22 de agosto de 2018

200 Novo Livro! “500 Anos de Reforma: Como o Protestantismo Revolucionou o Mundo (Vol. 1: Liberdade, Tolerância e Democracia)” – Download gratuito!



Após muito tempo de espera, de pesquisa, de leitura e de escrita, o primeiro volume do livro que deveria estar pronto ano passado está finalmente pronto! De fato, o processo foi muito mais trabalhoso do que eu imaginava a princípio: ingenuamente acreditava que bastaria alguns meses de pesquisa e mais alguns de escrita para ficar pronto até Outubro/2017, e no fim das contas foi um ano inteiro de pesquisa bibliográfica e mais quase outro ano inteiro de escrita até ficar pronto hoje, em Agosto/2018. Para ter uma noção do quão trabalhoso este livro foi, basta conferir os seus dados: são 700 páginas na versão digital (mais de 800 na versão impressa dividida em dois livros), mais de 300 referências bibliográficas e mais de 2.300 citações. E isso que é apenas o primeiro volume.

Mas creio que valeu a pena ter optado por algo mais elaborado, exaustivo e academicamente aceitável, pois quem ganha é o leitor que assim poderá apreciar um material que dificilmente encontrará na internet ou em outros livros com a mesma profundidade. Como deixo claro na Introdução e como o próprio título sugere, este não é apenas mais um livro de “História da Reforma”, embora ela esteja obviamente envolvida. O foco aqui é apresentar as contribuições que a Reforma Protestante deu ao mundo, benefícios esses que são sistematicamente ignorados, desprezados e ofuscados por uma narrativa revisionista e pseudo-historiográfica da apologética católica, que ganha cada vez mais impulso em tempos recentes com as mídias sociais a despeito de sua distorção e ignorância completa dos fatos.

O volume atual foca em três aspectos principais – liberdade, tolerância e democracia – em que o protestantismo, desde os seus primórdios, contrastou com o catolicismo romano da época; aborda mais profundamente a Reforma na Alemanha de Lutero, na Suíça de Zwínglio e Calvino, na Holanda de Guilherme de Orange, na França de Coligny e na Inglaterra de Tyndale e Isabel, e discorre amplamente acerca de episódios polêmicos como a Guerra dos Trinta Anos, a Noite de São Bartolomeu, o Saque de Roma, a Revolta dos Camponeses, a Caça às Bruxas, a proibição à leitura da Bíblia, as guerras religiosas e eventos similares, além de abordar temas como Inquisição, Index, indulgências, concílios, pré-reformadores, Contrarreforma, índios, judeus, jesuítas, anabatistas e muito mais.


Como baixar o PDF completo

É extremamente simples: basta clicar aqui e pronto, o download iniciará automaticamente. Caso o download não inicie, você pode ler e baixar pelo Google Drive através deste link. Se você não conseguir baixar nem no primeiro e nem no segundo link, me envie uma mensagem de inbox pelo Facebook (aqui) que eu envio em anexo. Aproveite e curta a página se ainda não curtiu :)


Como adquirir a versão impressa

Como já dito, eu fui obrigado a dividir o volume impresso em duas partes devido à quantidade de páginas (o conteúdo em si é rigorosamente o mesmo da versão única em pdf). Você pode comprá-los pelo Clube de Autores, que envia os livros por correio dentro de uma a duas semanas. Clique aqui para ir à página do primeiro livro e clique aqui para ir à página do segundo livro. A tabela abaixo simplifica isso:

Livro completo em PDF
Livro físico (Parte 1)
Livro físico (Parte 2)
Lembrando que todos os meus outros livros também estão disponíveis tanto para download do pdf quanto para a aquisição do impresso, os quais você pode conferir na página dos livros, clicando aqui.

Há poucos dias eu fiz uma “enquete” sobre a capa do livro nos comentários do post do artigo mais recente (com duas opções), e pelo placar de 11x8 ganhou a “imagem 1”, a que foi utilizada como a capa da versão e-book e do primeiro livro impresso. Mas se você votou na 2 não fique tão triste, pois eu a utilizei como a capa do segundo livro impresso :)

Antes de terminar, um pedido final: DIVULGUE este livro com seus amigos, colegas, parentes e conhecidos; quanto maior for a divulgação, maior será o alcance e a relevância do livro. De minha parte eu só posso escrever, mas é você quem pode fazer com que essa mensagem chegue adiante. Repasse esse pdf gratuito a quantas pessoas quiser e puder, é de graça e você não perde nada com isso. São poucos os autores que fazem isso, então valorize o trabalho. Conto com a colaboração de todos vocês. Qualquer dúvida, pergunta, crítica ou sugestão, deixe nos comentários abaixo.

• Compartilhe este post nas redes:

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,

- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!


- Baixe e leia os meus livros clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.         


200 comentários:

  1. Respostas
    1. Avalie: https://youtu.be/BUskB6L3duI

      Excluir
    2. Eu já tinha visto esse vídeo e achei muito fraco, os argumentos não são convincentes e algumas coisas ele tira de contexto.

      Excluir
    3. Então devemos guardar o sábado e crer no juízo investigativo?

      Excluir
    4. Cria uma conta no hab, é uma rede social sem censura.
      https://gab.ai

      Excluir
    5. Criei, mas me parece que é uma rede social meio "morta", não tem muita gente :/

      Excluir
    6. Tem muita gente sim. Basta pesquisar. Coloca o link do seu perfil.

      Excluir
    7. https://gab.ai/lucasbanzoli

      O único "conhecido" que eu encontrei foi o MBL kkk

      Excluir
    8. A rede ainda está crescendo

      Excluir
    9. Espero que esteja se referindo ao site, e não ao partido da Marina Silva ;p

      Excluir
  2. Esse livro é sua tese de mestrado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, o do mestrado é o da "A Bíblia e a Escravidão" (também disponível na página dos livros).

      http://www.lucasbanzoli.com/2017/04/0.html

      Excluir
    2. Oi, eu sei que uma das regras é não colocar links católicos, mas peço que abra uma exceção.
      No vídeo do NM com o Bernardo Küster abaixo do tempob5:22 ao 8:17 eles parecem está dando uma indireta a você. Pode confirmar se isso é verdade?

      https://youtu.be/dNStg3haVH0

      Excluir
    3. Não foi a mim, foi ao Henry Bugalho (o dono do canal abaixo), eu nunca disse que "a ICAR é globalista" e provavelmente o Nando Moura nem me conhece.

      https://www.youtube.com/user/henrybugalho/videos

      Excluir
    4. "a igreja católica nunca teve propósito de dominação mundial" talvez não mais hoje, mais as cruzadas, inquisição, massacre indígena, etc mostra que ela já pensou assim no passado.

      Excluir
  3. Parabéns, irmão. Que Deus ti abençoe cada vez mais. Parabéns por mais essa grande obra.

    ResponderExcluir
  4. Sobre o livro: parece ser delicioso!

    Agora, sobre algo que andei pensando: não sou imortalista, por isso, não interprete errado minha duvida; o que exatamente é esse espírito(sopro de vida) que volta a Deus em nossa morte? Oxigênio? Creio que não. Talvez uma substância que não seja detectável pelo humano(nem nossos aparelhos)? Eu na verdade, creio que seja a última opção(embora não ache que essa substância seja consciente).

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser isso, mas também pode ser apenas a nossa respiração (por isso os autores bíblicos chamavam apenas de "fôlego" ou "sopro"). A palavra "cérebro" não ocorre na Bíblia; os autores bíblicos nada sabiam do sistema nervoso ou respiratório, então se referiam a eles em termos como "alma", "espírito", "coração" e até "rins" (no original hebraico). Abs!

      Excluir
    2. "O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus" (Romanos 8:16).

      Como você explica esse versículo na visão holista da natureza humana?

      Excluir
    3. "Espírito" como sentimentos (sensações e emoções), que é um dos termos mais recorrentes na Bíblia quando se toca neste aspecto, juntamente com o coração. Este é o sentido mais lógico pelo contexto, pois a intenção de Paulo era mostrar que nós como cristãos regenerados podemos ter segurança de que somos filhos de Deus, e isso é atestado pela nossa sensação de paz interior que nos confirma isso. O texto poderia dizer a mesma coisa usando o coração em lugar do "espírito" que o sentido seria exatamente o mesmo: "o Espírito testifica em nossos corações que somos filhos de Deus" (de fato, o vocábulo "coração" aparece diversas vezes na Bíblia em contextos semelhantes a este). Em termos práticos, o que Paulo estava dizendo era que o Espírito Santo nos passa a sensação de que somos filhos de Deus (é o mesmo conceito básico que Jesus expressa em João 14:27).

