1 de abril de 2019

200 A Bíblia é machista por pregar a submissão feminina? O que isso significa, e o que ela diz sobre os homens?



Eu raramente peço isso, mas considerando o tema polêmico e o terreno pedregoso, estou pedindo que se você deseja ler este artigo, que leia até o final, pois a chance de tomar conclusões equivocadas ao se ler pela metade é consideravelmente alta. Dito isso, vamos ao que interessa. Você provavelmente já leu os versículos abaixo:

“Do mesmo modo, mulheres, sujeitem-se a seus maridos, a fim de que, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavras, pelo procedimento de sua mulher” (1ª Pedro 3:1)

“Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor” (Efésios 5:22)

“Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como convém a quem está no Senhor” (Colossenses 3:18)

Esses versículos são frequentemente usados por neo-ateus e críticos da Bíblia para acusar os escritores bíblicos de serem “machistas” que “inferiorizavam” as mulheres, tratando-as como um ser de segunda classe. O que eles não dizem é que esses versículos que falam do dever da esposa para com o marido estão no mesmo contexto dos versos que falam dos deveres do marido para com a esposa (que são sempre convenientemente omitidos). Nós veremos quais deveres são esses em um instante, mas primeiro precisamos analisar se a submissão que a Bíblia pede da esposa ao marido consiste mesmo em algum tipo de preconceito ou inferiorização.

Dois versos depois desse de Colossenses, Paulo diz que os filhos devem obedecer aos pais em tudo, usando a palavra grega upotassw. Esse termo nunca é usado na Bíblia sobre a relação da esposa e do marido, que em vez disso usa o termo upotassw, que é o mesmo usado para descrever a relação entre Jesus Cristo e Deus Pai (1Co 15:28). Naturalmente, ninguém concluirá que Cristo é um “escravo” do Pai ou que esteja em posição de inferioridade por natureza em relação a Ele. Da mesma forma, quando a Bíblia fala da esposa se sujeitar ao marido ela não está falando em termos de obediência incondicional ou como se fosse uma “propriedade” do homem. Inclusive o versículo anterior a esse de Efésios declara:

“Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo” (Efésios 5:21)

Note que imediatamente antes de Paulo dizer «mulheres, sujeitem-se a seus maridos», ele havia dito a todos os cristãos para sujeitarem-se uns aos outros, sem distinção de sexo ou qualquer outro fator. E é a mesma palavra upotassw que ocorre nestas duas ocasiões. Portanto, se a sujeição da mulher ao seu marido significa algum tipo de “escravidão” ou “inferiorização”, tenha em mente que Paulo não pede isso somente das mulheres, mas de todos nós. E da mesma forma que a Bíblia diz que Jesus é upotassw (submisso) ao Pai, ela também diz que ele foi upotassw aos seus pais terrenos (Lc 2:51), e ninguém seria insano de considerar que ele é de alguma forma inferior a José e Maria. Os jovens também são instados a upotassw (se submeterem) aos mais velhos (1Pe 5:5), e eu não vejo nenhum neo-ateu exclamando que a Bíblia é preconceituosa contra os jovens.

Semelhantemente, a Bíblia fala da upotassw a líderes piedosos da igreja, como «os da casa de Estéfanas» (1Co 16:15-16), precisamente porque eles “tem se dedicado a servir aos santos” (v. 15). Aqui nós encontramos um detalhe de extrema importância para compreendermos a lógica bíblica da submissão. O texto não diz simplesmente para se sujeitar aos da casa de Estéfanas porque eles eram líderes, mas sim porque eles eram servos dos irmãos da igreja. Em outras palavras, os irmãos da igreja só deviam submissão a eles porque eles os serviam – e não porque fossem reizinhos ou desfrutassem de uma “superioridade natural”. É a “humilhação” do primeiro que leva à sua “exaltação” pelo segundo.

O próprio Senhor Jesus disse que “se alguém quer ser o primeiro, seja o último de todos e o servo de todos” (Mc 9:35). Em termos simples: nós não nos sujeitamos a eles por serem os “maiorais”, os “bam-bam-bam” ou os “reis da cocada preta”, mas justamente pelo contrário: porque eles se inferiorizam em relação aos demais, tornando-se servos deles. Não é a superioridade que leva à honra, mas a inferioridade. No mundo dos negócios, nos sujeitamos àqueles que estão acima de nós; no mundo espiritual, nos sujeitamos aos que estão abaixoÉ justamente isso o que explica os textos que falam da esposa se sujeitar ao marido, que se tornam perfeitamente claros quando observamos os deveres do marido para com ela, no mesmo contexto:

“Maridos, amem suas mulheres, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, e apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. Da mesma forma, os maridos devem amar as suas mulheres como a seus próprios corpos (Efésios 5:25-28)   

“Do mesmo modo vocês, maridos, sejam sábios no convívio com suas mulheres e tratem-nas com honra, como parte mais frágil e co-herdeiras do dom da graça da vida” (1ª Pedro 3:7)

“Maridos, amem suas mulheres e não as tratem com amargura. Filhos, obedeçam a seus pais em tudo, pois isso agrada ao Senhor. Pais, não irritem seus filhos, para que eles não se desanimem” (Colossenses 3:19-21)    

Aqui vemos que o marido deve amar a esposa de uma forma sacrificial, como Cristo amou a Igreja. Assim como Cristo “entregou-se” (eufemismo para morreu) por nós, o marido deve morrer pela sua esposa, se preciso for. Isso também implica em sacrifícios no dia a dia, pois se devemos nos sacrificar a este ponto, quanto mais nas discussões cotidianas. Em outras palavras: embora seja o marido quem “controle” a relação, é dele o dever de se sacrificar e fazer quantas concessões forem necessárias a fim de agradar uma mulher que não seja controladora e rixosa. Por isso quase todos os relacionamentos dão errado por dois motivos: ou porque a mulher “manda” no marido e o manipula, ou porque o marido é egoísta e não se sacrifica por ela.  

O relacionamento ideal é aquele onde o marido é o “cabeça” (Ef 5:23), mas em vez de usar sua autoridade para afligir a esposa e agir como um tirano, a usa para tratá-la como uma rainha e dar a ela tudo o que ela merece, mesmo que isso exija um certo sacrifício de sua parte. É a mulher a «parte mais frágil» que precisa ser cuidada com todo o carinho e atenção, e não o homem. Por isso quem precisa se doar mais e fazer mais concessões em um relacionamento é o homem, embora ele tenha, em tese, a “palavra final” por ser o cabeça. Para citar um exemplo simples e prático: o marido quer assistir um filme na Netflix, a esposa quer assistir outro filme; o marido tem a palavra final por ser o cabeça, e portanto decide assistir o filme que a mulher quer.

Todo o ponto em questão reside no conceito de “autoridade”, que no nosso mundo é quase sempre aplicado no sentido de forçar a sua vontade sobre os outros, quando biblicamente deveria ser exatamente o contrário disso. A autoridade só está com alguém que é servo, e a definição de um servo é justamente de servir os demais; fazer a vontade deles e não a sua. Por isso as igrejas geralmente pregam tão mal quando falam da submissão feminina, pois só ensinam a parte da mulher, fazendo parecer que ela é uma “escrava” do homem, o qual não teria obrigação nenhuma a não ser de dominá-la e controlá-la ao seu bel-prazer. Este tipo de ensino é realmente machista e reprovável, porque ele não reproduz o que a Bíblia como um todo ensina sobre o relacionamento entre o homem e a mulher, mas apenas pincela textos específicos usados convenientemente fora do contexto para justificar um abuso.

Se o ensino correto fosse pregado, o conceito de submissão da esposa ao marido não seria jamais tomado como um exemplo de machismo ou de misoginia, porque à luz do que isso significa diante do contexto bíblico é um conceito muito mais favorável à mulher do que ao homem. Como a moça abaixo comentou, «se meu marido me amar como Cristo ama a Igreja a ponto de dar a sua própria vida para preservar a minha, se ele cuidar de mim para me apresentar ao Senhor sem manchas e coabitar comigo me tratando com amor e honra, como vaso mais frágil que sou, então ser submissa será uma honra e nada pesado ou humilhante»:


O mundo odeia o ensino da submissão feminina porque empresta o conceito de autoridade do próprio mundo, e não da Bíblia. E como há muito mundanismo na Igreja, também não faltam homens machistas que tomam esse conceito mundano de autoridade para tratar sua esposa com tirania e brutalidade, como se fosse propriedade sua. Por isso há tantos homens grosseiros e opressores, e também tantas mulheres mandonas e briguentas. Tudo seria muito mais fácil se deixássemos nos guiar pelo modelo ideal que a Bíblia nos orienta, em vez de nos apegarmos a conceitos mundanos de relacionamento – mesmo quando justificados por textos convenientemente isolados e mal interpretados.

O modelo bíblico não é de uma mulher controladora ou de um marido autoritário, mas de uma esposa submissa a um marido que a serve e se sacrifica por ela.

• Compartilhe este artigo nas redes:

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,


- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!


- Baixe e leia os meus livros clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.


ATENÇÃO: Sua colaboração é importante! Por isso, se você curtiu o artigo, nos ajude divulgando aos seus amigos e compartilhando em suas redes sociais (basta clicar nos ícones abaixo), e sinta-se à vontade para deixar um comentário no post, que aqui respondo a todos :)  

200 comentários:

  1. Lucas, o que Paulo quis dizer quando escreveu que a mulher vai ser salva pela maternidade? Já li alguns textos afirmando que as mulheres precisam ser mães e donas de casa, você concorda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu discordo totalmente que as mulheres sejam obrigadas a serem "mães e donas de casa" para serem salvas, em primeiro lugar porque isso vai de encontro à doutrina elementar da salvação pela graça mediante a fé, e em segundo lugar porque isso condenaria ao inferno todas as mulheres estéreis (ou com marido estéril) ou que não conseguiram arranjar um marido por qualquer circunstância que seja, o que é um absurdo. Sobre esse texto em específico, a explicação mais simples é a que o Nicodemus dá neste vídeo:

      https://www.youtube.com/watch?v=zBYy0Ss00fQ

      Também há quem interprete que "será salva dando a luz à filhos" se refira não à salvação da alma, mas sim ao livramento da morte no momento do nascimento (porque naquela época era super comum as mulheres morrerem ao darem a luz), então o que Paulo estaria falando neste caso é que as mulheres realmente cristãs e piedosas seriam salvas deste fim trágico. Eu considero essa outra interpretação mais improvável, a não ser que se prove que em toda a história do Cristianismo nenhuma mulher santa morreu ao dar a luz (o que acho bem difícil de ser o caso).

      Excluir
  2. Esse artigo foi uma obra prima, parabéns Lucas, você é uma bênção!
    Apenas acho que um erro passou despercebido durante a revisão do texto >>> "(...) usando a palavra grega upotassw. Esse termo nunca é usado na Bíblia sobre a relação da esposa e do marido, que em vez disso usa o termo upotassw"(?).
    Apenas essa observação, se eu que estiver me enganando peço perdão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Sobre o "upotassw" eu não achei no texto, mas pode ser que seja porque eu estou lendo na versão do computador, talvez na versão para celular seja diferente. O que ocorre é que essa palavra grega não existe na formatação de uma fonte padrão do blogger (eu uso a Verdana, que não possui esses caracteres gregos), então ele automaticamente converte do grego para o português (e fica essa transliteração tosca aí), em vez de manter o termo grego. Ao que parece (e eu não posso confirmar isso porque não leio sites pelo celular) a versão em celular não preserva os caracteres na sua fonte original, como a versão para computador permite. Ou seja, ele pega todas as fontes usadas no texto e as converte para o padrão (Verdana), aí acaba ocorrendo isso aí.

      Excluir
    2. Entendi, estou lendo pelo celular mesmo, obrigado.

