17 de novembro de 2018

111 Por que precisamos de uma Escola Sem Partido



Eu fiz meu Ensino Fundamental em uma escola privada e confessional cristã. Quando estava na 5ª série, meu professor de história e geografia dizia que o presidente americano George W. Bush roubaria a Amazônia do Brasil. Literalmente isso: roubaria. De uma hora pra outra, o malandrinho diria que a Amazônia não é mais território nosso, mas deles (sabe-se lá por quê). Mais tarde cursei meu Ensino Médio em outra escola privada, embora não-confessional. Inclusive o diretor e dono do colégio era declaradamente anti-PT. Mesmo assim, o professor de inglês do meu primeiro ano dizia – adivinhe só – que Bush roubaria a Amazônia do Brasil. Na verdade ele não apenas dizia: ele garantia. Era uma coisa tão “concreta” que todos acreditaram (até eu, que já tinha ouvido a mesma estória quatro anos antes).

Depois fiz faculdade. Como cursei universidade pública (UFPR), a doutrinação era muito mais descarada e explícita. Embora eu cursasse Comunicação Institucional (algo mais ou menos parecido com Jornalismo), tive aula de uma matéria chamada “Identidade de Gênero”. É exatamente o mesmo que a tão falada “ideologia de gênero”: nos ensinaram que homem não nasce homem e mulher não nasce mulher. Assim, na caradura. O verdadeiro gênero da pessoa não tem nada a ver com seu sexo biológico, mas é definido de forma subjetiva pelo gosto particular de cada um. Então se um homem “se acha” mulher, é tão mulher quanto as mulheres. Essa matéria não teve prova, em vez disso tivemos que fazer um trabalho sobre um filme. Esse filme se chamava “A Pele Que Habito”.

Para quem teve a sorte de não assistir, vou resumir aqui em poucas palavras repletas de spoiler. Um homem interpretado por Antonio Bandeiras é um cirurgião plástico que decide aprisionar e fazer de cobaia um outro homem que supostamente teria estuprado sua filha. Ele faz uma cirurgia de mudança de sexo forçada, mas não apenas isso: o cobre com uma nova pele, para torná-lo “totalmente mulher”. Em alguma parte do filme os dois acabam se apaixonando e fazem sexo. O “estuprador”, cujo sexo e pele foram trocados à força, “descobre” que sempre foi mulher por dentro, e essa é a moral da história. Imagine o que escrever sobre isso. Eu não escrevi nada e reprovei nessa matéria. Por sorte era uma optativa, então pude fazer outra em seu lugar no semestre seguinte.

Em uma outra matéria totalmente diferente, a professora nos passou na sala de aula o filme Zeitgeist – aquele mesmo que tenta “provar” que Jesus nunca existiu, e que já foi tão completamente refutado pelos estudiosos que nem os neo-ateus mais radicais continuam usando como referência hoje em dia (você pode ver algumas refutações aqui e aqui). Na aula seguinte eu causei um certo desconforto na sala ao pedir a palavra para refutar ponto a ponto do documentário. Sempre me perguntei por que raios que um filme anticristão e uma matéria sobre gênero faziam parte da pauta de um curso de Comunicação Social. Parecia até que estávamos cursando marxismo cultural, disfarçado com outro nome. Um dia eu descobri que não parecia: era mesmo.

Quando os militares tomaram o poder à força, com o golpe de 64, o comunismo foi criminalizado no meio político. Partidos comunistas passaram a ser proibidos, os que já existiam foram extintos, e muitos comunistas foram perseguidos e exilados (alguns com razão, outros nem tanto). Mas se engana quem pensa que eles apenas pegaram seu banquinho e saíram de mansinho, que simplesmente cruzaram os braços sem fazer nada e assumiram a derrota. Pelo contrário: com a guerra perdida no campo político, lhes restou tomar os centros universitários. Foi o que fizeram. De repente as escolas e universidades se viram tomadas de professores esquerdistas, principalmente em cursos de história e de humanas em geral.

Enquanto os militares acostumados à velha política pensavam que estava tudo dominado, estava tudo dominado mesmo: mas pela esquerda. Uma geração inteira foi doutrinada nos princípios marxistas debaixo do nariz dos militares, e o resultado é que, ao final do governo militar, a esquerda dominou o cenário político completamente. Por décadas o debate ideológico foi extinto da classe política porque não havia muito o que debater com alguém que pensa igual. Só agora, 33 anos depois, é que elegemos um presidente de direita, e mesmo assim só porque a esquerda foi tão absolutamente incompetente e desastrosa que seria impossível isso não acontecer.

A doutrinação escolar, no entanto, continua tão presente hoje quanto antes. Tudo é feito para demonizar qualquer coisa que tenha a ver com o progresso civilizacional. Os Estados Unidos é demonizado, Israel é demonizado, o capitalismo é demonizado, o liberalismo é demonizado e ainda ganha um “neo” no começo da palavra, os evangélicos são demonizados, e tudo o que tem a ver com o comunismo é exaltado nas alturas. Deve fazer umas três semanas que um dos trabalhos do curso de licenciatura em história que estou fazendo era sobre a Revolução Cubana. As fontes de pesquisa? Todas sites e autores declaradamente comunistas, que tentam de todas as formas pintar Cuba como um paraíso terrestre atacado pelos vilões de cinema (os Estados Unidos, é claro), enquanto enaltecem os guerrilheiros como verdadeiros herois. É um tipo de extrema-esquerda tão radical que assustaria até um militante do PT – talvez por isso os alunos saiam hoje das universidades se filiando ao PSOL ou ao PSTU, e não mais ao PT.

Há poucos dias da eleição, a faculdade realizou uma palestra sobre os “riscos à democracia” que o governo de Bolsonaro representava, e era basicamente um comício do Haddad do início ao fim. Não se preocupavam nem em disfarçar um pouquinho. Uma das primeiras palestras do curso foi de um antissionista devoto, que ficou umas duas horas atacando Israel com uma agressividade que eu nunca antes tinha visto, ao mesmo tempo em que enaltecia a “resistência” muçulmana (não preciso nem dizer que tipo de “resistência” é essa). Os livros didáticos em geral são outra negação, bastando dizer que eu nunca encontrei um que fosse pelo menos um pouco imparcial. A maioria é explicitamente comunista, e os que restam são, na melhor das hipóteses, bastante tendenciosos.

