17 de janeiro de 2019

169 O que é ser uma pessoa de sucesso?

(Spoiler: não é se equilibrar no último andar de um prédio desses só pra tirar uma foto bonita)


Se você perguntar para alguém o que é ser “uma pessoa de sucesso”, provavelmente ouvirá que o sucesso está relacionado à sua conta no banco. Ou seja, quanto mais dinheiro, mais sucesso. Assim, a quantidade de sucesso é proporcional aos bens que a pessoa possui.

Para muitos outros, o sucesso está relacionado mais à fama do que à riqueza. Ou seja, quanto mais famoso alguém é, mais sucesso ele tem. O nível do sucesso depende do tamanho da celebridade, sua popularidade e “estrela”. E quanto mais essa estrela brilhar, mais “sucesso” fará.

Para outros tantos, o sucesso não está atrelado primordialmente à riqueza ou à fama, mas ao poder. Neste sentido, poderíamos dizer que um presidente de um grande país é um caso de sucesso maior que um popstar ou um bilionário qualquer. O estrelato e o dinheiro seriam apenas meios para se chegar ao poder e exercer maior controle sobre as massas.

Há também quem diga que ter sucesso é ter um alto cargo profissional, ser patrão e não empregado, ter seu próprio negócio e fazer sucesso assim, o que fará de alguém uma pessoa “realizada”. Para eles, perguntar se você é uma pessoa de sucesso equivale a perguntar “quão longe você chegou na carreira”.

Também dirão que ter sucesso é ser o melhor naquilo que faz – ainda que não seja necessariamente o mais rico –, independentemente da área de especialidade. Por exemplo, ser o melhor médico da sua cidade, ou o melhor professor da região, ou o melhor treinador de futebol do mundo, e assim por diante.

Também não faltam aqueles que atrelam sucesso a títulos pessoais. Por exemplo, um “pós-doutor” com três doutorados em Oxford, cinco mestrados em Harvard, fluente em oito idiomas, com um currículo invejável e premiações infindáveis, além de um amplo reconhecimento acadêmico que lhe confere status, ou seja, “sucesso”.

É claro que também não vão faltar aqueles que definirão sucesso de uma forma ainda mais carnal, pelo tanto de “minas” que “pegou” numa balada ou por ter essa ou aquela pessoa dos sonhos ao seu lado.

E, finalmente, aqueles que identificarão uma pessoa de sucesso através da sua inteligência, como se o sucesso de alguém estivesse atrelado ao seu QI ou a qualquer coisa que a faça parecer alguém intelectualmente superior aos demais.

É curioso que há numerosos resultados no Google sobre como ter sucesso, mas pouquíssimos sobre o que é ter sucesso – embora o conceito de sucesso seja tão subjetivo, múltiplo e variável.

Mas, se você me permite, eu terei que discordar de cada uma delas, embora reconheça que todas elas fazem algum sentido se analisarmos por uma ótica puramente materialista. E isso não é somente porque o bilionário de hoje pode se tornar o Eike Batista de amanhã, porque o presidente de hoje pode ser o Lula de amanhã, porque o popstar de hoje pode virar o Felipe Dylon de amanhã, porque o melhor treinador de hoje corre o risco de ser o Luxemburgo de amanhã, porque o mais “pegador” de hoje pode confundir as coisas igual o Ronaldo, porque o gênio de hoje pode enlouquecer como Bobby Fischer ou porque aquela pessoa que hoje todo mundo adora e elogia pode terminar a carreira como um Kevin Spacey.

A razão primordial é porque nada disso preenche realmente o vazio existencial das pessoas. Alguém pode ter tudo, mas não ter nada. Pode ser rico, famoso e adorado por todos, como Robin Williams era até escolher não viver mais. Marilyn Monroe era a atriz mais popular de sua época, mas trilhou o mesmo caminho. Há um vazio que não é preenchido com glamour ou fortuna; há um “sucesso” que não significa nada. Nunca vou me esquecer de um testemunho de Jim Carrey, que disse: “Eu acho que todo mundo deveria ficar rico, famoso e fazer tudo o que sempre sonharam, para que possam ver que essa não é a resposta”.  Essa não é a resposta. Mas, então, qual é a resposta? O que é sucesso, afinal?

Os dicionários definem sucesso como ter êxito em um projeto. A grande questão aqui é de qual projeto é esse que estamos falando, que pode nos fazer ser uma “pessoa de sucesso” ao cumpri-lo com êxito. Mas isso o dicionário não responde. É aqui que entra o lado subjetivo e pessoal, porque cada um tem um projeto diferente em mente. Se o seu objetivo na vida é ter um bom emprego, “sucesso” para você será ter um bom emprego. Se seu objetivo é ser rico, “sucesso” será ser rico. Se seu objetivo é ser famoso, “sucesso” é se tornar famoso. Se seu objetivo é chegar ao poder, o seu “sucesso” é o poder. Tudo depende de que alvo você tem em mente. Mas lembre-se: estes são alvos terrenos, de alguém cuja vida não passa de um sopro rápido e passageiro.

O problema de quem objetiva essas coisas não é por pensar grande demais, mas justamente por pensar pequeno. Mesmo que você tenha tudo nesta vida e jamais entre em uma crise existencial como Jim Carrey e milhões de outras pessoas, tudo o que você teria é uns setenta, talvez oitenta e poucos anos de vida boa na terra. E fim. Bilhões de pessoas vieram antes de você, viveram suas vidas de forma melhor ou pior e então se foram. Outras bilhões ainda virão e passarão pelas mesmas coisas com um mesmo fim. Se outra vida existe, nada levaremos daqui. Na morte, o escravo que sofreu a vida inteira tem o mesmo “descanso” que os reis que viveram em seus palácios. Debaixo da terra, são todos iguais. “Tudo é passageiro”, diz o sábio em Eclesiastes, “tudo é ilusão” (Ec 1:2). Se os projetos que você tem na vida são esses acima, nada faz sentido, “tudo é inútil, tudo é correr atrás do vento” (Ec 1:14).

O projeto que Cristo anunciou é muito maior que isso. Não é de uma vida vã e fútil, mas uma gloriosa e incorruptível. Não uma efêmera, mas uma eterna. Não mais a ilusão, mas a realidade. Não em um mundo caído, mas num restaurado à sua perfeição original. Um que “nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou no coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (1Co 2:9). É para esse outro mundo que Jesus nos convida a colocarmos nossos olhos e guardarmos nosso coração. A vida mais bem vivida aqui não é nada, nada mesmo, comparada a qualquer pessoa simples que herde a vida eterna, a vida que Deus nos preparou. Afinal, “que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” (Mc 8:36).

A troca é muito simples: “Quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa, a encontrará” (Mt 16:25). Não é uma troca fácil, mas é uma troca justa. Você abre mão desta vida pela próxima, e então recebe a próxima ao final desta, na ressurreição. Isso não significa deixar de viver ou de fazer planos terrenos, mas significa que o verdadeiro termômetro que pautará a sua vida não serão os projetos listados no início, mas a vida que Jesus te prometeu. Ele é a Ressurreição e a Vida (Jo 11:25), e é nele que os nossos olhos devem estar focados dia e noite.

A consequência do conceito materialista de sucesso é que milhões de pessoas se sentem frustradas e fracassadas na vida por não serem quem elas queriam, por não terem alcançado o que projetaram em sua carreira profissional ou acadêmica. E isso acontece com muitos crentes que tem tudo o que há de mais precioso – ou melhor, a única coisa realmente preciosa que podemos levar daqui –, a salvação. Elas já têm tudo, mas são frustradas porque pensam que não tem nada. Colocaram na cabeça delas que ter sucesso é alcançar objetivos e metas que não são nada em comparado ao maior de todos os objetivos que alguém pode ter em mente.

Assim, a principal pergunta que devemos fazer a nós mesmos não é quanto dinheiro temos no banco, quão famosos somos ou quanto poder exercemos, mas o que estamos fazendo para receber a aprovação no grande dia do juízo. É isso. É colocar em primeiro lugar o Reino de Deus (Mt 6:33), porque quem tem o Reino tem tudo, mesmo que não tenha nada. Na matemática celestial, quem “perde” ganha, e quem “ganha” perde; “os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão os últimos” (Mt 20:16).

Não parece fazer sentido, porque em toda a nossa vida fomos ensinados que uma pessoa de sucesso é quem “ganha” na terra. Mas para aqueles que consideram a vida eterna o maior de todos os projetos que podem ser concebidos, receber a graça da salvação é o maior de todos os êxitos. É ser alguém de sucesso, ainda que você seja desprezado e desconhecido entre os homens, porque sua fama não é daqui, e nem precisa ser. O mundo pode ser dividido em dois: aqueles que “amam mais a glória dos homens do que a de Deus” (Jo 12:43), e aqueles que sabem que, lá no fundo, nada mais importa senão Ele.

Paulo já era uma "pessoa de sucesso" materialmente falando, antes de conhecer a Cristo. Ele era um dos principais líderes da maior facção do Judaísmo, membro do Sinédrio, tinha tudo em abundância, falava diversas línguas, era "sábio segundo o mundo", reconhecido e respeitado por todo o povo... mas decidiu abrir mão de tudo para viver no limite quando conheceu Jesus, levando o tipo de vida que ele descreve em 2ª Coríntios 11:23-30, que seria facilmente considerada um caso de fracasso miserável a ser usado como exemplo em qualquer "curso de técnicas e estratégias de sucesso" moderno. Mas, para Paulo, foi justamente essa troca que fez dele um sucesso, dado que seu objetivo não era ganhar o mundo, mas ganhar a Cristo:

"Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo. Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo" (Filipenses 3:7-8)

Quer ser uma pessoa de sucesso? Aprenda com aqueles que “experimentaram escárnios, açoites, cadeias e prisões; foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados – dos quais o mundo não era digno –, errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra” (Hb 11:36-38), e que são justamente os «herois da fé» postos como exemplo máximo a todo e qualquer cristão. Na galeria do céu, sucesso quem tem são esses que fixaram seus olhos no bem maior e supremo, obtendo um notável êxito nesse projeto. Que seja este o nosso projeto, que nisso sejamos “mais que vencedores” (Rm 8:37); que Aquele que venceu o mundo seja a sua vitória, e que ali esteja o seu sucesso.

• Compartilhe este artigo nas redes (compartilhe mesmo!):

Paz a todos vocês que estão em Cristo.

Por Cristo e por Seu Reino,


- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!


- Baixe e leia os meus livros clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.

ATENÇÃO: Sua colaboração é importante! Por isso, se você curtiu o artigo, nos ajude divulgando aos seus amigos e compartilhando em suas redes sociais (basta clicar nos ícones abaixo), e sinta-se à vontade para deixar um comentário no post, que aqui respondo a todos :)   

169 comentários:

  1. Excelente reflexão, Lucas; até me lembrei de outro artigo seu: "O sentido da vida sem Deus", também sensacional. No mais, concordo plenamente com o que escreveste. Falo por experiência própria que servir o mundo em detrimento das coisas de Deus causa um enorme vazio existencial. O ideal é dar ênfase a Deus ao mesmo tempo que busque uma vida confortável aqui na terra, apesar dela ser efêmera

    Abs!

