22:55

      "Seus artigos não fazer o menor sentido"

      Além de doido escreve mal kkk.

      Excluir
    17. Jesus disse para não usar repetições. Seria cômico, se não fosse trágico:https://www.youtube.com/watch?v=_RI9jjH9Tcg rs...

      Excluir
    18. "Além de doido escreve mal kkk"

      Essa é a característica número um desse tipo de fanático "zé cruzadinha": não saber escrever. Mesmo porque se eles soubessem não seriam tão incultos e bárbaros, e portanto não seriam fanáticos católicos dessa laia. Até mesmo os apologistas que esses caras admiram são inteiramente incapazes de pontuar uma mísera vírgula corretamente. Acho que até seguidor do Inri Cristo é menos burro que essa turma.

      Excluir
  41. Lucas este cara estava falando mal de vc https://youtu.be/vZ2YeZ40j80

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em qual minuto ele fala mal de mim? Não vou perder 45 minutos da minha vida assistindo o vídeo todo.

      Excluir
    2. A partir dos 24 minutos

      Excluir
    3. Ou seja, o "argumento" dele foi dizer que eu e o Leandro Quadros estamos "de brincadeira". Disse isso e mais nada. Não houve nenhuma refutação ao meu livro sobre o tema, nenhuma consideração sobre citação nenhuma, nenhuma tentativa de contra-argumentação a qualquer coisa que seja. Desse jeito eu refuto até a física de Einstein (é só dizer que Einstein estava "de brincadeira" e por isso os livros dele foram refutados). E eu realmente não entendi a linha de raciocínio dele, ele começa se orgulhando de ter em mãos os mesmos livros que eu tenho (com a diferença de que eu os li), depois diz que as outras pessoas não tem os livros, como se isso provasse alguma coisa (hãm?). É realmente uma linha complexa de pensamento.

      Excluir
  42. Lucas, você já disse que o comunismo, da forma como foi previsto por Marx (eliminação do próprio Estado, quando ele já não seria mais necessário), "jamais ocorreu em lugar nenhum (nem nos países onde os comunistas tomaram o poder), porque é de fato uma utopia, que os próprios socialistas jamais tiveram a intenção de levar adiante".
    http://www.lucasbanzoli.com/2018/10/entenda-de-forma-simples-o-que-e.html

    Dessa forma, não estaria errado dizer que "o comunismo matou 100 milhões"? O correto não seria "o socialismo matou 100 milhões"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tecnicamente falando o correto é dizer socialismo mesmo, mas na linguagem popular chamamos de "comunismo" aquilo que na verdade é socialismo (os próprios socialistas se definem assim). Além disso o socialismo é a ponte para o comunismo, ou seja, para se chegar ao comunismo precisa passar pelo socialismo primeiro, então não seria errado dizer que a luta pela implantação do comunismo resultou em 100 milhões de mortes (apesar de nunca terem chegado ao comunismo em si, o que jamais foi o propósito deles). Mas eu concordo que os direitistas deveriam deixar de usar o rótulo "comunista" pra tudo e chamar pelo nome certo (socialismo), porque hoje em dia "comunismo" é um termo que já traz um certo peso pejorativo mas em contrapartida "socialismo" ainda passa para muitos uma boa impressão, quando na verdade se refere justamente àquilo que ele entende como "comunismo". Por isso muitos comunistas se declaram apenas "socialistas" e o povo os leva a sério porque não sabe o que é socialismo, pensa que é apenas uma política bonitinha de redistribuição de renda quando na verdade é tudo aquilo que ele abomina. Ou seja, precisamos passar por uma reeducação no uso da linguagem, e por isso nos meus artigos eu quase sempre escrevo "socialismo" em vez de "comunismo", chamando eles por aquilo que são.

      Excluir
    2. Vc acredita naquele livro chamado Era Karl Marx um Satanista? Eu li, é pequeno, mas bem convincente. Vc já leu?

      Excluir
  43. Comente: https://www.youtube.com/watch?v=8WNO3FMUuwA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se isso for mesmo verdade, estamos mais próximos do fim do que eu pensava.