Há poucos meses comprei uma apostila de história que era a mesma que eu usava na época do Ensino Médio e que me criou gosto pelo tema. Não comprei à toa: comprei porque no geral ela é muito boa, mas quando aborda qualquer coisa relacionada ao capitalismo ou ao comunismo é mais tendenciosa que o crack Neto falando do Corinthians. Um exemplo simples: há um capítulo inteiro sobre a Crise de 1929, que faz toda a questão de ressaltar o “sofrimento terrível” que os americanos passaram naquele tempo “por causa do capitalismo” (mesmo sem ninguém ter morrido de fome), mas nem um pio sobre os mais de 40 milhões de mortos de fome na China comunista, ou os mais de 20 milhões mortos de fome na União Soviética, por volta da mesma época. Os problemas do capitalismo são sempre ressaltados com o máximo entusiasmo e interesse, mas os do comunismo são tratados com amnésia total.

Os teóricos que se estudam em qualquer universidade são sempre e somente de esquerda. Não vou lembrar todos os nomes, mas me lembro perfeitamente de ter feito trabalhos sobre Herbert Marcuse, Michel Foucault, Zygmunt Bauman, Pierre Bourdieu, Marx e Engels, entre muitos outros teóricos de esquerda, contra nenhum da direita. Quando se aborda algum teórico de direita, é sempre da forma mais rápida e superficial possível, e apenas e exclusivamente para criticar. Ou melhor: para massacrar, detonar, pintar como um demônio em forma de gente. E teóricos mais sérios não são nem mencionados. Há trabalhos que basicamente consistem em “fale mal do liberalismo, valendo 20 pontos”. Não estou de brincadeira.

Se você pensa que tudo isso é estória pra boi dormir, apenas assista a esses vídeos e me diga se não há doutrinação:












Ou então leia esses trechos maravilhosos de livros didáticos maravilhosos e de provas igualmente maravilhosas retratando a “verdade” histórica maravilhosamente (clique nas imagens para ampliar):













Ou então leia essas declarações de professores declaradamente interessados na doutrinação do seu filho (ou da sua própria):














Essa é a diferença principal entre a educação no Brasil e a educação nos países desenvolvidos: enquanto ali se formam estudantes, aqui se formam militantes. E não, não estou falando de militantes do Partido Novo ou do José Maria Eymael: estou falando da militância mais vermelha que você possa imaginar. Não é simples coincidência que o maior núcleo de apoio da esquerda seja justamente os centros universitários completamente tomados pela esquerda, que encontra ali praticamente a totalidade da sua militância: isso acontece justamente porque os professores não ensinam, doutrinam.

E como eu abordei no meu artigo anterior, o problema dos jovens é que eles, no geral, têm a mente muito fraca. O que eu quero dizer com isso é que eles não têm o hábito de pesquisar, questionar, avaliar criticamente e estudar seriamente para só depois tomar um partido: ao contrário, eles tomam facilmente tão logo assistem a um vídeo no youtube ou a um professor falando em sala de aula. Querem ter opinião formada sobre tudo, mesmo sem o tempo adequado de preparo e pesquisa. Eu mesmo tinha uma mentalidade “anti-americanista” na época do colégio, de tanto ouvir que “o Bush vai roubar a Amazônia”, que era só uma entre inúmeras barbaridades do tipo.

Eles recebem a lavagem cerebral na escola, e saem dali odiando tudo: os ricos “burgueses”, os liberais “entreguistas”, os conservadores “reacionários”, os brancos “opressores”, os crentes “fundamentalistas”, os homens “estupradores potenciais”, os policiais “fascistas”, os “heteronormativos”, os judeus, as crianças no ventre das mães e, é claro, a classe média da Marilena Chauí. E depois de odiarem a tudo e a todos, ainda dizem que somos nós que temos “discurso de ódio”, que eles amorosamente combatem “na ponta do fuzil”. Em termos simples, o que os professores-doutrinadores fazem é basicamente pegar uma pessoa normal e transformá-la em um zumbi. Isso resume tudo.

Isso ocorre porque há uma propensão natural do jovem a aceitar tudo o que um professor fala. É perfeitamente explicado sociologicamente. Nós nascemos tendo nossos pais por “deus”, a quem confiamos integralmente e acreditamos completamente. Por isso as crianças acreditam tão facilmente em estórias que seus pais lhes contam, como o Coelhinho da Páscoa, o Papai Noel, o mundial do Palmeiras e tudo mais. Mas elas crescem, e com o tempo começam a perder o respeito pelos pais. É a tão falada fase da “rebeldia adolescente”, onde uns 99% dos adolescentes e pré-adolescentes começam a ter conflitos familiares (embora nem sempre por culpa deles). Essa lacuna deixada pelos pais é preenchida pelo professor em sala de aula, que passa a exercer o mesmo poder de influência sobre o adolescente e o jovem que antes acreditava em tudo o que papai e mamãe diziam.

Somos ensinados desde sempre a aceitar como verdade tudo o que o professor disser. Se um professor diz que 2+2 é igual a 4, é quatro e ponto. Se diz que Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil, ele descobriu o Brasil e caso encerrado. Se diz que o capitalismo é a raiz de todos os males e o comunismo é a solução, é verdade esse bilhete. O professor é a autoridade. O que ele diz é o que vai cair na prova, e o que cai na prova é o que determinará o seu sucesso ou fracasso como estudante. Quase tudo o que o adolescente sabe sobre a vida vem daquilo que lhe foi ensinado por um professor. O aluno tende a admirar o professor, às vezes até a divinizá-lo, porque geralmente não conhece ninguém mais inteligente e instruído que ele. Além disso, quer o seu favor, seja por interesses pessoais ou apenas para preencher uma carência emocional, para se sentir de alguma forma maior ou melhor. O professor é o ídolo do adolescente, da mesma forma que os pais são os ídolos da criança.

É por isso que as faculdades criam tantos militantes comunistas: eles acreditam piedosamente em cada palavra que sai da boca dos seus professores, mesmo quando é a maior aberração sem qualquer cabimento, lógica, bom senso ou coerência. O jovem prefere acreditar no professor que em sala de aula diz que Cuba é uma maravilha paradisíaca do que no testemunho de cubanos que escaparam do país fugindo em botes improvisados arriscando a própria vida e abrindo mão de tudo para se livrar daquele inferno e ter alguma perspectiva de vida em outro país – especialmente naquele tal vilão de cinema.

Essa é a razão pela qual o Escola Sem Partido é tão urgente, e também por que é atacado tão violentamente pelos esquerdistas. Eles sabem que este é o último reduto que lhes restou, e se perderem as escolas, perderam tudo. Se um direitista foi eleito mesmo com toda a enorme lavagem cerebral realizada nas escolas, imagine como seria sem ela. Você não precisa imaginar: países desenvolvidos e com uma educação ausente de viés ideológico como os Estados Unidos estão aí para nos mostrar isso.