      Excluir
  3. Palmas para esse post! Me ajudou muito a compreender melhor essa questão, que Deus te abençoe muito.
    Lucas, queria apenas acrescentar que, num vídeo do Rodrigo Silva, que infelizmente não lembro qual é, mas foi em uma de suas pregações em igrejas, ele toca no assunto desses textos de submissão e diz que na verdade o que está no original grego é algo como "Mulher, não use o poder que você tem contra seu marido", e é por isso que hoje o texto ficou preservado com a palavra submissão. Você tem um certo poder que sabe que pode ser usado pra se aproveitar mas abre mão dele por uma pessoa, logo, você se SUBMETE a ela. Lembro que, no momento que ele explicou isso a igreja inteira se surpreendeu, por mais que a gente saiba que esse texto não está dizendo que a mulher é inferior, parece que já estamos tão acostumados com as acusações de machismo e com o próprio machismo existente na sociedade, que quando descobrimos o que realmente quer dizer até nos surpreendemos por ele aparentemente soar tão 'empoderamento feminino'.
    Além disso, ele também cita que no Genesis, quando a mulher está sendo feita, o verbo usado no texto da a ideia que Deus fez algo polido, precioso, com cuidado. E quando ele está criando Adão aparece um verbo diferente que não enfatiza tanto essa ideia, algo assim se não me engano. E ele ainda diz algo sobre esse texto que indica que quando o homem foi feito havia apenas a base de uma construção, e que com o decorrer da história e a criação da mulher, o texto indica uma construção agora já completa, sendo assim os dois se completam, feitos um pro outro, com o mesmo valor que o outro, ambos ser humano. No caso, essa questão do Genesis eu não me lembro tão bem como que ele explicou e não sei explicar os termos técnicos, mas vou procurar pelo vídeo, esse lance do Genesis ele ate cita em mais de uma pregação eu acho. Irei procurar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não me lembro de ter visto esse vídeo do Rodrigo Silva (embora acompanhe muita coisa dele, ele realmente costuma ser profundamente lúcido e esclarecido, é sempre um grande prazer ouvi-lo e aprender algo a mais), se alguém tiver o link e puder passar aqui, eu agradeço. Grande abraço!

      Excluir
  4. Lucas você concorda comigo? Que o cristão não tem que fazer justiça com as mãos (a não ser a autoridade).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se por "fazer justiça com as próprias mãos" você se refere à vingança pessoal, eu concordo. Mas é bom lembrar que a Bíblia não se opõe à legítima defesa ou ao direito de guerra por razões legítimas (por exemplo, contra os nazistas, ou contra alguém que quer invadir o seu país e escravizar todo mundo).

      Excluir
  5. Lucas, sobre a recente(e ótima) alta de comentários, qual seria a sua solução para responder mais pessoas(ou todas!)? Pensa em cria e um FAQ(PFR, em português)? Quem sabe um video?

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é preciso, porque sempre que um artigo chega aos 200 comments eu abro um novo, e aí é só postar ali. Abs!

      Excluir
  6. Eu tava tendo uma idéia meio maluca. Tipo assim: imaginei que um crítico da Bíblia poderia fazer a seguinte crítica: "mas ela(a Bíblia) poderia estar dizendo que era pro marido ser tirano, mas também ser amoroso com ela." Ai eu me questiono; como pode um tirano ser orientado a amar sua esposa como Cristo amou a Igreja, dando sua vida por ela e também ser orientado a amar a esposa como ele ama a si mesmo? Querer o bem de alguém como quer o próprio bem é totalmente o contrário de ser autoritário; Se você tenta ser tirano e ao mesmo tempo amoroso como é a si mesmo, você não passa de um incoerente hipócrita. Logo esse argumento podre não passa de uma merda bem fedida.

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
  7. Now that is an excellent article. I like it!

    ResponderExcluir
  8. Lucas, umas perguntas (eu sou o mesmo anonimo que no artigo anterior fiz uma pergunta do diluvio)

    -Segundo as datações cientificas, Memphis existe pelo menos desde três mil anos antes de Cristo, e as três piramides de Gizé a 2600 anos antes de Cristo, portanto, como o diluvio poderia ter sido 2300 se teria destruído estas piramides e as cidades egípcias e hoje nem saberíamos delas?

    -Você diz que uma grande prova de que o homem foi criado 4000 anos a.C é que a escrita surgiu tambem nesta época (o que é verdade), mas se o diluvio destruiu toda a civilização antiga, como sabemos que a escrita é desta época? Alem do mais os escritos eram feitos em tabuas de barro e argila, então mesmo que tivessem sido soterrado pelo diluvio (e muitas placas antigas não estão, são encontradas na superfície mesmo) já eram para terem sido dissolvidas por serem feitas de barro. Como conciliar as duas coisas?

    -Para você quais povos e culturas foram positivas para a humanidade e quais foram negativas para a humanidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá novamente:

      1) É a mesma coisa que eu respondi no outro artigo. Todas essas datações são baseadas na cronologia evolucionista, são baseadas nas próprias pressuposições deles, portanto não é algo que um criacionista leve a sério. É como se você chegasse numa casa vazia com uma torneira aberta pingando gotinhas de água, com a pia quase cheia. Você faz as contas e conclui que com aquele ritmo a pia deve ter demorado uns 2 meses para encher daquele jeito, mas isso parte de uma pressuposição: a de que o ritmo foi sempre o mesmo no passado (ou seja, a tese do continuísmo). Pode ser que cinco minutos antes alguém tenha aberto a torneira e a pia se encheu daquela forma, depois fechou e ficou caindo gotinhas (quando você chegou), e por isso os seus cálculos estejam completamente errados, porque aquilo que você presumiu ter acontecido em meses na verdade ocorreu em poucos minutos. Da mesma forma, não existe um método infalível de se datar qualquer coisa, as pirâmides não vem com uma fita adesiva escrita "tenho tantos mil anos", esses cálculos são feitos baseados em pressuposições, e as pressuposições podem estar erradas ou sujeitas a variáveis as quais desconhecemos.

      2) Essa data (4 mil anos a.C) é a oferecida pelos evolucionistas; como eu já disse, pode ter sido menos que isso em realidade. O ponto em questão é a que a escrita é um fenômeno extremamente recente na história humana de acordo com a própria cronologia evolucionista, e que já nasceu extremamente complexa, de um modo totalmente reverso ao que deveríamos esperar se ela tivesse sido criada aos poucos por seres primitivos de um passado distante e evoluído ao longo das gerações (como seria de se esperar neste caso). Além disso, não é de se descartar a hipótese de que Noé tenha preservado escritos em tábulas de barro na Arca, da mesma forma que preservou os animais.

      3) É muito difícil responder isso. Embora haja algo de positivo em culturas antigas como os mesopotâmicos, os gregos e os romanos, de forma pragmática nenhuma civilização antiga deu mais contribuições do que os judeus, no campo da ética e da moral (no meu livro "Deus é um Delírio?" eu comparo a lei de Moisés com as leis da época, e mostro como representou um notável progresso para os padrões daquele tempo). Mas saindo do campo da ética e entrando naquilo que diz respeito à economia, ciência, tecnologia e outras coisas que propiciaram o mundo e a vida que nós temos hoje, sem sombra de dúvida só poderíamos citar países reformados do século XVI em diante, mas principalmente dois que se destacam bem acima dos demais: o Reino Unido e os Estados Unidos. Quase tudo aquilo que temos de ciência, tecnologia e capitalismo vem desses dois. Mas também caberia um destaque especial à Holanda, que mais contribuiu nos seus primórdios e que de certa forma tornou tudo isso possível. Dentre os negativos, com certeza constariam impérios sanguinários como o da Assíria, da Babilônia e o mongol, além dos ibéricos dos tempos da Inquisição e dos árabes do tempo de Maomé, sem se esquecer daqueles todos que aderiram ao comunismo e que deram um passo pra trás no progresso da humanidade.

      Excluir
    2. Para aqueles interessados ​​em uma descrição legível dos métodos de datação por radioisótopos e sua aplicação na geologia, evolução e arqueologia, eu recomendo "Relógios da natureza: como os cientistas medem a idade de quase tudo" por J.D. MacDougall. Outro bom livro é "Mistérios de Terra Firma: A Idade e a Evolução da Terra", de James Lawrence Powell. Esses livros mostram como os métodos de datação por radioisótopos combinam com outras evidências de uma terra antiga, todas inconsistentes com uma Terra com apenas milhares de anos de idade.

      Antes da invenção dos métodos de datação por radioisótopos, estimativas da idade da Terra baseadas em física e geologia alcançaram uma idade mínima de 20 milhões de anos por Lord Kelvin, e idades da ordem de centenas de milhões a bilhões de anos baseadas em estimativas de as taxas de processos geológicos.

      Se você é cético sobre as datas do radioisótopo, tenha isso em mente: quanto tempo você acha que um pedaço de arenito leva para se formar? O arenito é composto de grãos de areia fundidos por alto calor e pressão. Os grãos de areia são resistentes a rochas ígneas, como o granito. Então, o seguinte tem que ocorrer para que o arenito se forme: uma gota de magma tem que subir à superfície e esfriar; então tem que se transformar em grãos de areia; a areia tem que se lavar até uma bacia sedimentar e ser depositada em camadas; o sedimento tem que ser enterrado sob material sobrejacente suficiente para criar a pressão e a temperatura necessárias para fundir os grãos; então o material sobreposto deve ser removido para expor o arenito. Cada um desses processos leva muito tempo, nos milhões de anos. Assim, a existência de arenito é consistente com uma escala de tempo geológico nos muitos milhões de anos no mínimo.

      Aqui está outro fato correlativo: usando as características conhecidas do sol (massa, temperatura, composição) pode-se calcular sua expectativa de vida por meio das conhecidas reações termonucleares que o alimentam. Isso dá uma vida útil de cerca de 10 bilhões de anos. Portanto, é razoável postular uma era do sistema solar nos bilhões de anos.

      Aqui está outro fato correlativo: usando a taxa conhecida de deriva dos continentes da Terra e a distribuição de fósseis, pode-se calcular quando a América do Sul e a África foram unidas pela última vez. Resposta: 130 milhões de anos atrás.

      Estes são apenas alguns exemplos de muitas correlações com outras evidências que não dependem de métodos de datação por radioisótopos,

      Excluir
    3. Valeu Lucao agradeço pelas respostas.

      Excluir
    4. "Cada um desses processos leva muito tempo, nos milhões de anos"

      E como você sabe? Alguém esteve vivo por milhões de anos consecutivos para assegurar que este processo leva milhões de anos para acontecer? Nana-nina-não. São apenas estimativas tiradas de pressuposições. Esse processo pode demorar alguns milhares de anos para acontecer, que como ninguém esteve vivo por esses milhares de anos, vai pensar que demorou milhões. De modo que perguntar "quanto tempo você acha que um pedaço de arenito leva para se formar" só faz sentido se for com algo TESTÁVEL, OBSERVÁVEL E REPRODUZÍVEL, o que não é o caso de coisas de "milhões de anos". Os outros argumentos que você dá também são todos baseados em pressupostos. No caso da separação dos continentes, é baseado no pressuposto de que esse afastamento é CONTÍNUO, ou seja, que eles continuam se afastando hoje na mesma velocidade que se afastavam no passado. Isso é totalmente impossível de se verificar ou provar, é apenas um pressuposto que um cientista assume para fazer um cálculo. Para os criacionistas, o dilúvio global é o responsável por esse afastamento radical das placas, que desde então tem se afastado muito pouco. Isso é explicado neste documentário:

      http://lucasbanzoli.no.comunidades.net/provas-do-diluvio-global-e-da-terra-jovem

      O curioso é que os cientistas da terra jovem tem o mesmo tipo de argumento, só que do lado deles. Por exemplo: a lua está se afastando lentamente da terra a uma velocidade de 4 cm por ano. Mesmo que a lua tivesse iniciado a sua recessão praticamente encostada à terra, ela atingiria a posição atual em cerca de 1,37 bilhões de anos, ou seja, a idade máxima dela seria bem menos do que a assumida hoje pelos evolucionistas. Esse argumento parte do mesmo pressuposto que você aplica à idade da terra: o continuísmo. Mas ele só vale como pressuposto quando serve para fundamentar a terra velha; se é para fundamentar a terra jovem aí não vale mais. Isso é pura desonestidade. O erro não está nos cálculos, mas no método. Até eu que nem sou cientista consigo entender isso. E há muito mais 'provas' do tipo, como por exemplo essas:

      https://pontodevistacristao.weebly.com/as-10-melhores-evidecircncias-da-ciecircncia-que-confirmam-uma-terra-jovem.html

      No livro "Como Tudo Começou", do Dr. Adauto Lourenço, isso tudo é explicado com muitos detalhes. Eu não vou ficar discutindo isso aqui, porque esse é um blog de teologia e não de ciência (você pode discutir isso com o Inteligentista que ele vai adorar), eu apenas respondi uma pergunta simples que me foi feita, de acordo com o meu entendimento. Peço que não insista.