    ResponderExcluir
  2. Como homens como Paulo, fluente em várias línguas, intelectual e influente, 'joga tudo fora' para sofrer e viver no limite. Porque será?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado, eu inclusive acrescentei isso ao antepenúltimo parágrafo do artigo baseado no seu comentário.

      Excluir
  3. Lucas, Agostinho acreditava no livre arbítrio como dizem alguns teólogos protestantes? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele acreditou durante a maior parte da vida, mas no final aderiu a um tipo de determinismo calvinista, por isso Calvino cita tanto Agostinho e os calvinistas também. Abs!

      Excluir
  4. Lucas, o que dizer das traduções da bíblia em línguas vernáculas antes da reforma? Tais traduções estavam disponíveis para leitura do povo que não conhecia o latim? Tais traduções eram dignas de credibilidade? Sobre a proibição da leitura bíblia, lo que dizer da afirmação de certos apologistas católicos que
    argumentam que o concílio de tolosa foi apenas um sínodo local, e que tal proibição da leitura da bíblia feita por esse concílio não valia para todos os domínios da igreja?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu escrevo sobre isso neste artigo:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/04/conheca-toda-perseguicao-e-proibicao-da.html

      Resumidamente: essas versões não eram produzidas ou autorizadas pela Igreja, eram edições particulares, e muitas delas foram perseguidas da mesma forma que as Bíblias protestantes e dos pré-reformadores. A regra era clara: só era permitida a Vulgata latina, e mesmo assim raramente um leigo podia ter acesso, só com autorização expressa e olhe lá. Só no século XX é que a Igreja Romana começou a afrouxar essas exigências, e só na metade do século (por volta do Concílio Vaticano II) é que adotou de uma vez o mesmo ensino protestante, de liberalização às Bíblias vernáculas e de incentivo às sociedades bíblicas que eram até então completamente demonizadas por eles. Tudo isso é melhor explicado no artigo com centenas de fontes e referências.

      Excluir
  5. Esse artigo chegou na hora certa, estava pensando sobre isso esses dias.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo artigo lucas. Deus o abençoe meu irmão em Cristo

    ResponderExcluir
  7. Avalie:

    https://youtu.be/Z3gEuYIR5r4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumindo o que ele disse no vídeo: votou duas vezes no Lula e só não votou duas vezes na Dilma porque estava fora do país (mas disse que se estivesse apto a votar, votaria nela também). E ainda disse que não existia nada contra o Lula em 2006, só que se esqueceu que nessa época já tinha o mensalão e só alguém realmente extremamente ingênuo (pra não dizer mal-intencionado) acreditaria mesmo que o chefe supremo do Estado e do partido "não sabia de nada". Ou seja, mesmo depois de toda a corrupção do Lula e incompetência da Dilma ele continuou votando em ambos, ainda que não se defina como um petista.

      Excluir
    2. Lucas, já que você é mais velho do que eu (sou de 2000), por favor, responda a minha pergunta:

      Como foi que o Lula mesmo com o escândalo do mensalão ainda conseguiu ser reeleito? E como foi que ele ainda saiu do cargo com 87% de aprovação? O Lula enquanto Presidente tinha a sua aprovação? Você sempre foi Anti-PT? Isso porque até onde eu me lembro, minha família inteira sempre foi Anti-PT, principalmente a minha avó (inclusive ela conseguiu prever aonde isso tudo iria para), sou de uma família evangélica e conservadora. E eu particularmente nunca gostei do Lula, nem da Dilma (principalmente a Dilma), inclusive eu me lembro que na campanha eleitoral de 2010 eu pedi para a minha família votar no Serra, pois eu sempre desconfiei da Dilma, no fundo eu sabia que a vaca iria para o brejo com a Dilma no poder.

      Excluir
    3. Sobre a questão econômica, eu comentei neste artigo:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/10/o-brasil-melhorou-economicamente-por.html

      Sobre essa suposta aprovação espetacular que o Lula tinha, é lenda. Minha família também sempre foi anti-PT, e pelo menos aqui onde moro a maioria era anti-PT também, mesmo naquela época (embora antes a coisa fosse mais dividida, hoje em dia virou até covardia). Claro que no Nordeste por exemplo a coisa devia ser bem diferente, mas nada justifica os supostos "87% de aprovação" (a não ser que essa pesquisa tenha sido feita dentro da sede do PT). Vejamos: o Lula só conseguiu se reeleger contra o Alckmin no segundo turno, e mesmo assim com fraudes nas urnas (Alckmin teve menos votos no segundo turno do que no primeiro, o que é ridículo). Em 2010, ou seja, no mesmo ano em que saiu essa pesquisa da Foice de S. Paulo, Lula não conseguiu eleger sua sucessora (Dilma) senão no segundo turno, novamente. Quem são esses "87%" que adoram o Lula e mesmo assim votam nos seus oponentes (ou em quem se opõe a quem ele apoia)? É óbvio que esses 87% jamais expressou um número real, talvez só no Nordeste mesmo e olhe lá. Ele devia ter um pouco menos de 50%, por isso o PT sempre precisou de segundo turno para vencer todas as eleições (pois a maioria preferia outros candidatos, ou nenhum deles), e só ganhava depois pelo "voto útil", não por eleitores convictos que o aprovassem.

      Excluir
    4. Muito obrigado por me responder, abraços fique com Deus.

      Excluir
  8. Banzoli, eu não sou tão expert a respeito de denominações, seitas, e nem da base de suas doutrinas, mas eu encontrei esta imagem aqui que segundo um membro desta denominação, validaria sua doutrina como sendo a correta de acordo com os versículos listados:

    http://4.bp.blogspot.com/-v-Z6KgusWh0/UxU5C7VJ1dI/AAAAAAAAGoA/z-69tVOsi9c/s1600/1620426_229429990592574_1846438588_n.jpg

    Essa denominação você muito provavelmente já conhece, poderia me informar se os versículos realmente afirmam as doutrinas mostradas no gráfico ou se são apenas distorções fora de contexto para tentar validar tais práticas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dali é crido também pelas demais igrejas evangélicas ou pelo menos pela maior parte delas. Dos pontos que eu discordo, destaco alguns: (1) na parte da "oração em pé", eles isolam e tiram do contexto um versículo que fala dos fariseus orando em pé nas sinagogas PARA SEREM VISTOS PELOS OUTROS (Mt 6:5), ou seja, o que Jesus estava condenando não era a posição da oração em si, mas sim a atitude ostensiva de se mostrar diante dos outros para que os outros vejam o quão "espiritual" ele é, o texto não nos diz nada sobre orar de pé em privado, por exemplo, sem a má intenção que os fariseus tinham; (2) na parte sobre adultério, nenhum cristão discorda que adultério é pecado, isso está bastante óbvio, o problema é que eles pregaram e difundiram durante décadas que o adultério era um pecado sem perdão, equivalente à blasfêmia contra o Espírito Santo, o que é um absurdo sem nenhum amparo bíblico (além de que mandaria Davi pro inferno); (3) embora este seja um assunto polêmico, eu não tenho nada contra mulher pregar na igreja, inclusive escrevi sobre isso aqui:

      http://ocristianismoemfoco.blogspot.com/2015/08/o-pastorado-feminino-e-correto.html

      Tem ainda outros pontos que eles ensinam que eu discordo, embora não estejam no gráfico que você passou, acho que o mais grave é a característica exclusivista que muitos ex-membros da ccb já testemunharam (inclusive aqui no blog), o que pra mim é uma coisa muito perigosa.

      Excluir
    2. "embora este seja um assunto polêmico, eu não tenho nada contra mulher pregar na igreja"
      Lucas, qual é a lógica que sustenta a idéia que uma mulher possa ensinar matemática, física, engenharia, filosofia,..., e não a Palavra de Deus?
      O Espírito Santo só ilumina mentes masculinas?
      Uma professora, conhecendo a Palavra de Deus, não deve ensinar por se tratar de um atributo masculino?
      Num comentário acima você admite a idéia que lógica possa ser tão antiga quanto Deus. Assim sendo eu pergunto: Qual a justificativa LÓGICA dessas premissas?

      Excluir
    3. Bem ressaltado. Essa é uma das muitas razões pelas quais eu não vejo sentido em se opor à pregação de mulheres na igreja, inclusive a maioria dos que se opõem ao ministério feminino acabam caindo em contradições lógicas depois (por exemplo, permitem que mulher ensine em EBD e que preguem como missionárias em outros países, mas não deixam que preguem no "culto principal", o que é totalmente incoerente; se é proibido a mulher ensinar então deveria ser sempre proibido e pronto).

      Excluir
    4. Verdade Lucas, é um grande absurdo a genitália ser a condição obrigatória pra se ensinar a Palavra de Deus!

      Excluir
    5. Mas Lucas, você considera a ccb como sendo uma seita? Eu particularmente acho que eles tem muito em comum com diversas seitas e tem muito para serem classificados como uma, principalmente levando em conta alguns costumes que não possuem embasamento ZERO nas escrituras, que ai de você se discordar deles (antes que apareça um membro da ccb para dizer que isso são casos isolados, os itens a seguir estão todos presentes nos tópicos de ensinamentos http://www.ccbhinos.com.br/topicos-de-ensinamentos-congregacao-ccb/Topicos-de-ensinamentos-1996---61---Assembleia-10):
      -proibir que seus membros participem de outras partes da formatura, apenas a colação pois o resto são "cerimônias de idolatria"
      -proibir que os membros tenham apelidos
      -proibir que membros com aids sejam batizadas junto com os demais membros, mas sim em um batismo separado dos demais, além de fazer com que eles só participem da santa ceia após todos os outros membros "saudáveis" terem participado
      -ainda sobre pessoas com aids, elas devem sentar somente nos últimos bancos, e precisam sair momentos antes do fim do culto
      -homens e mulheres tem que ficar separados durante os cultos
      -mulheres são proibidas de tocar outros instrumentos, apenas órgãos
      -proibição do uso de calça nas mulheres, somente saia
      -proibir membros do ministério de terem tv em casa, e se alguém que possui tv quer entrar para um ministério, essa pessoa será recusada
      -proibir que meninas dancem a valsa em festas de 15 anos
      -colocar membros que pintam o cabelo na disciplina, assim como proibir que mulheres usem cabelo curto e homens usem barba ou algum penteado considerado "não convencional" por eles
      -proibir que os membros usem adesivos ou camisetas com versículos bíblicos, e proibir a utilização do logotipo da ccb dessa forma
      -proibir organistas de usarem manga curta
      -considerar o hinário da ccb como sendo um livro sagrado
      -proibir membros do ministério de fazerem empréstimos ou serem fiadores

      Já tentei conversar sobre um membro da ccb sobre estes tópicos mas a única coisa que ele diz é que eu não entenderia pois não faço parte da congregação, que isso tudo é pra proteger os membros e fazer com que eles se diferenciem das pessoas "mundanas", ou simplesmente diz que não se deve questionar a decisão dos anciãos pois eles são guiados por Deus (o que me lembrou muito o que os católicos dizem em relação ao papa)

      Excluir
    6. Eu considero tudo isso muito perigoso, a ccb é uma igreja das mais legalistas (junto com a "Deus é Amor"), mas ainda não considero seita propriamente dita porque não descrê em um dogma fundamental do Cristianismo, nem tem alguma heresia de perdição (embora não estejam muito longe disso). É uma das igrejas que eu menos recomendaria, mas acho que ainda não chega a ser seita.