A educação brasileira não é uma das piores do mundo apenas por falta de investimento, porque o Brasil é literalmente um dos países que mais investem em educação no mundo, embora pareça o contrário. O problema não é quantidade, é qualidade. Poderiam aumentar o salário de cada professor para um milhão de reais, poderiam construir mais 500 mil escolas pelo país, poderiam colocar computadores de última geração nas salas, poderiam trocar a lousa atual por uma digital, poderiam contratar o Cirque du Soleil para fazer apresentações no intervalo, poderiam colocar ar condicionado, som de violino ao fundo, merenda feita pelos jurados do Masterchef, emudecedor automático de aluno bagunceiro e ainda discos voadores para os alunos chegarem mais rápido à escola e sem trânsito, que mesmo assim a qualidade do ensino permaneceria ruim se o que for ensinado continuar sendo a mesma coisa que é ensinada hoje.

O que o Escola Sem Partido quer não é impedir o ensino, é impedir a doutrinação ideológica. Não é proibir que se fale dos teóricos de esquerda, é falar dos teóricos de direita também, com a mesma publicidade e imparcialidade, deixando que o aluno chegue às suas próprias conclusões através de debates e discussões inteligentes. Em tese seria para isso que as universidades foram criadas, e não para induzir os alunos a sempre concordarem acriticamente com tudo aquilo que o professor diz, repetindo tudo igual papagaio de pirata. Isso nem mesmo significa que um aluno será proibido de se tornar militante do PSOL, significa apenas que essa será uma decisão dele, e não algo induzido por um professor ou por uma multidão de professores.

Eu acho até bom para a esquerda que eles apóiem logo esse projeto, porque em breve uma nova geração de professores irá surgir substituindo a atual, uma geração com internet e com acesso ao conhecimento para bem além das salas de aula, uma geração que viveu a era PT e que sabe muito bem quem eles são e do que eles são capazes, uma geração que acompanha o que anda acontecendo na Venezuela e em qualquer país socialista, uma geração mais antenada e menos alienada, mais crítica e menos ingênua, e que me faz pensar que dentro de algumas décadas veremos a esquerda querendo uma “Escola Sem Partido”, para evitar uma doutrinação da direita. A verdade é que eles sabem que o tempo deles acabou, e que barrar o Escola Sem Partido é um mero paliativo para adiar o inevitável fim.

• Compartilhe este artigo nas redes:

Paz a todos vocês que estão em Cristo.  

Por Cristo e por Seu Reino,

- Siga-me no Facebook para estar por dentro das atualizações!



- Baixe e leia os meus livros clicando aqui.

- Acesse meu canal no YouTube clicando aqui.


ATENÇÃO: Sua colaboração é importante! Por isso, se você curtiu o artigo, nos ajude divulgando aos seus amigos e compartilhando em suas redes sociais (basta clicar nos ícones abaixo), e sinta-se à vontade para deixar um comentário no post, que aqui respondo a todos :)  

111 comentários:

  1. Os esquerdistas falam contra a oração na escola e que isso o estado laico,Mas quando falam de escola sem partido é horrível e anti democracia eles falam mal de tudo o que vão contra eles.Mas não vamos exagerar nem todos os professores são esquerdistas existe muito bom que nem o professor Lucas Banzoli que estara nas escolas ensinando a noção geração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, nem todo professor é esquerdista, mas em se tratando de professor de história ou de cursos de humanas em universidades, o percentual de professores esquerdistas é gritante. E o problema não é nem eles serem esquerdistas em si, mas sim o fato de quererem enfiar o esquerdismo na cabeça das crianças e adolescentes a qualquer custo, muitas vezes condicionando a aprovação do aluno ao seu esquerdismo manifesto em provas e trabalhos. Ou seja, basicamente o estudante precisa ser esquerdista (ou fingir ser um) para conseguir ser aprovado.

      Excluir
  2. Avalie https://goo.gl/images/HSTxZ1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí é mais uma prova de como o Escola Sem Partido é urgente: o meme é repleto de mentiras e fake news, as quais os professores-doutrinadores disseminam aos seus alunos sem qualquer responsabilidade ou desfaçatez. Temer vai cortar a aposentadoria? Não, ele quer elevar a idade de aposentadoria em poucos anos, porque as pessoas estão tendo cada vez menos filhos do que antigamente, e a consequência disso é que essa nova geração será a primeira em que haverá mais velhos do que jovens. Você pode ver nesse gráfico que hoje há 52 milhões de contribuintes para 33 milhões de aposentados, enquanto em 2050 haverá 43 milhões de contribuintes para 61 milhões de aposentados:

      http://www.portaldaindustria.com.br/cni/canais/reforma-da-previdencia/entenda/porque-fazer-a-reforma/

      Como 43 milhões de pessoas vão conseguir trabalhar para sustentar 61 milhões de aposentados? Isso é simplesmente impossível. O sistema atualmente vigente ainda funciona porque a sociedade ainda tem bem mais jovens e adultos do que idosos, mas com a sociedade envelhecendo rapidamente, ele vai entrar em colapso logo logo e meter o país na maior crise de todos os tempos se nada for feito. Ou seja, uma reforma da previdência é urgentemente necessária, porque a sociedade já não é mais hoje igual era antes. Mas esquerdista burro não consegue entender isso, acham que os direitistas são malvadões que querem "acabar com a aposentadoria" porque odeiam os mais velhos (o que além de tudo é estúpido, já que direitistas também envelhecem), e o resultado é esse meme aí, cheio de mentiras e falsidades, que são repetidas à exaustão na intenção de colocar na cabeça do aluno o ódio aos conservadores e liberais. O resultado dessa doutrinação toda são os militantes-zumbis que se formam ali.

      Excluir
  3. Texto resume com inteligência e humor (com exceção à referência ao Palmeiras...)a situação do ensino, porém me parece que você se engana ao dizer que o ensino em países como Estados Unidos é livre de doutrinação,eu diria que é mais sutil. Pelo menos em vídeos e textos críticos da internet não há espaço para o conservadorismo nas universidades. Marco Antonio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há espaço sim, embora dependendo do estado em questão será maior ou menor (os estados democratas vão obviamente ter a tendência de puxar sardinha para o lado deles, e vice-versa). Mas lá os estudantes não saem das universidades se tornando militantes comunistas, e há muitos jovens republicanos. Inclusive o número de jovens republicanos anda aumentando; uma pesquisa recente demonstrou que "apenas" 46% dos jovens de lá prefere os democratas:

      https://br.reuters.com/article/worldNews/idBRKBN1I11C3-OBRWD

      Esse índice é muito maior aqui no Brasil, onde a esmagadora maioria dos jovens saem das universidades votando na esquerda.

      Excluir
  4. Foi um dos artigos mais importantes que eu já li, principalmente o último parágrafo. Meus parabéns


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Avalie: https://youtu.be/iIxdCWliUPI

      Excluir
    2. Refute: https://youtu.be/FhhaeApb_gc

      Excluir
    3. Não tenho tempo pra refutar cada vídeo desses, desculpe. Há muitos canais e sites voltados especificamente a isso, que já refutam a tudo isso daí.