      Excluir
  9. Pq Jesus vai esperar 1000 anos para condenar os ímpios ? Eu sempre achei que na ressureição e no arrebatamento, eles já fossem julgados e condenados. E nesse milênio, haverá tentação e pecado ? Poderemos ser condenados ao fim ? E oque acontece depois do milênio ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Pq Jesus vai esperar 1000 anos para condenar os ímpios?"

      Isso é completamente irrelevante da perspectiva de quem está morto. Para alguém que morreu e voltou ao pó da terra pode ter se passado mil, dois mil ou um bilhão de anos na terra, que para ele será a mesma coisa: nada. Quando ele ressuscitar, será como se tivesse voltado à consciência em um abrir e piscar de olhos, porque ele não tem consciência do tempo que passou à sua volta enquanto esteve sem vida. Ademais, se Jesus ressuscitasse os ímpios antes do milênio, isso comprometeria a vida dos salvos na terra neste mesmo período, os quais seriam obrigados a conviver com eles, o que comprometeria a descrição bíblica do milênio como um período de completa paz.

      "Eu sempre achei que na ressureição e no arrebatamento, eles já fossem julgados e condenados"

      Quem é julgado após o arrebatamento são os salvos. Os ímpios são julgados após a ressurreição deles (que não é a mesma ressurreição dos justos, e nem acontece após o arrebatamento, mas mil anos depois).

      "E nesse milênio, haverá tentação e pecado? Poderemos ser condenados ao fim?"

      Não.

      "E oque acontece depois do milênio?"

      A ressurreição, juízo e condenação dos ímpios, a eliminação de todo o mal e o estado eterno dos salvos.

      Excluir
    2. Ondem tem uma linha cronológica do que está previsto para acontecer, escatologicamente falando? Me perco quando leio essas coisas....

      Excluir
    3. Eu fiz uma no final deste vídeo:

      https://www.youtube.com/watch?v=2Fre-fDThkk&t=1s

      Excluir
  10. Varolão, por que a Biblia diz que a mulher é o vaso mais fraco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade o termo correto é "frágil", não "fraco". Que a mulher é mais frágil que o homem, isso é uma constatação biológica. Por isso ela precisa de mais proteção e cuidado.

      Excluir
  11. https://www.tudocelular.com/mercado/noticias/n139992/youtuber-nando-moura-prisao-dois-anos.html o que achas Banzolão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Nando já respondeu isso daí e disse que é fake news. Se é mesmo ou não, só o tempo dirá.

      Excluir
    2. Mas ela merecia uma punição,acho ridículo alguém dedicar todo o seu canal no YouTube onde poderia fazer algo muito produtivo,como por exemplo,voltar a ensinar música ,como ele fazia no começo do canal,para xingar adversários políticos,e pior ainda,com palavrões para depois se dizer cristão,igual fez com o PC Siqueira,chamou o cara de corno,o comparou com o cachorro dele que também é vesgo,de maconheiro filho da puta,para depois no final do vídeo, dizer que Cristo o ama,e que está orando por ele, onde que Cristo zombaria da traição que alguém sofreu?E onde ele zombaria de defeitos físicos ?E ele conviveu com pessoas que bebiam muito em sua época,não aprovava,mas nem por isso ficava xingando,pelo contrário acolhia e so era duro com os fariseus,então ele merece ao menos uma condenação para pagar uma cesta básica, prestar serviço comunitário,não precisava chamar a menina de vagabunda so porque discorda da militância afro dela.

      Excluir
  12. Bom dia. Gostaria se saber se eh correto orar ao Espirito Santo para que nos encha como em pentecostes? E se eh correto orar para ser batizado no Espirito Santo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Embora eu não concorde que o batismo no Espírito Santo se refira ao dom de línguas em si (mas sim ao preenchimento do Espírito, que acontece na conversão genuína), a Bíblia diz que nós devemos buscar com afinco os dons espirituais (1Co 12:31), então isso está certo.

      Excluir
  13. Em filipenses 1:18 como entender a versao nvi, seja por motivos falsos? Quer dizer que vale tudo na pregacao da palavra? Isso endossa muita da carnificina catolica... como entender?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é este o contexto, o contexto fala de pessoas que pregavam Cristo por motivos egoístas, numa época em que o Cristianismo ainda era relativamente pouco conhecido. O que Paulo está dizendo é que pelo menos há uma coisa boa nisso, porque assim mais gente ficava sabendo de Jesus e podia se interessar mais nisso e assim descobrir a verdade, então mesmo que a intenção desses pregadores não fosse das melhores, indiretamente eles estavam fazendo algo útil, que era tornar Cristo mais conhecido. Obviamente Paulo não se referia a monstruosidades morais como a carnificina católica. Seria como se eu dissesse que os apologistas católicos fazem um bom trabalho de divulgação do meu blog, ainda que façam isso na pior das intenções (que é difamando e perseguindo). Ou seja, ainda que eles falem para denegrir, no final o tiro sai pela culatra porque muito mais gente acaba conhecendo esse ministério através deles e desta forma eles ajudam no crescimento do site, é o mesmo que ocorria na época de Paulo em relação a esses que falavam de Jesus sem ter as melhores intenções.

      Excluir
  14. "Kaique31 de março de 2019 21:59

    Vocês tem que ver a surra que o conde tá levando de mim e principalmente do Thiago Dutra sobre esse assunto. O pior é que o sujeito acha que consegue intimidar alguém com os seus ataques baixos:

    https://www.facebook.com/350026275611176/posts/365399517407185/"

    O mais interessante foi seu comentário sobre o cardeal John Henry Newman de que as doutrinas católicas foram desenvolvidas ao longo do tempo e essa posição é defendida hoje em dia na Igreja Católica e ele nem sabia do que você estava falando.

    Da pra ver que esse Conde é apenas um católico palpiteiro. Não manja nada dos assuntos católicos, apenas joga pra galera pra ver se engana alguns trouxas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Surra épica. Acabei de ler todos os comentários e eu fico surpreso em como esse cara foge do tópico principal pra fugir do ônus da prova (que era sobre a assunção de maria)
      Todo dia o conde apanhando de maneira diferente

      Excluir
    2. A partir do momento em que um indivíduo diz que vai "mijar no caixão da porca da sua mãe" já dá pra perceber o nível da coisa. Esgoto moral.

      Excluir
  15. Enquanto comunista nutella anda de Ferrari ou Mercedes, o comunista raiz anda de Trabant ou de Lada Laika:

    https://youtu.be/DEUWDn2DbW0

    Acho que vou comprar um desses para o Historiador, ou para o Paulo Ghiraldelli ou para o Samuel Borelli. Aposto que o Historiador vai amar ter um Trabant. Só não podem ter um Tatra 603, esse aí é para a burguesia, digo, para os burocratas do Partido. [Sarcasticmode/🤣]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acompanho esses canais,pelo que entendo eles não são comunistas,e,sociais democratas, nem toda pessoa de esquerda é comunista,o Samuel Borelli é cirista,o Henry Bugalho gosta do Ciro tbm,o Ghiraldelli que me parece mais crítico do liberalismo e do capitalismo em geral,mas ao mesmo tempo,defende Israel,coisa que um comunista jamais faria,vcs tem que tomar cuidado para não banalizar a expressão ´´comunista´´,igual a própria esquerda faz com a palavra ´´fascista´´,qualquer um que pensa como eles é fascista,e para certa direita,qualquer um que não for de direita vira comunista.

      Excluir
    2. Os sociais democratas não querem a destruição do capitalismo,diferente dos comunistas,eles só querem uma maior presença do estado na economia,assim como são a favor de políticas de distribuição de renda,eu não concordo com a social democracia,penso que a economia cresce mais com o liberalismo,mas é preciso saber diferenciá-los dos comunistas,não podemos por ignorância simplesmente ficar banalizando uma palavra,assim como eles mesmo fazem com a palavra ´´fascista´´.

      Excluir
    3. Eu também acompanho eles (também admito que eles são ótimos quando o assunto é Olavismo cultural) , mas foi só uma brincadeira, tava apenas sendo sarcástico. Ok

      Excluir
    4. Eles podem até não ser (ou não se dizer) comunistas, mas adoram divulgar canais assumidamente comunistas, como aquele "Teze Onze" da Sabrina, que é alegadamente marxista revolucionária e faz oposição "à esquerda" do PT, e é adorada por todos eles (exceto o Ghiraldelli que a chamou de burra por ficar do lado dos palestinos contra Israel).

      Excluir
    5. A Sabrina Fernandes do Tese Onze atacou até a Tabata Amaral,que é do PDT,partido do Ciro Gomes,ou seja,não é de direita,apenas porque a Tabata aceitou uma bolsa da fundação do Jorge Paulo Lemann para estudar em Harvard,achei um absurdo,se a Tabata Amaral foi criada na periferia de São Paulo,filha de mãe diarista e pai cobrador de ônibus,como ela iria custear os estudos em Harvard sozinha?Mas a Sabrina entende que para ser de esquerda não pode aceitar nada de uma organização capitalista

      Excluir
  16. Na boa esses olavetes veem comunismo até em placa de carro:

    https://youtu.be/ZlzO0g2DkuU

    É mole não hein

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo isso faz parte do grande plano URSAL, denunciado pelo sábio intelectual cabo Daciolo.

      Excluir
  17. Bem interessante(nota: eu não sabia que a galera Ancap não ligava muito pra o direito dos animais; coisa que eu acho que o Arthur tá certo, com algumas ressalvas; não gosto que torturem ou maltratem animais): https://www.youtube.com/watch?v=yZL50HPRegM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Animais não tem direitos por não serem seres capazes de realizar a praxis, que é o axioma da ação humana. É impossível justificar direitos dos animais sem cair no juspositivismo, mas desnecessário explicar essa parte
      Além disso, nenhum libertário defende o mal trato de animais, já que se o animal é minha propriedade eu obviamente serei contra o mal trato com ele, e se ele não for meu, não poderei fazer nada contra ele.

      Excluir
    2. https://rationalchristiandiscernment.blogspot.com/2019/03/how-are-we-to-address-animal-rights.html

      Excluir
    3. Nice article. Professor Afonso de Vasconcelos Lopes spoke about this subject in these recent videos (it is in Portuguese, but you can activate the subtitles in English):

      https://www.youtube.com/watch?v=nHwIdQLEhVc

      https://www.youtube.com/watch?v=EWq7tAATsdk

      Excluir
    4. I didn't know you were a blogger, Jesse! I liked your publication and answer for my question.

      I would like to know your opinion on this article linked below:

      https://www.psychologytoday.com/intl/blog/animal-emotions/201801/animal-consciousness-new-report-puts-all-doubts-sleep

      If I may add, I don't think that Psychology Today is a science-less article, then it could be interesting to read and consider their posts.

      God Enlighten you!