      Excluir
  9. Isso mesmo Banzoli! Devemos buscar sempre o sucesso espiritual, a salvação.

    ResponderExcluir
  10. Opa Lucas, familia vai bem?
    Bom, estava pensando no tempo pré criação do universo, anterior até mesmo aos anjos. Neste exato tempo, será que podemos dizer que a criaçao da matematica antece a criação dos anjos? Por exemplo, antes dos anjos só havia Deus, portanto neste exato momento já existe o "1" que é o próprio Deus (ou 3 se contarmos Pai, Filho e Espirito Santo). Será que esse racicinio é correto? Gostaria de saber sua opinião.

    Fique com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma questão de cunho bem filosófico que já fugiria da minha área, mas a princípio eu concordo com a sua análise, as leis da lógica são tão antigas quanto o próprio Deus, da mesma forma que as características que Deus possui (seria como perguntar se o seu DNA é mais antigo ou mais novo do que você, o que não faria muito sentido já que ele é parte intrínseca do seu ser). Abs!

      Excluir
  11. Avalie:

    https://youtu.be/_y6YrXyv33A

    Guy Falkes pode ser considerado um terrorista? Algum dia você pretende escrever um artigo sobre a Conspiração da Pólvora? Esse tema renderia um artigo bem proveitoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu escrevo sobre isso numa parte do meu livro sobre a Reforma (está no capítulo 7 sobre a Inglaterra, lá no final, na parte do rei Jaime). De fato, foi um atentado terrorista com o propósito de restaurar o catolicismo romano na Inglaterra, o que aliás acabou ajudando a manchar (ainda mais) a imagem dos católicos ingleses, que já conspiraram pra kct na época de Isabel e só não conseguiram assassiná-la em uma revolta católica porque a rainha era tão amada pelos ingleses que quase ninguém aderiu à revolta (nem mesmo muitos dos próprios católicos), aí entra o rei Jaime e tentam fazer o mesmo com ele, ou seja, o catolicismo havia virado sinônimo de sabotagem e conspiração política, em quem não se podia confiar.

      Excluir
    2. por falar nesse cara o que você acha do V de Vingança?

      Excluir
    3. Nunca assisti, quando assistir eu comento.

      Excluir
  12. Lucas, o Brasil é considerado um país católico pois 64% da população é católica, mas isso não seria errado levando em conta que mais da metade desses 64% sequer são praticantes?
    E você acha que o número de protestantes praticantes já ultrapassou o número de católicos praticantes aqui no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu respondi sobre isso recentemente aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/01/o-ser-humano-esta-progredindo-em.html?showComment=1547652289874#c725555537881023191

      Excluir
  13. Lucas https://www.portasabertas.org.br/categoria/lista-mundial/russia
    olha isso a Rússia esta em 42 lugar em perseguição

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E deve piorar. O Putin já proibiu as Testemunhas de Jeová na Rússia alegando que eles são "extremistas", não duvido que daqui um tempo usem pretextos semelhantes para proibir as igrejas evangélicas também, da mesma forma que já acontece no Irã e em outros países muçulmanos.

      Excluir
    2. Como pode o evangélico Júlio Severo defende Putin e o sistema político Russo

      Excluir
    3. Isso é provavelmente porque o Putin tem uma política "anti-gays" (e teve uma época em que uns 80% dos artigos do Júlio era só pra falar sobre gays).

      Excluir
    4. Lucas, você acha que essa aproximação de Putin com o Maduro é uma "resposta" para a aproximação que Bolsonaro pretende fazer com o Trump?

      Excluir
    5. "Lucas, você acha que essa aproximação de Putin com o Maduro é uma "resposta" para a aproximação que Bolsonaro pretende fazer com o Trump?"

      Putin está defendendo o socialismo latino-americano como o típico socialista que é, por isso já moveu navios e aviões de guerra russos para perto da Venezuela a fim de defender o país caso ele seja alvo de alguma intervenção estrangeira (seja brasileira ou americana, ou de qualquer lugar) a fim de depor o ditador que está no poder. Ou seja, é simplesmente um ditador defendendo outro ditador com ideologia semelhante. Da mesma forma que os EUA quer que os países sul-americanos sigam o seu modelo (o que ocorre agora com o Brasil), a Rússia quer o mesmo (o que ocorre agora com a Venezuela). Por isso seria tão temoroso invadir a Venezuela mesmo que por uma boa causa, isso pode dar m**** e descambar para uma coisa pior. Melhor deixar eles lá aprendendo na prática no que dá votar em socialista, para nunca mais se esquecerem.

      "Você concorda"

      Com o que exatamente?

      Excluir
  14. Banzoli o que você acha do padre quevedo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu "gostava" do padre Quevedo por causa disso:

      https://www.youtube.com/watch?v=kjwEqR3C6FM

      Ou seja, ele basicamente não cria em "santos" católicos que estivessem vivos como espíritos em algum lugar. É até chocante ouvir isso da boca de um padre, eu nunca pensei que encontraria um "padre mortalista" (já pensou se a moda pega?). Mas infelizmente ele não cria nisso pela melhor das razões, mas sim porque era parapsicólogo adepto do ceticismo em relação a qualquer coisa envolvendo o mundo espiritual, por isso ele também não cria em anjos e demônios, apesar da Igreja Romana sempre ter crido nisso (o que o padre não reconhece, diante do novo catecismo católico, como alegou em entrevista ao CACP). O mais irônico disso tudo é que ao mesmo tempo em que ele era extremamente cético em relação a anjos e demônios, paradoxalmente ele acreditava em "milagres" católicos que praticamente nenhum cientista sério acredita, e que se sustentam em cima de afirmações duvidosas e pressuposições pífias, com pouca ou nenhuma credibilidade. E ainda usava isso como a "prova" de que a ICAR era a única religião verdadeira, apesar desta mesma ICAR não concordar com as conclusões dele (e mesmo assim nunca chegou a excomungá-lo, o que só aumenta as contradições de ambos os lados...).

      Excluir
    2. Exatamente, Lucas, ele mais parecia um cético simpatizante do Catolicismo do que um padre. E depois vêm falar de unidade católica. Ademais, aproveitando a pergunta do nosso amigo, o que você acha do padre Paulo Ricardo?

      Excluir
    3. O padre Paulo Ricardo é um caso bem diferente, se trata de alguém bem perigoso pois vem com a aparência de "cordeiro", escondendo o lobo que realmente é. Esse cara não passa de um sofista que passa a vida inteira inventando argumentos ridículos que distorcem totalmente as crenças que tenta desconstruir e que tenta através desses sofismas cativar a mente dos mais incautos, além de ser alguém que nitidamente tem ódio dos evangélicos, inclusive já chegou a ofender os evangélicos em plena missa, chamando-nos de "otários" por irmos direto a Deus ao invés de passarmos pelo panteão de "santos" antes. Inclusive sobre isso eu escrevi aqui no blog:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/05/os-evangelicos-sao-otarios-por.html

      É lastimável o tanto que ele precisa deturpar informações e fatos para atacar alguma coisa, e não é só com o protestantismo que ele é expert nisso, até quando ataca outras religiões ele faz o mesmo. Eu me lembro bem de uma vez que eu vi um vídeo dele há alguns anos atrás refutando o espiritismo, eu pensei "bom, vamos assistir para ver se encontramos algo bom que nos ajude nisso", e no final não apenas não encontrei nada que acrescentasse qualquer coisa, como ainda ele passou 80% do tempo atacando espantalhos e mentindo (e olha que eu só tinha lido um livro do Kardec, o suficiente para ver que tudo o que ele dizia sobre espiritismo era mentira). Com o protestantismo então esse índice aumenta de 80% para 100%, é mais sofista que um Paulo Leitão da vida, e mais perigoso por se apresentar como padre e supostamente como alguém autorizado para falar em nome da Igreja. Só de ver as analogias toscas que ele usa para sofismar chega a dar náuseas, você já viu aquela que iguala Jesus ao sol e Maria à lua pra dizer que devemos ir a Maria ao invés de Cristo, pois nossos olhos doem quando olhamos ao sol? É desse nível aí pra baixo. Chega a dar nojo.

      Excluir
    4. Estava procurando esse ''ensino'' do padre Paulo sobre Jesus e Maria em um vídeo e olha só o ABSURDO que eu achei nos comentários (sei que você está acostumado a ler essas tolices mas veja só):

      Não-católico: ''O problema não são os protestantes, o real problema é quando a Igreja inventa doutrinas que não estão fundamentadas nas Escrituras e sim na tradição de homens!

      Maria foi uma grande serva de Deus, assim como Moisés, Davi, Pedro, João...
      Porém, toda honra, toda glória devem ser dadas ao Cristo, Salvador e Mediador da Nova Aliança!''

      Católico: ''Hehehehehehe! Noooossa! Comparar Maria Santíssima, Mãe de Jesus, Mãe do próprio Deus Encarnado, com Moisés, Pedro, João....é coisa de RETARDADO MENTAL! Hehehehehehe!''

      Ou seja, mesmo sendo católico zomba do ''primeiro papa'' e de outros grandes nomes da Cristandade. Dá para acreditar que um ser humano seja tão alienado assim?

      Excluir
    5. Kakakakakakaka pois vida, olha uma das poucas coisas que admiro na igreja católica é a parte da arte e da arquitetura. Bens materiais ... Pq os espirituais....

      Excluir
    6. Imagina o quanto esse católico aí ficaria revoltado com Jesus quando ele disse que o maior ser humano que já havia nascido era João Batista (e não sua mãe), em Lucas 7:28. Ele provavelmente interromperia Jesus com grosserias e diria que ele é um "retardado mental" em meio a risos histéricos. Lamentavelmente eles foram ensinados que Maria é uma deusa, uma espécie de quarta pessoa da trindade, ainda estão discutindo se está um pouco acima ou um pouco abaixo de Deus, por isso se escandalizam tanto quando alguém diz que ela era um ser humano mortal como outros tantos servos de Deus.

      Excluir
    7. Muito bem lembrado, Lucas. Essa simples passagem já é o suficiente para pôr água abaixo essa invenção humana de adoração à Maria como se ela fosse o próprio Deus, porém mulher. Ainda sobre esse tema, o que você acha desse argumento: ''se a terra que Jesus nasceu é santa, imagine o ventre que o gerou''?