      Excluir
    4. Quais você me recomenda (se possível livros, vídeos e artigos específicos)? Obrigado

      Excluir
    5. No site do Instituto Mises tem material pra caramba, é só digitar no campo de busca que você acha qualquer coisa relacionada ao liberalismo:

      https://www.mises.org.br

      Excluir
  5. Quais fontes provam que ninguém morreu de fome na crise de 1929?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu desconheço uma fonte que mostre mortes generalizadas por fome na crise de 1929 (alguma coisa comparável às dezenas de milhões de mortes nos países socialistas). Houve sim casos de suicídio (principalmente de acionistas desesperados), aumento da pobreza e do desemprego, mas não uma situação que chegasse perto do ponto em que chegaram os socialistas. E em dez anos a economia americana já havia voltado ao mesmo patamar anterior à crise de 29, o que mostra a capacidade capitalista de se reerguer das crises, enquanto a União Soviética foi definhando cada vez mais até morrer.

      Excluir
    2. O nome disso é apelo a ignorancia, você desconhecer uma fonte não significa que não exista.

      Também gostaria que você fizesse um artigo mostrando que a crise de 29 não foi culpa do capitalismo, mas sim do governo americano, que imprimiu dinheiro e facilitou o crédito, criando um enorme desajuste no mercado.

      Excluir
    3. "O nome disso é apelo a ignorancia, você desconhecer uma fonte não significa que não exista"

      Então me mostre a fonte e prove que exista.

      Excluir
    4. Na verdade ele(a) não aparenta ser de esquerda.

      Excluir
  6. Estou escrevendo esse comentário com a finalidade de deixar meus pensamentos em assuntos secundários(acho que seria terciário ou mais): vou falar sobre os ditos animais irracionais; como esse tema é mais ou menos abordado. Primeiramente, é importante lembrar que o intuito da Bíblia sempre foi para demonstrar a salvação para a humanidade, e não ser um livro científico, portanto ela não tem um compromisso de ser 100% cientificamente preciso. Por exemplo: Em Provérbios 30:30 diz que o leão é o mais forte entre os animais, mas na verdade é aquele besouro rola bosta.

    Com isso, vamos ao centro do comentário: Sabemos agora com vários testes que, alguns animais, são bem espertos(corvo, por exemplo). Claro que isso não quer dizer que o ser humano está em perigo por que existe corvos com metralhadora e tanques de guerra, e chimpanzés escrevendo artigos científicos. Agora, existe alguns textos na Bíblia que fala que os animais são irracionais; mas isso é SEMPRE comparando o ser humano há eles. Peque por exemplo Salmos 32:9, Judas 1:10 e 2Pedro 2:12. Então fica claro que quando a Bíblia os chama de irracionais é sempre comparado o ser humano a eles(convenhamos... entre um ser humano que fez e faz 1 milhão de coisas e um chimpanzé... é compreensível chamar o macaco de irracional)

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o seu comentário, com o adendo de que os judeus provavelmente não conheciam o "besouro rola bosta", então o leão era tido como o mais forte entre os animais que eles conheciam. Abs!

      Excluir
    2. o besouro ai é o mais forte em comparação ao próprio corpo, ou seja para um individuo extremamente pequeno ele é muito forte pois consegue empurrar coisas muitas mais pesadas, mas o leão ou qualquer outra coisa obviamente consegue esmaga-lo. Alem disso os elefantes (que os hebreus e judeus que escreveram provérbios já sabiam que existiam) eram muito mais fortes e pesados que os leões, este tipo de poema só exalta o leão pois o leão sempre significou majestade na cultura humana, não porque ele seja literalmente o animal mais forte. O único momento da bíblia que aparece algo que não é concordável com a biologia atual é do morcego, que é descrito como uma ave, mas isso realmente não importa pois na época eles não classificavam os animais da mesma forma que hoje, dizer que morcegos eram mamíferos em uma época onde ninguém ligava pra animais (ao contrario de hoje onde as pessoas tratam animais como filhos, naquela época animais eram menosprezados completamente) só iria confundir as pessoas quando tinha assuntos mais importantes a ser tratados.

      Excluir
  7. Só o fato de serem contra um projeto denominado "Escola Sem Partido" já mostra que existe algo bem errado por aí... Ora comunas, se não existe doutrinação ideológica nas escolas e o ensino é imparcial não votem contra o projeto, aprovem ele e deixe os "conservas" verem que lutaram atoa e contra uma doutrinação/proselitismo inexistente como vocês mesmos falam, se não existe doutrinação ideológica nas escolas estão se preocupando tanto por que? QUEM NÃO DEVE NÃO TEME!

    ResponderExcluir
  8. Apesar de abominar o Veio da Virginia assisti a um vídeo do canal dele no YouTube sobre esse tema e por incrivel que pareça ele tem razão,ele disse exatamente o mesmo que você em relação ao projeto servir não para censurar autores de esquerda e sim ensinar na mesma proporcao autores de direita além de ensknarem Marx, Foucault, ensinarem também Burke e Scruton,por isso o Veio disse que o projeto deveria se chamar "Escola com todos os partidos" e nao "Escola sem partido". Banzolao você acha que apesar do discurso antiprotestante e medieval do Astrolavo, ele tem sua importância no movimento conservador brasileiro como o primeiro autor a denujciar essa infiltração esquerdista nos meios de comunicação e nas escolas e universidades?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Importância ele tem, embora ela seja superestimada pelos seus seguidores. Pra mim o nome "Escola Sem Partido" está bom, porque a intenção é transmitir o sentido de que a escola não deve fazer militância ou partidarismo pra esse ou aquele lado, mas que deve ser imparcial (ou pelo menos tentar). É claro que todas as visões políticas devem ser apresentadas, mas com isenção.

      Excluir
    2. Eu penso que sobre a importância do Veio da Virginia ele detectou a origem dos ataques aos valores cristãos, porque eu crescendo na igreja sempre ouvi discursos contra direitos LGBT, legalização do aborto, das drogas,mas os pastores não falavam a origem desses movimentos, não falavam que eram fruto da infiltração da esquerda nos meios de comunicação e educacional que abandonou a luta armada para entrar na guerra cultural,então penso que ooVeio foi o primeiro brasileiro a estudar esse tema nao é?

      Excluir
  9. Paz do Senhor
    Nada me tira da cabeça que alguém MUITO endemoniado com umas dez legiões pra inventar esse negocio de "aprovação automática". Só esta formando gente que nem sabe escrever o próprio nome direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo totalmente. Essa foi a maior burrice que eu já vi na vida. Com reprovação já tem aluno que não estuda, imagina sem.