      Excluir
  44. Banzoli, eu vi que no último artigo um anônimo lhe perguntou se a região sul tinha motivos válidos para se separar do Brasil e você disse que sim, mas quais seriam esses motivos exatamente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande parte daquilo que pagamos de impostos à União (ou seja, a nível federal) é investido no Norte e no Nordeste e não aqui (ou seja, na prática nós estamos sendo saqueados para bancar uma outra região do Brasil). Eu defendo que os impostos de um estado devem ser direcionados sempre ao próprio estado (como ocorre nos EUA), e não passando de um estado a outro, o que empobrece o primeiro para favorecer o segundo. No caso do Sul nós não somos pobres, mas poderíamos ser bem mais prósperos se não tivéssemos que carregar nas costas uma outra região que só elege políticos execráveis de esquerda e por isso continua sempre na mesma miséria. Nós não merecemos arcar com as consequências dos erros dos outros, deveríamos ter autonomia a nível estadual e estarmos unidos a nível federal apenas no que compete à segurança nacional (Forças Armadas), relações comerciais, migração e etc, não com distributivismo barato.

      Excluir
    2. Só pra enriquecer o assunto, lembro que a Maria do Rosário e a Gleisi Hoffman foram eleitas pelo Sul, salvo engano rs... e são de esquerda, mas entendo esse ponto de vista da distribuição de renda, é o nosso pacto federativo...

      Excluir
  45. Lucas, meu irmão e amigo, a base de santo Tomás de Aquino é o Estagirita (Aristóteles) que é o coroamento da filosofia grega que é a origem da própria Filosofia que deu-nos a Ciência. Há de se perguntar, se há homens nascidos para as artes servis, isto é, para serem escravizados, e eu acredito que, sim, uma gente dura e rústica pobre coitada muito sem trato e paciência ou da parte sobretudo de gente muito ativista e pouco contemplativa, sobretudo para as preguiçosas, sem paciência e sem cabeça para um arte liberal, ou dos livres, como a Filosofia, mulher raramente, aliás, interessa-se pela Filosofia, o lugar delas é nas lides do lar, quer, então, gente mais nascida para a escravidão do que as mulheres? Outra coisa é de se notar se as mulheres são inferiores em relação aos homens. Bom, fisicamente as mulheres estão abaixo dos homens, vide o técnico Bernardinho do volleyball brasileiro que disse que "homem é foda" e nós, homens, somos mesmo: somos geralmente bonitos naturalmente sem os artifícios das mulheres, somos mais fortes, maiores na estatura, a glória do pensamento filosófico é toda e inteiramente masculina vide o próprio Estagirita supracitado. Temos, nós, homens, um timbre de voz decente e comedido na frequência grave por natureza. Psicologicamente não temos aquela psíquica fragilidade irritante e louca das mulheres, também moralmente a esperteza disfarçada de inteligência usada pelo diabo contra o homem desde Eva no Éden. Nós, homens não temos a perfídia rumo ao envenenamento do homem da parte das mulheres e a dissimilação feminina são clássicos na história humana neste mundo.

    Enfim, meu amigo Lucas, são clássicos e grandes autoridades Aristóteles e o Doutor Comum (santo Tomás de Aquino), como vencer caras como esses? A própria Bíblia Sagrada católica romana no livro do Sirácida (Eclesiástico) diz da malignidade feminina. Como opor-se a tudo isso? Eu, macho, homem, apenas como Platão, eu digo, graças a Deus que eu não sou mulher e nem escravo, também, pois a minha área de estudos é a Filosofia, é a minha vocação, obrigado Deus, o refletir, o filosofar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu discordo de tudo o que você disse mas não vou responder aqui, escreverei um artigo a este respeito.

      Abs.

      Excluir
    2. Desculpa João Emiliano,na próxima vez explique melhor e com linguagem menos rebusca,pois ainda estou aprendendo(estou no 8 ano)

      Excluir
  46. Shabbat Shalom mi amico!!!!

    ResponderExcluir
  47. Por falar em mulheres, o próprio John Knox também tinha certos traços de misoginia. O carter Lindberg escreve que a oposição de Knox em relação a Maria Sturtat também incluía o fato dela ser mulher, isso sem levar em consideração o tratado "First blast gainst the monstrus regiment of Women (primeiro soar de trombeta contra o reino monstruoso de mulheres) onde declara que 'promover a mulher ao governo de qualquer reino é repugnante à natureza, blasfemo contra Deus e contrário à vontade revelada e ao mandamento aprovado, além de ser uma subversão da boa ordem, equidade e justiça.'"
    Carter Lindberg, história da reforma, página 375.

    Se Tomás De Aquino merece ser criticado por sua apologia à misoginia (e também pela escravidão), o mesmo vale para o reformador John Knox.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Knox era machista, mas não misógino. Há uma diferença entre uma coisa e outra. Machismo é colocar o homem acima da mulher (como Knox fez neste livro, onde argumenta que as mulheres são inaptas para assumir a chefia de um governo), mas até onde eu sei ele nunca disse as abominações misóginas que Tomás afirmou (o que inclui a legitimação do estupro e até do feminicídio). De todo modo, a visão de Knox sobre as mulheres também é condenável, embora seja um fruto da época tanto quanto Aquino.