      Excluir
    8. Banzoli, mas entre João Bastista e Moisés, qual deles foi o maior profeta de todos os tempos?

      Excluir
    9. "Muito bem lembrado, Lucas. Essa simples passagem já é o suficiente para pôr água abaixo essa invenção humana de adoração à Maria como se ela fosse o próprio Deus, porém mulher. Ainda sobre esse tema, o que você acha desse argumento: ''se a terra que Jesus nasceu é santa, imagine o ventre que o gerou''?"

      A terra que Jesus nasceu (Belém) não é "santa". Essa coisa de "terra santa" é coisa de católico. Para nós cristãos, não existe um pedaço de terra que seja "mais santo" do que outro pedaço de terra, o que importa são os corações humanos. É sobre útil voltar a João 4 quando se discute isso:

      “’Nossos antepassados adoraram neste monte, mas vocês, judeus, dizem que Jerusalém é o lugar onde se deve adorar’. Jesus declarou: ‘Creia em mim, mulher: está próxima a hora em que vocês não adorarão o Pai nem neste monte, nem em Jerusalém. Vocês, samaritanos, adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus. No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade’” (João 4:20-24)

      "Banzoli, mas entre João Bastista e Moisés, qual deles foi o maior profeta de todos os tempos?"

      Como pessoa foi João Batista, mas como profeta nós não sabemos porque Jesus não mencionou, talvez tenha sido Moisés mesmo (ou Abraão, que também é chamado de profeta na Bíblia). Se eu perguntasse quem é maior, o apóstolo Paulo ou Romário, com certeza a resposta seria Paulo, mas se a pergunta fosse quem é maior como jogador de futebol, aí por certo a resposta muda.

      Excluir
  15. 1-Oque coce acha sobre Laurentino Gomes e suas obras (1808, 1822 e 1889)?
    2-Oque você acha sobre o transhumanismo e já ouviu falar sobre o casando verbo?
    3-Oque você acha de musica nos cultos (nos sentidos de que pode vir a exaltar a carne)?
    4-Oque você acha sobre a Assembleia de Deus ( infelizmente não tenho lugar mais viável para congregar)?
    5-Você acha Ap 2:12-17, se aplica não só a igreja católica, mas as igrejas que já tiveram o poder ou almejam tal?
    6-Oque voce acha dos evangelicos que exaltam o papa como esse: http://blogs.opovo.com.br/ancoradouro/2013/08/27/jovem-protestante-que-exibiu-cartaz-de-acolhimento-ao-papa-francisco-na-jmj-se-converte-fe-catolica/?
    7-Qual sua opinião sobre a Armênia ser o primeiro país cristão, e também sobre a igreja da armênia?
    8-Quando Jesus fala em Mt 5:30, ele está se referindo a igreja (por que ela é o corpo de Cristo)? Pois isso vai contra ao " uma vez salvo sempre salvo", Ele também diz em Mt11:6 "bem aventurados os que não se escandalizam em mim".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Eu só li o de 1808 (para a escrita do meu TCC sobre a escravidão) e achei muito bom.

      2) Eu comento um pouco sobre transumanismo aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/01/a-revolucao-francesa-nos-da-o-exemplo.html?showComment=1547478007417#c9030952009136059389

      Conheço esse canal "Casando o Verbo" mas não acompanho, devo ter visto uns dois vídeos há uns cinco anos atrás ou algo assim.

      3) A música (louvor) é um momento importante no culto, tão importante quanto a pregação, a Bíblia nos fala muito sobre a importância de louvarmos a Deus e a Igreja sempre cantou louvores a Deus nos cultos desde os tempos mais remotos. Mas é importante que sejam louvores que exaltem a Deus, e não puramente antropocêntricos (neste caso sim se tornaria exaltação da carne).

      4) Depende muito, eu já encontrei AD excelentes, e outras que eu não congregaria nem a pau. Infelizmente não existe muita padronização, hoje em dia a AD depende muito mais do pastor que prega numa igreja específica do que um padrão maior que orienta todas as igrejas, é diferente de outras denominações que seguem uma linha específica e que você pode encontrar a mesma coisa em qualquer templo daquela denominação. Eu me lembro que quando congregava numa AD, há muito tempo, era sempre um pastor ou pastora diferente que era convidado(a) a pregar, e às vezes eram pregações excelentes, outras vezes só gritaria e chavões de autoajuda e nada a mais (ainda que o pastor principal fosse um senhor muito honrado, embora raramente era ele quem trazia a palavra). Então sem saber quem é o pastor da igreja específica em que você pretende congregar fica difícil analisar.

      5) Eu não vejo no texto citado alguma alusão ao poder temporal, existem muitos textos que podem ser apropriadamente usados sobre isso mas não vejo nada neste texto em específico.

      6) Esse cara aí do cartaz se converteu ao catolicismo logo depois, é até provável que ele já fosse católico antes, pelo menos eu não duvido nada, dada a rapidez com que ele anunciou sua "conversão" após esse episódio. Mas é muito comum que crentes "ecumênicos" que já compraram todo o "catolicismo cultural" se tornem católicos de uma vez, isso é o que mais acontece, só o fato de alguém admirar uma instituição responsável por assassinar, torturar, roubar os bens, açoitar e escravizar centenas de milhares de pessoas ao longo dos séculos e de proibir a leitura da Bíblia e perseguir os servos de Deus já é um sinal claro de que um sujeito desses não é evangélico coisa nenhuma, ninguém que tenha a Deus admira a Belial, nem é possível servir os dois ao mesmo tempo.

      7) Não sei se a Armênia foi mesmo o primeiro país cristão, há uma tradição que diz isso mas com coisas assim não dá pra assegurar confiabilidade. A Igreja Armênia até onde eu sei é ligada à Igreja Ortodoxa, então eu penso dela o mesmo que penso da Igreja Ortodoxa (comento sobre isso no artigo abaixo):

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2015/09/semelhancas-e-diferencas-entre.html

      8) Eu não creio que "uma vez salvo sempre salvo", mas também não acho que este versículo deva ser usado neste sentido, seria uma distorção do que Jesus disse. Não é porque "corpo" aparece em meia dúzia de textos de forma simbólica representando a Igreja que toda a vez em que o termo "corpo" aparecer na Bíblia terá esse significado, isso seria extrapolar as regras da hermenêutica. Neste caso aí Jesus falava de um corpo literal, embora usasse de uma linguagem hiperbólica para ressaltar até que ponto que o pecado pode destruir a vida de um ser humano.

      Excluir
  16. Avalie: https://www.youtube.com/watch?v=t3GokDZlnZo
    Sei que esse vídeo já é meio antigo mas só fui assisti-lo agora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São as mesmas pataquadas que já foram demolidas pelo Yago Martins no debate com ele e que já foram refutadas à exaustão em centenas de artigos do blog, chega até a ser cansativo, são sempre os mesmos argumentos já refutados de sempre, eles não são capazes de inovar, são retrógrados até nisso, os argumentos que usam hoje são exatamente os mesmos que usavam em 2009 (quando eu entrei para a apologética aos 16 anos e já refutava eles), não avançaram nem um centímetro, e muito menos tem qualquer capacidade de contra-argumentação.

      http://www.lucasbanzoli.com/2015/07/artigos-sobre-catolicismo.html

      Excluir
  17. Por favor, você poderia avaliar esse artigo da Wikipédia sobre a Bancada Evangélica:

    https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Bancada_evangélica

    Na Boa, achei esse artigo da Wikipédia sobre a Bancada Evangélica muito tendencioso e parcial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu parei de ler no "...também se opõem à criminalização da violência e discriminação contra homossexuais, bissexuais e transexuais". É nisso que dá quando um esquerdista escreve um artigo sobre a Bancada Evangélica, o cara vai distorcer tudo até se cansar.

      Excluir
  18. Uhal Lucas eu leio seus artigos a muitos anos mas esse sem dúvida foi o melhor, foi como quando o David Gilmour entra com o solo em confortable numb, ou quando Will Smith no filme em busca da felicidade fala "essa pequena parte da minha vida é o que eu chamo de felicidade" ou quando os aparelhos nas pernas do Forrest Gump se rompem, enfim eu poderia passar horas aqui citando referências, mas só quem sentiu a presença de Deus lendo esse artigo vai entender o que estou tentando dizer. Parabéns que Deus o abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por dar tantos exemplos práticos bem instrutivos, gostei =)

      Deus abençoe igualmente!

      Excluir
  19. Lucas, qual sua opinião sobre o Augustus Nicodemos, ele me parece ser um tipo de calvinista diferenciado dos demais que conheço, ele tem uma postura de um calvinista moderado, segundo ele não crê no determinismo calvinista, ele diz ainda que a responsabilidade humana anda de mãos dadas com a salvaçao dada por DEUS.Gosto muito mesmo das palestras do Reverendo, ele tem um conhecimento tremendo de um texto biblico. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto dele, mas ele é determinista sim, apenas não sabe de que forma conciliar isso com a responsabilidade humana (porque as duas coisas são de fato irreconciliáveis), por isso apela para o "mistério" e diz que entenderemos na eternidade. Mas não é essa minha divergência teológica que me fará admirá-lo menos. Abs!

      Excluir
  20. Avalie:

    https://youtu.be/t1sv80i2KAE

    Pelo jeito o Astrólogo da Virgínia está vendo o que é bom pra tosse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei por quanto tempo esse namoro entre olavismo e bolsonarismo vai durar. Não duvido que com o andar da carruagem ele tire o corpo dele fora e passe a se desvincular do Bolsonaro (a quem ajudou fortemente a eleger) e até a virar "resistência" (ainda mais agora que não foi chamado para ser embaixador, como ele tanto queria e quase implorou pra ser).

      Excluir
  21. Avalie:

    https://youtu.be/kllukr50TZ0

    https://youtu.be/Qpv7nHr9MxQ

    https://youtu.be/MSQvNAkdN8g

    https://youtu.be/lPVgLcJrc5s

    https://youtu.be/_KxL0XEY_Jo

    Na Boa dessa vez, tanto o Henry Bugalho quanto o Historiador falaram muita M**** (desculpe o termo ofensivo, mas essa é a verdade) com relação ao armamento de uma população. E o mais hipócrita disso tudo é que a esquerda se diz a favor da liberdade individual, mas quando o assunto é se uma pessoa quer ter armas de fogo, ficam querendo fazer regra querendo proibir as armas de fogo, pelo jeito, liberdade individual pra esquerda é apenas pra abortar, ficar com alguém do mesmo sexo ou escarnecer a religião cristã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles até disseram uma verdade (pelo menos no caso do Henry), que é o fato de que com as armas legalizadas (o que ainda não aconteceu, está cheio de burocracia ainda) o número de mortes por impulso deve aumentar, porque o brasileiro infelizmente ainda não é um povo civilizado o suficiente para lidar com as suas emoções, então coisas como briga de bar e de trânsito aqui são mais comuns do que em outros lugares, por isso tanta gente discute se o brasileiro tem condições psicológicas de portar armas (mesmo quem é a favor do porte de armas). Mas em geral, teríamos mais efeitos positivos do que negativos, não apenas cosiderando a possibilidade de autodefesa, mas principalmente porque o criminoso que pretende invadir uma loja (por exemplo) sabe que não apenas o cara do caixa poderá estar armado, mas também outras pessoas naquele local, então ele correria riscos bem maiores do que corre hoje (e o mesmo se aplica a outras situações, como invasão de domicílio).