      Excluir
  10. Como sempre, mais um belíssimo artigo.

    ResponderExcluir
  11. na minha escola a aula de história e geografia até que é bem de boa, embora minha professora de his seja uma comunista declarada (falou que o preconceito contra o comunismo é injustificável, e uma vez eu estava conversando com ela sobre Vargas e ela disse "nunca entendi porque as pessoas tem tanto medo do comunismo, enquanto o capitalismo e NEOliberalismo é o que causa a desigualdade social") meu prof de geografia é tipo um Enéas na verdade, ele diz que os EUA planejam contra paises de terceiro mundo pra que possa continuar com a soberania mundial, que os EUA querem roubar o petróleo de todo mundo, e critica o Temer massivamente, mas porque eu disse que ele parece o Enéas? Porque meu prof de geo não é de esquerda aparentemente, pois ele ja mostrou um video do bolsonaro na sala de aula, do bolso falando sobre o nióbio e tal e que o governo brasileiro deveria criar um vale do nióbio, ou seja ele é estatista a nível Enéas e não a nível comunismo, mas ambos os professores de hist e geo trazem debates a sala de aula e as vezes pluralidade de opiniões. Ja sociologia não tem nem o que falar, é Marx, teoria marxista, revolução socialista, capitalismo causa desigualdade, e assim vai. E não tem nenhuma opinião conservadora, liberal, direita, é sempre o lado socialista da história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, infelizmente este é o cenário de quase a totalidade das escolas hoje. Encontrando um professor de centro-esquerda ou "socialista fabiano" já está excelente.

      Excluir
  12. vc viu as noticias o Emmanuel Macron quer criar um unico exército pra Europa, se as coisas continuarem assim vc deve estar certo sobre a União Européia ser a próxima potencia a governar o mundo e portanto, o governo do Anticristo pois sera o sétimo governo mundial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é descente de judeu?E de romanos?acho que até de gregos ele tem que ser para ser o Anticristo acho que o lucas vai concordar e Emmanuel Macron me dá medo.Lucas te explica melhor e acho bom ver o artigo dele|Seria a união europeia o novo Imperio Romano das profecias

      Excluir
    2. Esse artigo mencionado onde eu escrevo sobre isso é esse aqui:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/09/seria-uniao-europeia-o-novo-imperio.html

      Mas até onde eu sei, o Macron não é judeu, então há pouca chance dele pessoalmente ser o anticristo, embora ele possa ser um dos que preparam o caminho para ele.

      Excluir
  13. Na minha escola houve projeto da america do Sul e minha professora de historia e geografia ficou com minha sala Venezuela Bolivia e Guiana ela falou que a Bolivia era pobre e seu presidente é socialista.Que a Venezuela é solicialista e que a crise de la é por causa de petroleo e esgostamento do chavismo venezuelano e na peça falou que a oposição culpa o governo socialista pela crise mas Hugo Chavez coloca a culpa em guerra economica pela crise e na outra sala falou um pouco sobre a religiao catolica no chile na qual a uma inclinação a o catolicismo mas a um pouco de anti EUA e a professora de artes votaria em Boulos ou Ciro gomes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boulos ou Ciro Gomes é dureza xD

      Excluir
    2. Mas lá é bem legal e não concoRDA com a ideologia de gênero

      Excluir
  14. Olá Lucas! Como vai? Isso já faz um tempo já, mas eu queria falar a reação do meu pai ao ler seu artigo do "Sucesso do governo Lula em 2000"(linkarei). Basicamente ele falou que sua analise é tendenciosa pois o sucesso de Lula foi por motivos externos, o mundo tava indo bem, no caso de Dilma, a crise foi só por causa dela, governo ruim. E ele reforça que o governo Lula foi o melhor que ele viveu.

    http://www.lucasbanzoli.com/2018/10/o-brasil-melhorou-economicamente-por.html

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "...Basicamente ele falou que sua analise é tendenciosa pois o sucesso de Lula foi por motivos externos"

      Ué, mas foi justamente isso que eu aleguei no artigo, oras. Ele não deve ter entendido nada então :/

      Excluir
  15. Veja Banzomacho: http://juliosevero.blogspot.com/2018/11/dez-caracteristicas-de-seitas-cristas.html#comment-form
    O que voce acha?

    ResponderExcluir
  16. Em construção .... “saindo com ela para ... “

    ... nao demore muito por favor ...

    ResponderExcluir
  17. Banzolão, você que o Palmeiras não tem mundial por que?

    ResponderExcluir
  18. Lucas, quando você tiver filho, você prefere um filho varão ou uma menina?

    ResponderExcluir
  19. Agora, uma dúvida pessoal que surgiu na minha cabeça: se milagres(braços crescendo de novo, pessoas revivendo, etc.) acontecem até mesmo dentro de hospitais, onde os médicos colocam todo seu histórico, por que ainda existem pessoas ateias, ou não colocam esses históricos dos hospitais de pessoas que tiveram um milagre em estudos científicos sérios(como Nature, PlosOne, etc.)?

    Deus lhes ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles não acreditam, mesmo se vier da boca de um médico.

      Excluir
    2. Interessante... Eu mandei essa pergunta ao doutor Jay L. Wile( desse site: http://blog.drwile.com/ ) e ele falou que são registrados medicamente sim. Mas como ainda não entendemos na sua totalidade o corpo humano, pode se afirmar facilmente que foi algum processo de cura natural. E ele me mandou esse site aqui:
      http://documentedhealings.com/medically-documented-miracles/

      Deus lhe ilumine!

      Excluir
  20. o que vc pensa sobre o argumento dos esquerdistas lacradores do nível quebrando o tabu que dizem que se jesus voltasse hoje os "cristãos" o crucificariam?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez crucificariam mesmo, mas não pelas razões que eles trazem.

      Excluir
    2. Quais seriam as razoes que os Cristãos o crucificariam? Pois esse pessoal do Quebrando o Tabu vive pitando Cristo como um Maconheiro Pacifista.

      Excluir
    3. "Crucificar" literalmente não (porque já não se fazem mais isso hoje), mas no sentido de rejeitar, teriam inúmeras razões para isso (inclusive essa gente que ingenuamente pensa que Jesus era um Maconheiro Pacifista).

      Excluir
  21. Avalie:
    http://3.bp.blogspot.com/-T03Et4uoBjA/UOM0aapiB_I/AAAAAAAAAk0/soHNfzkrgr4/s1600/zionism.png

    ResponderExcluir
  22. Avalie:
    http://philotheotrinosophia2012.blogspot.com/2011/06/como-alguns-cristaos-sao-usados-como.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais fonte Arial 12 de um blog que não me soa lá dos mais confiáveis...

      Excluir
    2. Me perdoe a ignorância, mas oq é "Arial 12"?