      Excluir
  48. Here's an excellent resource that examines Roman Catholic teachings:

    http://answeringcatholicclaims.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Here in Brazil this is much worse, because the people go to the party (the famous Brazilian carnival), does everything wrong, sins at will, and then thinks that if you confess to a priest that everything is resolved (in "Ash Wednesday"). That is, they already plan sin and sin knowing that they will later confess, and Catholic doctrine sees no problem in this. It is literally a "free pass" for sin.

      Excluir
    2. Lucas, aí é que tu te enganas, a Igreja, doutrinariamente e pastoralmente condena quem, como dissestes, com má-fé peca, e peca gravemente já achando que logo depois é só se confessar ao sacerdote e estará tudo limpo. Não está, não. Imagine, com uma tal má-fé e cálculo frio alguém que peque gravemente, caso não seja até mesmo um psicopata, pode ser que acabe até mesmo louco se tiver uma mente mais suscetível. Perceba que situação de miséria espiritual estará uma tal alma que sem nenhum propósito de não mais pecar torna o sacramento da penitência em sacrilégio, porque o sacramento é algo com uma eficácia por si mesmo, e que por consequência se volta contra quem o recebe sem uma mínima reta intenção.

      Excluir
  49. Tenho outra pergunta. Eu andei lendo um livro de ética cristã, a parte de mentir. Vou supor um caso: vc é alemão, cristão e está morando na Alemanha um pouco antes da Segunda Guerra. Vc resolve manter no porão da sua casa duas famílias de judeus antes que eles fossem exterminados. Um dia a Gestapo bate na tua porta e pergunta se vc viu algum judeu nos últimos dias. Eu mentiria e diria não sem pensar mesmo, eu salvaria todos no porão da minha casa. Como justificar o ato de mentir nesse caso diante de Deus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o mesmo caso de Raabe, um caso de vida ou morte, você está salvando uma vida, que está acima de qualquer coisa.

      Excluir
  50. Os comunistas de IPhone dizem que não tem problema nenhum usufruir desses bens porque tudo que o trabalhador produz, a ele pertence, essa é a base do comunismo. Esse argumento funciona?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, porque esses iPhones são produzidos por empresas capitalistas que eles condenam, em um sistema de liberalismo econômico que eles detestam, por um país capitalista que eles abominam. No caso eles deveriam dar algum exemplo de avanço tecnológico em países socialistas, o que não podem pois não existe NENHUM. Capitalismo e tecnologia estão de mãos dados, o segundo só existe por causa do primeiro.

      Excluir
  51. “Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita,
    ofereça-lhe também a outra” (Mateus 5:39) Como conciliar a legitima defesa com o versículo? Pergunto porque eu, falando sinceramente, se visse alguém tentando entrar em casa pra matar alguém da minha família, eu não pensaria duas vezes e mataria o agressor. Muita gente mesmo faria igual... mas como conciliar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto não fala de alguém invadindo a sua casa pra matar a sua família, mas sim de uma ofensa PESSOAL, que não devemos revidar na mesma moeda.

      Excluir
  52. Olá, Lucas! Uma pergunta: os demônios tem como assumir uma forma física(que até da pra tocar, interagir, etc.) de um desses "aliens"? E de objetos(quem sabe, até mesmo assumir a forma física de um "disco voador)que podemos tocar, interagir, etc.?

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que os demônios podem se materializar eles podem, mas se podem assumir a forma de objetos (como o "disco voador") aí já não dá pra dizer. Em todos os casos de materialização de anjos ou demônios na Bíblia foi assumindo uma forma humana, não de objetos. Considerando que os "aliens" são formas humanoides, eu penso ser bem plausível que eles consigam, o que é diferente do caso do disco voador. Abs!

      Excluir
  53. http://www.unitarismobiblico.com/w/2014/03/30/miguel-de-servet-e-queimado-vivo-por-nao-ser-trinitario/ esse estudo procede ou é falacioso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que eu tinha a escrever sobre isso eu escrevi aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/02/calvino-era-um-ditador-sanguinario-que.html

      Excluir
  54. Que negocio é esse de que Jesus já voltou?

    https://www.youtube.com/watch?v=dxNHD2wWA7A

    ResponderExcluir
  55. Lucas, você já viu esse filme?:
    https://www.google.com/search?q=O+resgate+filme&client=ms-android-asus&prmd=vin&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=2ahUKEwinpK-q7s3hAhUIhuAKHZx6BbkQ_AUoAnoECAoQAg&biw=320&bih=488#imgrc=lGdk2xnpaPaAoM

    Se sim, o que acho dele(um filme que é da IASD igualmente a mim... Será que espero que o filme seja bom? [Emoji pensativo])?