      Excluir
  5. Parabéns mais uma vez pelo seu belo trabalho na apologética Cristã. Eu não vou baixar seu livro, prefiro comprar por que assim, acredito eu, é uma forma de reconhecer não apenas seu trabalho mas também seu esforço, a respeito do que já fiz quando adquirir a versão impressa do seu livro sobre Cruzadas, um ótimo livro aliás.
    Deus continue o abençoando grandemente para que você possa nos abençoar com seu conhecimento. Paz e Graça a você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode baixar e comprar, uma coisa não anula a outra, inclusive eu recomendo que se baixe mesmo se for comprar o livro porque ele possui algumas referências em links que só podem ser abertos copiando e colando em um navegador (na versão impressa seria muito mais complicado e cansativo ficar digitando letra por letra e número por número).

      Deus lhe abençoe igualmente, abs!

      Excluir
  6. Lucas ,meu irmão não tenho como expressar minha gratidão pela seu trabalho não querendo ensorbebecer você mas , que toda glória seja de Nosso Senhor Jesus. Só o Senhor sabe quantos pessoas foram edificadas pelos seus livros e artigos eu estou dentre elas. Meu irmão não pare e não desanime pois Senhor é com voce e o dará forças para seguir " aquele que começou boa obra em você, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus". Sou grato a Deus por sua vida e trabalho
    Otávio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, louvado seja o Senhpor por isso! Grande abraço!

      Excluir
  7. Vou enviar esse livro como presente para os seguidores do AstrOlavo. :)

    Se bem que eles talvez vão preferir os livros revisionistas, neste caso, seria perda de tempo. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem perca tempo, a maioria desse pessoal não lê nem os próprios livros do cara (se limitam aos textinhos de facebook porque tem preguiça de ler), imagina um livro de 700 páginas que confronta aquilo que eles creem...

      Excluir
  8. Parabens Banzolao e muito obrigado por disponibilizar essa grande obra gratuitamente,incrível ter 700 páginas já no primeiro volume fico bastante ansioso pelos próximos,quantos você planeja?E quando serão publicados? Fico triste pelo destino da Hungria e da Romênia que tiveram que voltar ao catolicismo forçadamente penso que com certeza esse foi um dos motivos para o subdesenvolvimento desses países se tiveram permanecido no protestantismo teriam um destino econômico semelhante ao da Inglaterra,Alemanha,Holanda e os países nórdicos ,mas um detalhe é que hoje a Romênia tem maioria cristã ortodoxa e não católica o que penso que seja menos pior não é ?E os católicos será que não tentaram tomar o país a força novamente ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw! Em tese serão mais dois volumes. Sobre forçarem conversões novamente nos dias de hoje eu acho difícil embora não impossível; os jesuítas não possuem nem de longe o mesmo poder e influência hoje que detinham antigamente. Eu até diria que seria mais fácil eles forçarem o ateísmo como fizeram em algumas revoluções do século passado do que o catolicismo, a não ser que este volte a ganhar força política como antes (mas como quase todo mundo lá é ortodoxo e não romano, isso seria bastante improvável).

      Excluir
  9. Um outro comentário sobre o livro que gostaria fazer é a respeito das últimas páginas em que há a menção a comentários de católicos fanáticos estupidos que insultaram o dono de uma página cristã no Facebook dizendo absurdos como proibir o protestantismo no país e acabar com o estado laico entre outras insanidades e você mencionou do perigo que existe se a gente obter poder político eu entendo o seu medo e também temeria a chegada de tridentinos ao poder,mas não achas que seria um exagero imaginar esse tipo de coisa ,eu não vejo no cenário político atual nenhum tridentino lançando uma candidatura relevante nem vejo um grupo político deles bem articulado não existe nem sequer um partido em que eles sejam maioria como há o PSC um partido de evangélicos e o Patriota que lançou o Cabo Daciolo à presidência além do PRB que tem o prefeito do Rio Marcelo Crivella e é composto em sua maioria por pastores e bispos da Igeeja Universal então nós somos muito mais fortes que eles politicamente não lembro sequer de um deputado estadual ou federal que seja um católico fanático tridentino enquanto temos vários parlamentares evangélicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles não precisam de um "partido", eles já tem um "movimento", a volta da monarquia (que independe de partidos políticos). Conseguindo isso seria um passo curto até o fim do Estado laico e a partir daí o cerceamento das plenas liberdades religiosas alheias ao catolicismo. Não que voltem a fazer Inquisição e matar geral, isso é realmente muito improvável neste momento, mas há diversas formas de se restringir as liberdades de crença religiosa sem precisar matar o indivíduo, veja por exemplo o que aconteceu no México:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2016/01/catolicos-perseguem-protestantes-idade.html

      Excluir
  10. Meu querido Banzolao parabéns pelo livro fiquei muito contente em poder lê-lo hoje,incrível o fato de ter 700 páginas só no primeiro volume , já ansioso para ler os próximos ,quando serão publicados e quantos serão ?Sobre o livro fiquei triste em saber do destino da Hungria e da Romênia que tiveram que voltar para o catolicismo forçadamente ,certamente não seriam países subdesenvolvidos se tivessem permanecidos no protestantismo,hoje a Romênia já não é católica e sim ortodoxa ,o que e menos pior não e?E será que os católicos não tentaram conquistar o país a força novamente?Ps:Me desculpe se esse comentário já saiu antes,mas caiu a internet do meu celular então não sei se esse comentário chegou aí a primeira vez que escrevi,então estou reescrevendo

    ResponderExcluir
  11. Gostaria de comentar também a respeito das últimas páginas do livro em que são mostrados sucessivos ataques de católicos fanáticos ao dono de uma página protestante no Facebook,o que prova que o espírito dos inquisidores ainda esta bem vivo por mais que esses sejam maioria,mas eu fico com medo de ver gente que quer proibir o protestantismo no país e acabar com o estado laico chegar ao poder,mas eu sinceramente não sinto essa ameaça,estamos em época de eleições nacionais e não vi nenhum candidato tridentino relevante nem nunca vi em outras eleições que acompanhei,nenhum parlamentar com esse perfil jamais foi eleito no país ,eles não tem sequer um partido ,enquanto que nosprotesrantes temos o PSC,que lançou um pastor como candidato a presidente em 2014 e abrigou o Pastor Marco Feliciano um deputado muito bem votado e influente no Congresso ,temos o Patriota que lançou o Cabo Daciolo um candidato que expressa fervorosamente sua fé evangélica ,além do PRB que tem entre seus membros,Marcelo Crivella prefeito da segunda maior cidade do país ,além de possuir vários pastores e bispos da Igreja Universal entre seus filiares,muitos são deputados ,a Bancada Evangélica no Congresso é bem grande e influente , já barrou vários projetos esquerdistas nocivos ao país ,então vejo nós protestantes muito mais fortes na política ,eu não sei de nenenhum candidato tridentino nessas eleições que tenha chance de ser eleito.

    ResponderExcluir
  12. Baixando... ansiosa para começar a leitura. Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. Amigo do Banzolão23 de agosto de 2018 10:19

    Parabéns, Banzolão. Dei uma olhada no sumário desse seu livro e vi que o bicho é bom mesmo. Muito conteúdo. Fiquei de boca aberta com a bibliografia. Muita consulta. Parece livros escritos por PhD's. Concordo com o João Moura quando ele chama você de doutor :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que vocês dois são pessoas diferentes né ;p

      Excluir
    2. Amigo do Banzolão23 de agosto de 2018 14:19

      "Ainda bem que vocês dois são pessoas diferentes né"

      Ainda bem? Como assim? Não entendi o que você quis dizer.

      Excluir
    3. Amigo do Banzolão23 de agosto de 2018 20:06

      Banzolão, volte aqui. Fuja não. Explique-se kkk.

      Excluir
    4. Pelo jeito que o Lucas escreveu acho que ele pensa que vocês dois são a mesma pessoa. Opinião minha.

      Excluir
    5. Amigo do Banzolão24 de agosto de 2018 18:28

      "Pelo jeito que o Lucas escreveu acho que ele pensa que vocês dois são a mesma pessoa"

      É verdade isso, Banzolão? Kkk

      Excluir
    6. Amigo do Banzolão25 de agosto de 2018 23:39

      "Nunca saberemos"

      Somos não. Não tenho ideia de quem ele seja. Só não entendo o porque que você chegou nessa conclusão. Só porque eu falei no nome dele e citei algo que ele diz? kkk

      Porque você pensou isso? Diga aí as razões. É meu jeito de escrever? Minhas brincadeiras? Fiquei curioso pra saber :)

      Excluir
    7. "Somos não. Não tenho ideia de quem ele seja"

      https://pa1.narvii.com/6579/85aad912e92dd30a891673f1e53ce2cc17fe304c_hq.gif

      Excluir
    8. Amigo do Banzolão27 de agosto de 2018 00:04

      Faria mais sentido você me confundir com o Gabriel Tavares do que com o João Moura. Não que eu seja ele, mas pelo menos o Tavaresão chama você de Banzolão também. Não entendo o porque que você me confundiu com o Mourão.

      https://pa1.narvii.com/6579/85aad912e92dd30a891673f1e53ce2cc17fe304c_hq.gif

      Tô falando sério, "Banzolião" kkk.

      Excluir
    9. "Banzolão", "Tavaresão"... estou achando que foi você quem apelidou o sobrenome do vice do Bolsonaro.