      Excluir
    5. Hello Victor,

      I would say that animals are indeed conscious; otherwise how could they be trained, mate, have instincts, etc? But they do not make moral choices or have the ability for self-determination. The article assumes conscious means having free will and moral choices, which is ludicrous.

      This article may also be beneficial here:

      https://rationalchristiandiscernment.blogspot.com/2017/07/the-moral-argument-against-evolution.html

      Excluir
    6. Here's another thing I quote that I would like to add...It's a quote from a book that I could not have articulated better myself:

      "...if life we nothing more than materials, then we'd be able to take all the materials of life-which are the same materials found in dirt-and make a living being. We cannot. There's clearly something beyond materials in life. What materialist can explain why one body is dead and another body is dead? Both contain the same chemicals. Why is a body alive one minute and dead the next?"

      Norman L. Geisler and Frank Turek, I Don’t Have Enough Faith to be an Atheist, p. 129

      Excluir
    7. Hello Jesse!

      About animals possessing moral choices or free will, I don't know whether this proceeds or not. However it's curious some cases of animals acting as they have(some degree of)moral knowledge; like when chimps grief when another dies. Could this mean animals are sensitive to pain and mental traumas? I think that, if they are conscious, they do can feel pain(physical or mental), hate, can like someone or dislike someone, etc.

      What I said above, in my opinion, is reforced by the Bible, at some laws and recommendations gave at the firsts 5 books teaching how to do not mistreat animals. Thus, if those laws exist to don't mistreat them, God is concerned about their wellbeing.

      This is only my opinion; you are free to agree or don't.

      God Enlighten you!

      Excluir
    8. I do not see a reason to reject the notion of animals feeling physical pain or having emotions. But their brains are not rational or analytical like ours. It is obvious that animals do not have a moral code to live by. And I agree that animals are not to be abused.

      Excluir
    9. I mostly agree with you. (And I must give a better example of curious thing: I seen that chimps have the tendency of punish aggressors, and give a mutual comfort(hug, give things, etc.) on the victim.) There is no better way to see how humans are unique than behold TES V: Skyrim; or airplanes; or cellphones; or computer(And, please, don't use the argument that animals just don't do all we do just because they don't have opposable thumbs...)xD

      God Enlighten you!

      Excluir
    10. These behaviors may be present in animals but may be explained by other means that differ according to the animal (or species). Retribution may happen. Saving one's own or saving others important to an ecosystem may be a behavioral instinct. But we cannot assign morality to these behaviors since morality comes from our being made in the image of God. Human nature is different from animal nature (though both are God's creatures).

      Excluir
  18. Agora, uma pergunta meio polêmica(recomendo que assistam o vídeo que vou colocar no final para entender): se a Bíblia condena o maltrato de animais, porque ela também, no VT(Velho Testamento) da instruções para sacrificar animais? Isso não é contraditório?

    https://www.youtube.com/watch?v=F2btV9Czb1I

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, maus tratos seriam caracterizados de quê modo?
      A partir dessa premissa respondida, você deve perceber que é totalmente diferente maltratar um animal e o sacrifício que era realizado (onde a dor do animal seria mínima).
      Nessa mesma lógica ainda, a Biblia seria a favor do veganismo, já que seria contraditório também.

      Excluir
    2. Sem falar que esses animais mortos eram comidos depois. Se isso for proibido, então deveríamos proibir comer carne de uma vez.

      Excluir
  19. Comente:

    https://youtu.be/w3q3LP8ZiBA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Nando disse que esse processo contra ele é uma fake news. Eu até acho que ele merece ser processado sim, mas não por isso. Ele já xingou gente de bem (que nunca fez mal nenhum a ele) de coisas bem piores que isso, só que a maioria das pessoas aceita ser difamada pra não ter que arcar com despesas e com o tempo que demanda um processo.

      Excluir
  20. Comente:

    https://youtu.be/Yh38VJSEx5I

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe mas eu não vou assistir nem comentar vídeos desse sujeito doente. Tudo tem um limite, certo tipo de gente é tão baixa que não merece nem ser assistida, então peço que não me passe mais vídeos desse cidadão. Obrigado.

      Excluir
    2. Esse vídeo me apareceu do nada enquanto pesquisava vídeos a respeito do Kim, e olha achei esse vídeo um lixo, depois que li seu comentário, fui dar uma olhada nos vídeos desse cara e dei um block nele. Esse cara é realmente um sujeito detestável e canalha. Esse cara não passa de um capacho do Astrólogo.

      Excluir
  21. Parabéns pelo trabalho
    Gostei assim é na minha casa
    E no meu casamento conforme a palavra do Senhor Jesus
    Somos uma família feliz

    ResponderExcluir
  22. Legal o texto... Banzoleta, alguns artigos antigos seus estão sumindo do diretório! Acho são links saídos do ar. Você está excluindo, ou desativou os sites?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você se refere aos do Apologia Cristã, certo? É que o endereço mudou de apologiacrista.com para lucasbanzoli.no.comunidades.net, só que eu ainda não atualizei isso no índice de artigos (acabei me esquecendo, mas foi bom me lembrar para que eu faça isso ainda hoje). Mas se estiver se referindo a outro blog, me avise porque aí sim seria um problema, pois eu não excluí nada.

      Excluir
  23. Banzolão vc poderia escrever futuramente um artigo sobre a diferença entre comunismo e social democracia,digo isso porque também sou formado em história e me preocupa muito o desconhecimento do nosso povo em relação a história do nosso próprio país,assim como a incompreensão do que significa uma ideologia,não sabem o que é fascismo,nem o que é comunismo,muito menos o que é social democracia,como vc já escreveu um sobre o fascismo,seria interessante escrever sobre comunismo e social democracia,eu por exemplo não concordo que o Henry Bugalho seja comunista,apesar dele sim de ser de esquerda,https://www.youtube.com/watch?v=XKZDGI-uQ5o aqui nesse vídeo ele diz se identificar com a social democracia e conversa amistosamente com o Maurício Ricardo do charges.com,o Maurício é liberal e simpatizante do Amoedo e o Henry o trata super bem,os comunistas são extremamente truculentos com quem tem a mínima discordância de seus dogmas,nesse sentido se assemelham muito a direita reacionária olavista,por isso eu acho interessante a esquerda ter um representante como ele,que saiba debater,que seja educado e não xingue ninguém,que não fale palavrão,assim como é interessante a direita ter pessoas igual a vc,que se comporte do mesmo modo civilizado,inclusive adoraria ver um debate entre vcs dois rss,vc aceitaria debater com o Henry Bugalho?

    ResponderExcluir
  24. Resumindo mais ainda o artigo: o homem deve sacrificar a si mesmo para o bem estar da mulher; e a mulher deve respeitar a autoridade do homem, amar ele por sempre ter os interesses dela em mente, e fazer de tudo, também para agradar ele(claro que tudo que falei é sempre tento em mente que nenhum dos dois irá passar por cima um do outro, senão é bagunça).

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
  25. O que você acha sobre isso?:

    https://youtu.be/Ro_cOlpibXY

    Muito triste se for real.

    ResponderExcluir
  26. Sobre o aniquilacionismo: https://www.facebook.com/arminianismodazueira/photos/a.464694640344035/1745280268952126/?type=3&theater comente. Eles contradizem a ideia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre a parábola do rico e Lázaro, escrevi aqui:

      http://desvendandoalenda.blogspot.com/2013/07/estudo-completo-e-aprofundado-sobre.html

      E fiz esse vídeo:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/01/a-parabola-do-rico-e-lazaro-prova.html

      Sobre Eclesiastes falar só daquilo que acontece "debaixo do sol", é óbvio que ele diria isso, porque ele desconhecia qualquer outro lugar para onde almas desencarnadas fossem depois da morte; portanto, a vida na terra é a única até a ressurreição. Ademais, em 9:10 ele diz que no SHEOL não há obras, nem projetos, nem conhecimento e nem sabedoria alguma, sendo que para os imortalistas o Sheol é a "morada dos espíritos dos mortos", o que quebra as pernas de quem diz que Salomão só falava da terra, já que a própria teologia deles diz o contrário a respeito do Sheol.

      Ele diz que "a morte é claramente apontada na Bíblia como a separação da alma e do corpo" citando como referência um texto de Tiago que diz que um corpo sem ESPÍRITO está morto, que é exatamente no que os mortalistas creem (o espírito/fôlego de vida é o que anima o corpo, é justamente pra isso que ele serve). Ou seja, além de mostrar um completo desconhecimento da doutrina mortalista, ele ainda precisa adulterar o texto em questão, trocando "espírito" por "alma", que é uma baita desonestidade para forçar a interpretação dele.

      Todos os outros textos que ele cita já foram comentados em artigos à parte, segue a lista:

      a) Sobre as "almas clamando debaixo do altar":

      http://desvendandoalenda.blogspot.com/2012/12/as-almas-debaixo-do-altar.html

      b) Sobre Mateus 1:28:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/11/mateus-1028-prova-que-alma-nao-morre.html

      c) Sobre o "ausente do corpo e presente com Cristo":

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2013/10/partir-e-estar-com-cristo-quando.html

      d) Sobre Moisés no monte:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/03/moises-ressuscitou-o-monte-da.html

      e) Sobre "Deus de vivos, não de mortos":

      http://desvendandoalenda.blogspot.com/2012/12/deus-de-vivos-e-nao-de-mortos.html

      f) Sobre o ladrão da cruz:

      http://desvendandoalenda.blogspot.com/2013/07/estudo-completo-sobre-lucas-2343-hoje.html

      Em suma, ele apenas faz o que todo imortalista é bom em fazer: reunir um compilado de todas as meia-dúzia de textos bíblicos isolados que eles distorcem para fundamentar sua tese, ignorando COMPLETAMENTE a nossa refutação exaustiva a essas interpretações sofríveis e posando de vencedor por pensar que a gente nunca viu esses textos antes. Por isso tudo o que você vê em defesa da imortalidade da alma são textos toscos e superficiais como esse de 1 ou 2 páginas, ninguém seria capaz de escrever 1.200 páginas de livros sobre o tema como eu fiz, porque depois de duas páginas já se esgotam os argumentos deles, e eles não tem capacidade de contra-argumentação nenhuma.

      Excluir
    2. It looks like I might have to write a few rebuttals to your posts on that subject...Sigh.

      Excluir
    3. Lucas,

      Why would God resurrect people just to destroy them?

      Excluir
    4. God does not resuscitate to kill immediately. First occurs the final rebellion, then the judgment, then the condemnation to the geena where they will be punished for the time proportional to their sins, and only then occurs the second death.

      Excluir
  27. https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/04/02/nazismo-e-de-direita-define-museu-do-holocausto-visitado-por-bolsonaro-em-israel.ghtml ,Banzolão o que vc acha disso?Essa é uma discussão bem polêmica,mas o próprio Museu do Holocausto de Jerusalém está dizendo isso,é óbvio que o nazismo não era liberal,por isso dizem que era extrema direita,seria um tipo de direita totalitária,eu entendo que nem toda direita é liberal,assim como nem toda esquerda é comunista,totalitária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que essa discussão já deu o que tinha que dar, tá ficando cansativo já.

      Excluir
    2. Os olavetes que me parecem desesperados para provar que o nazismo é de direira,Nando Moura,Paula Marisa, Bernardo Kuster ja fizeram video sobre isso,o chanceler Araújo e até até Bolsonaro caiu nessa,eles que mantém viva a discussãocurioso que a esquerda moderada repudia Stalin,e nem por isso eles tentam jogar o Stalin na direita,para mim não há nenhum problema quedigam que oHitler era de direira eu sou e direita,mas um liberal,não tem nada a ver com esse monstro,admitir que ele era de direira não me faz igual a ele,porque ele era um nacionalista,racialista e totalitario ,eu sou liberal, democrático,igualitário

      Excluir
  28. https://www.youtube.com/watch?v=I4z97-gvlUA o que achas desse vídeo Banzolão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Tabata é PDT, centro-esquerda, por isso nem a direita nem a extrema-esquerda gostam dela, é normal.