      O fato é que nos países de primeiro mundo a legalização ou não das armas é irrelevante porque os índices de homicídio são sempre baixos em função do grau maior de cultura do seu povo, mas considerando países de terceiro mundo como o nosso, o índice de homicídios costuma ser maior onde tem menos armas. E vale ressaltar que as armas não servem apenas para evitar homicídios, elas também podem ser úteis para evitar assaltos, estupros e outros crimes que hoje são bem comuns. O fato é que o desarmamento não trouxe bons resultados e isso é bastante óbvio pelo número de assassinatos e de crimes em geral que aumentam a cada ano, então ainda que exista um certo ônus em se liberar as armas isso acaba sendo mais bom do que ruim.

      Excluir
    2. Pois é, sou a favor da liberação da Posse de armas, contudo reconheço que a grande maioria dos brasileiros não teria aptidão psicológica para lidar com uma arma, contudo, uma coisa que eu coloquei em destaque foi o fato de que a esquerda se diz a favor das liberdades individuais, mas só quando é pra abortar (matar uma criança inocente no ventre da mãe), ficar com alguém do mesmo sexo e escarnecer a religião cristã, agora quando o assunto é se uma pessoa quer ter armas de fogo em sua casa, aí não, todos eles surtam e ficam querendo proibir as armas com base no argumento furado de que "armas matam" (Facas e carros também matam, na verdade, uma arma de fogo é apenas um objeto inanimado, quem mata é a pessoa), quando na verdade quem mata são as próprias pessoas.

      Excluir
    3. " O fato é que o desarmamento não trouxe bons resultados e isso é bastante óbvio pelo número de assassinatos e de crimes em geral que aumentam a cada ano, então ainda que exista um certo ônus em se liberar as armas isso acaba sendo mais bom do que ruim."

      Concordo plenamente com você.

      Excluir
    4. É bastante incoerente mesmo alguém defender a "liberdade individual" para as drogas e não para as armas, já que as drogas são sempre más, enquanto as armas podem ser usadas para o bem ou para o mal (dependendo de quem a esteja portando). As duas podem matar, mas só uma delas pode defender uma vida. Então os esquerdistas defendem a liberação de qual? Das drogas, é claro, mas não das armas. Eles devem viver em um universo paralelo alternativo, onde a liberdade individual consiste em somente permitir aquilo que é objetivamente ruim, vai ver a intenção deles é destruir a sociedade mesmo.

      Excluir
  22. Olá Lucas! Como vai? Tenho uma duvida que é bem simples: a Igreja Católica já adúlterou, alguma vez, a Bíblia? Se sim, tem artigos sobre isso? Se não...bem...tem artigos sobre isso? xD

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu escrevo sobre isso aqui:

      http://ateismorefutado.blogspot.com/2014/12/a-autenticidade-do-novo-testamento.html

      Em síntese: a "Igreja Católica" como entidade, adulterando textos propositalmente, isso não aconteceu. Mas erros eventuais de copistas desatentos copiando textos na pressa, isso acontece e é por isso que existe a Crítica Textual, para descobrirmos hoje qual o texto mais próximo dos originais, considerando a quantidade de manuscritos e a antiguidade dos mesmos.

      Excluir
    2. Lucas, permita-me a intromissão. O dr Rodrigo Silva (não lembro onde) respondeu satisfatoriamente essa questão argumentando que a ICAR não adulterou a Bíblia simplesmente porque a Palavra de Deus nunca teve sua importância reconhecida, isto só veio ocorrer com a Reforma. A simples constatação de muitos de seus dogmas não ter amparo bíblico já é uma forte evidência (não prova) em favor desta tese.
      O famoso apologista católico, mestre em catecismo católico, padre Paulo Ricardo, já disse claramente que "o verdadeiro católico orienta-se pelos ensinamentos da ICAR, mesmo que a Bíblia não informe. Quem rege sua fé unicamente pela Bíblia é protestante."
      A Bíblia, hipoteticamente adulterada em favor do catolicismo, haveria, provavelmente, acréscimos assim:
      "Porque todos pecaram, EXCETO MARIA, distituídos estão da glória de Deus"
      "Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, DOS SANTOS, DE MARIA, MÃE DE TODOS, DOS ANJOS, pela oração e súplica, com ação de graças."
      (..)
      Observação Importante: Esta é uma TESE, aceita como a melhor inferência e não um oráculo dos deuses. Testemunhas de Jeová e outros grupos cristãos insistem em afirmar o contrário e o direito de discordar eu respeito. Obrigado pelo espaço. Deus abençoe a todos.

      Excluir
    3. Mas será que a ICAR usar em suas bíblias livros apócrifos, como Macabeus, ser uma evidência de adulteração da bíblia?(enjoo pensativo)

      Excluir
    4. Tem um artigo que parece ser bom, do Leandro Quadros:

      http://novotempo.com/namiradaverdade/a-igreja-catolica-e-a-formacao-da-biblia/

      Gostaria de saber sua opinião.

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    5. "Lucas, permita-me a intromissão. O dr Rodrigo Silva (não lembro onde) respondeu satisfatoriamente essa questão argumentando que a ICAR não adulterou a Bíblia simplesmente porque a Palavra de Deus nunca teve sua importância reconhecida, isto só veio ocorrer com a Reforma. A simples constatação de muitos de seus dogmas não ter amparo bíblico já é uma forte evidência (não prova) em favor desta tese"

      Na verdade ela até tinha alguma importância, não como principal, mas alguma importância tinha. Mas o problema é que eles não tinham o monopólio da Escritura, se eles adulterassem de propósito uma única palavrinha que seja, a Igreja Ortodoxa no outro lado do mundo iria desmascarar esse embuste com os seus próprios manuscritos da Bíblia que não teriam sofrido a adulteração pelas mãos da Igreja Romana. Só se a Igreja Romana possuísse o monopólio TOTAL das Escrituras é que ela poderia pensar em tal coisa, e mesmo assim encontraria oposição em monges honestos, pois nem todos aceitariam se prestar a tão grande e perversa conspiração. E finalmente, o mais importante: a Igreja Romana NÃO PRECISAVA adulterar nada, pelo simples fato de que no Ocidente só ela tinha acesso à Escritura, então bastava não permitir aos leigos o seu acesso e estava tudo garantido, foi isso o que ela fez durante muitos séculos. Talvez se eles soubessem que uma Reforma viria e popularizaria a Bíblia nas mãos dos leigos eles até pensassem em manipular uma coisa ou outra, mas aí já era tarde demais. E como você bem ressaltou, há milhares de textos que refutam doutrinas católicas e há dúzias de doutrinas católicas que não encontram nenhum amparo bíblico, se a ICAR tivesse adulterado a Bíblia é óbvio que ela teria mudado tudo isso (a não ser que sua adulteração tenha sido miseravelmente ruim, a adulteração mais mal feita da história).

      "Mas será que a ICAR usar em suas bíblias livros apócrifos, como Macabeus, ser uma evidência de adulteração da bíblia? (enjoo pensativo)"

      Isso não é adulterar um texto bíblico, mas sim acrescentar mais livros ao cânon, é um assunto diferente. E isso ela realmente fez, definindo dogmaticamente no Concílio de Trento como resposta à Reforma Protestante.

      "Tem um artigo que parece ser bom, do Leandro Quadros"

      A página não está abrindo (e não é problema do meu computador, porque as outras estão).

      Excluir
    6. Por algum motivo, o site da Novo Tempo está ruim. Porém, existe uma copia dele no site do Leandro Quadros; ao qual gostaria que você avaliasse esse artigo dele.

      http://leandroquadros.com.br/a-igreja-catolica-e-a-formacao-da-biblia/

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
    7. Eu discordo da afirmação dele de que a Igreja Católica Romana nasceu no século quarto, mas no mais o artigo dele é simplesmente fenomenal, o melhor que já li do Quadros.

      Excluir
  23. Excelente texto.
    Passei pra falar que os céus estão torcendo pra vc se tornar um blogueiro/youtuber de sucesso!

    ResponderExcluir
  24. Como se já não bastasse ter que acusar o juiz Sérgio Moro de parcial, ainda tem que partir pro ataque, ofendendo a criação dele, o sotaque dele, a vida profissional e pessoal dele:

    https://www.google.com/amp/s/www.diariodocentrodomundo.com.br/retrato-do-juiz-sergio-moro-quando-jovem-por-renan-antunes-de-oliveira/amp/

    Esses esquerdistas são os seres mais vis, sujos, canalhas e nojentos da face da terra. A famosa frase de Maquiavel "Os Fins justificam os meios" realmente define a esquerda brasileira e o PT.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso me lembrou as "críticas" do Jean Wyllys, que disse que a voz do Sergio Moro não corresponde à sua fisionomia e que ele só condenou o Lula a nove anos de cadeia porque o Lula tem nove dedos (depois os caras do TRF aumentaram pra doze anos, mas infelizmente não nasceram mais dedos, até onde se sabe).

      Excluir
  25. Paz do Senhor
    Lucas, já vi uns comentários de uns ateus falando que Jesus não existiu porque nos inscritos dos Manuscritos do Mar morto não fala de Jesus, essa informação procede?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem lógica uma afirmação dessas, primeiro porque quase todos os manuscritos do mar Morto datam de até o primeiro século antes de Cristo (e não da era cristã), e segundo porque os manuscritos eram produzidos por essênios, uma facção do Judaísmo que costumava viver isolada dos outros judeus e que não tinha qualquer relação com o Cristianismo, provavelmente mal conheciam Jesus.

      Excluir
  26. Comente:

    https://youtu.be/awhJ45W--bI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente vídeo, muito instrutivo.

      Excluir
    2. Verdade, e o vídeo ainda fez questão de ressaltar que um golpe de Estado não é uma coisa necessariamente ruim e em alguns casos pode até trazer benefícios (como foi a Proclamação da República, que apesar de ter sido um golpe, aboliu definitivamente a monarquia católica próto-absolutista brasileira e a substituiu por um Estado republicano laico e com liberdade religiosa), enquanto que só porque é uma revolução não significa que seja uma coisa boa, um grande exemplo disso foi a Revolução Russa de 1917 (Que trouxe mais malefícios do que benefícios). Realmente, esse vídeo também é muito educativo.