      Excluir
  14. Banzoli, como o arminianismo ver a questão do pecado original? Os calvinistas dizem que o pecado de Adão foi imputado a humanidade e por isso já nascemos condenados ao inferno. Isso não é uma grande injustiça? Como que Deus vai condenar pessoas ao inferno por causa do pecado de Adão? Se Adão pecou, o problema é dele. Só podemos pagar pelos nossos próprios pecados. Pela premissa de que já nascemos condenados, não se pode escapar da conclusão de que é possível bebês inocentes irem pro inferno. Se Deus considerou o pecado de Adão como pecado nosso; se Deus imputou esse pecado em nossa conta, então bebês já nascem com essa culpa e, logicamente, serão condenados da mesma forma que os adultos. Como os arminianos clássicos veem essa questão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei se posso falar pelos arminianos mas eu não entendo o pecado original como um pecado praticado pelo indivíduo ou um pecado "herdado" de Adão. Em vez disso, se trata da inclinação natural ao pecado que todos nós possuímos desde Adão, ainda que essa inclinação se manifeste em pecados pessoais tempos mais tarde (ou seja, na idade da consciência). É por isso que bebês não são condenados ao inferno se morrem ainda na infância, eles não cometeram pecados pessoais, embora tenham uma carne pecaminosa que fatalmente os levará a praticar pecados pessoais um dia (e aí sim poderão ser condenados, se forem descrentes). Abs!

      Excluir
  15. Aêeeeeeee, saiu!
    Parabéns pelo trabalho Lucas, Deus abençõe muito seus projetos e que vc continue a crescer no meio levando a verdade, sabedoria e informação ao Brasil que tanto carece disso tudo, e quem sabe a outras partes do globo tb, hehe.
    Vlw pelo livre gratuito aliás ;D, veio em perfeita hora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Nataly, é sempre bom contar com os seus comentários aqui, acho que deve ser a leitora mais antiga do blog (dos que continuam acompanhando até hoje), espero que goste do livro :)

      Excluir
    2. Eu é que agradeço pelos conteúdos, vc tem me ajudado muito a formular meu pensamento a cerca de varias coisas, ainda mais sendo académica de uma antro esquerdista.
      Seu nível intelectual é impressionate e isso tem contribuído demais para a formulação do pensamento cristão no Brasil.

      Excluir
    3. Modéstia sua, mas obrigado pelas palavras :)

      Excluir
  16. Aleluia! Já baixei o livro e estou lendo, muito bem Lucas! Qual será o seu próximo livro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os próximos dois serão os dois volumes de continuação a esse para fechar a série. Depois eu ainda estou pensando, talvez eu escreva a continuação do livro sobre a Inquisição (que eu parei na metade há dois anos) e que deverá passar por uma reformulação, ou então outros títulos que eu tenho em mente (o que mais me desperta interesse neste momento é um livro de continuação ao "Enigma do Falso Profeta", que pessoalmente foi o livro mais divertido e legal de se escrever apesar de ninguém ler xD).

      Excluir
    2. Eu li o livro "Enigma do Falso Profeta", achei bem legal.

      Excluir
    3. Lucas, não quero ser chato, mas quando você pretende escrever o livro refutando os monarquistas? Você falou uns meses atrás que tem pretensões para escreve-lo, estou começando a ler o seu livro agora, e olha nunca vi em toda minha vida uma obra acadêmica tão bem feita em minha vida, continue assim e que Deus te de força, inteligência e sabedoria para escrever muitos livros futuramente, você tem um grande potencial. Deus te abençoe, um grande abraço.

      Excluir
    4. Ps. Estou amando esse livro! Se esse livro já é de massacrar os apologistas católicos cretinos e as olavetes, imagine quando sair o livro sobre a monarquia católica brasileira. Deus te abençoe, que Jesus esteja com você.

      Excluir
    5. "Eu li o livro "Enigma do Falso Profeta", achei bem legal"

      Que bom que alguém leu então ;p

      "Lucas, não quero ser chato, mas quando você pretende escrever o livro refutando os monarquistas?"

      Poderia ser depois dos livros da Reforma, mas como se trataria de outra obra densa e trabalhosa, eu provavelmente darei prioridade a uma obra mais "leve" como o Enigma do Falso Profeta, para depois voltar a escrever algo assim.

      "Ps. Estou amando esse livro! Se esse livro já é de massacrar os apologistas católicos cretinos e as olavetes, imagine quando sair o livro sobre a monarquia católica brasileira. Deus te abençoe, que Jesus esteja com você"

      Obrigado, Deus lhe abençoe igualmente!

      Excluir
  17. Banzolao outra coisa queqgostaria de comentar sobre o livro é o capítulo que aborda o extermínio cometido pelos espanhóis contra os indígenas, justamente por eles não terem aceitado o catolicismo, fsto ocultado oor muitos historiadores que ni gersl falam apenas dedmotivações econômicas para cometer tal genocídio, falando do mesmo genocídio cometido no nosso território, pelos portugueses, eu li o Guia Politicamente Incorreto da Historia do Brasil descrito pelo Leandro Narloch que é aoenas jornalista não é historiador formado mas desconstrói muitos argumentos esquerdistas,como o fato dis guerrilheiros comunistas que lutaram contra a ditadura serem heróis, além de outras figuras que apesar de serem idolatrada por muitamgwnte não eram o que a história oficial conta por exemplo Zumbi não era abolicionista e tinha escravos, Lampião era um criminoso violento, não o Robin Hood que muita gente acreditou ser, mas no entanto penso que ele erra ao dizer que os portugueses não cometeram genocídio e sim que os indígenas se mataram sozinhos, ele me parece passar pano para os colonizadores portugueses nesse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas os portugueses não cometeram mesmo um "genocídio" de índios, quem cometeu foram os espanhois (eu explico o porquê disso em um dos primeiros comentários ao artigo sobre o tema). Sim, houveram índios assassinados pelos portugueses, mas não em massa a ponto de ser classificado como um genocídio. O pior foi a escravidão e os abusos que aos poucos foram reduzindo a população indígena a ponto de se tornar o que é hoje, mas eles não saíam passando a espada em todo mundo igual aos espanhois.

      Excluir
  18. Outra afirmação duvidosa do livro Guia Politicamente Incorreto da Historia do Brasil é a de que os nativos nãocuidavam tão bem da natureza assim, que já tinham queimadi muitas florestas e que até aprenderam com os portugueses a preserva - lá o que mevparece uma piada já que o pau brasil foi prstucamente extinto pelos colonizadores além de boabparte da Mata Atlântica original, eu penso que o Narloch quis refutar todos argumentos esquerdistas e como boa parte desses gostam de idealizar o índio e atacar sempre o português ele quis fazer o contrário, só que também errou pprque a colonização fez muito mais mal que bem para o Brasil, vc o que achou di livro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso daí é uma piada mesmo, eu até ri aqui quando li isso, mal posso acreditar que alguém tenha realmente escrito uma m* dessas. Eu não li o livro dele inteiro, mesmo porque não tem credibilidade acadêmica para merecer uma leitura completa, mas do que eu me lembro de ter lido não havia nada de tão surreal como isso, embora houvesse mesmo alguns disparates. Tem muitos acertos também, mas infelizmente no fim das contas acaba sendo uma obra de proselitismo político ideológico ao invés de um livro de história propriamente dito (algo parecido com o que os esquerdistas fazem nos livros deles glorificando Marx e atacando o capitalismo e tudo o que odeiam, só que ao reverso).

      Excluir
    2. A propósito, o próprio Narloch já disse que escreveu esse livro "para polemizar", deixando nas entrelinhas que não tinha tanto comprometimento com a verdade histórica dos fatos mas apenas o objetivo de causar polêmica e falatório (e neste sentido seu livro atingiu em cheio os objetivos).

      Excluir
  19. Lucaas, eu lhe parabenizo por mais esta obra produzida por você. O que eu acho mais incrível da sua parte é que você, muito generosamente, disponibiliza gratuitamente uma obra (e todos os seus outros livros) que com certeza deu muito trabalho. Você poderia cobrar um preço realmente justo pelo livro na versão digital. O que você tem feito em defesa da apologética protestante e do verdadeiro cristianismo é simplesmente algo fenomenal. Espero que tenha muito sucesso na sua vida acadêmica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, obrigado pelas palavras! Sobre os livros, o propósito em disponibilizar de graça é garantir o acesso dos mais pobres que teriam pouca grana pra gastar em livros. Além disso ajuda a divulgar o trabalho (ao menos em tese, porque na prática às vezes parece que o povo só dá valor àquilo que paga). Algum dia eu vou planejar um curso ou coisa do tipo cobrando algum valor ainda que pouco, mas os livros eu pretendo deixar sempre de graça para não deixar ninguém "à margem" do conhecimento.

      Excluir
    2. os comunistas vão pegar o que você falou de ajudar os mais pobres e vão dizer "estes capitalistas malditos querem dizer falar que ajudão os pobres, que é algo que só os comunistas podem fazer aaaaaaa" kkkk, eles adoram dizer que só eles ajudam os pobres (ajudam tanto que aumentam o numero de pessoas pobres).