      Excluir
  29. Ricardo Peters do Vale2 de abril de 2019 16:48

    POde fazer a gentileza de ler e dar sua opiniao?

    http://www.revistacrista.org/Morte%20e%20Eternidade_Imortalidade%20da%20Alma%20ou%20Ressurreicao%20da%20Vida.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um bom artigo, desde que se entenda que essa "mudança do chrónos ao kairós" se dá pela ressurreição, e não em um estado intermediário. Caso contrário, ele está apenas corroborando a própria doutrina da imortalidade da alma que ele diz que está errada. Não existe vida fora do corpo e por isso não há vida antes da ressurreição.

      Excluir
  30. Podemos considerar como cristã a igreja adventista do sétimo dia?:

    https://apocalink.com.br/?p=534

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas,

      But I thought that Seventh-Day Adventists denied the Trinity, justification by faith alone, etc.? How can we say they're Christian?!?!?

      Excluir
    2. The official Adventist Church does not deny justification by faith and trinity, but some dissenting groups do.

      Excluir
  31. Charles Spurgeon, o pregador que fumava charutos tão bem quanto pregava rs... tipo, esse artigo: http://www.monergismo.com/textos/chspurgeon/Gostas_Spurgeon.htm aborda pontos de vistas caros para defensores de Spurgeon. O que vc acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Spurgeon fumava porque naquela época não se conhecia os riscos para a saúde que o fumo causa. Salvo engano, isso só foi definitivamente comprovado pela ciência por volta da década de 60 (um século após Spurgeon, portanto). Se fosse hoje, provavelmente ele não "fumaria para a glória de Deus", pois não se peca para a glória dEle.

      Excluir
  32. Outra coisa, acho que só eu percebi que agora virou moda os youtubers darem aulas sobre qualquer coisa com uma biblioteca por pano de fundo. Por que será? Pagar rajada de intelectuais? O yago, rabinos de todo o tipo, pastores tb, alguns até tem livrarias online... agora vc tem uma mesa de sinuca akakkakakakaakakakkaka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estudos comprovam que mesa de sinuca é uma demonstração de intelecto muito maior que uma biblioteca (não me pergunte quais estudos são esses, mas eles existem).

      Excluir
  33. Quando estou na igreja, as vezes, acho que estou ficando maluco no sentido de que acho que ali é um ambiente sujo: seja no comportamento, nas ideias, nas pessoas até... não no sentido de que me acho melhor que os outros, mas que me sinto diante de uma piscina de teologia ruim e todos estão ali se divertindo e eu não gostaria de pular lá.. eu sempre fui muito crítico com tudo e todos, inclusive comigo mesmo. Tem certas coisas que não gosto na minha igreja, se eu for detalhar tudo não termino hoje, o que devo fazer? Trocar de igreja? Aviso logo que ali criticar alguém ou até mesmo questionar o pastor é vista como semente do mal, ninguém pode questionar nada simplesmente aceitar ou aceitar. Nem saída voluntária é admitida, somente se deve sair se for expulso ou coisa do tipo... tá certo isso? O que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a coisa é tão ruim assim, é melhor mudar de igreja mesmo. E ninguém tem o direito de impedir saída voluntária, isso é caso de polícia. Você não é obrigado a permanecer em igreja nenhuma, e eles não podem levá-lo à igreja pelas orelhas. A propósito, uma das características principais de uma seita é não conseguir sair dela. É um belo sinal de que já é hora disso.

      Excluir
  34. Tenho uma duvida Bíblica: Quem seria esse "Vingador do Sangue" que se encontra em Deuteronômio 19:6 e 12? Seria um parente dessa pessoa que morreu assassinada, ou seria uma espécie de agente publico que pune os homicidas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora não lembro bem o vídeo, mas tem um do Leandro Quadros que diz que a vítima de um crime(acho que ele falou dos parentes da vítima também), no VT, não era lhe entregada o agressor(ladrão, ou qualquer outro crime)para que essa possa exagerar ou dar uma pena menor que a prevista na lei. (Se o Leandro falou dos parentes da vítima, então o texto Bíblico refuta-o) Imagino que existia uma espécie de estratégia para não deixar esse vingador do sangue exagerar ou aplicar uma pena leve de mais, que não está explicada na Bíblia.(Eu imagino que os juízes amarravam o condenado; davam uma arma para o vingador, e falavam pra ele dá UM golpe mortal no criminoso. Caso o vingador exageraçe haveriam soldados prontos para aplicar alguma espécie de punição a ele. É o que acho...)

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    2. Na verdade existiam "cidades de refúgio" para onde o homicida não-intencional podia fugir do "vingador do sangue", e ali ele estaria protegido (em qualquer outro lugar o vingador era autorizado a matá-lo, mas ali não). Mas no caso dos homicidas intencionais, eram apedrejados pela comunidade conforme a lei.

      Excluir
    3. A parte da comunidade apedrejar o homicida intencional é meio estranha. Pois em Números 35:16-21(texto paralelo ao Deuteronômio 19:11-13) diz que ele era entregue ao vingador do sangue; não apedrejado pela comunidade.

      Tem outro detalhe que eu não entendo(talvez pela época e cultura diferente que vivo), em Números 35:26 e 27 diz que se o assassino não intencional sair dos limites da cidade refugio, e o vingador do sangue achar ele e matar o assassino, o vingador não seria morto. Acho que até entendo o lado de que "por que raios ele tava fora da cidade segura para ele?", agora não entendo bem o motivo de o vingador não ser punido nessa situação(creio que o cara que mata alguém sem intenção deve ter uma punição sim, mais leve claro; como é o caso dessas passagens citadas acima). Tem outras coisas a considerar também: de acordo com essa lei, era pra esse assassino que matou sem querer ficar nessa cidade refugio até o sacerdote morrer de forma natural(velhice, doença, etc.); mas e se o cara acabou de chegar na cidade e o sacerdote acabou de morrer no momento que ele chegou? Ele vai pra outra? Fica pelo menos 20 anos lá?

      Outra coisa a considerar é o vingador que pode atrair para fora dos limites da cidade, usando de algum método enganoso(contratar alguém, fingir que não está mais querendo matar ele, etc.)o assassino que matou sem querer? Estaria o vingador culpado de sangue; assim seria morto ele?

      Acho que as vezes eu viajo de mais! xD

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    4. Sei que já enchi muito o saco, mas faço isso não para ser chato mas sim para tentar esclarecer minhas duvidas; uma dessas é justamente a situação do cara que foi cortar lenha e a cabeça do machado foi e matou o outro. Aparentemente, esse cara que matou sem querer cometeu pecado, pois essa morte do Sacerdote da cidade refugio é uma sombra da morte de Cristo. O ponto é: porque até mesmo em casos legítimos em que cometemos um pecado sem querer, como o exemplo do cara do machado, ainda assim temos uma culpa no cartório?

      Espero que tenha entendido minha duvida,
      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    5. A cidade de refúgio era o limite no qual o homicida não-intencional estava seguro, dentro dela ninguém podia se vingar pelo sangue de alguém, mas se ele se recusasse a ir a uma dessas cidades ele estaria se expondo a esse risco e aí era por conta e risco dele. Depois que o sumo sacerdote morria ele podia sair da cidade de refúgio e voltar ao convívio social e o vingador do sangue não podia mais vingá-lo (se fizesse isso, seria ele próprio um assassino). Sobre sua outra pergunta, o pecado é pecado independentemente se nós não temos uma má intenção, por isso todos os pecados intencionais ou não-intencionais são purgados pelo sangue de Cristo. Por exemplo, tem cristão que acha normal falar palavrão e por isso gosta de xingar os outros, ele está pecando mesmo achando que não está, o palavrão não deixa de ser um pecado só porque ele acha que não é (e o mesmo vale para qualquer outro pecado).

      Excluir
    6. Acho que não deixei muito claro sobre o pecado não intencional. Vou dar um exemplo um pouco melhor: imagine que você está em um tiroteio com um bandido, mas você, por acidente, mata alguém inocente no processo. Pelo que entendi do ensinamento Bíblico, se não houvesse uma morte de Cristo, você seria condenado à morte eterna por isso. Mas eu não entendo o porque! Pois ao meu ver, esse cara que matou por acidente um inocente no tiroteio com o bandido, ele seria inocente também.

      Pode até ser que eu entendi o ensino bíblico erroneamente.

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    7. Sobre o vídeo que falei do Leandro Quadros acima, creio que seja exatamente esse(a partir de 5:00-até o fim[por garantia, veja todo, caso eu esteja enganado]): https://www.youtube.com/watch?v=0cA3SBoXER8&t=

      Ele diz que o Estado tem a autorização Divina para executar homicidas; mas aparentemente, havia casos especiais, como o desses homicidas não intencionais.

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    8. O homicídio é sempre pecado, mas no caso do não-intencional é atenuado por não haver intenção. Ainda assim precisa do sangue de Cristo para ser perdoado, afinal querendo ou não é uma vítima que você fez e um sofrimento que causou em alguém (ou em muitos envolvidos direta ou indiretamente nisso).

      Excluir
  35. Outra duvida: Porque os Eunucos, bastardos(filhos de incesto) e até sua décima geração, os Amoritas e Moabitas e até sua décima geração estavam excluídos da assembleia de Deus(Deuteronômio 23:1-3)? E o que é essa Assembleia de Deus? Estariam essas pessoas excluídas da Salvação(imagino que ser excluído da assembleia de Deus não quer dizer excluído da Salvação)?

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não da salvação, mas da comunidade. Era uma prefiguração tipológica de que os impuros e ímpios no tempo da nova aliança não teriam entrada no céu. Toda a lei é uma "sombra dos bens vindouros".

      Excluir
  36. Enquanto aqui no Brasil nós temos as viúvas da Ditadura, lá na Rússia eles têm as viúvas da antiga URSS:

    https://youtu.be/SQflrWAzewc

    E se você for ver nos comentários o que mais tem são viúvas da Ditadura militar condenando esses russos por estarem falando bem do regime comunista. Eu sinceramente falando não entendo esse povo vivem defendendo a época da Ditadura militar com unhas e dentes e até usam depoimentos de idosos da época. Mas quando veem idosos russos falando bem da Ditadura (comunista) que tiveram. Ficam pagando de defensores da Democracia. Olha o comunismo pode até ser um câncer pra humanidade, mas não adianta nada ficar defendendo uma ditadura e condenar outra, isso é hipocrisia.

    *Ps: Em momento nenhum defendi o comunismo, e sinceramente falando o comunismo é um câncer pra humanidade, mas eu sou uma pessoa coerente, se for pra condenar uma ditadura, melhor condenar todas. Ditadura nenhuma é proveitosa, seja ela de direita ou de esquerda. Lugar de Ditador é na lata de lixo da história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Pirula já explicou isso em um vídeo, esse fenômeno que acontece com os mais velhos é perfeitamente explicável cientificamente e sociologicamente. Resumidamente o que acontece é que todo idoso (de qualquer lugar) tem saudade dos seus "tempos áureos", quando tinha mais vitalidade, quando namorava, quando tinha mais energia e se sentia mais importante na sociedade, e por isso eles tem essa tendência de achar que "no passado era melhor" (ou seja, eles confundem o passado real com o passado deles, como se pelo fato da vida deles ser melhor antes significasse que o mundo também era melhor). E isso se une a um outro fenômeno, que é o fato de que o nosso cérebro tem a tendência de se esquecer das coisas ruins a longo prazo e se lembrar mais das coisas boas. Por isso ex-namorados que passam longos tempos distantes um do outro às vezes voltam pensando em "como era bom naquela época", porque conservaram as memórias boas e se esqueceram (ou minimizaram) as ruins, e depois que voltam dá tudo errado outra vez, tão ruim quanto na primeira. O chavão de que "o tempo cura" é verdadeiro, mas isso só acontece porque com o tempo nós relativizamos tudo o que sofremos e supervalorizamos as partes boas. Isso também se aplica a qualquer coisa na vida. Eu tenho 26 anos, e lembro com certo carinho de coisas de quando tinha uns 12 anos, essas memórias boas batem mais forte que as ruins, mas quando páro para pensar racionalmente me lembro de um monte de coisa ruim daquela época e vejo que as coisas estão bem melhores hoje apesar de tudo.