      Excluir
  27. Lucas sobre Santa Terezinha do Menino Jesus ela morreu com 25 anos e virou freira com 15 anos (criança) e não tem ninguem que fale mau dela so tinha algumas doenças

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentei aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/01/o-ser-humano-esta-progredindo-em.html?showComment=1547781526956#c8227736790049751922

      Excluir
  28. Mas muitas pessoas confundem tudo isso que vc falou, e crêem que criatao deve viver uma vida pobre e miserável. Vivendo só de sobras e restos. Caso contrário, a pessoa não seria "humilde". Confundem humildade com POBREZA! "Crente TEM que ser pobre, falar errado, ser burro, viver 'na luta', etc.." Como se ser rico fosse pecado. Acredite, Lucas, se nunca viu isso, eu já vi. Obter o sucesso nessa vida e riquezas materiais não são pecado! O problema é colocar o dinheiro e os bens dessa vida acima da Vida Eterna, e convenhamos, quem sabe sobre a Vida Eterna e mesmo assim tem mais apego à essa vida aqui do que a futura, é BURRO!

    Abraços de seu "discipulo" Yuri rsrs sabe quem sou eu né.. do Facebook, o cabeludo fã de Senhor dos Anéis kkk Tmj man

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, devemos evitar os extremos, tem pobre que é tão apegado ao dinheiro quanto gente rica (só não conseguem ser um).

      Excluir
    2. Não sei se já ouviu, mas na idade média o catolicismo literalmente pregava que deveriam ser pobres, senão não eram humildes e não seriam salvos. Se fosse assim, muitos ricos que fizeram o bem na Bíblia (Abraao,Isaac, Jacó, Jose do Egito, os reis de Israel, Jó, Daniel, Jose de Arimatéia, Joana de Cuza, Zaqueu, Maria Madalena, dentre outros) estariam todos condenados!

      Excluir
    3. Na verdade não era bem assim, a Igreja Católica na Idade Média era literalmente a instituição mais rica do mundo, nada e ninguém se comparava às imensas riquezas da Igreja, e os próprios papas eram muitíssimo ricos. Só que em meio a isso havia um povo morrendo de fome (literalmente), o que formava um contraste gritante, já que a Igreja pouco ou nada fazia para aliviar essa condição deplorável, muito pelo contrário, detinha grande parte das terras da Europa e ainda exigia um duplo dízimo, que era como um imposto extra (eles não podiam escolher se pagavam ou não, era obrigatório). Por tudo isso surgiram grupos "sectários" pregando a pobreza, no início isso era um protesto contra o luxo e a fortuna da Igreja de Roma, que perseguiu esses movimentos até onde pôde (ex: cátaros e valdenses), mas depois permitiu movimentos do tipo em seu seio, como a Ordem dos Franciscanos, para passar uma imagem de que a Igreja não era impassível aos ideais de pobreza (ao mesmo tempo em que paradoxalmente era podre de rica, o que só denuncia a hipocrisia que era a cara da Igreja da época).

      Excluir
    4. Lucas, se não me engano a estratégia da Igreja em relação aos pobres era que quem nasceu pobre continuaria sendo pobre a vida toda, quem nasceu camponês viveria pra sempre como camponês, quem nasceu nobre viveria pra sempre como nobre. E a justificativa era que Deus tinha escolhido assim e que tudo fazia parte dos planos dele, logo pobres sempre seriam pobres. Lembro de ter ouvido algo assim mas posso estar enganado.

      Excluir
    5. Sim, tem razão. Era uma hipocrisia, já que enquanto o povo morria de fome a Igreja acumulava fortunas.

      Excluir
  29. Olá Lucas. Eu gostaria de saber: você acredita em propriedade intelectual? Se sim, por que?
    Sabe, ultimamente eu tenho evitado baixar coisas na internet (livros, músicas, etc), pois não sei se segundo a palavra de Deus é algo certo a se fazer.
    Porém,eu tenho tido um problema com isso. Ultimamente eu tenho necessitado de vários livros para estudos, mas eu tenho tido dificuldades para adquiri-los. Não pretendo baixar algo ilegal, por isso gostaria de adquirir a maioria deles em formato impresso (pois a maioria deles não tem disponível gratuitamente na internet).
    Pra você, é pecado baixar livros na internet nesse caso? E mais, você teria algum site autorizado onde se possa baixar ou ao menos ler livros gratuitamente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu respondi isso recentemente aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/12/como-era-o-mundo-antes-do-capitalismo.html?showComment=1546489673526#c8261487290834420030

      Mas em síntese, se você acha que isso é errado, é melhor não fazer. Há livros antigos que você pode ler pois não tem mais direitos autorais, e os meus livros por exemplo eu mesmo disponibilizo para download do pdf completo, você pode baixar na página dos livros:

      http://www.lucasbanzoli.com/2017/04/0.html

      Abs!

      Excluir
  30. Lucas,devemos guardar o Domingo? https://bereianos.blogspot.com/2016/08/razoes-pelas-quais-guardamos-o-primeiro.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu escrevi sobre isso aqui:

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2012/08/devemos-guardar-o-domingo-parte-1.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2012/08/devemos-guardar-o-domingo-parte-2.html

      http://heresiascatolicas.blogspot.com/2012/08/devemos-guardar-o-domingo-parte-3-final.html

      Excluir
  31. Como ser menos ansioso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não tem muito o que fazer além de orar e procurar os remédios que possam auxiliá-lo nisso.

      Excluir
    2. Lucas, Deus me perdoe se estiver errado, mas eu entendo ser bastante contraditório um cristão fazer uso de psicotrópicos para ter calma, paz e sanidade. Eu entendo que Deus, na pessoa do Espírito Santo, nos fortalece durante os momentos difíceis da vida através da oração sincera.
      Eu entendo que o verdadeira conversão traz saúde mental. Não sou dogmático sobre este tema, apenas entendo desta forma. Se eu estiver errado me corrija. Obrigado amigo.

      Excluir
    3. O conselho de Pedro é este
      "Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós."
      1 Pe 5,7.

      Excluir
    4. "Lucas, Deus me perdoe se estiver errado, mas eu entendo ser bastante contraditório um cristão fazer uso de psicotrópicos para ter calma, paz e sanidade. Eu entendo que Deus, na pessoa do Espírito Santo, nos fortalece durante os momentos difíceis da vida através da oração sincera. Eu entendo que o verdadeira conversão traz saúde mental. Não sou dogmático sobre este tema, apenas entendo desta forma. Se eu estiver errado me corrija. Obrigado amigo"

      A ansiedade é um estado normal do ser humano, mas se for uma ansiedade excessiva pode se tornar uma doença, que como tal pode (e até deve) ser tratada com medicamentos, como qualquer outra doença. O problema é que estamos acostumados a associar doenças apenas a problemas físicos, mas a ciência já provou em definitivo que existem doenças psicológicas também, que são tão sérias e que devem ser tratadas com a mesma seriedade que as doenças físicas.

      Excluir
  32. Boa noite. Tenho duas perguntas, meio desconexas mas tudo bem. (1) O que vc acha do Augustus Nicodemos? (2) Poderia me indicar uma bibliografia para estudar e entender os essenios? Thanks.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto do Augustus Nicodemus, acho um cara bem sóbrio e sensato. Sobre os essênios, eu desconheço uma bibliografia exclusivamente sobre eles, mas na "História dos Hebreus" de Flávio Josefo (um historiador judeu do primeiro século) ele fala sobre os essênios e sobre todas as outras facções judaicas da época (é uma leitura tida como fundamental por ser uma fonte primária). Abs!

      Excluir
  33. O que você está achando da desavença do Olavo de Carvalho com os membros do PSL que viajaram para a China?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os deputados do PSL estão sentindo na pele o que é o conspiracionismo e as paranoias daquele que eles chamam de "Mestre". Há alguns anos o Olavo dizia que o Obama iria implantar o chip da marca da besta (666) até 2013 (interpretando totalmente errado uma notícia que saiu em alguma imprensa marrom), já estamos em 2019 e até agora nada, mas ele não desiste de inventar novas conspirações em relação a tudo o que não entende. Essa tecnologia seria essencial em um país com tanta criminalidade como o Brasil, nenhum bandido iria conseguir fugir e escapar para sempre, ele seria sempre encontrado uma hora ou outra, seria extremamente útil em questão de segurança. É claro que também tem um ônus, que não tem nada a ver com "espionagem chinesa" como o Olavo diz, mas sim com a possibilidade de um dia um tirano tomar o poder do Estado brasileiro e conseguir controlar a sociedade mais facilmente através dessa tecnologia. Mas dizer que essa tecnologia é ruim só por causa dessa possibilidade seria o mesmo que dizer que a invenção do avião foi uma coisa ruim só porque o avião foi usado como arma de guerra para matar milhões de pessoas na Segunda Guerra Mundial (ou porque milhares de pessoas já morreram em quedas de avião), mas nem por isso alguém seria louco de proibir o avião pelos seus maus usos. Claro que existem outras coisas em jogo, principalmente o seu custo, não é porque a tecnologia é boa que o seu custo-benefício necessariamente será bom para o presente momento, isso tudo precisa ser estudado com cuidado e é por isso que os deputados do PSL foram lá, mas o Olavo coloca o conspiracionismo debiloide dele no meio disso tudo e acaba baixando o nível de uma discussão séria para o nível de uma paranoia tacanha com todos os seus típicos delírios, impedindo uma discussão racional da coisa.

      Sobre o vídeo que eu falei:

      https://www.youtube.com/watch?v=NVfKXfu2WUw

      Excluir
    2. E será que isso vai causar algum racha nessa direita?O Olavo disse que "não é guru dessa m... não" e alguns membros do PSL que viajaram disseram que irão processa-lo,até a Carla Zambelli(até então olavete convicta)disse que "não se elegeu por causa do Olavo" e que "ninguém é dono da verdade".

      Excluir
    3. Banzolao vc não tem achado o Bolsonaro um tanto covarde por nunca ter recriminado o Olavo por nada?Esse episódio da viagem da comitiva do PSL era uma boa razão para ele romper de vez com o Astrolavo,já que o veio tá na Virginia nem vem ao Brasil,não deveria se meter em assuntos internos do partido e ainda xingar os deputados de caipiras e analfabetos funcionais,Bolsonaro deveria defender seus companheiros de partido que irão sustenta-lo do congresso ,mas ele age como se devesse a sua eleição ao astrólogo quando na realidade foram os evangélicos conservadores que o elegeram,não entendo o porque dele ter tanto medo de brigar com o Astrolavo, os votos dos olavistas nao fizeram nem farão falta a ele e eles mais atrapalham que ajudam o Bolsonaro.