      Excluir
    3. Pois é, falou em pobre é com comunista mesmo, uma verdadeira fábrica de pobres (e de fuzilados).

      Excluir
  20. Amigo do Banzolão23 de agosto de 2018 20:26

    Banzolão, o que um ginecologista e um entregador de pizza tem em comum?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faço ideia mas acho que vem piada suja por aí o.O

      Excluir
    2. Amigo do Banzolão24 de agosto de 2018 09:50

      O que um ginecologista e um entregador de pizza tem em comum?

      Sentem o cheiro, mas não podem comer kkkkkkkk

      Excluir
    3. É piada suja: ambos só sentem o cheiro e não podem comer

      Excluir
    4. Amigo do Banzolão24 de agosto de 2018 18:23

      Piada suja? Que nada! Essa foi mais bem equilibrada. A do pinto do velhinho foi mais picante.

      Mas, vamos a uma mais inocente.

      Meu caro Banzolão, qual a religião dos cachorros?

      :)

      Excluir
    5. Se depender dos cachorros aqui da minha rua, deve ser o satanismo.

      Excluir
    6. Amigo do Banzolão25 de agosto de 2018 23:31

      "Se depender dos cachorros aqui da minha rua, deve ser o satanismo"

      kkkkk quase acertou.

      "qual a religião dos cachorros?"

      Cãodomblé

      kkk

      Excluir
    7. kkkkkkkkkkkkkkkk dessa vez você se superou!

      Excluir
    8. Amigo do Banzolão26 de agosto de 2018 23:58

      "dessa vez você se superou!"

      Em que sentido? Essa foi pior ou melhor que as outras?

      Excluir
  21. Avalie:

    https://www.youtube.com/watch?v=9LVlkab-cZs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim Lula não pode ser candidato? Poxa, que problema tem um bandido presidiário ser presidente enquanto preso? Gólpistas!

      Excluir
  22. Comente. Parece contraditório mesmo:

    https://www.youtube.com/watch?v=fq6MU0_haF4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, "aceitar Jesus" em realidade consiste em crer em Cristo genuinamente e demonstrar os frutos do arrependimento. Não é apenas um levantar de mão ou a mera repetição de algumas palavras. Mas isso não significa que essa prática deva ser abolida das igrejas evangélicas, pois tem um efeito simbólico relevante na vida de muitas pessoas que se comprometem publicamente a seguir a Cristo a partir dali e fazem esse "pacto" consigo mesmas. Pode não dar em nada e o cara se desviar dois minutos depois, mas pode ser um primeiro passo para uma vida cristã saudável.

      Excluir
  23. Gostaria de dividir minha opinião aqui com a galera(quem sabe, gerar um debate saudável): Recentemente, eu vi um vídeo do Mamaefalei e ele fez uma analogia, falou que se uma mulher fica de mini saia o dia todo, inclusive, trabalhar com esse roupa, e alguém a estuprar ele falou que o estuprador é o único culpado e que nada justifica o ato dele. Tudo bem, até acho mesmo que o estuprador é o mais errado na historia, mas tem um porém: eu também não concordo com a pessoa usar roupas chamativas de mais, pois isso pode incitar outra pessoa ao erro(pensar pornografia, levar a outra a masturbar-se, etc.), sendo de modo inocente ou não; não podemos ser pedra de tropeço. Novamente, eu acho que o estuprador É o mais errado na historia.

    Qual a opinião de vocês? Peço a todos que tenham educação e moderação, se existe uma opinião ao contrario, ou seja a mesma que a minha.

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião a mulher mesmo nestes casos não tem "culpa", a culpa em si pelo estupro é 100% na conta do estuprador, mas podemos dizer que a moça foi irresponsável e imprudente ao se vestir assim, da mesma forma que alguém que estaciona o carro e esquece e deixa a porta aberta e depois um bandido vai lá e rouba. É preciso considerar sempre que nós não estamos vivendo em uma sociedade ideal, mas bem longe disso, em um mundo corrompido que jaz no maligno, e por isso nossas atitudes devem ser pautadas nisso.

      Excluir
  24. Belo trabalho, Banzoli. Parabéns

    ResponderExcluir
  25. Lucas, quando um estrangeiro quisesse participar do culto e festividades israelitas, ele deveria ser circuncidado, e então seria aceito pelos hebreus; mas e uma mulher estrangeira? Poderia ser integrada mesmo não vindo de uma família hebreia? Ou apenas pelo casamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há nenhuma restrição em relação à mulher, então subtende-se que pode. Mas é claro que no caso dela ser casada, o casal só seria aceito se o homem se circuncidasse.

      Excluir
  26. Fala Lucas Blz? Finalmente o livro já tá pronto, eu já baixei e li alguns capítulos, realmente tá MT bom, parabéns pela literatura.

    Eu tenho tbm algumas dúvidas em relação a teologia e a História, e eu queria que vc me ajudasse com algumas perguntas:

    1) Qual a sua opinião sobre a Teologia da Substituição?

    2) É verdade essa história de que a Teologia da Substituição foi crida por todos os pais da Igreja?


    OBS: Não sou da teologia do pacto, mas dispensacionalista assim como vc.

    3) Quem vc acha que são os 144 mil que são ditos em Apocalipse?

    4) Vc acha que John Nelson Darby estava envolvido com ocultismo ou isso é pura bobagem?

    É só isso, graça e Paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, vamos às respostas :)

      1) Eu sou contra, sou dispensacionalista progressivo.

      2) Não me parece que os Pais da Igreja tocavam muito neste assunto, nem que tenham desenvolvido alguma teologia sistemática sobre isso. Mas alguns Pais tinham uma certa tendência antijudaica que na prática viabilizava exatamente isso que mais tarde se chamou de "Teologia da Substituição", mas que de fato só foi se consolidar na Idade Média.

      3) Todo o povo de Deus. Sobre isso eu escrevo aqui:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com/2015/09/quem-sao-os-144-mil.html

      4) Eu nunca pesquisei a este respeito, então não posso dizer. Pra mim basta o fato de ter ensinado uma heresia, sendo ele ocultista ou não.

      Abs!

      Excluir
  27. Sensacional, já coloquei na lista de leituras, dei uma passada pelo índice e vi que tem muita coisa em comum com "A história da reforma" do Carter Lindberg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma das melhores e mais utilizadas fontes do livro, embora o meu tenha uma ênfase mais apologética para o momento atual.

      Excluir
  28. Banzolao uma ideia discordante que eu tenho em relação a uma vc é a respeito política,por mais que tambem seja conservador e anticomunista eu vejo muita paranoia dos conservadores brasileiros com o comunismo, porque o PT ficou 13 anos no Brasil, e não fez regulação de mídia, reforma agraria e expropriacoes de empresas, que são medisas econômicas tipicss do marxismo, claro que nao sao liberais e usam as estatais para desviar dinheiro e se perpetuar no poder,eu já vi o dono do Itau dizer que eles nunca ganharam tanto dinheiro como no governo Lula, comunismo para mim é o que ocorre na Venezuela , o Chavez alterou a constituição para permitir reeleições ilimitadas e se perpetuar no poder, cassou a concessão da RCTV, uma espécie de Globo da Venezuela que lhe fazia oposicai, além de outras emissoras, e o regime se radicalizou ainda mais cim o Maduro metralhando pessoas que protestam e ainda prendendo um dos principais líderes da oposicao, o Leopoldo Lopez, aqui no Brasil pydemosptranquilamente tirar a Dilma e um processi dedimpeachment sem nknguem ter sido preso e metralhado nos processos e e nenhum líder do PSDB do DEM ou mesmo Bolsonaro e seus filhos foram presos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles não fizeram isso porque pensaram que ficariam muito tempo no poder e podiam fazer todas as "reformas" aos poucos, o PT não é um partido tão radical como o PSOL, PSTU, PCO e outros (que são o tipo de partido que se instalou na Venezuela e em Cuba). Embora eles visem o mesmo objetivo final, eles tem metodologias diferentes, um quer implantar as reformas de uma vez só por vias antidemocráticas e ditatoriais, o outro quer implantar as reformas com o tempo por meio de "ritos legais". Isso foi um militante do PSTU que me disse, o mais ativo na época da minha facul. Tanto é que agora o Lula já está com um discurso diferente, já disse várias vezes que vai censurar a mídia e até que prenderia o Sergio Moro (disse com outras palavras, mas deixando isso muito claro nas entrelinhas). Ou seja, a volta do Lula hoje seria mais ao estilo do Lula dos anos 80 do que aquele Lula que teve que se amansar para conseguir o poder na década passada. É um perigo tão grande quanto Maduro.