      Excluir
    3. Uma fonte de letra de texto de Word.

      Excluir
    4. e pq essa fonte (, a Arial 12,) não seria confiável ?

      Excluir
    5. É apenas uma brincadeira de internet feita quando alguém diz algo sem fontes (usando apenas a "fonte" da letra).

      Excluir
  23. Curioso... Como podemos transformar o egoísmo em algo bom?: https://en.wikipedia.org/wiki/The_Virtue_of_Selfishness#Use_of_the_term_'selfishness'

    ResponderExcluir
  24. Gostei muito!: https://youtu.be/N_612omwKuk

    ResponderExcluir
  25. Lucas, o Palmeiras ganhou o Mundial em 1951 sim ou não?

    ResponderExcluir
  26. Lucas, aqui na escola a demonização dos EUA é notável, a grande maioria compra isso, eu não gosto de sair aceitando tudo de primeira e sempre estranhei todas essas coisas, mas não sou muito de debater em público e não tenho coragem de questionar o professor. Além de que sei que se eu perguntar, ele vai dizer que não esta doutrinando ninguém, apenas contando os fatos. Essas histórias de que os EUA financiaram todos esses golpes pela América Latina e que tentaram matar vários líderes procede?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho inútil ficar batendo boca com professor, como ele é a autoridade na sala de aula ele sempre estará em evidente vantagem e ainda pode prejudicar o aluno de alguma forma (na hora de dar a nota). Contanto que já estejamos "vacinados" contra a doutrinação, já está de bom tamanho. Sobre os golpes, até hoje ninguém conseguiu provar nada do que diz. É o mesmo tipo de gente que diz que a Guerra do Paraguai foi armada pela Inglaterra, que o Sergio Moro é um agente da CIA disfarçado, que o MBL é financiado pelos irmãos Koch, que o impeachment foi um "golpe" orquestrado pela Rede Globo, dentre inúmeros outros conspiracionismos do tipo envolvendo basicamente tudo o que seja conveniente na hora de promover um discurso que lhe seja vantajoso. A direita também tem suas conspirações e loucuras (ex: URSAL), mas de modo geral eu acho que a esquerda ganha neste quesito.

      Excluir
    2. Além da demonização constante dos EUA, o professor também diz que o liberalismo econômico, que aqueles que são de direita costumam defender, é um grande responsável por pobreza, desigualdade, e que a sua existência invalida os direitos dos trabalhadores, algo assim, pois os patrões são os seus donos e podem explora-los o quanto quiser. Ele fez questão de dizer que todos os países aqui da América Latina(a aula era sobre América Latina) que adotaram o liberalismo foram quebrados, e que só passaram a crescer quando os líderes de esquerda, que são os bonzinhos que pensam na população, assumiram o poder. E é ai que ele enfiou os EUA, dizendo que eles financiaram vários golpes pra tirar esses líderes de esquerda do poder. Pra minha surpresa ele citou o Chile, dizendo que esse país sempre teve líderes de direita no poder, algo assim, e eu sei que o Chile é um país desenvolvido, mas ele não citou nada disso, muito pelo contrário, logo em seguida de dizer que o Chile sempre teve a direita no poder, ele soltou, não sei porque, a informação de que lá é o lugar com maior índice de suicídios entre idosos. E ele também disse que essa história de que em Cuba todos passam fome é mentira, que lá eles tem um dos melhores IDHs do mundo, muita qualidade de vida, que lá eles podem dormir tranquilos de janela aberta porque é tudo muito seguro e ninguém vai assaltar ninguém, além de que devido a ótima medicina que eles possuem, ninguém nem precisa ir ao médico, as pessoas são atendidas imediatamente logo em casa. A propósito ele disse que nos EUA os hospitais públicos só passaram a existir com a esquerda, que era muito boazinha e olhava para a população.

      Excluir
    3. As pessoas da sala até brincaram dizendo que "tudo de ruim que acontece vem dos EUA". E na hora que ele falou sobre o liberalismo, ele disse que se todos fossem liberais tudo daria errado por que as empresas americanas tomariam conta de tudo e assim os EUA instalaria a sua supremacia sobre o mundo, causando grande pobreza e desigualdade nos outros países. Porém, isso me trouxe a cabeça algo que você disse no seu artigo sobre o socialismo, o problema nesse caso não seriam os monopólios e não o próprio sistema liberal?
      Bom, essas foram as coisas ditas na minha sala de aula.

      Excluir
    4. Não estou querendo dizer que o ensino daqui é terrível e doutrinador, muito pelo contrário, no geral eu gosto bastante daqui, acho excelente, mas com esse artigo que você fez eu apenas senti a necessidade de fazer essas observações.

      Excluir
    5. Nossa, são tantas distorções em um mesmo lugar que fica até difícil saber por onde começar haha

      Mas vamos lá :)

      1) O que eles (os professores-doutrinadores) chamam de “liberalismo” não tem NADA a ver com o liberalismo real (aquele praticado nos EUA, na Inglaterra e etc). Para eles, qualquer coisa que não seja um governo de extrema-esquerda é classificado como “liberal” (ou melhor, “neoliberal”, o termo da moda que eles inventaram), por isso chamam os estatistas do regime militar de “liberais”, por isso chamam o FHC (um esquerdista assumido) de “neoliberal”, entre outras palhaçadas do tipo. Como eu já disse aqui outras vezes, o Brasil nunca teve um governo verdadeiramente liberal, agora com o Bolsonaro/Guedes talvez finalmente teremos o primeiro, porque a “direita” daqui sempre foi uma direita de perfil nacionalista (do tipo Enéas). Por isso a América Latina em geral sempre foi tão atrasada, sempre teve esse preconceito ridículo em relação aos EUA, Inglaterra e tudo o que tem a ver com capitalismo, liberalismo e progresso civilizacional. Aqui ainda se leva a sério coisas totalmente ultrapassadas no mundo desenvolvido e civilizado, como o comunismo.

      2) Aquilo que ele disse sobre Cuba é TUDO MENTIRA que eles inventaram para passar o pano nas coisas e brincar de faz-de-conta de que Cuba é um lugar bom para se viver. Todos os otários que realmente acreditaram que Cuba tem uma boa medicina e foram se tratar lá literalmente morreram com a doença (o último foi o Hugo Chávez, que foi para Cuba esperando ser curado pela “excelente medicina” de lá e morreu). É por isso que NENHUM comunista é capaz de citar um único hospital cubano de referência ou de renome internacional. Não existe nenhum. É como eu disse no artigo: o jovem prefere acreditar no professor que em sala de aula diz que Cuba é uma maravilha paradisíaca do que no testemunho de cubanos que escaparam do país fugindo em botes improvisados arriscando a própria vida e abrindo mão de tudo para se livrar daquele inferno e ter alguma perspectiva de vida em outro país.