      Excluir
    4. "E será que isso vai causar algum racha nessa direita? O Olavo disse que "não é guru dessa m... não" e alguns membros do PSL que viajaram disseram que irão processa-lo, até a Carla Zambelli (até então olavete convicta) disse que "não se elegeu por causa do Olavo" e que "ninguém é dono da verdade""

      O racha já existe, mas ainda é pequeno. Dependendo de como forem as cenas dos próximos capítulos, ele pode aumentar e tomar porporções maiores. Olavo já está rancoroso por não ter conseguido aquele cargo que ele queria, então eu não duvido que com o andar da carruagem ele se desvincilhe do governo Bolsonaro e crie um racha definitivo, entre os deputados do PSL que permanecerão leais ao "mestre" Olavo e os que permanecerão leais ao presidente.

      "Banzolao vc não tem achado o Bolsonaro um tanto covarde por nunca ter recriminado o Olavo por nada?"

      Ele não vai recriminar o Olavo por conta disso e nem seria sábio para ele fazê-lo, porque com apenas vinte dias no governo já compraria uma briga gigantesca com aquele que é tido pelos próprios bolsonaristas como o maior "intelectual" responsável por essa "nova direita". Comprar uma briga agora só iria desestabilizar ainda mais o novo governo e criar um racha imenso entre a própria direita se não bastasse os ataques sucessivos da esquerda. Esse tipo de coisa só aconteceria em última análise, não por causa de meia-dúzia de deputados de segundo escalão.

      Excluir
  34. Lucas, você acredita em telecinese?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, o que eu acredito é em pessoas com pactos demoníacos que fingem que tem esse tipo de capacidade (mas quem age não são elas).

      Excluir
  35. Banzolão o que vc achou dessa polêmica em relação a visita de uma comitiva de deputados do PSL para a China?O astrolavo,a Paula Marisa vieram reclamar,mas outros como o Frota defenderam a viagem,um deputado do PSL chamado Daniel Silveira até disse,que a China economicamente não é comunista,já que há propriedade privada,que o socialismo de lá seria mais light,que o país vem crescendo economicamente e é impossível o Brasil se afastar deles,isso provocou um racha no PSL.

    ResponderExcluir
  36. E o deputado que organizou a viagem vai processar o Astrolavo https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/01/18/membros-da-bancada-do-psl-que-foram-a-china-vao-processar-olavo-de-carvalho.htm ,ele disse que fazia negócios com empresas chinesas há mais de 15 anos sem nenhum problema,não vê esse comunismo todo na China que o astrolavo tanto fala

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que processar mesmo, isso foi difamação pessoal e assassinato de reputação por um motivo completamente tolo, que só é um problema na cabeça conspiracionista do cara.

      Excluir
  37. Quando Lucas vai começar a fazer vídeos?precisamos de você!

    ResponderExcluir
  38. Boa tarde. Se vc tivesse que escolher, tenderia a escolher mais o calvinismo ou o arminianismo?

    ResponderExcluir
  39. Lucas você esqueceu que o gênio de hoje pode se tornar o Caio Fábio de amanhã

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei se o Caio Fábio já foi um "gênio", mas ele era um bom pastor sim, um cara inteligente e lúcido que se deixou desviar.

      Excluir
  40. Apenas ressaltando aqui: links apologéticos católicos não são aceitos nos comentários, quem quiser que eu comente alguma coisa sobre eles fique à vontade para expor aqui os argumentos que eles usam que eu rebato tranquilamente, mas não vou promover os sites deles aqui porque eles também não dão publicidade aos nossos.

    ResponderExcluir
  41. Boa noite. Irmão, o que vc acha de pregadores que defendem abertamente o Calvinismo como sendo uma interpretação adequada da Bíblia? Tipo, eu vi uma pregação do Augusto Nicodemos dizendo que é algo intrínseco, tanto é que quando a gente salva, a gente ora para Deus agradecendo pela Salvação, como se a escolha da pessoa em aceitar não tivesse participação nenhuma nisso. Eu discordo, porque tipo eu até hoje agradeço a Deus por ter me deixado entrar na faculdade mas mesmo assim eu tive que estudar muito para fazer o vestibular... como entender isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, nós devemos agradecer a Deus pela salvação porque se não fosse por Ele ter enviado seu filho unigênito na cruz do Calvário nenhuma salvação teria sido possível, e se ele não nos alcançasse com a sua graça também não. Nós não temos parte "ativa" na salvação, no sentido de produzi-la, a nossa parte é apenas aceitar a graça de Deus, da mesma forma que um mendigo não tem mérito em estender as mãos para aceitar e receber uma esmola que alguém lhe dá. Ou seja, existe um aspecto humano envolvido nisso, ou senão a culpa pelos perdidos seria de Deus que nem mesmo lhes teria dado uma oportunidade de salvação, mas o mérito de quem está salvo não recai sobre nós mesmos por apenas termos aberto a porta para Cristo que ali batia, o mérito é dEle por ter ido até nós para nos salvar, sem que merecêssemos.

      Excluir
  42. Lucas, conheço uma pessoa que se diz cristã e frequenta a igreja, mas o problema é que ela acredita cegamente em astrologia, confere horóscopo todos os dias e fica enfiando signos em praticamente tudo o que acontece.

    Como por exemplo: "ah, aquela pessoa é exibida, deve ser de tal signo" ou "ah, eu estou agindo assim ultimamente por causa da lua em áries" ou "aconteceu algo ruim comigo hoje, aposto que é por que estou na época do inferno astral".

    Como posso convencer essa pessoa de que astrologia é condenada por Deus, e fazê-la parar de acreditar em todas essas baboseiras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em primeiro lugar é importante que ela não conheça o Astrolavo, ou senão essas crenças dela serão reforçadas. Em segundo lugar é preciso que ela tenha interesse em estudar a Bíblia, basta que ela leia com regularidade uns dois capítulos bíblicos por dia que com o tempo a mente dela ficará esclarecida, percebendo que as coisas que ocorrem na nossa vida não tem nada a ver com os astros, e em terceiro lugar ela deveria ter algum mínimo senso crítico científico, mesmo que ela não saiba nada de ciência, mas qualquer um é capaz de chegar a conclusões simples, como por exemplo o fato de que gêmeos que nascem no mesmo momento podem ter destinos bem diferentes na vida, e dias bem diferentes um do outro, apesar de terem o mesmo signo e de terem nascido com os astros posicionados no mesmo lugar. Você pode por exemplo mostrar este vídeo onde o Sagan destroi toda a astrologia em 37 segundos:

      https://www.youtube.com/watch?v=e78e2IhmAJQ

      Excluir
  43. Boa noite. O que vc acha desse artigo https://www.judaismonazareno.org/news/os-cristãos-podem-guardar-a-tora/ ? Tipo qual a sua opinião a respeito do Judaísmo Nazareno e do Judaísmo Messiânico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu discordo completamente do posicionamento deles porque Paulo disse que “antes que viesse esta fé, estávamos sob a custódia da lei, nela encerrados, até que a fé que haveria de vir fosse revelada. Assim, a lei foi o nosso tutor até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé. Agora, porém, tendo chegado a fé, já não estamos mais sob o controle do tutor” (Gl.3:23-25). Ele também disse que a justiça de Deus é “independente da lei” (Rm.3:21), que “se os que vivem pela lei são herdeiros, a fé não tem valor, e a promessa é inútil” (Rm.4:14), que nós “não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça” (Rm.6:14), que nós “morremos para a lei” (Rm.7:4), que “o fim da lei é Cristo, para a justificação de todo o que crê” (Rm.10:4), que “fomos libertados da lei, para que sirvamos conforme o novo modo do Espírito, e não segundo a velha forma da lei escrita” (Rm.7:6), que “eu mesmo não estou debaixo da lei” (1Co.9:20), que “por meio da lei eu morri para a lei, a fim de viver para Deus” (Gl.2:19), que “os que são pela prática da lei estão debaixo de maldição” (Gl.3:10), que “se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da lei” (Gl.5:18) e que Cristo “anulou em seu corpo a lei dos mandamentos expressa em ordenanças” (Ef.2:15).

      Excluir
  44. Hi! Comente: https://www.facebook.com/arminianismodazueira/photos/a.464694640344035/1681396502007170/?type=3&theater

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até entendi o que o Yago quis dizer com isso, mas a forma que ele disse e as palavras que usou foi de uma forma bem desastrosa, passa uma imagem totalmente diferente, como se os bebês já tivessem pecados pessoais ou como se fossem "demônios". Há formas muito melhores de se defender a depravação total (um ensino com o qual eu também concordo) do que apelando a uma linguagem tão equivocada como essa.

      Excluir
  45. Boa dia. O que vc acha desse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=gE66gXuhyTM , tipo, apesar de ser o Caio comentando, eu concordo plenamente com o que ele diz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também concordo com ele sobre isso. Esse livro e os do Kenneth Hagin foram os que mais contaminaram a Igreja moderna.

      Excluir
    2. Nossa! E pensar que muitos da minha igreja cultuam esse tal do Kenneth Hagin (e pensar que muitos anos atrás eu acreditava piamente que tudo que ele falava era de acordo com a palavra de Deus).
      Já tinha lido em o livro "O Nome de Jesus", desse autor. Lembro que eu era novo ainda, e carregava esse livro como se fosse uma Bíblia (ou como um complemento dela). Mas depois, graças a Deus, e a um jovem que me abriu a mente para a verdade sobre alma (quem será esse jovem? Rs), eu já acabei desacreditado nos relatos desse pregador que ele dizia ter passado. Mais ou menos nessa época eu também tinha lido refutações do Norman Geisler, no livro "Resposta às Seitas", sobre muitas crenças do ministério "Palavra da Fé", do qual Kenneth Hagin faz parte. Mas o cúmulo mesmo para desacreditar nesse sujeito foi esse vídeo:
      https://youtu.be/IG9XZ6fXRjs
      Graças a Deus fui liberto, sem dúvidas. Mas infelizmente, não só na minha igreja, mas em muitas outras, tem gente que ainda acredita nesse sujeito e outros semelhantes. :(

      Excluir
    3. O Caio em outro momento diz que o Nee budificou a fé, eu li um outro livro, o Poder Latente da Alma, não sei de onde o Nee tirou aquelas ideias todas, mas da Bíblia não foi. Espero que os cristãos não façam dos livros do Nee um Talmude, faço parte da Santa Corja (como diz o caio, embora não concorde com muito do que ele diz também) que ainda prefere ler a Bíblia...

      Excluir
    4. "Lembro que eu era novo ainda, e carregava esse livro como se fosse uma Bíblia (ou como um complemento dela)..."

      Eu acho que todo tipo de livro que as pessoas carregam "como se fosse outra Bíblia ou um complemento dela" há uns 99% de chances de se tratar de heresia. Se fosse um livro compatível com a Bíblia, não dividiria e nem ofuscaria o lugar dela. Esses livros só conseguem fazer isso porque contam "verdades extras" que a Bíblia supostamente "se esqueceu" de dizer (o que acaba sendo um sucesso total entre as pessoas menos esclarecidas, mas ansiosas por novidades que vão mudar a vida delas...).