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
  56. Lucas por que Deus criou os pernilongos e mosquitos?

    ResponderExcluir
  57. Será que a carta de Albert Pike realmente foi escrita por ele e não é uma invenção de um conspiracionista? Se foi então realmente estamos muito próximos do fim.
    link: https://pt.slideshare.net/AlanCruz8/carta-de-albert-pike

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já ouvi falar dessa tal carta antes, mas também não sei dizer se é uma fraude ou não. Pesquisando por aí não se encontra nada sério sobre isso, nem pra confirmar nem pra refutar, apenas sites conspiracionistas sem muita credibilidade (daqueles que copiam tudo uns dos outros).

      Excluir
  58. Lucas, abençoado, me ajuda com esta dúvida prfv:

    Atos Cap. 19.
    1 E sucedeu que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos,
    2 disse-lhes: Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo.
    3 Perguntou-lhes, então: Em que sois batizados, então? E eles disseram: No batismo de João.
    4 Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo.
    5 E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus.
    6 E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam.

    Estariam esses homens ja salvos sem receber o espírito santo, somente com o batismo de João? Pois o texto mostra que os mesmos nem sequer tinha ciência do Espírito Santo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto não diz se eles estavam salvos ou não, só diz que eles não tinham sido ainda ensinados sobre o Espírito Santo e por isso não o tinham recebido. Mas eu acredito na possibilidade de uma pessoa salva não possuir o Espírito Santo, como é o caso de todos os personagens bíblicos do AT (anteriores à vinda permanente do Espírito) e de pessoas não-evangelizadas que seguem a lei de consciência que Deus colocou em nossos corações mesmo sem conhecer o evangelho (e portanto, sem receber o Espírito Santo). Mas por padrão, um crente regenerado deve ser preenchido com o Espírito Santo (por isso os deste texto o receberam tão logo o conheceram), pois é o Espírito Santo que nos ajuda na luta contra o pecado, que nos dá os dons espirituais e a capacitação para pregar o evangelho aos demais.

      Excluir
  59. 1 cor 11.14 oque vc acha, homem pode ter cabelo comprido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escrevi sobre isso aqui:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com/2015/09/homem-pode-ter-barba-e-cabelo-comprido.html

      Excluir
  60. Lucas, sou protestante e estou a ponto de me converter ao catolicismo. Li que não se pode ter unidade no protestantismo pois Efésios 4:5 diz que só existe uma fé, um só Senhor e um só batismo, sendo assim, por quê as Igrejas protestantes tem tantas opiniões diferentes quanto ao batismo, a natureza de Maria, interpretação da Bíblia e liturgia? Porque se existem tantas diferenças quer dizer que não tem uma doutrina protestante clara e portando o protestantismo determina que a Bíblia e a patrística não é clara o suficiente.

    Se basta acreditar em Cristo e amar o próximo apenas, então pra quê servem os anos de patrística, história cristã e conceitos doutrinários primitivos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Embora eu esteja certo de que você não é protestante coisa nenhuma mas apenas mais um fake do "católico de Domingos Sávio", vou responder essas questões como responderia a qualquer um:

      1) Se as igrejas protestantes não compartilham "uma só fé" pelo fato de terem interpretações diferentes sobre certos assuntos, então os católicos também não tem "uma só fé", pois da mesma forma brigam entre si sobre muitos temas e possuem tantas divergências entre si quanto os protestantes. Só quem é muito leigo ou iludido (ou mal-intencionado mesmo) é capaz de ignorar este fato. Por isso existem católicos tradicionalistas, outros carismáticos, outros modernistas, outros sedevacantistas, outros veterocatólicos, outros episcopais, e assim por diante (isso sem falar nos padres da Teologia da Libertação, que jamais foram excomungados e continuam pregando nas igrejas até hoje, com o aval da CNBB e do Vaticano). Na RCC se batiza no Espírito Santo, falam em línguas, fazem retiros de cura interior e libertação, plagiam as músicas pentecostais e tem uma liturgia muito diferente e mais próxima dos evangélicos, enquanto para os mais tradicionais tudo isso não passa de abominação. A ICAR também não tem qualquer posicionamento oficial sobre uma série de doutrinas (ex: escatologia), cabendo aos fieis e clérigos discutirem entre si exatamente do mesmo modo com que os evangélicos fazem.