      Excluir
    2. Sim tsnto e você tem razao nesse aspecto tsnto que ppr incrível que pareça o PSTU foi a fsvor do impeachment pois acham o PT burguês demais, acham que o PT traiu a verdadeira esquerda ao se aliar com o PMDB e ppr isso mereceram o impeachment

      Excluir
    3. E o PSTU foi a favor da prisão do Lula também porque para eles o Lula é um burguês de direita tanto quanto Aecio, Temer, ao menos sãos coerentes, não compactuaram com a corrupção diferente do PSOL e do PCO que querem Lula Livre

      Excluir
    4. Pois é, geralmente quem é de extremos tem essa visão, costuma ver todos os outros no extremo oposto e só eles como a "esquerda autêntica". Na direita é a mesma coisa, os grupos de extrema-direita nem podem ouvir falar em Alckmin, Doria ou Amoedo que já saem esperneando que são "socialistas fabianos" sem sequer saber o que isso significa. Não que esses nomes (como todos os outros) não sejam criticáveis sob vários aspectos, mas dizer que são comunistas é ridículo demais, é coisa de gente cujo cérebro funciona apenas com pensamento binário. Para os extremistas de esquerda todos que não sejam o Boulos são "fascistas de direita", e para os extremistas da direita todos que não sejam o Bolsonaro são "socialistas fabianos". Não conseguem pensar além da caixinha do "salvador da pátria", seja ele quem for.

      Excluir
  29. Você apoia a democracia crista do formato na Alemanha, calçada na igreja luterana?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DC é católica cara

      Excluir
    2. Pelo menos o conceito político foi feito por católicos e para católicos.

      Excluir
    3. Não existe “democracia católica”. Ou é democracia, ou é católica. Enquanto a Igreja deteve o poder, os Estados católicos sempre foram despóticos, autoritários, tirânicos e totalitários; nunca houve liberdade de crença e os papas sempre repudiaram a liberdade de consciência, por isso falar em “democracia católica” chega a ser mais estúpido do que falar em “judeu nazista”. Se você ainda não aprendeu isso, está na hora de estudar um pouquinho.

      Excluir
    4. Não sou católico, sou protestante. Eu quis dizer que o conceito "Democracia Cristã" foi elaborado após a II GM por católicos e para católicos, adotando princípios seguramente ligados aos da ICAR. Essa "Democracia Cristã" é um conjunto de princípios que ataca o liberalismo econômico, que é essencialmente uma ideia protestante. Só quis dizer isso.

      Excluir
    5. O protestante não precisa da DC, pois já tem o liberalismo econômico consigo. Acho que você me entendeu de forma equivocada.

      Excluir
    6. Entendi o seu ponto, mas continuo discordando. Tem partidos políticos de "Democracia Cristã" que não são católicos, um exemplo disso é a UDC alemã (que foi a mencionada na pergunta), que além de ter sido fundada por luteranos tem como sua principal expoente a chanceler Angela Merkel que é protestante e governa a Alemanha há muito tempo (e bem, por sinal). Enfim, é um tanto quanto exagerado dizer que só católicos podem ser DC, a coisa é mais ampla que isso, mas respeito sua opinião.

      Excluir
  30. Iae, Lucas! Tudo bem? Gostaria de saber sua opinião sobre esse artigo: https://www.psychologytoday.com/us/blog/women-who-stray/201808/science-stopped-believing-in-porn-addiction-you-should-too?amp

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que só quem possui uma moral religiosa vai viver nesse "confronto interno" isso é uma coisa bastante óbvia; quem não tem Deus e nem valores pelos quais viver e lutar não vai se importar em viver no pecado qualquer que seja, vai "se entregar" à carnalidade sem nenhum peso na consciência, mas isso não significa que esse peso de consciência seja uma coisa ruim. Por exemplo, a maior parte desses estupradores e assassinados fazem isso porque já perderam aquele peso de consciência que lhes freava esses instintos carnais e lhes dizia para não agir daquela maneira, pois quem tem a consciência pesada em relação a algo tende a ter certos "freios" e a não ir adiante com aquilo. No caso específico da pornografia, é importante ter os "freios", i.e, a consciência pesada, porque se deixar e se entregar a ela é muito pior, não apenas em termos espirituais, mas em termos bem naturais mesmo, uma vez que é bem sabido os males que a pornografia acarreta. Neste artigo eu abordo alguns:

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2015/04/a-moral-humanista-secular-parte-1.html

      É verdade que os extremos devem ser evitados, tem gente que fica tão paranoica e perturbada com isso que acaba só pensando nisso o tempo todo e caindo mais nesse pecado por conta dessa paranoia, mas achar que não tem nada de errado com isso e se entregar à pornografia é um extremo muito mais grave com não poucos danos acarretados. Abs!

      Excluir
    2. Olá novamente Lucas! Gostaria de falar algumas coisas sobre esse tópico: Eu mandei esse artigo para outro cara(não citarei nomes), ele é doutor em química nuclear; ele falou assim:"Os dados parecem sólidos. Não acho que pornografia é viciante. É apenas destrutivo."

      Eu parei para pensar... O que não é viciante porém é destrutivo? Eu realmente não sei(ou não lembro). Teria alguma ideia? E o que acha da opinião desse Doutor?

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    3. Mas eu discordo disso, pode ser viciante também, há inúmeros relatos disso de um monte de gente, negar que a pornografia possa ser viciante é o mesmo que negar que bebida alcoólica ou drogas possam levar ao vício, ou seja, é negar a realidade por causa de "dados". Qualquer coisa que a pessoa faça sem "querer" fazer se chama vício. Se pessoas sem uma moral cristã não se sentem "viciadas" em pornografia não é porque elas realmente tenham o controle sobre o corpo delas, mas apenas porque se entregaram a isso sem restrições de consciência.

      Excluir
    4. Tudo bem, entendi seu ponto. Eu só ainda não sei algo que é destrutivo mas não é viciante. Você teria algum exemplo?

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    5. Eu parei um bom tempo pra pensar, mas também não achei exemplo nenhum. Parece que tudo o que é destrutivo é viciante mesmo.

      Excluir
    6. Talvez... Certas atitudes como ser egoísta, desrespeitar os pais, entre outras coisas, seja destrutivo mas não viciante. Mas não tenho certeza.

      Excluir
    7. Verdade, mas eu me referia a coisas mesmo (como cigarro, álcool, drogas, etc).

      Excluir
  31. Banzoli você conhece algum livro que faça uma crítica ao Método Histórico-Crítico? Refutando a filosofia e os pressupostos por trás da Alta Crítica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Uma Introdução aos Escritos do Novo Testamento", de Erich Mauerhofer, é uma abordagem conservadora do NT bastante recomendável, e que refuta muitas teses mirabolantes dos liberais.

      Excluir
  32. Lucas,pra vc o debate sobre a existência de Deus já não saiu de pauta ? N vejo um argumento ateu que já n tenha sido refutado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meio que saiu mesmo, está fora de moda, eu pelo menos não vejo mais se falar muito nisso, perdeu fôlego igual as discussões sobre homossexualismo que há anos atrás eram tão frequentes.

      Excluir
  33. Lucas, eu to aqui conversando com um católico (,de forma amigável e respeitosa,) sobre os Desigrejados e ele me disse:

    "Desigrejado e protestante são a mesma coisa. Ou vc é cristão Católico ou vc é cristão protestante.
    Se o cara acredita na sola scriptura e no sola fide, a bíblia dele possui 66 livros, então é protestante."

    Oq vc responderia???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da onde ele tirou que só existem cristãos católicos ou protestantes??? Esse é o tipo de pensamento binário de mentes limitadas que eu já me referi anteriormente. Há muitos grupos cristãos que não são católicos e nem protestantess, como espíritas (que se dizem cristãos), testemunhas de Jeová, mórmons e seitas diversas (incluindo aquelas formadas em torno de supostas "reencarnações" de Jesus em nossos dias). Dizer que alguém só pode ser "protestante" ou "católico" é dar um atestado de burrice e ignorância histórica sem igual, embora seja costume entre alguns católicos mais desonestos a praxe de jogar na conta do protestantismo qualquer movimento que não tenha nada de protestante. Para ser considerado protestante é preciso PELO MENOS aceitar os cinco "solas" da Reforma: Sola Scriptura (o que descarta os mórmons logo de cara), Sola Fide (o que descarta seitas judaizantes), Sola Christus (o verdadeiro Cristo, o que descarta seitas que adoram uma "reencarnação de Jesus" na terra), Soli Deo Gloria e Sola Gratia. Além disso há um compilado de doutrinas cristãs que todos os protestantes concordam independente da denominação, como por exemplo essas:

      https://reformingcatholicconfession.com/portuguese/

      Se porventura algum desigrejado concorda com tudo isso, então ele pode ser considerado protestante ainda que não congregue em denominação alguma. Mas infelizmente boa parte deles discorda de pontos basilares da Reforma e não creem nem sequer na inspiração da Bíblia que é a coisa mais básica de todas, então estes não podem ser classificados como protestantes (e nestes casos, eles mesmos não se consideram protestantes, e ainda atacam os evangélicos como ninguém mais).

      Enfim, é isso.

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta Lucas, Vc se importa se eu copiar a sua resposta e enviar para o católico com que eu estava conversando???