      Em suma: as pessoas sofrem de uma "nostalgia natural", somos saudosistas por natureza, mas isso ocorre porque o nosso cérebro nos vicia assim, e não porque as coisas realmente fossem melhores.

      Excluir
    2. A pessoa cria uma ilusão da própria realidade em que vivia, somente pra fugir do presente, mesmo sendo o passado pior do que hoje.

      Excluir
  37. 1 - Será que foi Satanás quem apareceu para Maomé em vez do anjo Gabriel?

    2 - https://youtu.be/JvbrWk9Q32k

    3 - As 7 Trombetas, na sua opinião, são destruições causadas por Satanás e permitidas por Jesus para castigar os ímpios na Grande Tribulação (as 7 Trombetas e as 7 Pragas têm características semelhantes)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Provavelmente.

      2) A maioria desses popstars mais famosos venderem a alma há muito tempo. Nenhuma surpresa.

      3) São castigos divinos, a Bíblia não diz que é Satanás que os causa. Da mesma forma que o dilúvio e as pragas do Egito foram obras de Deus e não do diabo, as pragas da grande tribulação também vem dele.

      Excluir
    2. Sou outro anonimo. Lucas se tem este artigo aqui que fala que como as trombetas destroem um terço das coisas, isso passa a ideia de que é Satanás e seus anjos pois a bíblia diz que um terço dos anjos o seguiu: http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/06/um-resumo-completo-do-apocalipse.html

      Excluir
    3. Não acho que uma coisa tenha a ver com a outra (um terço das coisas sendo destruídas e um terço dos anjos se rebelando). No Apocalipse "um terço" é apenas uma forma de dizer "uma parcela", ou seja, uma parte de um todo maior, não necessariamente 33% e nem necessariamente relacionando a Satanás.

      Excluir
    4. Mas foi você mesmo que disse/escreveu: Em todas as desgraças mencionadas, é nos dito que essa destruição ocorreu em um terço daquilo que foi atingido. “Um terço” do mar se transformou em sangue (v.8), “um terço” da terra e das árvores são queimadas (v.7), “um terço” das criaturas marinhas morrem (v.9), “um terço” das embarcações são destruídas (v.9), “um terço” das águas se tornam amargas (v.11), e assim por diante. Embora não haja dúvidas quanto ao fato de esta parte do Apocalipse simbolizar a parte mais plena da grande tribulação, não há nada aqui que exija que este “um terço” seja literal. Ele provavelmente decorre do fato de que “um terço” dos anjos caíram (12:4), ou seja, é um simbolismo que mostra que o diabo é o agente por detrás destas pestes, representado pela expressão “um terço”.

      Excluir
    5. Eu errei nisso aí, e também na parte onde digo que a besta em si é o próprio comunismo. São coisas que eu corrigiria em um artigo atual.

      Excluir
  38. Lucas, a carta aos laodicensses que os protestantes têm como perdida e a que consta em algumas bíblias católicas romanas ou ortodoxas são a mesma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os católicos romanos e ortodoxos não tem nenhuma carta aos laodicenses no cânon, você deve estar se confundindo com algum outro livro apócrifo.

      Excluir
  39. Lucas alguns questionamentos:

    -Não só os anjos caídos e seus filhos teriam sido idolatrados mais tarde pelas culturas, como também anjos comuns e os demônios? Isso pois li em algum lugar aquela asneira que a bíblia copiou outros livros sumérios e blablá, e fala la que os anjos bíblicos são "cópias" de um seres da cultura suméria, que são metade homem e metade cavalo e são alados, e tem uma função semelhante a dos anjos. Mas e se na verdade era o contrario, tanto anjos como demônios agiam no mundo todo, e os mais diversos povos começaram a idolatrá-los como divindades, semelhantemente aos cristãos de Colossos (que adoravam anjos se não me engano e Paulo teve que adverti-los).

    -O que é exatamente a maldição de Caim e o que significa a fala de seu descendente Lameque logo depois, na qual ele diz que matou um homem e um jovem?

    -Quando Deus diz que Adão deveria guardar (proteger) o jardim do Éden, era proteger contra Satanás?

    -Na Bíblia logo após falar dos pecados dos homens pré-diluvianos, Deus diz que ira reduzir a idade do homem para no máximo 120 anos (e hoje em dia dificilmente alguém passa esta idade), mas mesmo após o diluvio as pessoas continuaram vivendo bastante tempo (pelo menos os da linhagem de Noé até Abraão), como explicar isso?

    -E sei que tudo na Bíblia tem um propósito (é assim que devemos identificar os milagres de seres malignos e separa-los dos de Deus, pois Deus não realiza milagres inuteis, como você vê em varias religiões e na igreja católica, onde acontece um monte de coisa que não tem nada haver com nada de Deus), as histórias, ensinamentos e profecias etc. Mas eu nunca entendi o que a história de Sansão tem a ensinar. Ele era alguém extremamente brutal que parecia não pensar muito bem, quando ele perde a aposta que ele fez sobre o enigma, ele mata trinta pessoas e rouba as roupas delas para entregar aos vencedores da aposta, ele assassinou e roubou mas nada disso teve nenhuma utilidade, ele também se deitava com prostitutas e fazia uma série de outras coisas, qual é o propósito da história dele o que tem a nos ensinar? Pois não consigo ver nada que de pra tirar de bom dai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Sim, é o que penso.

      2) A maldição de Caim mencionada em Gn 4:11-12 é a de que ele não conseguiria mais cultivar a terra (embora ele cultivasse, ela não daria frutos). Mas em Lameque não é dito que ele sofreu alguma maldição pelos seus assassinatos.

      3) Na verdade o texto diz "cuidar", não proteger. Cuidar do jardim podia se referir simplesmente ao ato de cultivá-lo e de cuidar bem dos animais e das árvores, e não como se estivesse protegendo o jardim de inimigos externos.

      4) Ela diz que os dias de homem seriam 120 anos, mas não diz que cairia isso tudo do dia pra noite. Foi caindo com o tempo, por isso as genealogias bíblicas mostram uma queda contínua na idade de cada um até chegar aos 120 (a idade de Moisés, que viveu menos que José, que viveu menos que Jacó, que viveu menos que Isaque, que viveu menos que Abraão, que viveu menos que Noé e seus filhos). Ou seja, a idade foi descendo e descendo até se estabelecer nessa faixa dos 120 anos, e depois Deus decidiu descer mais para 70 a 80 (como diz o Salmo 90:10).

      5) A história de Sansão serve pra muita coisa sim, eu já vi muita pregação boa sobre ele. Mas talvez a principal lição é que não basta ser um "escolhido" de Deus: o mais importante é O QUE FAZEMOS com essa unção (no nosso ministério pastoral, ou na vocação para a qual fomos chamados). Sansão tinha de tudo, mas usou mal aquilo que recebeu, e por isso teve aquele fim. Deus não ensina apenas com os bons exemplos, os maus também ensinam muita coisa.

      Excluir
  40. Sempre me perguntei também: o método que os sacerdotes matavam os animais como sacrifício no VT(Velho Testamento) era o mais indolor possível? De acordo com esse link, sim: https://www.bbc.com/news/magazine-14895534

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
  41. Os sumérios tem esta lista de dez reis que teriam vivido antes do diluvio sumério, e todos eles viveram idades absurdas (milhares de anos, mais do que na bíblia que viveram uns séculos) e inclusive o ultimo deles teria feito a arca de No... Ziusudra. https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_Real_Sumeriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma das evidências de que no passado distante as pessoas tinham consciência de que seus antepassados viveram muito mais do que elas. Como em tudo que é coisa, é natural que haja distorções como fruto da tradição oral, o que explica esse exagero (da mesma forma que preservaram relatos do dilúvio em todas as civilizações, mas os relatos diferem entre si em alguns aspectos, porque com o passar do tempo a história original passa por modificações significativas, que podemos ilustrar com a brincadeira do "telefone sem fio", mas a essência geralmente se preserva).

      Excluir
    2. Outro anônimo
      Isso também pode se aplicar as tradições católicas?

      Excluir
    3. Não, porque as tradições católicas não são frutos de tradição oral (embora eles aleguem isso), a maioria é invencionice de teólogos e filósofos escolásticos medievais, e outras são provenientes de livros apócrifos ou de interpretações incorretas da Bíblia.

      Excluir
  42. Banzolao vc acha que há muita diferença entre os católicos olavistas e tridentinos?Ou podem ser considerados a mesma coisa?Pq eu soube que a condessa brigou com alguns olavistas por causa da posição deles quanto aos EUA e Israel,a condessa diz que o financiamento para os grandes movimentos de esquerda,vem de muitos empresários Norte americanos,como os Rockefeller,que de fato patrocinam o aborto em sua fundação,assim como a Fundação Ford,e que a maior parada gay do Oriente Médio é a de Tel Aviv em Israel,assim como o país com a legislação mais liberal sobre o aborto no Oriente Médio,então ele diz que esses países fazem parte do globalismo e o pessoal olavete como o Allan dos Santos do Terça Lixo não gostou ,porque eles apesarem de serem católicos fanáticos não criticam os EUA nem Israel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A diferença é que todo olavete é tridentino, mas nem todo tridentino é olavete (e todos são igualmente fanáticos).

      Excluir
    2. O Olavo pode ter um pouco de medo desse gordo pq já disse que a cultura ibérica é superior a cultura americana e antes ele dizia outra coisa. Ou pode estar gagá.

      Não concordo com o posicionamento desse Conde. e acho doentio. O acordo Brasil e Estados Unidos não é um acordo religioso pro Brasil virar protestante ou pra legalizar aborto, drogas, etc. É um acordo comercial e político, não cultural ou religioso.

      Ninguém vai deixar de ser católico por causa de um acordo comercial com os EUA.

      A mesma coisa em relação a Israel. É um acordo comercial e político, mas ele entra em contradição pq fala que o Brasil pode perder dinheiro dos países árabes na carne Hallal e no acordo com os EUA, falou que o Brasil quer só ficar ganhando grana dos americanos e se esquecendo de sua cultura e tradição, que são mais importantes que dinheiro.

      Mas mesmo em dinheiro, com apoio de Israel e EUA, o Brasil quer entrar ODCE, que tem a participação dos países mais ricos, mesmo se perder o comércio com os árabes, mas não acho perderá, pois o Bolsonaro pode rever a posição da mudança da embaixada para Jerusalém.

      Na verdade, ele critica os acordos por anti protestantismo e antissemitismo. E também por algo meio utópico, de querer que o Brasil seja um país moldado na Espanha da Idade Média, o que nunca vai acontecer. O mundo mudou. Aquele “tempo maravilhoso” não vai voltar rs

      Excluir
    3. É o que eu sempre digo: enquanto não colocarem no poder um imperador católico fanático que vai transformar nosso país em um Sacro Império do Brazil e proclamar uma nova cruzada contra os infiéis, eles não vão dar sossego a quem quer que seja.

      Excluir
  43. Meu professor de "Direitos Humanos" disse que o Liberalismo economico da Inglaterra não deve ser levado em conta, pois os UK só se tornou Rico por ter colonizado, "saquiado", e roubado os países menos desenvolvidos.
    Poderia refutar isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Portugal e Espanha foram bem mais agressivos nas colonizações e estão quebrados há mito tempo.