      3) O que ele diz sobre a saúde nos EUA é apenas parcialmente verdade (ele distorce totalmente um fato verídico para ficar parecendo uma coisa ruim). A verdade é que lá todo mundo tem dinheiro para pagar por planos de saúde em hospitais privados que são infinitamente melhores do que o “SUS” de qualquer lugar. Enquanto aqui as pessoas literalmente morrem nas filas dos hospitais públicos e os idiotas ainda acham coisa boa só porque “é de graça” (quando é de graça porcaria nenhuma, nós pagamos tudo com os nossos impostos), lá eles tem menos impostos e mais serviços de qualidade que até o cidadão mais pobre pode usufruir.

      4) Sobre “as empresas americanas tomarem conta de tudo”, além daquilo que eu comentei no outro artigo, eu recomendo fortemente a leitura deste artigo curto, simples e inteligente do Clarion:

      https://www.patreon.com/posts/como-e-que-o-da-18917579

      Abs!

      Excluir
  27. Mas Lucas, você não acha que por trás do escola sem partido está um doutrinação da direita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O propósito do Escola Sem Partido é evitar qualquer doutrinação, embora a única que ocorra hoje seja a da esquerda. Se o projeto for aprovado e no futuro os direitistas tomarem as universidades e promoverem seu próprio discurso, os esquerdistas poderão apelar ao Escola Sem Partido para neutralizar isso, porque a intenção é justamente a neutralidade.

      Excluir
  28. A alegação esquerdista é que o Escola sem Partido iria contra o "pensamento crítico" dentro das Escolas, o que é um paradoxo, pois eles direcionam a crítica apenas para quem eles discordam, jamais para o que eles defendem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para os esquerdistas ter pensamento crítico é concordar com eles e ser esquerdista também, se você não concorda com eles é porque não tem pensamento crítico. Esse tipo de afirmação sobre o Escola Sem Partido ir contra o pensamento crítico é mentira e hipocrisia dos esquerdistas, pra eles o pensamento crítico é tão importante quanto a democracia, ou seja, fica só no discurso, porque na verdade não tem importância nenhuma pra eles.

      Excluir
    2. Exatamente. É uma "crítica" arbitrária e seletiva, direcionada sempre e apenas contra aqueles a quem se opõem, distorcendo a realidade dos fatos continuamente.

      Excluir
  29. Olá. Vc já ouviu falar do pastor luterano alemão Dietrich bonhohorf ,que lutou contra o nazismo na segunda guerra e acabou enforcado? Além disso era um excelente teólogo. Acho tristíssimo homens como esse serem praticamente desconhecidos, enquanto seres do naipe de Silas malafaia e Agenor Duque serem destaque como ''homens de Deus ''.obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço, e concordo com o que você disse. Existem alguns documentários sobre ele, como esse aqui:

      https://www.imdb.com/title/tt0371583/

      Excluir
  30. Lucas banzoli, desculpe talvez a ignorância da pergunta. Mas realmente ocorrem milagres comprovados em hospitais? Se sim, tem algum material pra consulta, tipo reportagens?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu conheço milhares de testemunhos de pessoas que foram curadas sobrenaturalmente após internação em hospital sem nenhuma explicação médica, casos em que os médicos ficaram abismados sem saber explicar o que aconteceu. O "material de consulta" nestes casos é o próprio "material humano", por isso eu recomendaria conversar com alguma pessoa que passou por esse tipo de experiência.

      Excluir
  31. Olha só isso:

    https://www.google.com.br/amp/s/super.abril.com.br/historia/o-exterminador-de-crencas/amp/

    Na boa, acho que esse cara só quer seus 15 minutos de fama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente que não tem o que fazer geralmente vira militante ateu.

      Excluir
  32. Banzolão, artigo muito bom, fiz uma análise relacionando a Educação aos movimentos Sociais em sala de aula em meu Curso a um tempo, este Artigo me fez lembrar disso...

    Banzoli qual a sua opinião sobre Alberto Rivera, o ex jesúita que meio que detonou a ordem, expondo as trkinagens todas da Igreja Romana? acho engraçado como os Católicos após descobrirem começam a negar de maneira incrível, como se estivessem desesperados, parece que ele realmente fala a verdade... Walter Veith outro Mito tem vários vídeos dele no Yt e artigos em especial de sites adventistas sintetizando suas falas, fala bastante sobre a conspiração Jesúita, como aqui na qual pro a+b ele prova o envolvimento do Papa na segunda guerra e o apoio Católico a Maçonaria, que já nem é novidade visto que eles fundaram ela, https://www.youtube.com/watch?v=GvooI9zpsNE&t=2503s&fbclid=IwAR0m0niQZp1pSFfvp3jfm1soh6fbpY6LUz2s6pCIp_qSmvMXIJ1I3je3KpI enfim sendo direto gostaria de saber sua opinião sobre Alberto Rivera e Walter Veith.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Walter Veith eu já conheço, gosto dos vídeos dele. Esse Alberto Rivera eu não conheço, vou procurar saber mais sobre ele. Abs!

      Excluir
  33. Https://youtu.be/dYgwnk5-0J4

    Avalia, amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito tosco o vídeo, argumentos fraquíssimos, o William Lane Craig já refutou tudo isso aí.

      Excluir
  34. Lucas, sobre Paulo Freire, dizem que ele é respeitado internacionalmente, qual sua opinião sobre ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é em grande parte o responsável pelo tipo de educação que faz hoje nas escolas brasileiras, então os resultados pífios falam por si só.

      Excluir
  35. Veja, a verdade sobre Zumbi dos Palmares: https://www.youtube.com/watch?v=CFsci-888fE

    ResponderExcluir
  36. Agora, tenho uma duvida sincera: Se para Jesus nos ter lavado os pecados, foi posto nele todas as nossas iniquidades, isso não faria dele um pecador? (emoji pensativo)

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é o caso, isso não faz de Jesus um praticante de pecados, apenas alguém que expia os pecados. "Pecador" no caso se refere a quem peca.

      Excluir
  37. (Eu sei que ultimamente eu ando comentado muito aqui. Se estiver ficando chato, me diga, que eu paro) Tenho uma outra duvida, Lucas: em Provérbios 6:30-31, nos é dito que até mesmo quem roubar pra matar a fome(imagino que seja uma pessoa extremamente pobre) essa pessoa deve "pagar 7 vezes" o valor(essas palavras em aspas deve ser entendida como hipérbole para "pagar em total o que deve"). Mas enquanto matar, por exemplo, um animal para matar a fome?(pode implicar matar outra pessoa para consumo, em caso de extrema emergência)

    Deus lhe ilumine!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, matar animais para consumo não era um problema, eles viviam disso, a não ser que fosse um animal de outra pessoa (por exemplo, do rebanho de um outro pastor), aí seria o mesmo caso do roubo.