      Excluir
  34. Por que o povo brasileiro é contra o conhecimento?

    ResponderExcluir
  35. Lucas, poderia analisar esse vídeo do tal Paulo Leitão?

    Link do vídeo: https://youtu.be/3veZELKFkmE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho vários artigos sobre isso que refutam o que ele diz, por exemplo:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2017/12/as-portas-do-inferno-nao-prevalecerao-e.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2017/12/a-igreja-somos-nos-e-nao-uma.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/02/a-igreja-invisivel-perfeita-e-igreja.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2014/05/o-que-significa-parte-1.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/07/o-que-significa-igreja-parte-2.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2012/08/o-que-e-a.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/06/a-igreja-e-coluna-e-sustentaculo-da.html

      Excluir
  36. O q vc acha de anna catharina emmerich ?

    ResponderExcluir
  37. Banzoli, por que Deus jogou o inimigo na Terra antes do homem ser criado, como diz Apocalipse 12? Não dá a entender que Deus quis a queda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja este artigo que trata basicamente da mesma problemática:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/06/por-que-deus-nao-nos-criou-direto-no.html

      Excluir
  38. Por que já nascemos herdando "injustamente" uma natureza pecaminosa maldita que não escolhemos? Por que sofremos as consequências do erro de Adão e Eva?
    Mas as pessoas podem dizer: "Mas Deus oferece o céu para todos". Mas o que dizer das pessoas que não pediram para nascer, mas nasceram já herdando "injustamente" uma natureza JÁ CONDENADA, e só porque não aceitou o convite divino ela vai para o inferno?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse problema só existe se você crê em inferno eterno. Se você crê em aniquilacionismo, o destino final de uma pessoa que não queria nascer e se matou, por exemplo, é o mesmo que ela teria se não tivesse nascido mesmo (i.e, a inexistência). "Serão como se nunca tivessem existido" (Ob 1:16). E ainda teve uma grande oportunidade de ter herdado o Céu, oportunidade essa que os não-nascidos não tiveram, então está no lucro.

      Excluir
    2. E essa problemática?:

      Por que já nascemos herdando "injustamente" uma natureza pecaminosa maldita que não escolhemos? Por que sofremos as consequências do erro de Adão e Eva?

      Excluir
    3. Isso aí eu respondo mais no artigo que linkei na sua outra pergunta.

      Excluir
  39. Avalie entre 22:30 e 32:00:

    Educação e Cultura: debate entre Olavo de Carvalho e Eduardo Bueno no Fórum da Liberdade 2004:

    https://www.youtube.com/watch?v=L6AB7jZ-hiY

    Aconselho que algum dia vc assista todo o vídeo. Pois é interessante! Nesse tempo, Olavo ainda estava sã. E o Eduardo Bueno aparenta ser um grande conhecedor da História do Brasil. Então, vale a pena ver esse debate.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom o trecho selecionado. Mais tarde tentarei assistir o debate completo. Obrigado por compartilhar o conteúdo.

      Excluir
    2. Anônimo
      Bro, com todo respeito, mas esse Eduardo Bueno não é um sujeito confiável. Ele tem muitas tendencias ao esquerdisno e é tão desonesto e ser vergonha quanto os Tridentinos. Sendo que há vídeos no canal dele onde ele defende ditadores canalhas como Hugo Chávez e Evo Morales e já até afirmou que os movimentos que defendem liberalismo econômico só tem feito mal para a América Latina.

      Excluir
  40. Banzoli, o que você acha de Ellen G. White?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma teóloga como qualquer outra, não uma profetiza infalível e nem uma líder de seita.

      Excluir
  41. Lucas, cara poderia me ajudar a refutar esse argumento desse ateu? Ele diz que a Bíblia teria sido supostamente "adulterada", pois os primeiros evangelhos só foram escritos anos após a morte de Cristo. E "por isso" a mensagem "se perdeu". Vc tem algum artigo específico sobre esse tema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué, o que isso tem a ver? Porque os evangelhos foram escritos anos após a morte de Jesus então não podem ser verdadeiros? Nunca vi um argumento tão estúpido. Eu poderia escrever um livro discorrendo sobre o que aconteceu nos atentados de 11 de setembro de 2001 mesmo tendo ocorrido há 17 anos, e nem por isso ele seria necesariamente falso. É uma "lógica" sem pé nem cabeça.

      Excluir
  42. Lucas tava em um vídeo no youtube e vi uma comentário que dizia uma asneira que a palavra grande apostasia em 2 Tessalonicenses significa "afastar" e ai ele falou que a igreja ira ser arrebatada pois "antes do anticristo, ira se revelar a Grande Apostasia", ou seja, ele interpretou este texto de uma maneira completamente errada, falando que o anticristo só ira se revelar após o arrebatamento da igreja.

    Mas ele também disse uma coisa interessante, ele falou que satanás não sabe quando é o fim dos tempos e que por isso, ele envia "anticristos" em varias eras diferentes pois não sabe o tempo certo (ele citou Hitler como exemplo de um anticristo), o que você acha disso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tese em si até que é possível, mas dificilmente Satanás não saberia que "Hitler" não dá 666 na gematria, ou acreditaria realmente que há cem anos atrás era possível marcar todas as pessoas do planeta para poderem comprar ou vender (hoje isso seria facilmente possível através de chips e moedas virtuais que já existem, mas há cem anos seria fantasioso demais, coisa de ficção científica).

      Excluir
  43. Lucas, o que você acha da militarização das escolas públicas no Brasil? Sinceramente falando eu SOU CONTRA, acho que os políticos deveriam investir mais em educação e ser mais seletivo na contratação de novos professores. Além disso, países como Alemanha, Estados Unidos, Finlândia, Suécia, Suíça, Dinamarca, Coréia do Sul e Japão, que são os países com os melhores indícios de educação nunca precisaram usar desse método para ter educação de qualidade, sinceramente acho que a nossa educação é uma porcaria por culpa da cultura católica, sinceramente provavelmente votarei no Bolsonaro, mas tem duas coisas que eu discordo dele: Militarização das escolas e Engrandecimento da ditadura militar. Sou conservador de direita, mas não apoio a Ditadura militar e o militarismo nas escolas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O militarismo tem alguns aspectos positivos como a disciplina em sala de aula (nas escolas públicas atuais o professor perdeu a autoridade em sala de aula e o aluno faz o que quiser, há até muitos casos de agressão física de aluno contra professor), mas em geral acaba passando dos limites e se apega demasiadamente a ritos desnecessários ou inúteis como se literalmente estivesse em um exército. É possível trazer disciplina sem necessariamente militalizar as escolas, mas para isso seria preciso mais do que investimento, seria preciso conscientização e transformação moral da sociedade, coisas muito difíceis em uma cultura tradicionalmente católica e atualmente mesclada com o que há de pior na sociedade.

      Excluir
    2. Bem como os pais deveriam educar direito os seus filhos, pois 99% desses "alunos" que agridem o professor não tiveram uma educação adequada, ou simplesmente os pais não tão nem aí, Sinceramente, se a pessoa não quer ter filhos use contraceptivos (com tantos métodos contraceptivos hoje, ainda tem gente que inventa desculpa) ou não tenha relações sexuais, simples! Mas a partir do momento em que a criança nasce é responsabilidade das pessoas que a trouxeram ao mundo, ninguém pediu pra nascer! s
      Se todos os pais ensinassem os filhos a terem respeito e disciplina, garanto que não teríamos 90% dos atuais problemas nas nossas escolas públicas.

      Excluir
  44. Lucas, tenho tbm uma dúvida escatológica em relação ao evangelho sendo pregado em todo o mundo e as duas testemunhas. Por acaso o evangelho do reino que será pregado em todo o mundo descrito em MT 24:14, ele vai ser pregado ainda nesse tempo em que estamos vivendo (o princípio das dores), ou será na época em que as duas testemunhas estiverem aqui pregando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto dá a entender que será até o início da grande tribulação, já que é mencionado em seguida o "sacrilégio terrível", que ocorre na metade da tribulação. Mas é um processo que se iniciou desde o século I e que vai perdurar até lá.

      Excluir
  45. OH BONZOLÃO, DA UMA ANALISADA NISSO:
    https://skemmata.blogspot.com/2017/07/papismo-e-mais-antiga-forma-de.html
    https://skemmata.blogspot.com/2018/08/a-reforma-magisterial-protestantismo-pe.html
    http://skemmata.blogspot.com/2018/06/por-que-ortodoxia-nao-tem-seu-proprio.html
    https://skemmata.blogspot.com/2017/04/um-cristo-e-tres-religioes-vladimir-de_8.html
    http://skemmata.blogspot.com/2018/06/por-que-ortodoxia-nao-tem-seu-proprio.html
    http://skemmata.blogspot.com/2018/08/ortodoxia-e-heterodoxia-pe-victor.html
    http://skemmata.blogspot.com/2018/08/ortodoxia-e-heterodoxia-pe-victor_11.html
    https://skemmata.blogspot.com/2018/08/ortodoxia-e-heterodoxia-pe-victor_17.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muitos artigos, eu não tenho tempo pra ler tudo isso não. Tem um em específico que gostaria que eu comentasse?