      Excluir
    2. Há milhares de formas de se derrubar esse argumento, mas aqui vai algumas:

      1) A Inglaterra já era a mais rica da Europa (atrás apenas da Holanda) antes da colonização.

      2) Espanha e Portugal fizeram colonizações bem mais agressivas (como o amigo acima respondeu) e mesmo assim eram os países mais pobres da Europa.

      3) Alguns países europeus e protestantes que nunca se aventuraram em práticas colonialistas (ex: Suíça, Noruega, Dinamarca, Suécia, Finlândia e em menor grau a Alemanha) tiveram um desenvolvimento quase tão fantástico quanto o do Reino Unido, aderindo a práticas liberais de mercado.

      4) É uma fantasia pensar que a colonização é sempre uma coisa positiva porque "rouba" as colônias. Isso é um simplismo bem tosco que desconsidera diversos contrapesos, tais como: rebeliões na colônia que exigem gastos desnecessários com guerras, os gastos com as viagens de um continente a outro, navios que são roubados ou afogados no mar durante a longa viagem de volta à Europa, outros países que entram em guerra para tomar o território, a pouca lucratividade das terras além-mar, a sonegação de impostos para a Coroa, os confrontos com nativos indígenas, e assim por diante.

      5) O mais importante: a Inglaterra praticamente deu autonomia à colônia, justamente porque achava que a terra que mais tarde se chamaria Estados Unidos não tinha grandes perspectivas de lucro. Por isso os norte-americanos tiveram muito mais autonomia do que os brasileiros ou latinos em geral. Só bem mais tarde é que ela inventou de cobrar pesadas taxas e impostos, mas aí já era tarde e eles se revoltaram e conseguiram a independência. Ou seja, de um modo geral, o Reino Unido não lucrou quase nada com as treze colônias, a não ser com o comércio legal (que faziam com qualquer país).

      6) Qualquer pessoa com um mínimo de sensatez que já tenha estudado história sabe que a razão primordial que levou à supremacia do Reino Unido não foi o colonialismo, mas sim o seu livre mercado, o seu apreço pelo comércio, a sua precoce industrialização, o seu liberalismo econômico e a sua ética protestante (que pautava tudo isso). É preciso ser extremamente ingênuo, néscio ou mal-intencionado para cair nesse simplismo burro de que eles só eram ricos "porque roubavam os outros".

      Excluir
  44. https://www.youtube.com/watch?v=yTenWQHRPIg sobre esse vídeo, o que vc acha? Foi lançado ontem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até me surpreendi positivamente, pois a julgar pelo histórico desse canal e por aquilo que estavam falando do filme antes de ser lançado, pensei que seriam 2h de babação de ovo da ditadura, mas na verdade eles até reconheceram que houve mesmo um golpe em 64 (falaram até em dois golpes, um civil e outro militar) e também mencionaram os aspectos da ditadura (embora muito sucintamente, e salvo engano sem usar o termo "ditadura"). Enfim, embora ainda esteja longe de ser um documentário imparcial, pelo menos foi bem melhor do que eu esperava, valeu o like.

      Excluir
  45. Lucas vc viu o filme 1964, do Brasil Paralelo? Achei fantástico!!! Cansei de estudar o fato usando óculos de esquerda, finalmente um contraponto apareceu. Vc chegou a ver? Minha conclusão é que que Satanás jogou dos dois lados e é bem ardiloso. Que muitas pessoas morreram, de ambos os lados, mas ninguém lamenta as mortes do lado direito e sim as do lado esquerdo. E que foi uma decisão difícil em um momento difícil....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentei logo acima:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/04/a-biblia-e-machista-por-pregar.html?showComment=1554327161801#c5577431748990714328

      Excluir
  46. Banzoli, gostaria de saber sua opinião sobre separatismo:
    -o que você acha do movimento "o sul é meu país" e dos demais movimentos separatistas no Brasil?
    -voce acha que os gaúchos realmente tem motivos válidos pra quererem se separar do pais ou isso tudo é apenas mimimi?
    -voce acha que seria bom se essa secessão acontecesse?
    -se fossem desintegrar o Brasil pra dividir cada região em pequenos países, você apoiaria essa ideia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Sou a favor de qualquer separatismo quando um povo está sendo prejudicado pela União e pelo consenso da maioria deseja isso.

      2) Tem.

      3) Para eles sim.

      4) Desde que esteja de acordo com o que escrevi no ponto 1.

      Excluir
  47. https://youtu.be/tm4tPp9eLvc
    Lucas, por favor se puder dar uma olhadinha nesse video para responder algumas das minhas perguntas.
    Assim, sempre gostei da temática terror e gosto de ver filmes e videos assim. Eu sei diferenciar bem que sempre são demonios "brincando" com as pessoas, e não entes queridos falecidos, não me deixo enganar. E eu não faço nenhum tipo de ritual ou comnunicação com essas entidades, apenas gosto desse tema. Acha que isso é pecado ?
    A outra pergunta, referente a esse video, eu sempre acompanhei esse youtuber e sei da credibilidade dos conteudo qu3 ele publica. No caso desse videl em questão, é um compilado de achados macabros nos videos dele. Por que as vezes esses demonios são capaturados em camêras e não pelos olhos humanos ? E pq esses demonios as vezes ficam visíveis aos nossos olhos ? Eles tem esse poder ? Demonios podem se materializar com um corpo humano assim como os anjos fazem ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pecado com certeza não é, eu as vezes assisto vídeos assim apenas por entretenimento, porque francamente não acredito nessas aparições, ainda mais hoje em dia que é tão estupidamente fácil editar um vídeo de modo a parecer tão real. Em relação aos demônios, eles não podem ser vistos em sua forma espiritual, mas podem se materializar sim (como os anjos fizeram em Gn 6:1-4). No livro do ex-satanista Daniel Mastral ele relata materialização de demônios nas sessões da irmandade, mas isso não é uma coisa comum ou rotineira (não acho que um demônio se materializaria desse jeito só pra aparecer nas lentes da câmera e ficar famosão).

      Excluir
  48. Lucas, o que você acha disso: Deus promete a Abraão e a seus filhos, e a Moisés e a Josué etc, que Israel terá grande prosperidade, reis viriam de Abraão, dominariam a terra de seus inimigos, teriam terras e riquezas, enquanto obedecessem ao Senhor. E isso se concluiu varias vezes mas principalmente no reinado de Davi e Salomão, onde Israel alcançou o seu auge, tendo um grande império no Oriente Médio, e muitas riquezas e uma grande força militar, principalmente no reinado de Salomão pois não houve guerras em Israel, já que só herdou o Império de Davi (que fez muitas guerras para expandir o seu reino). Mas Deus disse que quando o povo lhe virasse as costas e desobedecesse todos os Seus mandamentos, Ele tiraria a prosperidade de Israel, e os faria perder as guerras, e serem capturados e espalhados entre as nações, Deus também disse que, por Israel pedir um rei, um dia, eles lamentariam sobre este rei que os governa, mas Deus nada faria por Israel. Salomão virou as costas a Deus no final de sua vida, e no reinado de Roboão e Jeroboão logo em seguida, toda a Israel virou as costas para Deus (e passou a lamentar sobre o rei que os governava, como Deus disse), o reino foi fragmentado em dois, eles perderam muitas terras que conquistaram e muitas batalhas, até que por fim Israel foi destruída pelos assirios e mais tarde, Judá pelos babilônicos, cumprindo assim toda esta parte da profecia de maldições, mas como Deus disse, quando seu povo voltasse para Ele, ele traria nem que fosse uma unica tribo de volta a Israel, que ele fez com os judeus durante o Império Persa. Vindo em tão, os tempos das profecias (o inter testamento basicamente) da Babilônia, Pérsia, Grécia e Roma, e no período deste ultimo, o Messias apareceria para trazer aliviamento a Israel a os povos da terra, e ai você tem o Novo Testamento.

    E sobre tudo isso tenho uma pergunta, por acaso quando os judeus perderam a batalha para os romanos no ano 70, e foram espalhados pelas nações, isso teria também haver com alguma profecia ou algo assim (eu sei o que o Segundo Templo ter sido destruído já era uma profecia de Cristo), mas e o espalhamento do povo judeu em si?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oséias 3

      1 E o SENHOR me disse: Vai outra vez, ama uma mulher, amada de seu amigo, contudo adúltera, como o SENHOR ama os filhos de Israel, embora eles olhem para outros deuses, e amem os bolos de uvas.

      2 E comprei-a para mim por quinze peças de prata, e um ômer, e meio ômer de cevada;

      3 E ele lhe disse: Tu ficarás comigo muitos dias; não te prostituirás, nem serás de outro homem; assim também eu esperarei por ti.

      4 Porque os filhos de Israel ficarão por muitos dias sem rei, e sem príncipe, e sem sacrifício, e sem estátua, e sem éfode ou terafim.

      5 Depois tornarão os filhos de Israel, e buscarão ao Senhor seu Deus, e a Davi, seu rei; e temerão ao Senhor, e à sua bondade, no fim dos dias.

      https://www.bibliaonline.com.br/acf/os/3

      Excluir
    2. Tudo o que você descreveu está certo, mas eu não me lembro de profecias do AT sobre a dispersão dos judeus em 70 d.C (há profecias sobre a dispersão dos judeus, mas se referindo ao período do cativeiro babilônico, não especificamente a 70 d.C). E pelo fato de não haver profetas canônicos nos 400 anos do período intertestamentário, não existem profecias sobre o que aconteceria dali pra frente (nem nos livros apócrifos existem, na verdade eles mesmos reconhecem que não havia profeta). Por isso as primeiras profecias que aludem especificamente a 70 são aquelas que Jesus fez em Mateus 24 (e nos paralelos de Marcos 14 e Lucas 21). A não ser que interpretemos de um modo geral, pois Deus disse que quando os judeus fossem desobedientes eles seriam espalhados entre as nações, por isso uma geração após rejeitarem e crucificarem a Cristo e perseguirem os cristãos eles foram dispersos novamente, então neste sentido se aplica (como se aplica a qualquer outra circunstância desse tipo).

      Excluir
  49. São Paulo 0 vs 0 Palmeiras sabe oque significa?




    Athletico é melhor, 3 a 0 no Boca Juniors

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho uma melhor:

      São Paulo 2 x 4 Ajax (Florida Cup deste ano)

      Real Madrid 1 x 4 Ajax (Champions deste ano)

      Logo, São Paulo >>> Real Madrid.

      Excluir
    2. Chelsea 2(5)x2(4) Barcelona (UEFA Champions League 2011/12)
      Corinthians 1x0 Chelsea (Final do Mundial de 2012)
      Mogi-Mirim 4x1 Corinthians (Paulista de 1999)
      Votuporanguense 2x0 Mogi-mirim (Paulista A2 de 2017)

      Votuporanguense é f#da, Barcelona é moda...



      Já sabe, né...

      Excluir
    3. Contra fatos não há argumentos.

      Excluir
  50. Amigo do Banzolão3 de abril de 2019 15:06

    Banzolão, você tem algum artigo sobre a salvação dos bebês?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://rationalchristiandiscernment.blogspot.com/2018/06/children-and-salvation.html

      Excluir
    2. Concordo com o Jesse, pra mim bebês morrem automaticamente salvos, porque não cometeram pecados pessoais (e para pecar precisa haver consciência do certo e do errado, o que eles ainda não tem).

      Excluir
    3. Mas eles não tem o pecado original, isso já não serviria para condena-los(desculpe se estou sendo insensível)?

      Excluir
    4. Não, o pecado original se refere à nossa natureza pecaminosa herdada de Adão, ou seja, a nossa inclinação ao pecado, e não ao pecado em si. Os bebês tem uma natureza pecaminosa no sentido de serem inclinados ao pecado, mas até eles praticarem o primeiro pecado efetivo, eles não são "pecadores".