      2) Como se não bastasse as divergências atuais, também há contradições flagrantes e gritantes no pensamento da própria Igreja Romana ao longo dos séculos. Coisas que ela antes abominava, como a livre expressão do pensamento, o "modernismo", as sociedades bíblicas, a tradução da Bíblia ao vernáculo, os judeus, o liberalismo, a laicidade do Estado, a consciência individual e a salvação de não-católicos, hoje ela defende ou pelo menos tolera abertamente, inclusive fazendo cultos ecumênicos com quem antes era tratado como herege e tacado numa fogueira para queimar até a morte. Outras coisas que ela amava, como Inquisição, cruzadas e caça às bruxas, hoje em dia nem pensa mais nisso. Até mesmo o posicionamento sobre o porte de armas e a pena de morte mudou radicalmente. Tudo isso é facilmente comprovado com documentos oficiais da Igreja, como bulas e encíclicas papais, concílios e etc.

      3) Os maiores estudiosos de patrística, caso você não saiba, são quase todos protestantes, tais como J. N. D. Kelly, Hans von Campenhausen e Philip Schaff, que são inclusive muito citados (e distorcidos) pelos próprios apologistas católicos. Não há NADA na patrística que sirva decisivamente para refutar qualquer crença protestante por consenso unânime, e todas elas são facilmente provadas pelos Pais da Igreja mais antigos, como o Bruno Lima demonstra em dezenas de artigos do seu site voltado exclusivamente para isso, onde cita numerosos estudiosos católicos que confirmam que as crenças católicas estavam completamente ausentes na literatura cristã antiga:

      http://respostascristas.blogspot.com/

      Inclusive os maiores e mais conceituados teólogos e historiadores católicos romanos admitem abertamente que não havia papado na Igreja antiga (que é simplesmente a doutrina mais importante de Roma), como mostrei recentemente:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/03/imperdivel-historiadores-e-teologos.html

      O que a Reforma fez não foi jogar no lixo os anos de estudo patrístico, mas justamente RESTAURAR estes ensinos que foram aos poucos, com o tempo, devorados pelos escolásticos medievais que davam mais valor a Aristóteles e aos filósofos gregos do que à Bíblia e aos Pais da Igreja.

      No mais, você poderia consultar esse índice de artigos sobre catolicismo, com centenas de publicações que refutam cada um dos engodos da apologética católica:

      http://www.lucasbanzoli.com/2015/07/artigos-sobre-catolicismo.html

      Excluir
  61. Banzolao e o que vc achou da visita que o Feliciano fez semana passada nos EUA a um famoso astrólogo tomista?Essa associação do Feliciano com esse cara me decepcionou muito,porque o vi pregar muito no início de carreira entre 2004 e 2007 na AD Bom Retiro,e ele parecia ser um pregador promissor,não entendo o que se passa na cabeça dele atualmente

    ResponderExcluir
  62. O Afonso do Ciência de Verdade que nem é um protestante declarado,ele me parece ser judeu messiânico, já disse em um dos vídeos dele que concorda com o anticomunismo do astrólogo ,mas não concorda em nada com a visão religiosa dele,ele nao e pastor ,mas e capaz de criticar o catolicismo fanático e nem isso o Feliciano faz,nem parece o Feliciano da época do cabelo black power que dizia que Jesus Cristo não deveria de servir de enfeite no pescoço de homossexuais, agressivo e desnecessário colocar os gays no meio,mas ali ele marcou uma posição contra a idolatria,coisa que hoje em dia ele não faz

    ResponderExcluir
  63. So complementando o que eu dizia do Feliciano,eu imaginei que em 2013,quando ele assumiu a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias e sofreu protestos de diversas lideranças de esquerda,pensei que esse seria o momento dele se tornar um grande líder conservador do pais,mas ele preferiu se rebaixar a condição e divulgador das ideias do astrolavo no meio evangélico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu por outro lado nunca vi nada nele que justificasse tamanha pretensão (de se tornar "o grande líder conservador do país"). Sempre achei ele muito limitado, e embora bem-intencionado, continua cometendo os mesmos erros bobos dos velhos tempos, só que com uma nova roupagem.

      Excluir
  64. O artigo chegou aos 200 comments e por isso a caixa de comentários daqui será fechada. Quem quiser postar um novo comentário ou responder a algum daqui, pode fazer no artigo mais recente. Tive que excluir alguns comentários de links para fechar em 200, então se alguém quiser reenviá-los no novo artigo, fique a vontade.

    ResponderExcluir