      Excluir
    2. Os dois primeiros Links.

      Excluir
    3. Tirando toda a "encheção de linguiça", refutações ao papismo e papo "místico", sobra isso aqui de ataque real ao protestantismo no artigo dele:

      "E os protestantes simplesmente aceitaram este dogma em sua essência, e o ampliaram em terríveis magnitudes e detalhes. Essencialmente, o Protestantismo não é senão um Papismo geralmente aplicado. Pois no Protestantismo, o princípio fundamental do Papismo é trazido à vida por cada homem individualmente. Depois do exemplo do homem infalível em Roma, cada protestante é um homem clonado infalível, porque ele finge infalibilidade pessoal em matéria de fé. Pode-se dizer: o Protestantismo é um Papismo vulgarizado, apenas desprovido de Mistério (isto é, sacramentalidade), autoridade e poder"

      Agora eu quero saber: de onde ele tirou que os protestantes se consideram infalíveis?? Veja, ele faz apenas uma acusação, sem trazer nenhuma evidência ou prova nessa direção. É como se a acusação que ele faz fosse a "prova" por si só. Nenhum protestante, repito, NENHUM protestante se considera "infalível em matéria de fé". Isso é apenas acusação irresponsável e leviana, nada mais. Não há qualquer credo, concílio ou confissão de fé protestante que afirme esse tipo de coisa, não há nem mesmo leigos dizendo isso aí em algum lugar. Eu inclusive acrescentaria que os patriarcas ortodoxos estão muito mais próximos da figura de um "líder infalível" do que qualquer protestante que seja. Falando pessoalmente, eu estou 100% aberto a mudar de ponto de vista em qualquer coisa quando percebo que estou errado, e de fato já mudei muitas vezes - justamente por NÃO me considerar infalível, pois se me considerasse infalível a própria hipótese de estar errado em algo seria automaticamente descartada. Um patriarca ortodoxo poderia fazer o mesmo? Dificilmente, pois na cabeça dele estaria "indo contra dois mil anos de tradição". Ou seja, as acusações que ele faz são muito pertinentes... contra ele mesmo.

      *Obs: esse post chegou ao limite de 200 comments e por isso eu o encerrei, se quiser continuar este assunto pode comentar no post mais recente ou em qualquer outro.

      Excluir
  46. Olá Lucas, eu de novo mas para saber seu insight sobre uma dúvida que tenho tido a algum tempo já : eu sou alérgica a um punhado de coisas e incluindo frutos do mar. De toda essa categoria o camarão tem uma alta taxa de risco mortal quando ingerido provocando inúmeros casos com choque anafilático imediato até, e conheço caso próximo a mim no qual a pessoa faleceu.
    Em Levíticos 11:9-11 diz o seguinte:

    "De todas as criaturas que vivem nas águas do mar e dos rios, vocês poderão comer todas as que possuem barbatanas e escamas.
    10 Mas todas as criaturas que vivem nos mares ou nos rios, que não possuem barbatanas e escamas, quer dentre todas as pequenas criaturas que povoam as águas quer dentre todos os outros animais das águas, serão proibidas para vocês.
    11 Por isso, não poderão comer sua carne e considerarão impuros os seus cadáveres.”

    Longe de mim querer fazer discurso legalista, mas até pesquisas recentes apontam que o camarão não é lá o alimento mais saudável do planeta, e dado os inúmeros casos, quase todos graves por ingestão do crustáceo, e ao me deparar com esse versículo me pergunto se não há um motivo óbvio para a proibição da alimentação desses bichos por serem provavelmente tóxicos ao organismo humano e sem querer ser redundante, um alerta ao homem ao possível perigo de se comer camarão e afins.
    Gostaria de seu parecer sobre o assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, com certeza, Deus não proibiu o consumo daqueles animais à toa, ele tinha razões espirituais e também naturais para isso (envolvendo a saúde). Nem tudo hoje faz sentido "proibir" porque já se possui métodos mais "puros" para a digestão de certos alimentos que passam por um processo de "higienização" antes de ser colocada para o consumo, mas há coisas que ainda hoje fazem mal à saúde de muita gente (como por exemplo a carne de porco). Eu não diria que é um "pecado" comê-las pois nenhum alimento é pecaminoso em si mesmo, mas se algo faz mal à saúde de alguém em particular então cabe ao indivíduo calcular os riscos e perigos e tomar a decisão que seja melhor para a sua saúde, sempre tendo sua consciência como um "termômetro" para não incorrer em extremos legalistas (por exemplo, eu sei que um "Big Mac" do Mc Donald's e que Coca-Cola fazem mal, mas se eu regular no consumo desses alimentos e não comê-los com frequência eu não terei problemas sérios, então não é o caso de se proibir terminantemente como os casos de alergia que você mencionou).

      Excluir
    2. Sim, concordo. Obrigada pela resposta ;)

      Excluir
    3. Olá,desculpe meter o nariz onde não fui chamado, rsrs,mas concordo bastante com a Nataly e acho que não foi a toa que ela chegou nessa conclusão. A palavra de Deus realmente nos orienta em tudo nessa vida mas infelizmente muitos cristãos por terem adquirido um sentimentor anti Torah acabam achando que obedecer aos mandamentos os tornam legalistas e etc. Ao meu ver isso não é ser legalista ou judaizante mas é ser biblico, além de que eu acho super importante preservar certas práticas de acordo como o próprio Deus outorgou pois isso contextualiza a minha fé e nos dá uma identidade mais unificada para com o reino Dele. Lembrando que também não acho que as leis alimentares tenham algo a ver com salvação mas sim com o nossó bem estar,saúde e também como o meio que Ele nos deu para discernir o puro do impuro e o profano do santo. Acho que vale a pena persistir no modelo bíblico embora hoje existam meios de deixar o camarão mais limpinho,rsrs. Abraço!

      Excluir
  47. Banzolão, se alguem vem com uma problematica, como tu resolve este negocio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende, de que problemática você se refere?

      Excluir
    2. Se alguém vem com problemática, eu tenho a solucionatica.

      Excluir
    3. Hahaha eu suspeitava que fosse isso. Esse véio tá toda hora interrompendo meus vídeos no Youtube, odeio ele :/

      Excluir
    4. Só pra estragar a piada xD
      R: Adiciona extensão no Google chrome "Adblock" - bloqueia adsenses, anúncios, etc. Bem tranquilo de instalar e gratuito.
      E vc ainda ganha 5s de vida por cada vídeo em q aparece (isso qnd não tem + naqueles vídeos longos do youtube)

      Excluir
    5. Vlw pela sugestão, vou ver isso aí. Abs!

      Excluir
  48. Banzoli, estou orando por ti, não desfaleça cabra macho!

    ResponderExcluir
  49. O que você acha daquela ideia de que um "super meteoro" dizimou os dinossauros?

    ResponderExcluir
  50. Parabéns por mais essa obra de grande valor Lucas! Estarei lendo-a assim que terminar o seu livro sobre a Imortalidade da Alma.

    Sobre esse assunto, queria sua ajuda; mais especificamente sobre a "Parábola do rico e Lázaro". ("Travei a leitura" nessa parte, analisando seus argumentos :v)

    Enfim, existem certas objeções a alguns de seus argumentos a respeito dessa parábola:

    1) é fato que o relato do Rico e Lázaro se encontra entre parábolas, e Jesus não precisava avisar que tal relato seria uma parábola ou não. Porém, diante do contexto, dos 7 relatos declaradamente parabólicos, porque justamente, só o do Rico e Lázaro não teria o termo parábola relacionado, como os demais? Isso não demonstra uma despretensão de Jesus em tratar aquele relato em especifico como uma parábola?

    2) A história do homem rico e Lázaro usa o nome real de duas pessoas (Lázaro e Abraão), o que a diferencia das outras histórias chamadas de parábolas, nas quais os personagens não são nomeados. Vc diz em seu livro que não existe regra que obrigue que uma parábola tenha nomes. Mas, o próprio fato de todas as parábolas (99,99%) não possuir nomes, não seria uma prova em si? Não seria contraditório todas as outras não possuir nomes, e justamente a única a possuir ser a do Rico e Lázaro?

    Ademais, você comenta que Jesus utilizou o nome de Abraão para confrontar os Fariseus. Porém, com que propósito ele adicionou também o nome do mendigo? E se deu nome ao mendigo, então, porque também não deu ao Rico?

    3) Esta história não parece enquadrar-se na definição de uma parábola, a qual é uma apresentação de uma verdade espiritual usando uma ilustração terrena. O cenário para a maior parte da história é no além, ao contrário das parábolas, que se manifestam em contextos terrestres. O que vc pode dizer respeito Lucas?

    4) Vc, por acaso, não teria tido um erro de interpretação ao assimilar desejar comer, com, de fato comer? Pois o relato mostra que ele estava desejando comer e não que estava comendo. Sendo assim, muda drasticamente a improbabilidade do cenário; você não acha?