      Excluir
  46. Banzolão desculpa se essa pergunta estiver sendo repetida,minha conexão tinha caído quando escrevi pela primeira vez e não sei se a mensagem te chegou.Vc acredita que quando um indígena se converte ele deve abandonar sua cultura?Eu acompanho bastante trabalhos de evangelização em tribos indígenas que vivem no Xingu e na Amazônia,esses em sua maioria ainda andam nus,pintam o corpo com tinta urucum e fazem as danças para os deuses,no caso das danças para os deuses penso que obviamente devem ser abandonadas,já que sendo cristãos não podem servir a outros senhores,mas em relação a nudez,essa não é sexualizada entre os indigenas,os indigenas crescem vendo todos nus,não irá se excitar com isso,assim como a tinta urcum,que muitos indígenas utilizam apenas artisticamente e não para nenhum ritual pagão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles não precisam abandonar sua cultura ao se converter, exceto aquilo que for decisivamente anticristão, como esses outros deuses e o infanticídio de bebês que nascem com deficiência.

      Excluir
  47. Banzolão gostaria também de comentar sobre a cultura negra,eu li o texto do Hermes Fernandes que a Nilda Paim te pediu para comentar no outro post,vc disse que o próprio conceito de cultura é discutível porque ela não é imutável e há negros que certamente não gostam de samba,capoeira,feijoada,etc,mas eu penso que o Hermes quis se referir ás manifestações culturais que surgiram na África e foram trazidas para o Brasil pelos escravizados,parte dos evangélicos possui aversão a essas manifestações culturais devido ao fato delas terem sido relacionadas com o culto aos orixás praticado pelos afro-brasileiros como o samba era uma música tocada nos terreiros,a capoeira também era usada nesses rituais,o acarajé era oferecido a eles, eu li uma reportagem de vendedoras de acarajé baianas que deixaram de usar a roupa branca e turbante associada as praticantes do candomblé e até trocaram o nome do acarajé para bolinho de Jesus eu vi desnecessário,o fato de usar determinada roupa não te faz amaldiçoada ,se ela está com o coração em Cristo,não é o traje que irá afastá-la,nem o nome da comida,o que vc acha?https://www.gospelprime.com.br/evangelicas-acaraje-bolinho-de-jesus/,assim como eu penso em relação ao samba e a capoeira,se o cristão gostar dessas manifestações culturais e não usar para adorar outros deuses,não será ruim praticá-las,concordas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, o problema são as letras das músicas que muitas vezes são invocações de "orixás", mas se não for não é um problema.

      Excluir
  48. Avalie:

    https://youtu.be/CJI_tJzLrgs

    Pelo menos, o Clayson dessa vez fez um vídeo com uma boa crítica à Gleisi Hoffman por ter ido na posse do Maduro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mas o que mais me surpreendeu foi ele ter dito que ele é ANARQUISTA ^^ (sempre pensei que ele fosse um social-democrata ou algo do tipo).

      Excluir
  49. Banzolão achas possível saber quantos anos Adão e Eva ficaram no Jardim até cometerem o pecado original e serem expulsos?

    https://www.youtube.com/watch?v=MdEGaBj6EnA

    Estava assistindo esse vídeo de uma palestra do cientista criacionista Adauto Lourenço sobre o mundo pré diluviano,a partir do minuto 20,ele afirma que a população estimada do mundo na época do dilúvio era entre 700 milhões e 2 bilhões de pessoas,um tanto exagerado não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 700 milhões é um exagero (2 bilhões mais ainda), provavelmente o mundo não tinha mais que uns 100 mil, dado o fato de que eles ainda não tinham se espalhado por muitas regiões e que ainda não existia o costume de ter muitos filhos (e mesmo depois disso, o mundo só chegou a esse patamar em pleno século passado). Sobre o tempo em que Adão e Eva ficaram no jardim não dá pra saber porque a Bíblia não diz, mas pela descrição que faz não parece ter sido muito.

      Excluir
  50. Quanto à atuação das mulheres na igreja me parece que a proibição se refere à liderança espiritual sobre homens.Elas podem ser profetisas e líderes civis como Débora e Hulda mas não sacerdotisas. Marco Antonio.

    ResponderExcluir
  51. Avalie:

    https://youtu.be/lXtZqcjSEuc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho esse vídeo extremamente instrutivo, um exemplo bem claro e simples do porquê um projeto de leis desses NÃO pode passar de jeito nenhum. Aos 3:15 ele diz o seguinte sobre o que essa lei proibiria: "O que você não pode é apontar o dedo ao homossexual e falar que ele está em pecado". Ou seja, se falar que o homossexual está em pecado, você é automaticamente enquadrado pela lei e preso por discriminação. É esse o tipo de coisa que eles querem implementar aqui.

      PS: você me enviou muitos vídeos pra comentar de ontem pra hoje e eu não tenho tempo para assistir todos, então liberei apenas dois vídeos, acho que dois por dia está ok, os outros eu tive que excluir porque é melhor do que deixar aqui sem comentário, mas se quiser repostar dois deles amanhã fique a vontade.

      Excluir
    2. É que eu tinha assistido eles alguns dias antes, mas esqueci de te enviar para você comentar aí enviei todos de uma vez, me desculpe, é que eu tinha esquecido de mandar pra você de um em um, então mandei pra você alguns de uma vez, desculpe por essa falha. Até mais 👍🏻

      Excluir
    3. Falando em homofobia, o Pirulla postou recentemente um vídeo sobre esse assunto:

      https://youtu.be/8OmSeeq1s9A

      Tem 25 minutos de duração, mas ele fala a homofobia deveria ser criminalizada porque segundo ele ninguém escolhe ser homossexual e ainda fez uma análise comparando a homofobia com o racismo.

      Excluir
    4. Essa comparação é totalmente descabida, porque racismo não se trata de um comportamento, a pessoa já nasce branca ou negra, não se trata de uma prática, como é o caso de quem se relaciona com uma pessoa do mesmo sexo. Mesmo que se diga que alguém já nasce com uma tendência homossexual (o que em muitos casos não é verdade), ainda assim isso seria distinto da prática homossexual em si, que é um comportamento como qualquer outro e que pode ser criticado (o que não ocorre no caso da raça). O que eles querem é se colocar acima da crítica, incriminando aqueles que não concordam com essa conduta.

      Excluir
  52. Por favor, poderia fazer um comentário a respeito desse vídeo?

    https://youtu.be/oSrjz3mzpes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele só está com dorzinha de cotovelo porque a esquerda ferrou com a América Latina inteira durante décadas e por isso quase todos os países latinos deram um pé na bunda deles e elegeram políticos de direita (exceção à Venezuela, que permaneceu com a esquerda e está nessa m**** aí), e como ele não tem muita coisa ruim para falar desses governos de direita fica aí com essa paranoia de "vai ter ditadura de novo", quando a única ditadura do continente é justamente a venezuelana, que ele defende. E ainda tem a audácia de comparar a situação da Venezuela com a da Argentina, como se fosse a mesma coisa ou pior, a fonte dele é "um amigo me disse", "um amigo esteve lá", kkkkkk. O Macri pegou um Estado QUEBRADO pela Cristina Kirchner, que esse "historiador" aí jamais criticou, mas a culpa é dele porque um amigo dele disse que é. Pqp, sem comentários...

      Excluir
    2. E depois se diz contra as fake news, vai entender.

      Excluir
  53. Banzoli, você saberia me dizer se outros grupos além dos Valdenses,lolardos e hussitas podem ser vistos como semelhantes aos protestantes (mesmo, claro, com suas diferenças) antes da Reforma? Digo, sei que o primeiro citado é próximo de nós e inclusive li em seu livro sobre outros dissidentes como bogomilos, Henriquenses, Petrobrussianos, begardos, etc. Porém também percebo que muitos eram seitas gnósticas assim como os cátaros (como você mesmo expôs no artigo):
    http://heresiascatolicas.blogspot.com/2016/06/a-tecnica-da-demonizacao-demonizacao.html?m=1

    Negar pontos fundamentais da Bíblia e colocar doutrinas tão errôneas torna difícil acreditar que a religião deles poderia guia-los a salvação. Existe algum outra, quem sabe antes dos Valdenses, que não assumisse doutrinas tão bizarras? Agradeço desde ja

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses que eu menciono no livro são mais próximos dos protestantes, pelo menos em alguns aspectos. Os cátaros eu deixei de fora no livro justamente porque eles eram uma seita no sentido teológico da coisa, teologicamente eram provavelmente até piores do que os católicos, embora fossem muito mais tolerantes. Mas entre os grupos pré-reformistas parecidos com os protestantes, creio que os valdenses tenham sido os mais antigos.

      Excluir
  54. Comente:

    https://youtu.be/AONbck7pKZY

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentei aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2019/02/em-que-sentido-biblia-diz-que-devemos.html?showComment=1551397447025#c165481842511499563

      Excluir
  55. Comente:

    https://youtu.be/-nCFACTmyFE

    https://youtu.be/mD5Dpwt52d0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Brasil Paralelo" e O Historiador" são duas faces opostas de uma mesma moeda chamada revisionismo (a diferença é que um está fazendo sucesso e o outro não).

      Excluir
  56. Comente:

    https://youtu.be/m0QBqrsWReI

    https://youtu.be/ccupV6kHFGQ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem muito o que comentar sobre esses vídeos, eu já disse o que penso desse ministro.

      Excluir
  57. Avalie:

    https://youtu.be/X9btic1pDsM

    ResponderExcluir
  58. Na boa, esse ministro da educação deveria ser demitido! Não basta ser um cachorro do Olavo de Carvalho, ficar defendendo o golpe militar de 1964 e a Ditadura militar, ainda tem que ser monarquelho também! 😡

    Esse é o ministro da educação mais burro que esse país já teve! Esse cara tem que ser demitido! FORA VELEZ RODRIGUEZ! FORA OLAVO DE CARVALHO! FORA VIÚVAS DA DITADURA! FORA MONARQELHOS É PRINCIPALMENTE FORA ESSES APOLOGISTAS CATÓLICOS CANALHAS!!!

    https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2018/11/indicado-para-a-educacao-e-simpatico-a-monarquia-e-ao-golpe-anti-pt-e-ex-marxista.shtml

    ResponderExcluir
  59. Que coisa realmente linda esse vídeo:

    https://youtu.be/h2BzsNe4V2s

    É realmente lindo ver todos os ex-presidentes dos Estados Unidos, republicanos e democratas, unidos cantando esse maravilhoso hino protestante, é realmente lindo ver os americanos valorizando sua cultura protestante conservadora, capitalista e republicana. Puxa quem dera esse país tivesse sido colonizado pelos protestantes.

    ResponderExcluir

Fique à vontade para deixar seu comentário, sua participação é importante e será publicada e respondida após passar pela moderação. Todas as perguntas e comentários educados são bem-vindos, mesmo que não tenham a ver com o tema do artigo. Críticas serão publicadas desde que não faltem com o respeito e não sejam feitas em anonimato.

*Caso o seu comentário não tenha sido publicado dentro de 24h, reenvie-o.