      Excluir
  38. Tomara que a eleição do Bolsonaro,possa trazer consigo algumas mudanças profundas no sistema educacional brasileiro; 1-Implantação do Escola sem Partido; 2-Liberação do Homeschooling, que é aceito nos EUA e na maioria dos países europeus, e inclusive defendido abertamente pelo Eduardo Bolsonaro,que é filho do Jair. Temos que abolir essas leis malditas que proíbem o homeschooling no Brasil,art.55 do ECA e art.6, da LDB;3-Na medida do possível aumento do número de escolas do Exército e da PM;4-Extinção da nefasta pedagogia de educadores esquerdistas, como,por exemplo,Paulo Freire.

    ResponderExcluir
  39. Lucas, é verdade que Cuba tem a melhor medicina do mundo? Meu professor de Geografia estava nos ensinando sobre a revolução cubana e que dentre outras coisas, ele afirmou que Cuba tem a melhor saúde do mundo e que muitos americanos deixam de ir a Hospitais do seu próprio país para tratar-se em Cuba. É verdade isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comentei sobre isso acima:

      http://www.lucasbanzoli.com/2018/11/por-que-precisamos-de-uma-escola-sem.html?showComment=1542929199333#c541269291331749152

      Excluir
  40. Lucas, queria fazer apenas um recomendação. Você já pensou em fazer um texto respondendo a versiculos usados por imortalistas para defender a idéia da alma imortal? Seria muito legal se você fizesse um estudo nesse sentido. Ajudaria ainda mais aqueles que crêem nessa idéia. Pois eu venho estudando a respeito e vejo que existem mais argumentos lógicos e biblicos para a mortalidade da alma do que para a imortalidade da alma. E nesse momento estou 80% convicto(não posso negar que existem bons argumentos imortalistas) de que a concepção mortalista é a verdadeira.A paz de Cristo para você e para todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até faria, se isso já não tivesse sido feito. No meu livro "A Lenda da Imortalidade da Alma" (disponível na página dos livros, link abaixo) há respostas para todos os textos imortalistas que eu conhecia, e depois ganhou o acréscimo do livro "Os Pais da Igreja contra a Imortalidade da Alma", além de dúzias de artigos novos (alguns deles aqui neste site, e outros no HC). O que eu pretendo fazer é escrever um ou outro artigo de vez em quando reforçando ou ampliando alguma refutação, mas basicamente considero esse tema "encerrado", no sentido de que não há muito mais para desenvolver de material exclusivo ou novo. Abs!

      http://www.lucasbanzoli.com/2017/04/0.html

      Excluir
  41. Avalie:

    https://www.facebook.com/arminianismodazueira/videos/1997211743673133/?__xts__[0]=68.ARB8MPeQkJ7GG5SEZjbSjWZz6467WeGh8bANEtu5OP13TuUyMbYCJbv5nMC_PDNb7Vh92-cUtY1P2kv5nAxldXUgWLm2UH4ZDnC4D9eTbp0w9_FeajeiRVoIdyEmYS46NI7M5VMnKHrP6dymb-G0bClun-sxIneXMz3sMrPUieNaQL7SMwU498JdMzDzCB8ss71kqXX_YwktwZjUaQcyrXqvCvw_s6fnFNXApPtC0Bx__BM1V_MqijmhBKLEsUZj79W8eq3EqWytAsAYgfOzzINKNPR31wz-6NQn2qpx23PY8whyerfkyy4HbCpm5B8gASB-NlmZHGOthFhB38NuuZZWasVclHe4-iJhvFUDP3Fw4W1GNcXQPc16qFPUgQPrAFwbJefLyO3vp3q3hW2BOxoF1BzHN9ASmH5-Z4_SJ1JulZX4w_vkzm6jb9qgd6BCSSGgWa7lXl6fodNbKTCFRjfVKPt_SOyG-oJDdJhysKKw1w2iQhPCLKB6RUGB4eqFclg2&__tn__=H-R

    https://www.facebook.com/descalvinismo/videos/1632853183469112/

    Embora eu seja um Arminiano eu achei esses as "piadas" desses videos de muito mal gosto.

    ResponderExcluir
  42. Lucas, qual sua resposta a um cético que te perguntasse "Qual a explicação para o silêncio de Deus?"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso pressupõe que Deus está "mudo", quando Ele nos fala diariamente através das Escrituras, além do "livro da natureza" (que manifesta a glória de Deus), dos milagres contemporâneos, dos dons espirituais, das respostas às orações e, eventualmente, de forma mais pessoal e "audível".

      Excluir
    2. Intrigante, Banzoli, é ver os profetas, Jó, Eclesiastes, e até em Deuteronônimo os mesmos assuntos que nos inquietam hoje: o silêncio de Deus, desigualdades econômicas, injustiça, guerra, a aparente soberania do mal, sofrimento numa perspetiva explícita:
      Habacuque indaga
      "Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! e não salvarás?"
      Habacuque 1.2
      Temos ainda o depressivo Jeremias desafiando Deus diretamente:
      "Por que serias como homem surpreendido, como poderoso que não pode livrar?"
      Jeremias 14.9
      Ainda há Isaías, um gigante profeta que afirma
      "Verdadeiramente tu és um Deus que se esconde, ó Deus e Salvador de Israel."
      Isaías 45.15
      ....
      Concordo com você ao entender o teísmo como melhor inferência apesar das inquietações que nos atormentam...

      Excluir
  43. Por falar em escola sem partido, o Bolsonaro anunciou dois ministros ligados ao Olavo de Carvalho

    Mimistro das relações exteriores - Ernesto Arajujo e o ministro da educação, um filósofo colombiano, Ricardo Velez

    ResponderExcluir
  44. Banzolao e o que achas do Ricardo Velez Rodriguez, o novo ministro da educação? Achas que o olavismo dele será um problrma para o país? Porque o Astrolavo que o indicou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço muito sobre ele, então não tenho como comentar com propriedade, mas contanto que não seja um antiprotestante ou uma marionete do Olavo não tem muito problema ter sido indicado por ele.

      Excluir
    2. Importante ressaltar que nem todo admirador do sr Olavo de Carvalho endossa automática e necessariamente um catolicismo medieval antiprotestante atrelado a ideias políticas-econômicas desprovidas de sanidade.

      Excluir

Fique à vontade para deixar seu comentário, sua participação é importante e será publicada e respondida após passar pela moderação. Todas as perguntas e comentários educados são bem-vindos, mesmo que não tenham a ver com o tema do artigo. Críticas serão publicadas desde que não faltem com o respeito e não sejam feitas em anonimato.

Caso o seu comentário não tenha sido publicado dentro de 24h, reenvie-o.