    No mais, é isso irmão. Só queria esclarecer essas dúvidas, por enquanto.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, há um tempo atrás eu fiz um vídeo novo sobre a parábola respondendo a estes questionamentos extras, recomendo que o assista:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/01/a-parabola-do-rico-e-lazaro-prova.html

      Sobre os questionamentos:

      1) Nem todos são "declaradamente" parabólicos. Pegando apenas as daquele contexto, as primeiras três sim (embora a terceira seja a continuação da segunda), a do filho pródigo não, a do administrador desonesto não, a do rico e Lázaro não, a do empregado não e a da viúva sim. Então não é só a do rico e Lázaro que não há a menção expressa de ser parábola. Vale lembrar mais uma vez que há relatos de parábolas que em um evangelho diz que é uma parábola, e o outro evangelho conta a mesma parábola sem dizer que é parábola (mas sendo mesmo assim). Ou seja, a menção expressa de ser parábola não é um critério para definir o que não é.

      2) Isso eu respondo no vídeo.

      3) Essa parábola não tinha nem como ser uma "ilustração terrena", já que supostamente se trataria do mundo do além, que não é "terreno". Ou seja, foge totalmente à "regra" de usar ilustrações de coisas terrenas do nosso dia a dia. Ela é muito mais semelhante às parábolas que personificam árvores no AT do que com as outras parábolas que Jesus costumava contar.

      4) Mas não tem nenhum sentido um espírito "desejar" comer. A nossa capacidade de sentir sede ou fome vem do nosso organismo, é uma coisa biológica, atrelada ao corpo. Sem falar que seria totalmente inútil pedir para molhar a língua se não tem uma língua. Imagine que conversa mais bizarra seria essa em que um espírito sem corpo sente sede e pede para molhar uma parte do corpo que não possui. É claramente uma personificação de personagens inanimados, e não um diálogo real ou baseado na realidade.

      Abs.

      Excluir
  51. Lucas, sobre a inquisição quais livros vc me indicaria para eu ler?

    Ainda sobre a inquisição, qual a sua opinião sobre aquele livro do Cristian Iturralde intitulado "Inquisição, um tribunal de misericórdia"? Eu particularmente ainda n li esse livro, mas parece ser interessante (Embora ele tenha alguns vieis revisionistas, mas eu sempre me lembro daquela frase "Ler não significa concordar".) Enfim, gostaria de saber a sua opinião sobre esse livro e quais livros vc me recomendaria para ler sobre a inquisição.

    ABS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não li esse livro ainda, mas pelas resenhas e comentários parece ser o mesmo repeteco do revisionismo de livros como o da "Inquisição em seu Mundo" (do João Bernardino Gonzaga), que é de onde provém grande parte das mentiras que são copiadas e repassadas adiante por outras fontes. Eu lhe recomendo começar lendo duas fontes primárias sobre a Inquisição: primeiro o "Manual dos Inquisidores", de Nicolau Eymerich e Francisco Peña, e depois os "Anais da Inquisição de Lima", de Ricardo Palma. Após ler esses livros absolutamente fundamentais, volte aqui e eu lhe recomendarei outros livros de fontes que mesmo não sendo primárias tem muitas informações importantes com credibilidade acadêmica.

      Abs.

      Excluir
  52. Lucas porquê você não grava um vídeo de voz no YouTube?

    ResponderExcluir
  53. Lucas,podes me indicar livros pra quem tá começando na filosofia ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filosofia não é minha área, meu campo é teologia e história. Quem sabe tudo de filosofia é o Vitor Abm, tente entrar em contato com ele se puder (parece que ele se ausentou do facebook, mas está toda hora saindo e voltando):

      https://www.facebook.com/antoniovitor.interiores

      O site dele é esse aqui:

      http://umavisaoreformada.blogspot.in

      A fonte que ele mais usa e cita é o Herman Dooyeweerd, um renomado e respeitado filósofo holandês protestante do século passado que eu também vejo sendo citado como autoridade por muitos outros do ramo, então creio que será bom que você comece pelos escritos dele.

      Excluir
  54. Lucas, o que acha disso? Recomendo que leia atentamente e se possível faça um artigo sobre.

    http://biblelight.net/peters-jerusalem-tomb.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem esse túmulo em Jerusalém, tem um outro em Roma, já ouvi dizer que acharam outros "Pedros" em outros lugares, enfim, não há nada certo quanto a isso. No meu entender Pedro morreu em Roma, não por causa de um túmulo, mas porque é o testemunho patrístico. Para os primeiros Pais da Igreja Pedro não foi bispo de Roma e muito menos um papa, mas veio a Roma no final da vida onde veio a ser martirizado, assim como ocorreu com Paulo. Sobre isso eu escrevo nestes artigos:

      http://apologiacrista.com/pedro-nunca-foi-bispo-de-roma

      http://apologiacrista.com/a-missao-secreta-de-pedro

      Excluir
    2. Entendo e concordo que mesmo que Pedro tenha morrido em Roma,isso não faz dele um papa,não sei se chegou a ler o texto do link acima mas achei os relatos bem impressionantes e não sei se essas outras tumbas de Pedro tem evidencias tão fortes. O testemunho patristico também é forte mas fico pensando em o que sabe-se lá que pode ter acontecido verdadeiramente. Deus o abençoe!

      Excluir
  55. Lucas, pq Deus criou o inferno e satanás e seus anjos? Pq ele manda pro inferno pessoas que ele ama?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novamente, essa é uma problemática apenas para quem adere à tese do inferno de tormento eterno. Aniquilacionistas não tem problema nenhum com a concepção de "inferno" porque o inferno bíblico (=geena) não é uma câmara eterna de torturas, mas apenas uma punição proporcional aos pecados de cada um tal como um pai que disciplina seu filho com palmadas proporcionais ao erro que cometeu, e não para sempre. E se Deus não castigasse de modo nenhum em algum lugar que chamamos de "inferno", ainda que temporariamente e de modo proporcional aos delitos de cada um, não haveria diferença entre um "ladrão de frangos" e um Adolf Hitler, pois seriam todos aniquilados sem passar por nenhum castigo prévio que distinguisse um do outro (é o mesmo problema do tormento eterno, que é infligido indistintamente sobre todos). Ou seja, o inferno de castigo proporcional é o único que, no meu entender, tem coerência lógica (além de ser o mais defensável biblicamente).

      Excluir
  56. Amigo do Banzolão28 de agosto de 2018 00:08

    Boa noite, Banzolão. Durma bem, e sonhe com essa cara linda kkk:

    https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRJwIJv9P_nMslUmdDZz5AjbKWXN5zWIMa8Uegpf1SgfUMYFJYmRQ

    ResponderExcluir
  57. Avalie: https://www.youtube.com/watch?v=DwOvrGdrJko

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa agenda da ONU tem erros, ok, até o Amoedo reconheceu isso, mas o que é irritante é esse desespero patente em se atacar os outros candidatos de direita que não seja o Bolsonaro. Quem vê até pensa que o Bolsonaro está denunciando essa agenda com unhas e dentes, quando na verdade provavelmente nem sabe o que é isso e sequer se pronunciou a respeito. O Bolsonaro pode errar no que for que eles fazem vista grossa e não falam nada, mas quando um outro candidato dá qualquer tropeço por menor que seja já estão todos lá para pegar uma frase e usá-la para atacá-lo de todas as formas. É a mesma tática de demonização arbitrária usada pela esquerda, só que agora instrumentalizada pela direita. É claramente uma forma de manipulação das massas através de "denúncias" seletivas, chega a ser ridículo.

      Excluir
  58. Amigo do Banzolão28 de agosto de 2018 10:35

    Banzolão, porque pessoas que tem bafo conversam tanto? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que isso não seja uma indireta (que se conste que eu escovo bem os meus dentes).

      Excluir
    2. Amigo do Banzolão29 de agosto de 2018 00:35

      porque pessoas que tem bafo conversam tanto?

      Porque elas querem desabafar

      :)

      Excluir
  59. o protestantismo se difere do catolicismo por enfatizar a alfabetização dos aderentes desde cedo com estrutura ou não fornecida pelo estado já permitindo o uso disseminado da imprensa, as congregações religiosas são feitas pela população para população , usando o vernáculo enquanto o catolicismo era um sistema mais feudal de estratos com base forte em aculturação lenta em mostrar o quão civilizado você era por fugir das suas origens e transição entre ''castas'' através do casamento e abandono do resto do seu povo, o catolicismo usa a comunidade em benefício próprio, sem contar as várias outras questões como desperdício do dinheiro em ornamentação e extravagância barroca e cultural do clero e ênfase no passado por tentar copiar a vida dos santos, ao invés de se preocupar com presente e futuro etc.....

    ResponderExcluir
  60. AVISO:

    Este post chegou a 200 comentários, depois disso os comentários mais antigos começam a "sumir" por causa dos mais recentes, então eu fecharei a caixa de comentários aqui. Se alguém quiser comentar qualquer coisa, pode fazer no post mais recente.

    ResponderExcluir