      Excluir
    5. Amigo do Banzolão4 de abril de 2019 22:28

      Seria muita crueldade Deus condenar bebês ao inferno. Condenar alguém pelo pecado de Adão e Eva é injusto. Ninguém tava lá no jardim do Éden pra escolher entre seguir Adão e Eva ou não seguir. Isso sempre mexeu comigo. Fico angustiado só de pensar na ideia de Deus fazer uma monstruosidade dessas com criaturinhas inocentes :(

      Excluir
    6. Não sei qual a diferença entre queimar bebês inocentes no inferno ou queimar qualquer pessoa para todo o sempre. A mesma coisa que nos faz angustiar com o sofrimento de bebês nos faz angustiar também com o sofrimento de qualquer outra pessoa que dure pra sempre. Eu não tive estômago nem pra ver um vídeo do ISIS queimando até a morte uns prisioneiros numa gaiola, imagine vendo-os queimar por toda a eternidade em torturas sem fim. Francamente não sei como ainda tem gente que consegue não se aterrorizar pensando neste ensino terrível que inexplicavelmente ainda é tão aceito até hoje. Eu até consigo entender por que um católico medieval que via os "hereges" queimando até a morte nos autos-da-fé lidava tão bem com a falsa doutrina do tormento eterno, mas não consigo entender como em pleno século XXI pessoas com humanidade e sensatez ainda acreditam nisso. Desculpe o desabafo.

      Excluir
  51. Avalie:

    https://youtu.be/_It2WUXi05w

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior de tudo é ler os comentários. O apreço do brasileiro à democracia é tão contagiante... não me admira estarmos neste estado. Maldita cultura nacional.

      Excluir
    2. "O pior de tudo é ler os comentários. O apreço do brasileiro à democracia é tão contagiante... não me admira estarmos neste estado. Maldita cultura nacional."

      Verdade, enquanto nos Estados Unidos esse pessoal seria tratado como loucos (que realmente são) aqui no Brasil eles ganham voz e espaço, e grande parte da culpa da falta de apresso que o nosso povo tem pela democracia resume se em três grandes culpados: a decadente cultura católica, a monarquia e a corrupção (vide o "jeitinho brasileiro"). Olha como eu queria que esse país tivesse sido colonizado pelos ingleses e holandeses protestantes, se os protestantes tivessem colonizado esse país isso não estaria acontecendo. Depois os portugas ficam se doendo por conta disso e ficam pondo a culpa em nós mesmos. As vezes eu queria que esse país tivesse uma cultura de apresso pela democracia e pela liberdade do mesmo modo que os americanos tem. Valeu Colonização portuguesa! Valeu monarquia católica Imperial! Valeu corrupção! Valeu Decadente cultura católica! Por culpa de vocês estamos nessa situação decadente e culturalmente deprimente.

      Excluir
    3. A situação é tão decadente e deprimente que eles acham que a solução é colocar um ditador no poder que fuzile a oposição e implante uma agenda direitista na marra. É este o ponto em que chegamos.

      Excluir
  52. Hey Lucas,

    I know that this question is irrelevant to your article. But I was wondering what day you gather for church/fellowship (Saturday or Sunday)? It does not really matter or anything, but the subject is interesting.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I congregate on Sundays, in a Methodist church.

      Excluir
    2. Do you pastor the church that you attend?

      Excluir
    3. Não está mais no Luciano subirá?

      Excluir
    4. Você saiu da comunidade Vineyard?

      Excluir
    5. "Do you pastor the church that you attend?"

      No, I came in recently.

      "Não está mais no Luciano subirá?"

      Já faz vários anos que não.

      "Você saiu da comunidade Vineyard?"

      Recentemente.

      Excluir
  53. Lucas voce não está gravando mais vídeos por quê?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em parte por falta de tempo, e em parte porque eu prefiro muito mais escrever do que gravar, então dou prioridade ao site. Sei lá, toda vez que eu volto a gravar vídeo eu canso muito fácil, porque não é algo que eu goste de fazer (diferentemente de escrever).

      Excluir
    2. O YouTube deixa a pessoa louca. O cara começa a gravar e com o tempo vira bicho, fica irritado, quer fazer caretas, quer latir igual a cachorro, uiva igual lobo e por fim, depois de passar a xingar todo mundo, ele pira!

      Excluir
    3. Verdade mesmo. Esse aqui já pirou olha o que ele fala no início do vídeo

      https://youtu.be/ErxJDUzqc4Y

      Excluir
  54. Lucas, você acha que a imensa maioria dos católicos só frequenta a igreja pra "fazer uma social", tipo aquele costume que as pessoas tem e nem sabem o motivo?

    Eu acho muito engraçado quando um grupo deturpa a Bíblia pra se encaixar e validar o que ele quer fazer, especialmente quando são atos de violência contra a liberdade de escolha que seu próprio Deus concedeu a todos.

    Toda religião é suja, mas a sujeira escondida pela ICAR ultrapassa qualquer precedente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, dos apologistas católicos a grande maioria não acredita nem em Deus, do contrário jamais seriam tão imorais e obscenos (que na própria doutrina católica é um pecado). Esse tipo de gente apenas escolhe uma religião e a defende por razões culturais e políticas, por isso a maioria deles nem sequer vai à missa.

      Excluir
  55. Qual sua opinião sobre esse artigo, Lucas?: https://michelsonborges.wordpress.com/2019/03/30/anjos-tem-corpo-fisico/

    Eu achei um tanto estranha a explicação... Mesmo cendo da mesma crença dos autores desse site(IASD).

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei. Se anjos fossem seres materiais, e considerando que demônios também são tecnicamente anjos, então não seria possível haver possessões demoníacas (onde uma legião de demônios habita em um mesmo corpo).

      Excluir
  56. Lucas, faça um artigo sobre o procedimento e a mensagem cristã ante o pluralismo (religioso, político-ideológico, social) em que vivemos e não podemos ignorar.

    ResponderExcluir
  57. Lucas o que você achou do filme 1964 do Brasil paralelo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentei resumidamente aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/04/a-biblia-e-machista-por-pregar.html?showComment=1554327161801#c5577431748990714328

      Mas vou fazer um artigo sobre isso, ainda hoje.

      Excluir
  58. Olá Lucas! Duas perguntas:

    1-O quem tem na sua biblioteca de livros?

    2-O que você faria se você descobrisse que é o pior pecador do mundo?

    Abs!

    ResponderExcluir
  59. O que acha, Lucas?: https://www.youtube.com/channel/UCoP0V8KHVhf1EY5xJw17e_w/videos

    (Eu sinto cheiro de monarquistas!...)

    ResponderExcluir
  60. Vc já leu a obra Era Karl Marx um satanista ? Ele foi escrito por um pastor que sofreu no comunismo para manter a pregação de Cristo. Eu li e tipo, olhando para tudo ao redor, concordo com o livro. Se há uma forma nominal de satanismo coletivo inconsciente, é o comunismo.

    ResponderExcluir
  61. É possível que o marxismo seja a grande besta ou então que a origine? Porque tudo o que não presta é defendido pelo marxismo cultura: aborto, ideologia de gênero, a onda agora é não permitir mais que se chama pai ou mãe porque esses nomes impedem a implantação de outros papéis como família. .. E por aí vai...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Besta do Apocalipse é o oitavo governo a ter influencia mundial (conforme as interpretações do Lucas aqui e de outras correntes protestantes, os governos são o Egito, Assíria, Babilônia, Pérsia, Grécia, Roma, este ultimo se dividiu em dez nações europeias, a qual apenas sete sobreviveram, Portugal, Espanha, Itália, França, Suíça, Inglaterra e Alemanha, e surgiu um sucessor maior que estas nações que é a Igreja Católica), então você tem o sétimo governo que é o Estados Unidos, e então as nações europeias se unificam novamente para trazer a Besta de Daniel, que é Roma, mas uma nova Roma, que hoje em dia se encaixa perfeitamente com a União Européia. Vivemos na era do cumprimento das profecias, quando a palavra de Cristo chegar a todas as nações, Israel reconstruir o Templo e o Estados Unidos ser ultrapassado pela União Européia (a Besta) ira começar o Apocalipse de fato. E sim, a ideologia de União Europeia sera marxista ou algo bem perto disso, visto que que a Bíblia diz que este governo, ao contrario de outros sera completamente oposto a Deus, e sabemos que o marxismo se opõem a tudo que é de Deus como nenhuma outra religião, nação ou ideologia jamais se opôs.

      Excluir
    2. Antes eu também pensava que o marxismo era a própria besta, mas hoje eu entendo como o sistema da besta (e não a besta em si). Eu explico isso no artigo abaixo (que o amigo acima resumiu bem):

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/09/seria-uniao-europeia-o-novo-imperio.html

      Excluir
  62. Adorei!
    Pra ilustrar:
    https://www.youtube.com/watch?v=EYbS2nF8qc0

    ResponderExcluir
  63. Comente:

    https://youtu.be/ZsZ22kVudoA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentei várias vezes entrar nesse link e não carrega. Os outros entram normal mas esse não.

      Excluir
  64. Comente:

    https://youtu.be/AbxeY015VDI

    https://youtu.be/9AusF45Sjr0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizer que Brasília é um "projeto comunista" é um exagero grosseiro. Esse pessoal não pode ver uma coisa ruim que já liga ao comunismo.

      Excluir
  65. Ah sim, achei o artigo, esse aqui: https://portalconservador.com/karl-marx-satanista-confesso/ poderia fazer uma análise em foco com essa noticia: https://universa.uol.com.br/noticias/redacao/2019/02/18/por-casais-gays-franca-pode-abolir-pai-e-mae-de-fichas-escolares.htm a noticia é consequencia do marxismo cultura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, isso aí é um dos frutos do chamado "marxismo cultural".

      Excluir
  66. Lucas,
    Veja o que Paulo diz
    "Não há judeu nem grego, escravo ou livre, HOMEM OU MULHER; porque todos vós sois um em Cristo Jesus."
    Gálatas 3,28.
    Por que já se passaram mais de dois mil anos e o cristianismo ainda não reconheceu (ou melhor, se recusa a reconhecer) que a igualdade entre homens e mulheres é um princípio bíblico?
    Por que o discurso de IGUALDADE entre homens e mulheres ainda gera insatisfação de boa parte do clero?
    Qual a lógica que sustenta que a mulher está sujeitas uma suposta hierarquia deixada por Deus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu momento nenhum eu neguei a igualdade entre o homem e a mulher e tampouco falei em hierarquia. Há apenas funções diferentes que Deus deu ao homem e a mulher dentro de um relacionamento, funções essas que no geral são bem mais favoráveis às mulheres (como explico no artigo).

      Excluir
  67. Cara isso que eu vou falar daria até um artigo. Eu fico abismado com a hipocrisia dos papistas escravos do Conde Baleia, os caras criam diversas páginas com o unico intuito de debochar, rir e fazer memes imbecis contra o protestantismo e quando nós protestantes respondemos criando páginas para zuar os pseudo-romanistas lá vem o Eric Cartman de Roma mandando os minions dele ficarem chorando e defender seu mestre, até em processo eles falam, sempre o mesmo padrão de xingamento:

    http://www.ocnoticias.com/noticias/686x.php

    O que mais me admira é que eles começam a cobrar uma refutação protestante aos belíssimos "argumentos" do gordo mor sendo que isso já foi feito, e são eles e o gordo que não querem refutar os argumentos protestantes e ao invés disso ficarem fazendo piadinha.

    Tem que dar os parabéns para esse povo por essa vitória animalesca que eles conseguiram espalhando xingamentos na internet, Conde Loupexx é o maior lixo desse lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses caras são completamente doentes, nem merecem atenção. São insignificantes desprezíveis que serão esquecidos pela história, como já são hoje.

      Excluir
  68. O artigo chegou aos 200 comments e por isso a caixa de comentários será fechada. Quem quiser postar um novo comentário ou responder a algum daqui, pode fazer no artigo mais recente.

    ResponderExcluir